Category Archives: CAXIAS

Prefeitura convoca caxienses para vacinação contra a gripe Influenza A

A Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria de Saúde, participa da 18ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe Influenza A, que será realizada entre os dias 30 de abril e 20 de maio. A população poderá se vacinar nos postos de saúde, nas zonas urbana e rural, e se prevenir.

O objetivo da campanha é reduzir em pelo menos 80% a mortalidade, as complicações e internações decorrentes das infecções pelo vírus Influenza A em cada um dos grupos prioritários, entre eles:

·         Idosos a partir de 60 anos de idade;

·         Crianças de 6 meses a menores de 5 anos;

·         Gestantes;

·         Puérperas (até 45 dias após o parto);

·         Trabalhadores de saúde.

Locais de vacinação

As vacinas estarão disponíveis em 25 postos de saúde na zona rural e 11 na zona urbana, na Maternidade Carmosina Coutinho e pontos estratégicos, como escolas municipais e estaduais, associações e igrejas

Saiba mais

A gripe Influenza A, conhecida também como H1N1, é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).

Os sintomas mais comuns da Influenza A é febre acima de 38ºC, tosse e dificuldade em respirar. O Ministério da Saúde alerta que ninguém deve tomar medicamento sem indicação médica. A automedicação pode mascarar sintomas, retardar o diagnóstico e até causar resistência do vírus.

Ascom Caxias

Carros fumacê começam a circular em Caxias próxima semana

A Unidade Regional de Saúde (URS) de Caxias recebeu do Governo do Estado dois carros fumacê para complementar o combate ao mosquito Aedes aegypti (transmissor da zika, dengue e chikungunya) que tem sido desenvolvido pela Prefeitura. O serviço começa na próxima semana nos bairros da cidade.01(4)

A chefe do controle vetorial da URS, Clennya Simão, enfatizou que o início do trabalho dos carros fumacê será possível graças ao término do Levantamento de Índice Rápido (Lira), que acontece nesta sexta-feira (29), mostrando como anda a infestação por localidade. Assim, seguindo a portaria do Ministério da Saúde que pede esse relatório, o combate ao mosquito se dá de forma mais direta e eficiente.

Os profissionais que vão fazer a nebulização pelas ruas foram capacitados e receberam todos os equipamentos de proteção individual para desempenhar a tarefa. Os tonéis de inseticida também já estão na unidade.

Repelente para gestantes

A partir da próxima semana, 390 gestantes caxienses que fazem parte do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do Governo Federal, receberão dois frascos de repelente para ajudar na prevenção às doenças transmitidas pelo Aedes. Outro benefício recebido pela URS foram novos kits para os Agentes de Combate às Endemias.

A Unidade Regional de Saúde de Caxias atende mais seis municípios: São João do Sóter, Coelho Neto, Duque Bacelar, Aldeias Altas, Buriti, Afonso Cunha.

Caxias ganha 3 motos para realização do Cadastro Ambiental Rural e 35 Quintais Produtivos

Em Caxias

Em Caxias

Mais uma parceria entre a Prefeitura de Caxias e o Governo do Estado beneficia os agricultores familiares do município. Em solenidade realizada na manhã desta quarta-feira (27), na Secretaria Municipal de Agricultura, foram entregues 3 motos para o levantamento do Cadastro Ambiental Rural (CAR), além de 35 Quintais Produtivo de meio hectare para agricultores que fornecem para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Segundo o secretário de Agricultura de Caxias, Manoel Silveira, “as motos destinadas ao CAR, bem como os kits que atenderão 35 famílias, irão ajudar a alavancar mais ainda a produção local, e os produtores da zona rural que necessitem de investimento na produção”.

Na oportunidade, o prefeito de Caxias, Leo Coutinho, enfatizou a importante parceria com o Governo do Estado. “Nesse quase um ano e meio de governo Flávio Dino, desde ações pequenas a ações mais complexas, quase todo mês a zona rural de Caxias é contemplada com alguma novidade. Esse é o nosso compromisso, dizer ao homem do campo que estamos aqui do lado. E quanto mais apoio e suporte tivermos, é claro que quem ganha é a população”.

Para o homem do campo

Para o vereador Neto do Sindicato, também representando a classe de trabalhadores rurais, “o município está de parabéns por ser contemplado com mais equipamentos que visam criar e fortalecer espaços de promoção e comercialização dos produtos da agricultura familiar”.

“O município de Caxias é prioritário dentro das nossas diretrizes de trabalho no desenvolvimento da agricultura familiar no Maranhão”, afirmou o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares.

CAXIAS – Equipe técnica faz vistorias na UPA e em UBS

O prefeito Leo Coutinho, acompanhado do secretariado e técnicos em edificações, vistoriou nesta terça-feira (26) quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).02

“Conferi como estão as obras na UPA, no bairro Pirajá, e nas UBS nos bairros Antenor Viana, Caldeirões, Fazendinha e Salobro. Gostei do andamento do serviço, mas pedi mais empenho de todos os envolvidos para a entrega dos prédios. Essas unidades serão de grande utilidade para desafogar o Hospital Geral e prestar mais e melhores atendimentos à população”, disse o prefeito Leo Coutinho.05

Analisando as obras, o prefeito garantiu a entrega de três UBS nos próximos dias e da UPA ainda neste semestre.

Ambulatório no Ceami atende pacientes com suspeita de dengue e chikungunya

Devido ao grande fluxo de pacientes no Hospital Geral, a Prefeitura de Caxias está disponibilizando, no Centro de Especialidade em Assistência Materno Infantil (Ceami), serviço de atendimento médico para casos de suspeita de chikungunya e dengue.

“O objetivo é centralizar o atendimento, ficando mais próximo da população e diminuir o fluxo no Hospital Geral. Aquela pessoa que apresente os sintomas poderá se deslocar até o Ceami e receberá o mesmo atendimento prestado no Hospital”, disse a enfermeira Socorro Daniel.

O paciente que chega ao Ceami passa por triagem, atendimento médico e recebe medicação após a consulta.

Consulta rápida

“O atendimento foi muito bom, estava com muitas dores no corpo. Fui atendida muito rápido”, disse a dona de casa Rosilda Rodrigues, que está com suspeita de dengue.

O ambulatório do Ceami atende de segunda a sexta, das 8h às 11h30, e das 13h às 17h.

Prefeitura de Caxias apoia 1ª Copa Rural Feminina

No país do futebol, cada vez mais as mulheres vêm conquistando espaço no esporte que antes era considerado \”coisa de homem\”. E isso acontece tanto na zona urbana como na zona rural. Em Caxias, visando integrar essas esportistas é que será realizada a 1ª Copa Rural Feminina.01(2)

A Copa Rural Feminina conta com apoio total da Prefeitura de Caxias. Com estimativa de começar no fim do mês de maio, o evento pretende reunir 16 times femininos de diversos povoados do município. Mas antes da competição, as equipes se preparam com torneios relâmpagos.

O primeiro torneio relâmpago de futebol feminino ocorreu na tarde desta quinta-feira (21), no campo do Povoado Estiva. Quatro times se enfrentaram. Dezenas de moradores das localidades vizinhas, e até mesmo o prefeito de Caxias, Leo Coutinho, fizeram questão de prestigiar as partidas.

“No começo do ano fomos surpreendidos pela reivindicação de vários povoados da cidade clamando por futebol feminino. E é nosso papel apoiar o esporte, porque é através das práticas esportivas que conseguimos oferecer lazer, entretenimento, diversão e saúde”, disse o prefeito Leo Coutinho.

Incentivo às mulheres

De acordo com o treinador Raimundo Queiroz, “a Copa Rural Feminina é um grande incentivo para as mulheres que ainda estão se familiarizando com o esporte”. Mulheres como Janaina Nascimento, que, segundo ela, “o futebol também contribui para um bom condicionamento físico”.

“Um evento que nunca existiu na zona rural de Caxias. Essa Copa, mais do que partidas de futebol, se configura numa verdadeira festa para o homem e a mulher do campo, que têm mais uma opção de entretenimento. E tudo isso graças ao prefeito Leo Coutinho, que tem sido um grande parceiro de eventos na zona rural”, declara o organizador e também líder comunitário Edival do Brejinho.

Prefeitura realiza campanha de combate ao Aedes na zona rural

O prefeito Leo Coutinho participou neste quarta feira (20), no povoado Sítio, no 2º Distrito, da campanha de Combate ao Mosquito Aedes. A ação foi realizada pela Secretaria de Saúde e a U.I.M Antônio Rosa de Lima, com a presença de alunos e pais da localidade e regiões próximas.CAXIAS

 “Essa guerra é de todos nós. Nosso objetivo é conscientizar os alunos para que possam estar orientando em suas casas e comunidade”, ressaltou o diretor da escola, Antônio Crisóstomo Almeida.

 O evento envolveu os povoados Limeira, Bacaba, Centro da Lagoa, Barro Vermelho, Barro Seco, Vai Quem Quer, Mata Grande, Buenos Aires e Lagoa dos Pretos.

 “Esse trabalho de prevenção é de extrema importância também na zona rural. Fico feliz em ver nos olhos das crianças a vontade de combater esse mal”, disse o prefeito Leo Coutinho.

Atividades de prevenção

 Os alunos realizaram atividades como a reciclagem, visando o combate ao foco do Aedes. Foi feito mosquitos com garrafas plásticas, pneus velhos abandonados reaproveitados, e exposição/orientação de como os materiais devem ser descartados pela comunidade.

 “Fizemos esses trabalhos para conscientizar a comunidade sobre o mosquito. Agora vamos passar as informações para nossos pais e vizinhos”, disse a aluna Carol da Conceição.

 A partir de segunda-feira (25), os alunos, orientados por professores, irão fazer um mutirão nas noves comunidades locais, com panfletagem, orientação aos moradores e retiradas de objetos que possam ser futuros criadouros do mosquito.

Ascom Caxias

GGI discute implantação de Delegacia do Idoso em Caxias

Membros do Grupo de Gestão Integrada (GGI) discutiram nesta terça-feira (19), no auditório do Fórum, na Cidade Judiciária, a implantação da Delegacia Regional Especializada de Atendimento ao Idoso em Caxias.

Reunião em Caxias

Reunião em Caxias

Segundo a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Hely Maria Costa, a violação dos direitos dos idosos está aumentando. “É importante saber quem são essas pessoas que estão sofrendo e o que pode ser feito por elas. A sociedade precisa lutar junto com a gente para a implantação dessa delegacia. Ultimamente, a gente tem recebido muita denúncia, então alguma coisa precisa ser feita com a maior urgência possível. São pessoas que não têm como se defender”.

Em Caxias, não existe um local adequado para diferenciar ocorrências com idosos das demais, e isso, de acordo com Hely, sobrecarrega a Polícia Civil, dificultando a celeridade na punição dos culpados.

Ajuda do Estado

A juíza da 5ª Vara da Comarca de Caxias, Marcela Lobo, que faz parte do GGI, ressaltou a necessidade de levar ao conhecimento das autoridades estaduais a implantação desse tipo de delegacia especializada no município. “Entendemos que é preciso ter uma atenção diferenciada com essa população, que tem um vulnerabilidade maior. Nós sabemos que esse é um pleito dentre muitos, que precisa ser analisado pelo Executivo e o Legislativo do Estado”.

Outra pauta

Na reunião desta terça-feira do GGI, também foi debatida a integração da rede de rádio das instituições que fazem parte do grupo. Para ficar claro, o secretário de Segurança, Silvínio Rocha, deu um exemplo: é como se as comunicações da Polícia Militar e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estivessem integradas, dando mais dinamicidade no atendimento à população. “Em determinados eventos, em que haja a necessidade da atuação de vários órgãos conjuntamente, nós teremos esse elemento facilitador, que é essa comunicação de rádio integrada. Assim, as autoridades estarão mais próximas no atendimento dos problemas que afligem a sociedade”.

Ascom Prefeitura de Caxias

Maternidade Carmosina Coutinho promove Semana da Higienização das Mãos

A Maternidade Carmosina Coutinho (MCC) promove entre os dias 18 e 22 a Semana da Higienização das Mãos. Com ações simples na hora de lavar as mãos, considerada uma medida primária na área da Saúde, é possível reduzir em até 80% as doenças provocadas por infecção hospitalar.

Enfermeira palestra

Enfermeira palestra

A enfermeira responsável pela palestra desta segunda-feira (18), Lucyara Coelho, disse que a ideia é conscientizar toda a equipe da maternidade sobre a prática correta de lavar as mãos. “Isso gera um impacto muito positivo para a vida dos pacientes. Por exemplo, microrganismos mais comuns, se a gente não combater com esse gesto simples, a gente pode ter problemas maiores, porque eles se proliferam de forma muito rápida. Isso tudo já é feito, mas é preciso lembrar todo o tempo aos profissionais da Carmosina. Conscientização é a palavra-chave”.

Os produtos para higienização das mãos são aqueles conhecidos de todos: álcool em gel ou sabão líquido. Mas o que importa é como é feita, com a fricção e o tempo corretos. A enfermeira Lucyara lembra que o uso do produto sem a técnica não adianta nada. Ao final do curso, acontecerá uma dinâmica para mostrar, por meio de um processo químico, se a lavagem foi eficaz ou não, para que os participantes vejam a importância da maneira certa de fazer.

Trabalho de excelência

Para a técnica de enfermagem Alzenir Alves, esse treinamento é muito importante e de utilidade diária. “A gente consegue ver o quanto é necessário a técnica para que tudo ocorra bem. Na nossa área, não dá para ficar parada, cada dia a gente aprende mais. E é uma coisa tão simples, mas que pode salvar vidas”.

Higiene

Higiene

A fisioterapeuta Elizabeth de Orleans, presidente do Núcleo de Ensino e Pesquisa da MCC, enfatiza que esse tipo de abordagem, voltada para a educação continuada e permanente, proporciona, cada vez mais, a qualificação e melhoria do corpo clínico e assistencial da maternidade. “O que vale ressaltar é a disseminação do conhecimento e, consequentemente, a melhoria no atendimento aos pacientes. O Núcleo de Segurança do Paciente também é o nosso parceiro nesse evento. Porque o objetivo da maternidade é proporcionar o bem-estar às gestantes e o melhor atendimento possível aos recém-nascidos”.

Capacitação sobre Código de Conduta Disciplinar nas escolas municipais

Técnicos da Secretaria Municipal de Educação, gestores gerais, adjuntos e coordenadores escolares receberam, nesta quarta-feira (13), uma capacitação sobre noções básicas de direitos constitucionais. Em parceria com o Juizado da Infância e Juventude, a iniciativa da Prefeitura de Caxias é de que os gestores da rede municipal de ensino trabalhem da melhor forma possível o Código de Conduta Disciplinar nas escolas.

CAXIAS

CAXIAS

O Código de Conduta Disciplinar, que começou a valer no início do ano letivo em Caxias, trata de assuntos relacionados a maus atos dos alunos, como agressões ou porte de armas (branca ou de fogo); brigas de gangues ou bullying; ameaças, desrespeito ao corpo docente e discente; depredações das escolas e outros correlacionados; a prática de atos definidos como infração pelas leis penais; desobediência, desacato, ou qualquer outra forma de indisciplina.

A capacitação aconteceu no auditório do Centro de Estudos Superiores de Caxias. Entre os palestrantes, o juiz da Infância e Juventude, Manoel Velozo, repassou orientações importantes quanto aos procedimentos judiciais que os gestores devem tomar mediante algum ato criminal do estudante.

Conscientização

Além do Código de Conduta Disciplinar, a Secretaria de Educação também conta com o Núcleo de Apoio à Família na Escola (NAFE), que tem o intuito de aproximar a família da escola, sempre primando pela conscientização de que a família é e deve ser a primeira a educar seus filhos, que são os alunos. O alunos atendidos apresentam dificuldades socioafetivas. O órgão chega a receber cerca de 40 ocorrências mensalmente.

Outra parceira das unidades de ensino é o Grupo Especial de Apoio à Escola (Geap), da Polícia Militar. O órgão faz o trabalho de segurança nas escolas, principalmente nas consideradas em áreas de risco, com alto índice de criminalidade. “Estamos sistematizando uma situação de atendimento às ocorrências para que a escola, junto com os órgãos, demonstrem para a família e para o aluno que há penalidades em relação a indisciplinas”, destaca o comandante do 2º BPM, tenente coronel Ruy Fernandes.

“Recebemos muitas denúncias de violência nas escolas. Esse é um momento de conscientização e uma forma de promovermos a cultura da paz. E o Código de Conduta Disciplinar teve justamente essa finalidade. Junto com esses órgãos, esperamos fazer essa cultura da paz dentro do Código de Conduta Disciplinar, para que ela seja colocada em prática. É um passo importante, que vai favorecer o nosso trabalho enquanto educadores e a própria comunidade”, avalia a professora Cintia Rodrigues, coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental.