Category Archives: CÂMARA

Rodrigo Figueiredo cobra agilidade do governo municipal em solucionar os problemas de Codó

Recentemente promotora de Justiça, Linda Luz Matos Carvalho, esteve visitando a região do Polo Boi Não Berra. A representante do Ministério Público constatou que pelo menos seis escolas apresentam deficiência ou inexistência de condições para utilização como estabelecimentos de ensino. Após as visitas um Termo de Ajustamento de Conduta foi assinado, onde o prefeito Francisco Nagib se comprometeu a interditar as escolas num prazo de 45 dias, realocar os alunos atingidos para escolas de alvenaria com banheiro e   bebedouros adequados.

Rodrigo Figueiredo

O vereador Rodrigo Figueiredo, na última segunda-feira (19), em seu pronunciamento na tribuna da Câmara, falou sobre o assunto e lamentou a situação em que se encontra atualmente a educação de Codó , o parlamentar cobrou que o governo municipal agilize o cumprimento do que determinou o Ministério Público.

“Infelizmente a educação pública de Codó está um verdadeiro caos, cobramos constantemente aqui na Câmara que o governo faça seu papel em oferecer uma educação de qualidade para nossos estudantes, infelizmente isso não tem acontecido. Esperamos que agora, depois da ação do Ministério Público, o prefeito possa cumprir a sua obrigação”, cobrou o edil.

Falta de apoio a cultura de Codó

Historicamente os grupos culturais e folclóricos de Codó recebem apoio do poder público municipal para que possam aprimorar suas apresentações. Este ano o prefeito Francisco Nagib reduziu o valor do incentivo e se recusou a disponibilizar o transporte para as quadrilhas juninas que tinham apresentações marcadas para fora da cidade. A atitude do gestor revoltou o vereador Rodrigo Figueiredo que pediu maior comprometimento com a cultura codoense.

“Nós estamos vendo o prefeito Francisco Nagib abandonando a cultura do município de Codó (…). Aqui temos jovens e adultos que passam boa parte do ano ensaiando e lutando para conseguir recursos para se apresentar em outras cidades e a prefeitura fica se recusando a ajudar os grupos culturais da cidade. A população de Codó está desiludida e decepcionada com esse prefeito que não tem capacidade para arrumar um transporte para as quadrilhas juninas se apresentarem fora do município. Quando se fala de cultura a cidade de Codó está em primeiro lugar, mas precisa do apoio para que seja mantida e fortalecida”, pediu o parlamentar.

Licitação dos caixões

No dia 23 do mês passado a Prefeitura Municipal de Codó fechou contrato com empresa UNI-PAX SERVIÇOS POSTUMOS LTDA – ME, da cidade de Coelho Neto, que ficará responsável por prestar serviços funerários junto a Secretaria Municipal de Assistência Social de Codó, o valor superior aos praticados pelo ex-prefeito Zito Rolim e foi duramente criticado pelo vereador Rodrigo Figueiredo.

“No governo do ex-prefeito Zito Rolim foi feita uma licitação de R$ 582 mil para compra de urnas funerárias, na época o atual prefeito de Codó foi para a mídia criticar o ex-gestor por conta dessa licitação, na época ele disse que era mal uso do dinheiro público e que era um absurdo (…). E agora o prefeito Francisco Nagib parece que mudou de ideia, porque ele fez uma licitação ainda maior para a compra de caixão, o atual prefeito vai gastar quase R$ 800 mil na compra de urnas funerárias, um verdadeiro absurdo”, lamentou Rodrigo.

Ascom – Rodrigo Figueiredo

Leonel Filho desabafa sobre a violência, o Auxílio Reclusão e as contradições da legislação

Em seu discurso da semana na Câmara municipal, o vereador Leonel Filho (PTN) abordou importantes assuntos na tribuna. O edil iniciou discorrendo sobre a segurança pública no município, a violência que começa a invadir a zona rural e citou o caso do morador da Rua Marcos Rocha, que foi amarrado e teve a casa roubada. “Já tinha acontecido em propriedade vizinha e com atos de violência similares. A bandidagem tem sido insistente e cada vez mais ousada. A sociedade já está farta. Agora, os roubos, furtos e atos de violência, também chegam com freqüência à zona rural”, alertou.

Indignado, o Líder do Governo na Câmara questionou as “regalias” das quais os marginais acabam tendo direito, devido as brechas na legislação, o excesso de benéficos aos que insistem em permanecer as margens da lei, a proteção desmedida do chamado Direitos Humanos e a impunidade no Brasil, que beneficia os marginais em detrimento das famílias.

Vi nos meios de comunicação digitais sobre um individuo que foi pedir emprego, ex-presidiário. Quando lhe ofereceram um salário mínimo ele disse que quando estava preso recebia mais pelo Estado. Isso é um absurdo e uma vergonha”, desabafou.

Expressando todo o inconformismo que a sociedade também sente, o vereador criticou o polêmico e mal afamado Auxílio Reclusão, na qual as famílias de presos podem receber até R$ 4.159 ao mês do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), de acordo com o número de dependentes. “Chegamos a que ponto? O sujeito comete crime é preso, entra os Direitos Humanos pra defender. O criminoso é solto e volta a cometer crimes piores. Enquanto isso pais de famílias morrendo todos os dias na mão dos marginais, pelas mãos de assassinos que são presos e logo depois soltos. Ou então recebem muito pelo governo e nós pagamos”.

Sociedade indignada e impotente

O parlamentar lamentou pelo atual estado de violência no município e em todo pais, e pela impunidade.

A polícia hoje tem que ter muita coragem. Pois o crime organizado não tem mais limites. Sociedade acuada e o judiciário soltando os bandidos. A polícia prende, eles soltam e eles voltam e fazem pior com as famílias. Violência, estupros, roubos, assassinatos. O que mais podemos esperar. Bandido preso a família ganha auxílio. 1.320 reais é o custo de um preso no Brasil. A Lei federal desarma as pessoas de bem a os bandidos não precisam viver na legalidade, pois sempre estarão à margem e ao mesmo tempo protegidos pelas falhas da lei. Será até quando teremos sorte de sobreviver a essa violência”.

O edil encerrou seu pronunciamento pedindo ao presidente da Câmara por uma Moção de Apelo ao Secretário de Segurança do Estado, para o envio de investimentos e reforços para as forças de segurança em Codó.

Ascom

Pastor Max faz indicações por melhorias na infraestrutura e educação de Codó

Pastor Max

Em suas mais recentes Indicações, apreciadas e aprovadas na Câmara Municipal, o vereador Pastor Max continua reivindicando por melhorias para população codoense.

Com a INDICAÇÃO DE Nº173/17 o edil solicitou ao Executivo municipal que determine ao Secretário de Desenvolvimento Urbano e Rural do Município de Codó, Roberto Albuquerque, o término da construção do canteiro central no restante da Rua César Brandão, bem como a construção de uma rotatória no cruzamento da Rua César Brandão com a Rua Desembargador Vasconcelos Torres, que dá acesso ao Hospital Geral Municipal (HGM).

Ainda atento às melhorias na infraestrutura, o parlamentar, por meio da INDICAÇÃO DE Nº174/17, solicitou a recuperação das seguintes Ruas: Ruas José Rosa, São José, Primeira Travessa 1º de Maio, São Raimundo, Avenida 1° de Maio (Beira Linha), todas no Bairro São Francisco. “Agora, que o período invernoso finalmente chegou ao fim, a prefeitura pode trabalhar com mais tranquilidade e recuperar nossas vias de acesso. Nesse sentido, o Legislativo e Executivo continuam trabalhando de forma eficiente para levar as melhorias necessárias a população”, ressaltou.

Para a educação

Pela INDICAÇÃO DE Nº175/17, o vereador Pastor Max solicitou que o prefeito Nagib, por meio da Secretária Municipal de Educação, Ciências e Tecnologia, Professora Deuzimar Serra, a reforma da Escola Municipal Cristo Rei, estabelecida no Povoado Bacabinha. “Estamos em pleno processo de reforma e ampliação de nossa rede ensino. Estamos felizes por ver as ações do governo, tanto na sede, quanto na zona rural. No entanto, ainda temos muito a fazer”.

Com a INDICAÇÃO DE Nº176/17, Max Tony solicitou a realização dos serviços de reabertura da Rua 23 de Outubro, localizada por trás da Escola Municipal Talmir Quinzeiro, Bairro Codó Novo. A indicação irá beneficiar os moradores da rua, bem como o acesso das crianças a unidade escolar.

Ascom

Rodrigo Figueiredo lamenta a falta de pagamento dos funcionários do EJA e SAMU

A 16º sessão ordinária do ano de 2017 aconteceu na última segunda-feira (12) na Câmara Municipal de Codó, diversos assuntos foram debatidos pelos vereadores e várias indicações foram aprovadas pelos parlamentares presentes. O vereador Rodrigo Figueiredo teve mais uma participação ativa abordando os principais problemas da cidade durante seu discurso na tribuna da casa.

Um dos maiores problemas da atual administração do município de Codó é o constante atraso no pagamento dos salários dos funcionários de vários setores do governo. De acordo com o vereador Rodrigo Figueiredo, os profissionais que prestam serviço para o programa Educação de Jovens e Adultos – EJA, estão desde abril sem receber seus vencimentos.

Rodrigo Figueiredo

“Nós temos um programa em Codó que é o EJA, educação de jovens e adultos (…), um grande programa, mas infelizmente é mal gerido pela prefeitura de Codó, é mal organizado pelo prefeito Francisco Nagib, e os profissionais que trabalham nesse programa estão sofrendo, porque acordam cedo para trabalhar, fazem a sua parte e o governo de Codó insiste em maltrata-los. Desde abril esses profissionais não recebem seus pagamentos. Isso é um absurdo completo, nós já estamos na primeira quinzena de julho e eles continuam trabalhando, dando sua contribuição para nosso município, mas o governo de Codó insiste em prejudicar os profissionais do EJA. Prefeito Francisco Nagib tome uma posição, tome as rédeas de seu governo prefeito, pois a coisa está de mal a pior”, lamentou o edil.

Problemas no SAMU

Os funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, também estão tendo dificuldades para receberem parte de seus vencimentos, pois a prefeitura de Codó não estaria pagando as diárias eles têm direito a receber.

“O SAMU foi uma grande conquista para Codó conseguida no segundo mandato do ex-prefeito Biné Figueiredo. Os profissionais do SAMU também estão com suas diárias atrasadas (…). Os funcionários do SAMU estão sendo humilhados e o governo não paga suas diárias, mas por outro lado, quando um secretário precisa ir para algum evento em São Luís, no dia seguinte a prefeitura faz o pagamento da diária. De janeiro para junho, o prefeito do município de Codó, recebeu R$ 941 mil somente para gerir o SAMU, fica evidente que o pagamento não está sendo feito não é por falta de dinheiro e sim por falta de competência e falta de vontade de ajudar a população de Codó”, disse Rodrigo.

Dificuldades em marcar uma consulta no HGM

Milhares de codoenses são obrigados a passar a noite na porta do HGM em busca de uma ficha para marcar uma simples consulta, a denúncia foi feita pelo vereador Rodrigo Figueiredo, que lamentou o que está acontecendo no município de Codó.

“Eu quero comentar também a questão da dificuldade, da humilhação e do sofrimento que é marcar uma consulta no HGM. No último final de semana, por exemplo, vários codoenses humildes passaram a tarde e noite em uma fila no HGM para conseguir marcar uma consulta. Tem relatos de pessoas que chegam no HGM ainda na parte da manhã e somente no dia seguinte conseguem marcar uma consulta. Essa é a realidade desse governo fraco e que não gosta dos codoenses, uma pessoa passar 24 horas no HGM para conseguir uma simples consulta é a comprovação da péssima saúde oferecida pela gestão do prefeito Francisco Nagib”, relatou o edil.

Indicação

Rodrigo Figueiredo apresentou a indicação de Nº 177/17, que solicita ao prefeito Francisco Nagib que seja disponibilizado um carro para realizar o transporte dos pacientes do CAPS.

Ascom – Vereador Rodrigo Figueiredo

Vereador Pastor Max fala sobre suas Indicações mais recentes

Em entrevista concedida a mídia digital, o vereador pastou Max falou um pouco sobre as suas mais recentes indicações, feitas em atendimento as demandas da população codoense. Por meio da INDICAÇÃO DE Nº137/17, – o edil solicitou ao prefeito de Codó e ao Secretário de Desenvolvimento Urbano e Rural do Município de Codó, Roberto Albuquerque, para que o mesmo providencie a instalação de luminárias nas seguintes Localidades: Recreio, São Benedito do Mozart e Felicidade seu Zozó.

Pastor Max

Entendemos o quanto uma boa iluminação pública é importante para os moradores dessas localidades. Um boa iluminação significa mais segurança e bem estar a todos”.

Pela INDICAÇÃO DE Nº138/17, o vereador Pr. Max, solicitou para que seja feito a construção da estada que liga a localidade Cipoal dos Pretos a localidade Lagoa do Mato. Assim como também pediu por reparos necessários nas seguintes estradas: que liga o São Benedito do Mozart ao Poço do Boi, São Benedito do Mozart a Cachoeira e São Benedito Mozart ao Boi Não Berra, bem como a recuperação da estrada do Recreio do Pio e Raimundo Sousa, e das Quatro Bocas a Penha e da Penha ao Pau Frescura, por meio da INDICAÇÃO DE Nº139/17. “Mesmo que o período de chuvas não tenha acabado, precisamos já ir ajeitando, refazendo e colocando trafegável as nossas estradas vicinais”, comentou o parlamentar.

Por fim, com a INDICAÇÃO DE Nº140/17, o vereador Pr. Max Indicou que fosse enviada correspondência ao Prefeito Municipal, Francisco Nagib, solicitando que determine ao Secretário Municipal de Pecuária, Abastecimento e Pesca, o Sr. Antônio Araújo Neto, que seja feito a perfuração de poços artesianos nas localidades São Benedito do Mozart e Cachoeira. “Graças a Deus e ao esforço de toda comunidade junta, conseguimos levar luz a esta comunidade, agora vamos em busca da água, bem tão valioso e necessário a todos. tenho certeza que o Executivo irá corresponder, assim como vem fazendo com todas nossas indicações”.

Ascom

Zangados com o prefeito agentes de endemias vão implorar por ajuda dos vereadores

Os agentes de combate às endemias irão à Câmara Municipal, em maior número possível, na próxima segunda-feira, 29, tentar sensibilizar os vereadores para que os apoiem numa luta a favor de dois pedidos que estão fazendo ao prefeito Francisco Nagib.

Agentes de Endemias

Os agentes querem que o prefeito pague ao menos o piso salarial da categoria e um adicional de insalubridade, este o gestor já sinalizou que, se sair, só poderá dar o mínimo, ou seja, 10%. Atualmente estão reunindo salário mais uma vantagem de R$ 150,00 paga pelo município, os agentes estão embolsando líquido apenas R$ 1.050,00.

O piso da categoria, pelo qual iniciaram a luta,  é de R$ 1.014,00.

Uma reunião no Salão Nobre realizada na tarde de terça-feira,23, deixou os agentes ainda mais insatisfeitos com o governo porque não houve qualquer sinal de acordo.

Conforme os agentes, o governo teria dito que a única forma de atender ao pleito dos efetivos é demitir 15 guardas de endemias, atualmente, contratados pela Prefeitura, argumento do qual discordam, pois não querem ser os responsáveis, públicos,  por tais demissões.

O governo municipal teria alegado falta de recursos para conceder os pedidos em pauta. Mostrou uma planilha de custos com salários, 13º e férias que mostra que só com os efetivos, ao final de 2017, o governo terá gasto R$ 1.229.926,59. Soma-se à esta despesa aquilo o montante já previsto para pagar os contratados, que é de, ao final do ano, R$ 251.833,74.

Como não se chegou à qualquer consenso, buscarão os agentes a ajuda dos vereadores no próximo dia 29 de maio, segunda-feira.

A meu ver, vão enxugar gelo na Câmara.

Só um vereador, no máximo,  terá a coragem de engajar a luta, qualquer outro já será lucro.

Pastor Max destaca celeridade do Executivo em atender Indicações

Esta semana, em entrevista a mídia digital, o vereador Pastor Max elogiou bastante a forma de como o governo municipal vem trabalhando e a celeridade com que o Executivo está atendendo as indicações dos parlamentares. Pastor Max citou como exemplo três indicações de sua autoria que foram aprovadas pela câmara, chegaram ao governo e logo foram atendidas.

Max e Roberto Albuquerque

Pela Indicação Nº 107/17, o vereador solicitou ao governo municipal, em correspondência ao Prefeito Francisco Nagib e por meio do Secretário de Desenvolvimento Urbano e Rural, Roberto Albuquerque, que fosse feito a obra de construção de um canteiro central, com escadaria, no trecho inicial da Rua Santiago, no bairro São Pedro, bem como a pavimentação asfáltica da via.

Com a Indicação Nº 108/17, o edil solicitou a construção de escadaria e pracinha no inicio da Travessa F Sesp, próximo a Rua Cesar Brandão, bairro São Pedro. Pastor Max ainda pediu, por meio da Indicação Nº 109/17, pela instalação de luminárias na localidade Riacho Seco, bem como o rebaixamento da ladeira e melhoria do acesso à localidade.

Um de nossas funções como representantes do povo é legislar em prol da população, ir as comunidades, saber de suas demandas e transformá-las em Indicações, Requerimentos e Projetos que beneficiem nosso povo. Fico muito feliz por nossas indicações estarem sendo atendidas com celeridade e competência pelo Executivo Municipal. Parabenizou  prefeito Nagib e o secretário Roberto pelo trabalho em benefício da população codoense” agradeceu o vereador Pastor Max.

Ascom

Leonel Filho ressalta os números positivos da Secretaria de Desenvolvimento Social

Em seu pronunciamento da semana, o vereador Leonel Filho (PTN) parabenizou toda a população de Codó pela Semana Santa e as celebrações pelos 121 anos de Codó. O edil iniciou criticando os ataques sem fundamentos e tendenciosos da chamada imprensa marrom e os grupos políticos que apoiam os ataques descabidos ao governo municipal.

Leonel Filho – vereador

Podem continuar falando. Pois não há como negar o trabalho que está sendo feito. Os que criticam não oferecem nada. Só críticas. Eles nem apareceram para cumprimentar o povo de Codó. Nós realizamos uma Semana Santa com distribuição de 50 mil quilos de peixes aos que mais precisam. O prefeito Francisco Nagib fez questão de ir a todos os bairros e aos distritos de Codó para realizar a entrega a população mais humilde”.

Desenvolvimento social

O líder do Governo lembrou que dentre os feitos da administração Mais Avanço, Mais Conquistas nos seus primeiros cem dias de atuação, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social foi uma das pastas que teve maior destaque. O edil lembrou inaugurações, reinaugurações e ações como:

A reinauguração o Serviço de Acolhimento Institucional; do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), no bairro Santo Antônio e da unidade do CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), no bairro São Francisco.

Também recordou a Inauguração a nova sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, Direito da Mulher, Segurança Alimentar e Igualdade Racial, da Pactuação Técnica da gestão do Programa Bolsa Escola, conseguindo cinco mil cartões do programa para as famílias codoenses, da entrega mensal de 800 cestas básicas aos CRAS para famílias em vulnerabilidade social, e da ação do Programa Mais Renda, que beneficiou 100 famílias com instrumentos de trabalho no ramo da beleza e de alimentos.

Quero parabenizar o empenho e o trabalho do prefeito, da secretária Agnes Oliveira e sua equipe, que nesse aniversário de Codó ainda entregaram o reformado Centro POP, para apoiar os moradores de rua, o CRAS da Trizidela e o Serviço de convivência e Fortalecimento de Vínculo, na Av. Cristovão Colombo, que vai assistir mais 500 pessoas em vulnerabilidade social. Com isso, a secretaria chega aos 2.832 atendimentos, entre crianças, jovens, adultos e idosos. Com todas essas obras, ações e marcas, nós podemos afirmar que nossa assistência social realizou muito em apenas cem dias”, finalizou o vereador.

Ascom.

Pedidos dos vereadores – NOVO CEMITÉRIO e novos passeios públicos para Codó

Na sessão desta semana na Câmara Municipal uma das indicações apreciadas e aprovadas pelos vereadores foi a de Nº100/17, de autoria do vereador André Jansen, que solicita ao Secretário de Desenvolvimento Urbano e Rural do Município de Codó, Roberto Albuquerque, a construção de um novo cemitério Municipal.

“Solicitamos ao Executivo a construção de um novo cemitério, pois entendemos que é uma demanda urgente para o município. O prefeito já irá viabilizar esta obra”, comentou o vereador André Jansen.

Passeios públicos

O parlamentar ainda solicitou, por meio da Nº101/17, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Rural para que seja feito a construção de um canal no Bairro Santo Antônio, começado da Avenida Vitorino Freire, na Beira linha, pegando a 1ª de Maio até a 1º Travessa Goiânia. E também a construção de um calçadão na beira linha para atividade física, começando do Bairro São Sebastião próximo ao CAM até o termino do canal d’água na 1º Travessa Goiânia.

Buscando melhorias no urbanismo e infraestrutura de Codó o vereador Iltamar Muniz solicitou a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Rural, por meio das indicações Nº102/17 e Nº103/17, a construção de um poço artesiano no Povoado Sabiazal e uma pista de passeio para pedestre na Avenida marechal Castelo Branco, sendo da entrada do Residencial Cidade Jardins ao Residencial São Pedro, respectivamente.

Pavimentação

Com as indicações Nº97/17 e Nº98/17, o líder da oposição, vereador Rodrigo Figueiredo, solicitou ao Executivo Municipal que seja feito quebra- molas na Rua Rio Grande do Norte, Bairro São Sebastião e a massa asfáltica da Rua da Estrela , Bairro São Sebastião, respectivamente.

Ascom – CMC