Category Archives: EXPOCODÓ 2015

Sabonete Extrato dos Cocais é lançado na Expocodó

Lavradores da chamada Rede Mandioca, que agrega 20 famílias só em São Benedito dos Colocados, zona rural de Codó, participaram de um curso de Doces, Compotas e Licores realizado pela parceria SENAR, Sindicato dos Produtores Rurais de Codó, Fundo de Desenvolvimento e Fomento de Economia Solidária, Cáritas Brasil e Transbarros.

Valdivino, falou com entusiasmo do Extrato dos Cocais

Valdivino, falou com entusiasmo do Extrato dos Cocais

Já na Exposição, esta e outras comunidades exporam alguns produtos como o azeite de coco e a farinha com manteiga. Também foi lançado, em fase experimental, o sabonete Extrato dos Cocais.

“Azeite de coco embalado, a famosa  com manteiga, farinha com coco, farinha seca e farinha d’água. Lançamento do famoso sabonete EXTRATO DOS COCAIS. Lançado amostra experimental. Foi um lançamento simbólico e logo, logo o sabonete se tornará grande”, garantiu Valdivino, líder da comunidade.

SOBRE REDE MANDIOCA

Sobre a rede mandioca, Valdivino explicou.

“A Rede Mandioca nós somos 120 grupos filiados no Maranhão, estamos presentes em 26 municípios, iniciamos em 2008. Em Codó nós temos grupo de São Benedito dos Colocados, melhoramos a casa de farinha de São Benedito, da Passagem Grande, Mirindiba”, concluiu

Zito encerra Expocodó 2015 com ‘repente’ de agradecimentos

Ontem, 09, depois dos discursos de encerramento da 43ª Expocodó (que, na verdade, só termina nesta segunda-feira, com Relikya Musical) o prefeito Zito Rolim fez um repetente e agradeceu pela bela festa. VEJA.

ENCERRAMENTO – Atrações de sábado e domingo na EXPOCODÓ

Totonho Araújo fala sobre as atrações musicais deste fim de semana da EXPOCODÓ.

EXPOCODÓ – Empresa de plantas do Paraná ajuda Pestalozzi de Codó

Com mais de 20 anos no mercado,  a empresa DANE LUZ, de SÃO JORGE do Oeste, Estado do Paraná, é uma das grandes atrações do Parque de Exposição na Exposição Agropecuária de Codó.

Codoenses estão aproveitando

Codoenses estão aproveitando

“Tudo quanto é tipo, tem parte frutífera, tem parte de jardinagem, flor, orquídea. O que você pensar nós temos”, destacou um funcionário com sotaque paranaense justificando que estavam vindo de Balsas, Sul do Maranhão, onde foram encontrados por Iêdo Barros, presidente da Acrivi, que lhes fez o convite.

Existe uma infinidade de opções no stand que fica próximo à Churrascaria do Parque.

Flores naturais

Flores naturais

Quando indagado obre as que mais estão sendo vendidas em Codó, respondeu:

“Tem a parte de jardinagem com as palmeirinhas que são bastante procuradas, daí tem as três Marias também e a Caizuca pequena…E AS FRUTÍFERAS? Frutíferas nós temos bastante manga e Jabuticaba, são as que mais saem. Na parte de flores, são as orquídeas que as pessoas pensam que são de mentira, de plástico, mas são todas de verdade”, disse

PARCERIA PESTALOZZI

A DANE Luz também está fazendo uma trabalho social dentro do parque. 20% do que ela está vendendo é direcionado à Associação Pestalozzi de Codó que lida com crianças com deficiência física, audiovisual e mental.

CAR – Secretaria de Marcelo Coelho está ajudando proprietários de terra na EXPOCODÓ

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente montou um stand  para atender à proprietários de terra com até 240 hectares, equivalente à 4 módulos fiscais, que se interessem pela CADASTRO AMBIENTAL RURAL – CAR.

Uma equipe fica no posto atendendo e duas vão à campo quando, por exemplo, o proprietário não possui as coordenadas corretas do seu imóvel, como melhor explicou Sérgio Lopes Serra, supervisor de planejamento ambiental da SEMA.

Equipe da SEMA em Codó

Equipe da SEMA em Codó

“Tem uma equipe que está no balcão de atendimento, aqui tá ocorrendo aqui na feira de exposição de Codó, e tem uma equipe de campo, tem duas, na verdade, temos tido uma procura até, bem ampla, dos produtos da região, não só de Codó, também da região de Timbiras, os municípios adjacentes para realizarem seus cadastros. Então, em função disso e da dificuldade que nós, as vezes, encontramos nas documentações no que diz respeito à ausência de coordenadas geográficas, então tem uma equipe de campo onde ela vai fazer a coleta das coordenadas do imóvel para que a gente possa concluir o cadastro ambiental, uma das etapas do cadastro onde a gente precisa lançar o perímetro do imóvel, a área da reserva legal, todos os elementos que estão presentes dentro da propriedade, um curso d’água, uma nascente, um açude, enfim”, explicou

Como acima destacado, o proprietário com até 260 hectares (4 módulos fiscais de terra) pode fazer o cadastro com o auxílio do governo, como está acontecendo na Expocodó 2015.

“No caso aqui do município de Codó, um módulo fiscal é equivalente à 60 hectares, então as propriedades de até 240 hectares têm direito à este atendimento gratuito aqui pela SEMA e capacitação ela busca, justamente, deixar no município pessoas capacitadas pra atender esta demanda posteriormente”, justificou Sérgio Serra

OUTROS TRABALHOS

Além disso, a SEMA também está realizando trabalho de capacitação em legislação florestal, geotecnologias e uso do GPS para técnicos, gestores municipais, consultores e sindicalizados do município de Codó e região.

Estão reclamando da ausência da Guarda Municipal na Expocodó 2015

Ao visitar o Parque de Exposição ontem, 6, fui abordado logo na entrada por um dos organizadores do evento com a seguinte reclamação – A GUARDA MUNICIPAL nunca pisou os pés no local.

Ausência da Guarda Municipal é sentida no Walter Zaidan

Ausência da Guarda Municipal é sentida no Walter Zaidan

Segundo o denunciante, foi feito um convite formal encaminhado à Prefeitura, mas não houve resposta, nem presença desde que o evento começou sábado passado.

“Parece que eles entraram em greve aí com a prefeitura e não estão vindo”, justificou o denunciante sem demonstrar certeza no que dizia

Diferente da Guarda Municipal, encontramos os agentes de trânsito no local, à tarde, e em grande quantidade.

Vamos procurar o comandante José Fernandes, da GM, para sabermos até que ponto procede a denúncia e, procedendo, os motivos da ausência no Parque de Exposição.

Se bem que, devo assinalar, não há nada dentro de uma exposição agropecuária para ser protegida por guardas municipais que têm função específica e, estritamente, ligada à órgãos do município ao qual pertencem como servidores públicos.

Mas, enfim, a organização está sentindo a ausência, considera necessária a presença e é meu dever ouvir as duas partes.

Assim procederei.

BOM NEGÓCIO – Visite a FC MOTOS no parque de Exposição Walter Zaidan

A FC MOTOS montou um dos mais bonitos stands de venda dentro do parque de Exposição Walter Zaidan com atendimento quase que 24h, durante todos os dias da 43ª EXPOCODÓ.

Visite a FC Motos no parque de Exposição

Visite a FC Motos no parque de Exposição

O ponto chama a atenção pelo imponência e, claro, pelas ofertas que ali estão chegando ao conhecimento dos clientes por meios de vendedores qualificados.

Todos os modelos à sua disposição

Todos os modelos à sua disposição

Todas as motocicletas da linha 2015 estão à venda. Também é possível fazer um consórcio YAMAHA com a maior comodidade e facilidade.

Venha fazer um bom negócio na FC MOTOS

Venha fazer um bom negócio na FC MOTOS

EXPOCODÓ – VÍDEO mostra curso prático do SENAR sobre produção de cachaça

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR – está oferecendo diversos cursos dentro do Parque de Exposição Walter Zaidan.

Visitamos o stand do Sindicato dos  Produtos Rurais onde encontramos dois ensinamentos práticos em andamento – um sobre produção de farinha de mandioca mecanizada e outro sobre produção de cachaça, como mostra o vídeo abaixo.

Vereador reforça sobre cadastro gratuito do CAR durante a ExpoCodó

Pedro Belo

Pedro Belo

O vereador Pedro Belo (PC do B) iniciou seu pronunciamento saudando todos os produtores rurais do município de Codó pela realização da 43ª Exposição Agropecuária, a ExpoCodó, que está sendo realizada no Parque de Exposições Walter Zaidan. “Quero parabenizar ao presidente da ACRIVI e a seus sócios, aos pequenos produtores, aos produtores de fora que trouxeram seus animais, aos expositores, empresários, ao governo municipal e ao governo estadual, aqui representado pelo Secretário de Agricultura do Estado do Maranhão, Márcio Honaiser do Secretário Adjunto de Meio Ambiente, Roseno Júnior, e também a toda a população que está prestigiando e comparecendo a essa grande festa”. Disse o edil.

Cadastro Ambiental Rural (CAR)

O Vereador ainda informou que o Secretário disponibilizou cinco técnicos para realizar o Cadastro Ambiental Rural (CAR) dos produtores rurais durante a ExpoCodó, de 1º ao dia 9 de agosto. De acordo com Pedro Belo, o cadastro é obrigatório, é disponibilizado gratuitamente pelo Estado durante o período da feira e é imprescindível para o produtor no sentido de realizar suas atividades, comercialização e financiamentos. “O Estado entendeu que seria necessário para os produtores ainda não cadastrado e está disponibilizando o serviço gratuitamente nesta ExpoCodó”.

10 anos de hiato

O parlamentar lembrou o hiato de dez anos sem a realização da feira e enalteceu a força de vontade do presidente da ACRIVI, Iêdo Barros, do empresariado local e de toda a população. “Nosso município é predominantemente rural e sua economia gira pela força de trabalho de nossos produtores, como nosso grande amigo Baixote, que está realizando um grande trabalho em parceria com a EMBRAPA, AGERP e AGED. Essas parcerias estão trazendo tecnologia e aumentando a produtividade de nossos trabalhadores do campo”.

Setor Primário irá fortalecer economia

Pedro Belo fez questão de enfatizar que a ExpoCodó é mais uma iniciativa que irá fomentar a atividade agropecuária e fortalecer o setor primário em Codó, fazendo com que a produção rural tenha mais representatividade na economia local e no estado. “Temos que entender que é possível que o nosso homem do campo, nossos produtores rurais conseguirem seu alimento, seu sustente, criar seus filhos e gerar emprego e renda para o município. Uma das prioridades do governo do estado é fortalecer o setor primário e a nossa produção. Levando mais progresso, produtividade e qualidade de vida as famílias do campo”. O edil ainda lembrou e convidou as autoridades a participarem do 3º Dia do Campo na localidade Barra do Saco.

Assessoria de Imprensa

“Quero dizer pra você, que tiro o chapéu”, diz Zito referindo-se ao presidente da ACRIVI

Prefeito Zito discursa ao lado de Márcio Honaiser, Raimundo Coêlho, Francisco Machado e Nilson Gomes

Prefeito Zito discursa ao lado de Márcio Honaiser, Raimundo Coêlho, Francisco Machado e Nilson Gomes

Em discurso na abertura da 43ª Expocodó, hoje pela manhã, o prefeito Zito Rolim (PV), teceu elogios e destacou a bravura do presidente da ACRIVI, Iêdo Barros. Falou de sua coragem em ter enfrentado o desafio de fazer retornar a exposição que passou anos no esquecimento.

“Iêdo você é muito corajoso e nós sabemos das dificuldades, mas nós temos que sermos audaciosos e você foi e com a ajuda de seus amigos, chegamos aonde chegou – um parque de exposição que é uma referência hoje graças ao seu trabalho e à sua coragem e aqui a transformação tem sido muito grande”, disse

“TIRO O CHAPÉU”

Em um ato verbal simbólico, o prefeito usou o  dito popular ‘tiro o chapéu’ para mostrar o quanto, realmente, admira o empenho do presidente.

Lembrou que o próximo a sucedê-lo, uma vez que este é o último ano de Barros como presidente e já sinalizou que não deseja reeleição, terá grande desafio de manter a exposição.

“Quero dizer pra você, que tiro o chapéu. Que faço como o…repito aqui as palavras de seu João Barros, que quem vier sucedê-lo tem uma responsabilidade muito grande, mas, com certeza, com o apoio dos amigos, com o apoio do governo Estadual, do governo municipal você vai dá continuidade”, frisou Zito