Escola do AMPARO continua expondo tratamento degradante dado à educação de Codó

Escola Municipal N. Senhora do Amparo 19 10 2018

A comunidade de Amparo fica  a 15 kms da sede do município de Codó, na região rural da grande Trizidela,  e há décadas tem uma escola com uma estrutura que atrapalha qualquer bom desempenho daqueles que precisam aprender e ensinar.

Na Escola Municipal Nossa Senhora do Amparo, que chegou a ser alvo de uma reportagem sobre educação exibida no programa Fantástico, da TV Globo,  estudam atualmente 17 crianças (uma desistiu, eram 18), da alfabetização ao 5º ano do Ensino Fundamental. Para todos, uma única e dedicada  professora concursada que há 13 anos trabalha em situação muito precária.

SEM BANHEIRO, SEM ÀGUA PARA BEBER

Não tem energia elétrica, não tem água para beber. A mulher que faz a merenda é quem providencia uma garrafa pet de dois litros para que as crianças não sintam muita sede durante a aula.

 “Traz um litro pra cá e nós bebe…CADA UM TRAZ O SEU? Não. …COMO É QUE FAZ? É dali da casa da mulher que faz a merenda”, explicou a estudante Francisca Geovana Honorio da Silva.

Também não há banheiro, as crianças usam o mato atrás da escola. Ana Vitória da Conceição, do 5º ano, reclamou.

 “é muito ruim, aí quando tá molhado a gente vai, fica muito ruim, a folha fica pegando na gente…TEMPO DE CHUVA É PIOR AINDA? É”, respondeu timidamente.

VAI DESABAR

A cobertura é de palha de babaçu,  as paredes de barro com talo estão escoradas e já com buracos, inclinadas estão sob risco de desabamento e os estudantes estão com medo.

 “TEM MEDO QUE ACONTEÇA O QUÊ? Dela cair toda…E QUE AS CRIANÇAS ESTEJAM AQUI? Hum, hum…DÁ MEDO? Dá…POR QUE DÁ MEDO? Porque já tão caindo as paredes”, rspondeu Francisca Luciele Cunha Rodrigues, do 4º ano.

A prefeitura nunca se manifestou sobre a possibilidade de uma construção segundo pais e alunos que vivem em Amparo, mas eles nunca pararam de desejar.

 “Devia ter banheiro, telha, piso, tijolos, isso…TÔ PERCEBENDO QUE AS PAREDES ESTÃO POR DESABAR, VOCÊ NÃO TEM MEDO NÃO? Tenho…DE QUÊ? Dela cair por cima da gente”, disse Francisca Geovana sonhando com uma escola de alvenaria no povoado.

PALAVRA DO GOVERNO

O secretário de Educação de Codó, Paulo Buzar, informou que há um projeto para levar as crianças da escola do Amparo para a escola Filomena Catarina ( de alvenaria), que fica no povoado mais próximo chamado Volta da Palmeira. Só que isso só deve acontecer em 2019, na chamada segunda fase da nucleação.

“Assumimos a gestão com 51 escolas de taipa, com a primeira fase da nucleação ficamos com 31 escolas. Assim que inaugurarmos as escolas, em fase final de construção, dos povoados Lagoa dos Sales, Macacos e Angico, ficaremos com menos de 20 escolas [de taipa]”, nos escreveu Paulo Buzar.

Desta forma, ainda sobre a escola do Amparo não será construída, será desativada.

POLÊMICA EM TIMBIRAS: Promotores de festas reclamam de recomendação do Ministério Público

A Promotora de Justiça, titular da Comarca de Timbiras, Natália Macedo Luna  Tavares, baixou uma série de recomendações, via portaria ministerial, a serem cumpridas por todos aqueles que trabalham com entretenimento na cidade, envolvendo estrutura das casas de que realizam festas e até aqueles que vendem bebidas e alimentos.

O jornalista Jair Ribeiro esteve em Timbiras ouvindo a reclamação que a portaia gerou junto aos promotores de eventos. Raimundo, do Clube Alternativo, por exemplo, considera que tanta exigência vai acabar inviabilizando a realização de festas.

“Eu acho que essas exigências são inviáveis pra nossa cidade já que é uma cidade pequena e hoje é um número de pessoas muito grande que fazem eventos, que  necessitam disso, que já há algum tempo fazem esses eventos pra conseguir seu dinheiro pra sobreviver, então pra nossa cidade eu acho inviável no momento porque são muitas, requer muitos gastos e a gente vem com dificuldade em fazer eventos”, disse

DISCUSSÃO NA JUSTIÇA

Reclamou que alguns alvarás ou documentos terão que ser conseguidos em cidades da região, como aqueles que são expedidos apenas pelo Corpo de Bombeiros. Isso gerará um gasto extra para o qual nem todos estão preparados.

“Se fosse aqui já seria difícil pra se deslocar pra outros locais vai dificultar mais ainda (…) por uma série de razões torna difícil fazer evento e com essas exigências vai, praticamente, decretar pra gente parar de fazer eventos”

“Acho que algo tem que ser feito no sentido de minimizar essas exigências fazer com que mesmo que tenha algumas exigências que se adeque a condição da gente porque a gente tá vendo que essas exigências aí são inviáveis pra condição do local”, disse Raimundo quando perguntado sobre se os promotores de eventos pretendem discutir as recomendações na Justiça.

O QUE DIZ A PROMOTORA DE JUSTIÇA

Jair Ribeiro também entrevistou a promotora de Justiça. Disse ela que o objetivo da recomendação é proteger aqueles que participam destes eventos festivos em Timbiras que, atualmente, estão desprotegidos.

“O objetivo do Corpo de Bombeiros da um alvará significa que nós nunca teremos grandes problemas como tiveram lá naquela boate de Santa Catarina, onde foram milhares de pessoas incendiadas, evitar curto-circuito por causa de sons inadequados, então tudo isso é para a segurança da pessoa, do cidadão. Nos não somos contra o lazer, até porque o lazer e um direito fundamental, mas nós somos contra a qualquer direito exercido de forma incorreta, então nosso objetivo com a portaria é resguardar o cidadão”, explicou

Dra. Natália Tavares citou exemplos de  situações que precisam ser revistas imediatamente.

“Como há uma festa em um local que não ha um habite-se porque o habite-se que dá segurança a casa, como fazer uma festa onde 20, 30 pessoas entrarão num ambiente que não e seguro, e se o teto cair?, como, por exemplo, fazer uma festa onde se vende comida, se vende bebida sem a vigilância sanitária? quem vai garantir as pessoas que elas estarão bebendo e comendo comidas que estão adequadamente armazenadas, então o que nós queremos evitar é que a pessoa saia para um lazer e volte enferma pra casa”, questionou

“MP NÃO É CONTRA FESTAS”

Destacou ainda que o Ministério Público não e contra festas, quer apenas o cumprimento da lei.

“O Ministério Público não é contra festas, o MP entende que as festas devem ser feitas de uma forma que proporcionam toda segurança àqueles que participam delas. Então, assim, a portaria está expedida, fiz  o máximo para que a portaria fosse bem explicada, a portaria esta embasada em todas as leis federais e estaduais, então, realmente, eu só espero que ela seja cumprida pela segurança da população”, assegura

Dr. Zé Francisco se reúne nesta segunda-feira com amigos para planejar apoio a HADDAD

Dr. Zé Francisco, suplente de deputado federal por Codó, vai se reunir com petistas e amigos nesta segunda-feira, 22, para trassarem estratégias de atuação nesta semana final de campanha a favor de HADDAD 13.

A reunião será na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, na rua S. Silva, a partir de 19h30min.

O médico informou que outros partidos, a quem classificou de ‘progressistas e simpatizantes da democracia’, foram convidados.

“Todos os partidos progressistas e simpatizantes da democracia, PCdoB, PDT, PSOL, todos foram convidados, professores, sindicalistas”, disse

A ideia é apoiar o presidenciável do PT e fazê-lo superar a votação de Bolsonaro em Codó.

Moradores de comunidades quilombolas estão sem ponte e temem chegada das chuvas

A situação da ponte que fica na estrada que liga o povoado quilombola Barro Vermelho à Boa Esperança, dentro do Projeto de Assentamento Orcaisa, área rural do município de Codó não é nada boa.

Um leitor do blogdoacelio esteve por lá no último fim de semana e nos enviou fotos das condições. Elas mostram também que dado a insegurança das tábuas e madeira de base ha um desvio, mas se nada for feito logo quando as chuvas caírem ficará inviável o tráfego.

A ponte fica a mais ou menos 1km distante da MA-026 que corta a região do Barracão onde está situado o P.A Orcaisa.

VÍDEO:Hélcio Costa entrevista Sebastião Murad sobre política e esporte

O jornalista Helcio Costa entrevistou o ex-deputado, eleito três vezes, Sebastião Murad. No bate-papo aberto e franco ambos conversam sobre política e esporte uma vez que Murad também chegou a ser presidente do Moto Club de São Luís.

O codoense, nascido no dia de São Sebastião, padroeiro de sua cidade natal, revelou que tem muita gratidão pelo povo de Codó, elogiou o crescimento do município e explicou por que deixou a política. Alegou que não conseguiu implantar suas ideias revolucionárias.

“Eu não consegui implantar minhas ideias revolucionárias, eu tinha adversários até dentro do meu partido e eu não podendo as minhas ideias revolucionárias eu resolvi sair”, explicou

VÍDEO: Veja agora como foi a motocarreata de Bolsonaro realizada ontem em Codó

Eleitores de Bolsonaro realizaram ontem, 20, uma motocarreata pelas ruas de Codó.

O estudante de jornalismo (FACEMA), Wellington Sampaio esteve no evento e nos enviou um vídeo mostrando como que foi a passagem dos apoiadores do presidenciável pelos bairros. CONFIRA

Veja como foi a entrega de brinquedos feita pela CDL no Nova Jerusalém

Na tarde da ultima sexta-feira, 19, um grupo de empresários associados a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas de Codó) entregou o restante dos 2.500 brinquedos que compraram para crianças do bairro Nova Jerusalém.

Veja como foi o momento.

Enem 2018: Aplicação de provas terá quatro fusos horários diferentes

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, que vão fazer a primeira prova em 4 de novembro, devem ficar atentos à entrada em vigor do horário brasileiro de verão. O fechamento dos portões no dia da prova está previsto para as 13 horas, pelo horário de Brasília. Com a entrada do novo horário, o país passará a ter quatro fusos horários diferentes.

À meia-noite de sábado, 3, para domingo, 4, os relógios dos estudantes do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal, deverão ser adiantados em uma hora.

Com isso, a abertura dos portões às 12h e o fechamento às 13h ocorrerá no Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Já no Amapá, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe, a abertura dos portões será às 11h e o fechamento às 12h, seguindo o horário local.

Nos estados do Amazonas, Rondônia e Roraima, a abertura dos portões nos locais de aplicação do Enem será realizada às 10h e o fechamento às 11h, seguindo o horário local. Já no Acre, único estado brasileiro cujo fuso horário tem três horas a menos em relação ao horário de Brasília, os portões serão abertos às 9h e fechados às 10h, também pelo horário local.

Confirmação – O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alerta que o Cartão de Confirmação de Inscrição do Enem estará disponível para consulta a partir de 22 de outubro pela página do participante. O documento informa o local de prova, data e horários de aplicação e os dados do participante. As provas serão aplicadas nos domingos 4 e 11 de novembro.

OUÇA OS GOLS COPA BR 2018 – Seleção de Codó goleia a de Caxias por 3 a ZERO

Codó participou pela segunda vez na COPA BR 2018, depois de vencer Timbiras no primeiro jogo por 1 a zero, nossa seleção goleou a seleção de Caxias hoje, 20, no estádio Renê Bayma por 3 a zero.

Com isso, Codó passa a ter mando de jogo, ou seja, todos os seus adversários, enquanto mantiver as vitórias, terão que enfrentá-la no Renê Bayma o que lhe dá grande vantagem.

Expomos aqui dois dos gols de hoje narrados por Edinaldo Silva, da Eldorado AM, que garantiu uma bela transmissão com Pedrinho Filho, Jerônimo Filho e Breno Caique na sonoplastia.

A nossa seleção vinha sendo alvo de desconfiança dado a vitória arrastada sobre a equipe sem muita expressão de Timbiras, mas acabou surpreendendo até o técnico de Caxias que achou que tinha mais time e que só precisava de mais velocidade nas finalizações segundo revelou a Pedrinho Filho na hora do intervalo.

Final Codó 3, Caxias zero.

Professores de Codo firmam continuidade da luta pelo precatórios apertando vereadores

Associados do SINTSERM-CODÓ se reuniram em Assembleia Geral realizada neste dia 19/10, onde diversos assuntos foram abordados como:

  •  A ída à Brasília já semana que vem de uma comissão formada por advogados e líderes sindicais como continuidade da luta unificada à nível estadual na defesa dos precatórios, ainda em relação aos precatórios foi deliberado como luta local o retorno da participação nas sessões da câmara e ir pra votação dia 28/10 na camisa do  precatório;
  • Realização de atividade comemorativa em homenagem ao dia do servidor promovida pelo sindicato à se realizar no dia 03/11 no sítio Mônaco;
  • Andamento da ação judicial pela revisão na base de cálculo para o pagamento do terço de férias do professor;
  • Construção do muro da futura sede social e recreativa;
  • Acompanhamento de representantes do sindicato na elaboração do processo de escolha dos novos gestores escolares;
  • Pis-Pasep dos servidores, entre outros assuntos.

A direção agradece a presença de todos(as) nesta importante Assembleia.