Núcleo de Educação em Saúde realiza blitz contra o Aedes Aegypti

O Núcleo de Educação em Saúde de Codó foi para as ruas do centro da cidade na manhã desta sexta-feira, 2, para abordar  motoristas e motociclistas, alertando-os contra os perigos proporcionados pelo mosquito Aedes Aegypti, segundo explicou a integrante Marielza Macedo.

Núcleo de Educação em Saúde de Codó

Núcleo de Educação em Saúde de Codó

 “Aqui em Codó nós queremos adotar todos os dias sem mosquito, por isso nós estamos fazendo essa blitz educativa para sensibilizar nossa população para que entre conosco nessa guerra (…) precisamos muito da nossa população porque o período chuvoso tá chegando e o perigo mora aí”

Gilvan Barbosa Costa destacou  que a mensagem foi passada por meio de folhetos explicativos.

 “Esperamos que elas possam , realmente, lê-los, para que venham através desse folheto ver a possibilidade de combate à este mosquito, porque nós temos várias maneiras de combater aqui nesse folheto. E que eles possam se sensibilizar e, realmente, participar da campanha, porque sem a participação da comunidade, em geral nós não vamos poder combater”, justificou

Muitos pararam para receber o material, mas já se mostravam bem atentos à como se prevenir do mosquito. Um desses exemplos foi padre Lucas Vilela que conversou com a gente ao passar pela blitz.

 “O morador deve tomar conta, ter cuidado do seu lixo, sobretudo aquele lixo que acumula água até mesmo nas suas plantinhas em casa, é necessário esse cuidado. Trocar, constantemente, para não deixar  o mosquito lá desovar”

Não há notícia do aparecimento de casos da doença neste período, mas espera-se que isso ocorra quando as chuvas chegarem por isso o Núcleo de Educação em Saúde já tem planejamento para trabalhar as conscientização dos codoenses neste combate, inclusive nas escolas segundo Romário Reis, dentista que também integra o Núcleo de Educação em Saúde.

“Hoje nós estamos aqui, mas também nós vamos pras escolas, pra onde for necessário , nas praças, pras entidades da nossa cidade, onde as pessoas nos solicitam nós estamos indo fazendo esse trabalho de conscientização que vai depender, como eu falei, de cada um, de cada indivíduo cuidar da sua saúde, em primeiro lugar”, explicou o jovem

Flávio Dino recebe líderes religiosos de Caxias

Seguindo a agenda de atendimento à população maranhense, nesta quinta feira (1) o governador Flávio Dino e o secretário Adelmo Soares estiveram reunidos com a comunidade eclesiástica do município de Caxias.padre

Dom Vilson Basso (bispo diocesano do município), padre Jean e representantes da comunidade Fazenda da Esperança, em conversa com os representantes do Governo do Estado, solicitaram melhorias para o Centro de Ensino Cônego Anderson, escola da zona urbana de Caxias que atende atualmente, cerca de 700 alunos de 1° e 2° grau. Outro assunto tratado na pauta de solicitações foi a construção de uma quadra poliesportiva para a prática de esportes dos jovens atendidos pelo centro de reabilitação e ressocialização que compõe a Fazenda da Esperança.

Com o objetivo de formar um plano de ação para atender às solicitações, o governador Flávio Dino comprometeu-se a encaminhar uma equipe da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), para dar encaminhamento às demandas solicitadas, bem como viabilizar a construção de um estacionamento para a Basílica de São Francisco, que está localizada no município de São João do Sóter, no famoso Alto de São Francisco que é visitado por centenas de fiéis no dia de seu padroeiro.

O encontro marca não apenas a acessibilidade do governador Flávio Dino para com a sociedade, mas principalmente, reforça o respeito com que o governo tem tratado as demandas realizadas pelos fiéis das diferenças crenças e culturas praticadas no Estado.

Por Julia Xavier

Pastor Max inicia série de visitas à zona rural para reforçar seu compromisso com as comunidades

O vereador Pastor Max, logo após ser reeleito para o parlamento codoense nas eleições de outubro passado, iniciou uma série de visitas as comunidades da extensa zona rural do município de Codó. De acordo com o parlamentar, as vistas são para agradecer, mais uma vez, a confiança do eleitorado dessas comunidades e ratificar o compromisso com os trabalhadores e famílias do campo.max9

 Esta semana, Pastor Max realizou um café da manhã com moradores da comunidade Conceição dos Palmérios. O Edil retornou a região para reforçar o compromisso com as famílias das comunidades rurais do município de Codó, numa demonstração do trabalho sério que vem desenvolvendo, independentemente do período eleitoral.

Durante a sua primeira legislatura (2013-2016), o vereador sempre realizou visitas constantes a todas as comunidades do campo, para saber das demandas dos trabalhadores, jovens, idosos e crianças e chegou a realizar ações como o projeto ‘Gabinete nas Comunidades’, que o aproximava ainda mais da população do campo.

Resolver as necessidades das famílias do campo

Pastor Max sempre transformou em indicações e requerimentos as necessidades da zona rural e seus moradores, bem como fiscalizava com diligência as ações do executivo em todas as comunidades. “Conceição dos Palmérios, assim como outras comunidades rurais do município, vem sofrendo com a falta de água, que dificulta a vida dos moradores e a permanência no campo. Vamos continuar lutando para essas situações sejam amenizadas”, explicou Max.max8

O parlamentar ainda garantiu que continuará a estar sempre presente nas comunidades, pois foi para isso que o povo lhe deu novamente o mandato. “Esse é o nosso compromisso e Deus nos dará força para continuarmos lutando por este povo sofrido do nosso município. As nossas comunidades podem contar com o trabalho sério do vereador Pastor Max”.

Ascom

Codó tem 395 com AIDS e 15 morreram com a doença nos últimos 2 anos

A cidade de Codó, de acordo com os dados do Centro de Testagem e Aconselhamento, possui hoje 395 pessoas vivendo com HIV/AIDS e sendo acompanhadas pelo serviço de saúde municipal.

Mas o número mais preocupante ainda vem da Associação Nossa Senhora da Natividade. A integrante Maria Josenilde Sousa Salazar, que é filha da presidente Zenilde Salazar, concedeu entrevista ao blog revelando que só este ano morreram 6 pessoas vítimas das AIDS e ano passado morreram mais 9.

“Acompanhados pela associação nós já tivemos 6 pessoas que vieram à óbito em decorrência uns foi abandono do tratamento e outros foram buscar tarde demais o tratamento…6 MORTOS ESTE ANO E ANO PASSADO, A SENHORA LEMBRA? No ano passado, assistidos pela associação nós tivemos 9”, afirmou

Os que morreram têm algo em comum – não se cuidaram, mesmo sabendo que possuíam a doença.

“A gente tá vendo que eles estão muito relaxando  o tratamento….QUAL É A FAIXA ETÁRIA QUE MAIS TÁ RELAXANDO É ANTES DO 30 É A TURMA DE DEPOIS DOS 30? Mais é a faixa etária depois dos 30 (anos) que tem essa coisa do relaxamento e de descobertas (novas) mais é a faixa etária jovens”, esclareceu

Ela deixou uma mensagem aos que possuem o HIV no sangue e desejam viver mais se cuidando.

“A gente sabe que a cura não existe então o único jeito de ter uma vida mais saudável é tomando as medicações, fazendo sempre relações com prevenção, esse é o conselho que eu dou, então se cuida, se trata que viver é bom”, apelou Josenilde

Residencial SÃO PEDRO ainda tem cerca de 500 casas desocupadas

A informação foi passada ontem, 01º, no programa Coisas do Povo, da Eldorado AM, por meio de Alcimar Amaral, que concedia entrevista como candidato a presidente da Associação de Moradores do Residencial São Pedro.

Alcimar revelou que hoje é possível que metade das casas, ou seja, algo em torno de 500 casas continuam desocupadas, isso depois de mais de 5 meses de entregues pela prefeitura e pelo Banco do Brasil.

“Não tenho tanta certeza disso, precisaria, evidentemente, sair de rua em rua contando, mas, talvez, talvez, tenhamos 500 casas desocupadas”, disse Alcimar

O radialista Francisco Lemos disse que o caso é grave e que o Banco do Brasil precisa tomar alguma providência.

‘Que é ainda pra fazer uma casinha pra segurar o terreno e lá a casa já tá boa, se em 5 meses o dono nunca quis, nunca foi morar, então tá na hora de, bom eu não tô fazendo apologia ao crime não, tá? a desobediência às leis, não, mas, assim, o banco tem que tomar uma providência e pegar logo o pessoal que tá na reserva, que tá na suplência e dá logo pra esse pessoal, rapaz”, disse

Alcimar completou.

“Se tem, vamos dizer, 20 casas, vamos pegar os 20 suplentes, vamos também procurar saber da situação deles também porque muitas vezes ele tá na suplência mas se você ver ele tem casa”

Adriano Sarney denuncia: Projeto do Governo prejudica passageiros no interior do Estado

Trabalhadores, lideranças e diretores de cooperativas do transporte alternativo de todo o Maranhão afirmam que serão prejudicados por um projeto de lei, de autoria do Governo do Estado, que foi aprovado pela Assembleia Legislativa sem a devida discussão com a categoria.

Adriano Sarney

Adriano Sarney

O assunto foi debatido, nesta quinta-feira (1º de dezembro), em audiência no Auditório Fernando Falcão, que contou com a presença do deputado estadual Adriano Sarney (PV).

Trata-se do Projeto de Lei número 147/2016, aprovado em regime de urgência na Assembleia, no início de julho deste ano. O PL ainda não foi sancionado pelo governador Flávio Dino (PCdoB), entretanto, antes que isso aconteça, as lideranças do setor tentam negociar com o Executivo uma oportunidade de discutir melhor os pontos críticos com a categoria, como o dispositivo que proíbe o acesso do transporte alternativo a áreas metropolitanas.

“Esse é um projeto muito complexo, que passou na Assembleia sem a devida discussão. Nós vamos, agora, fazer um esforço para tentar sensibilizar o governador Flávio Dino a vetar alguns pontos e devolvê-lo à Casa, para que a gente possa rediscutir com a categoria, inclusive no âmbito da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional, da qual eu sou presidente”, declarou Adriano.

De acordo com Gracirene Fonseca, a Samica, da Cooperativa Alternativa da Baixada Maranhense (COOAPTMA), na prática, isso significa que, por exemplo, um passageiro que embarcar em algum ponto da Baixada não vai poder fazer a viagem completa até São Luís, tal como ocorre atualmente.
Pela nova regulamentação, o transporte alternativo vai poder levar o passageiro somente até locais (bacias ou polos) autorizados para o transbordo dos passageiros para linhas regulares. Em consequência, o usuário vai pagar duas ou mais passagens (van, ônibus e/ou ferry-boat).

Também participaram da reunião Gabriel Ferreira de Araújo (Sindicato dos Transportes Alternativos no Maranhão – SINTRAMA), Marlon Aguiar (diretor executivo do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Maranhão, Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB-SESCOOP/MA), Sebastião Albuquerque (COOPTASUL/Imperatriz) e Alan Araújo (COOTATUR/Paço do Lumiar).

Segundo lideranças do transporte alternativo do Maranhão, o serviço atualmente emprega cerca de 10 mil trabalhadores (de forma direta e indireta), com uma frota de aproximadamente 1,2 mil veículos.
Por Cezar Scanssette

Américo de Sousa participa de encontro com Governador Flávio Dino

O prefeito eleito de Coelho Neto, Américo de Sousa (PT), o vice, Antônio Pires e a futura secretária de Saúde, Cristiane Bacelar, cumpriram nesta quinta-feira (1º) em São Luís, mais uma agenda de compromissos. Desta vez, eles estiveram participando do encontro de prefeitos eleitos e reeleitos com o governador Flávio Dino (PCdoB), que ocorreu no Rio Poty Hotel.

Américo de Sousa e Flávio Dino

Américo de Sousa e Flávio Dino

Na ocasião do encontro, Flávio Dino apresentou ações e programas de governo, de seu secretariado e demais compromissos. O governador também discutiu com os gestores possibilidades de parceria e foi exibido um painel ‘Experiências de Governança Exitosas’.

O evento ‘Governando Juntos’, reuniu mais de 90% dos gestores eleitos e reeleitos. O encontro teve como prioridade estreitar as relações entre as administrações municipais e estadual. Estiveram presentes também assessores municipais, secretários estaduais, deputados e vereadores.

Na reunião, os gestores eleitos e reeleitos apresentaram a atual situação dos municípios e pediram que o Governo do Estado intermediasse os diálogos com a Companhia Vale e com instituições como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que detém os recursos fornecidos por meio de compensação às cidades, para o pagamento dos aproximadamente R$ 100 milhões retidos desde a privatização da então Companhia Vale do Rio Doce.

“A intenção do Governo do Maranhão é colaborar para a liberação dessa verba tão importante para o desenvolvimento desses municípios”, frisou Flávio Dino.

O encontro possibilitou reunir as principais demandas e definir soluções concretas para problemas mais urgentes e que há anos penalizam a população, avaliou o secretário de Estado de Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), Márcio Jerry.

“Foi uma reunião muito importante e bastante proveitosa, onde adquirimos mais conhecimentos sobre políticas públicas na qual irá servir para que possamos aplicar toda essa experiência na nossa gestão municipal, a partir de Janeiro de 2017. Entendemos que desta forma, reunimos condições de cumprir com nosso plano de governo e colocar Coelho Neto de uma vez por todas no rumo ao desenvolvimento e trabalho, porque agora vai começar um início de um novo tempo e dias melhores virão para nossa querida cidade”, frisou Américo de Sousa

Também participaram do encontro os representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que debateram sobre o Programa de Ações Articuladas; da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq), que explanou sobre o Prêmio Prefeito Amigo da Criança e seus critérios; e houve ainda debates sobre política ambiental e gestão do setor.

Ascom do prefeito eleito de Coelho Neto

CEMAR: Ligações Provisórias para festas de fim de ano

Dezembro chegou! E com ele as festas de fim de ano e comemorações ao ano novo. Época de muitas programações nas ruas, praças e em casa. Mas, atenção! É preciso ter cuidado com o uso da energia elétrica nesses locais que utilizam ligações temporárias para que as instalações sejam feitas dentro dos padrões de segurança. 

 Se a sua festa precisa de ligações provisórias, saiba como proceder:

• Para fazer ligações provisórias solicite com pelo com pelo menos 72 horas de antecedência à Cemar, em uma das nossas agências de atendimento;
• A Cemar precisa verificar se a rede elétrica do local suporta a carga a ser instalada. Por isso informe todos os equipamentos que irão ser utilizados no local (equipamentos de som, refletores, aparelhos eletrônicos, por exemplo);
• Somente profissionais autorizados da Cemar podem fazer as ligações provisórias;
• Os palcos e estruturas metálicas devem estar devidamente aterrados para evitar acidentes elétricos.

 • Evite fios (gambiarra) sem isolamento pelo chão, pois podem gerar acidentes graves;

• Em caso de acidentes com curtos circuitos não se aproxime de fios ou cabos partidos. É importante isolar o local e jamais se aproximar de objetos ou pessoas em contato com os fios energizados.

Fique Ligado!

Essas orientações são fundamentais para evitar acidentes e assim ter um espaço em que todos podem curtir e confraternizar  de forma segura. Em situações de risco a Cemar orienta à população a ligar imediatamente na central de atendimento 116

Assessoria de Imprensa

Governo amplia assistência social aos maranhenses com entrega de 75 CRAs e CREAs

Assegurar que pessoas nas mais diversas situações de vulnerabilidade tenham acesso a diretos, políticas públicas e programas sociais é uma preocupação constante do Governo do Maranhão.

Por isso, só em 2016, foram entregues 75 novos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) espalhados por todo o Maranhão. São espaços com estrutura adequada, acessibilidade e espaços especializados para o atendimento, e que reforçam a parceria entre o Estado e as Prefeituras, que são as responsáveis pela manutenção e prestação dos serviços socioassistenciais.

Foram várias entregas no decorrer do ano, com 68 Cras e sete Creas, definidas como prioridade pelo governador Flávio Dino e realizadas pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes). “A inauguração destes dois tipos importantes de equipamentos da Assistência Social vem reforçar a política que estamos desenvolvendo nessa área, cujo foco é garantir o acesso dessas famílias às políticas públicas, de modo que elas possam usufruir de uma rede de atendimento com toda a estrutura e serviços para acolher e responder às suas demandas”, pontuou o governador Flávio Dino.

Os Cras e Creas, além de serem a porta de entrada para os programas sociais do Governo Federal e Estadual, como Bolsa Família e Bolsa Escola, têm uma equipe especializada, entre assistentes sociais e psicólogos que realizam atendimento psicossocial a crianças e adolescentes vítimas de violência, de trabalho infantil ou que tenham cometido ato infracional, além do apoio a famílias nas mais distintas formas de vulnerabilidades sociais.

Com prédio dotado de melhor estrutura, os Cras e Creas garantem a qualificação dos serviços oferecidos. O que antes era feito em salas inadequadas, que não garantiam sigilo e nem um ambiente acolhedor, hoje é ofertado em ambientes propícios ao atendimento. “Agora as famílias têm uma referência de atendimento socioassistencial nos municípios em que vivem e os novos equipamentos garantem proteção integral a estas famílias”, explicou o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista.

Segundo a secretária municipal da Criança e Assistência Social de São Luís, Andreia Lauande, as constantes mudanças de imóvel desorientavam a população atendida e causavam interrupções aos serviços. “Fizemos um levantamento e constatamos que todos os equipamentos eram alugados. Quando todos os Cras e Creas são alugados, a comunidade não tem referência no seu endereço. Agora isso está mudando”, ressaltou a secretária, ao comemorar as novas unidades que a capital maranhense recebeu.

O município de Benedito Leite também ganhou um novo Cras, no mês de agosto, e a população aprovou a ação. A dona de casa Maria Raimunda de Oliveira já era usuária dos serviços oferecidos no Cras e ficou feliz com o novo espaço. “Sou beneficiária do Programa Bolsa Família, sou atendida e acompanhada pelo Cras, participo das reuniões de famílias.

Temos um atendimento acolhedor pelos profissionais e principalmente pela assistente social e psicóloga. Estou feliz pelo novo Cras, pois é um espaço amplo e creio que vamos ficar melhor nas novas instalações”, opinou dona Maria.

Em Axixá, o pescador Antônio Luís Melo, 66 anos, agradeceu a nova sede inaugurada no município no final de agosto. “É um espaço muito importante e o melhor é que ficou mais perto da nossa casa. Assim fica muito mais confortável pela qualidade que o prédio tem. Estamos muito felizes”, afirmou.

Municípios que receberam novos Cras e Creas

As unidades do Cras e/ou Creas foram entregues em todas as regiões do Maranhão, beneficiando, só este ano, a população de 55 municípios: Afonso Cunha, Água Doce do Maranhão, Alto Alegre do Pindaré, Axixá, Bacabeira, Barão de Grajaú, Benedito Leite, Bernardo do Mearim, Brejo, Buriti Bravo, Coelho Neto, Colinas, Chapadinha (Cras e Creas), Duque Bacelar, Esperantinópolis, Feira Nova do Maranhão, Governador Eugênio Barros, Governador Luíz Rocha, Graça Aranha, Igarapé Grande, Jatobá, Lagoa do Mato, Lago do Junco, Lago dos Rodrigues, Lima Campos, Magalhães de Almeida, Matões do Norte, Milagres do Maranhão, Mirador, Nina Rodrigues, Nova Colinas, Paço do Lumiar (Cras e Creas), Passagem Franca, Pastos Bons, Paraibano, Paulino Neves, Paulo Ramos, Pedreiras (Cras e Creas), Presidente Dutra (Cras e Creas), Presidente Vargas, Pirapemas, Poção de Pedras, Riachão, Rosário, Samambaíba, São Bernardo, São Félix de Balsas, São João do Sóter, São José de Ribamar (Cras e Creas), São Luís (Cras nos bairros Vinhais, Cohab e Bequimão; e Creas no Turu), Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão, Timon (Cras e Creas), Trizidela do Vale e Vargem Grande.

Por Mariana Salgado/Secap

Secretaria Municipal de Saúde realiza ações alusivas ao Dia Mundial de combate a AIDS em Codó

Nesta quinta-feira (1) a Prefeitura Municipal de Codó, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e parcerias com instituições, está realizando ações para marcar a celebração do Dia Mundial de Combate à Aids, comemorado em 1º de dezembro.img_7846

As atividades programadas terão como focos o incentivo ao uso de preservativo e a conscientização da população em relação às formas de prevenção ao HIV/Aids, infecções sexualmente transmissíveis e a importância do diagnóstico precoce e do tratamento.

O evento está acontecendo na Salão Nobre da Prefeitura Municipal de Codó e na Praça Ferreira Bayma, durante todo o dia.De acordo com a Coordenadora Municipal de IST/AIDS e Hepatites Virais, Elem Nascimento Melo, o objetivo é fortalecer as ações de prevenção e chamar o público para realizar a testagem da chamada Prevenção Combinada.img_7839

Aqui na prevenção combinada estamos realizando os exames de HIV, sífilis e hepatites B e C. Convidamos para as ações os alunos de enfermagem da FAUMA e da PLAN para a realização do evento e contamos com a parceria da Associação Nossa Senhora da Natividade, que cuida de pessoas portadoras do vírus HIV. Queria chamar toda a população para participar e agradecer o apoio da prefeitura Municipal de Codó e de todos da Secretaria de Saúde”, explicou.

A coordenadora ainda informou que cada pessoa que chegar ao salão nobre preencherá uma ficha de aconselhamento pré-teste, realizará os exames de HIV, sífilis e hepatites B e C, e após o exame receberá o kit com camisinhas masculina e feminina, o folheto informativo de prevenção e orientações pós-teste.

Kaen Cruz, Ellen Nascimento e Larissa Barros

Kaen Cruz, Ellen Nascimento e secretária de Saúde Larissa Barros

Ascom