Category Archives: Geral

Ministério Público intensifica caça à servidores fantasmas na prefeitura de Codó

O Ministério Público intensificou a caça à servidores públicos do município de Codó considerados fantasmas e alguns já foram identificados.

Já existem procedimentos de investigação abertos contra, pelo menos, 20 pessoas.

Quase 100% dos casos já investigados e os que estão sendo descobertos são da área da educação. Professores, concursados, que deveriam estar a frente de salas de aula mas que nunca aparecem.

A promotora Linda Luz Matos Carvalho, responsável por este trabalho, deu exemplos de como a irregularidade vinha  acontecendo ao ser entrevistada pela TV Mirante.

Falou em professores concursados que subcontratavam outros enquanto estavam noutros municípios ou mesmo tentando dar conta do impossível.

 “Não trabalha e coloca outra pessoa ou então tem cargo em outro município e coloca outra pessoa no seu lugar para ministrar aulas quando ele deveria estar ministrando (…)  além disso já restou constatada na nossa investigação que têm pessoas que têm 3, quatro cargos, contratos com o Estado e a gente já percebeu, assim de antemão, que é humanamente impossível a pessoa conseguir cumprir todos os cargos e todos os contratados que ele está vinculado’, esclareceu

DEVOLVER A GRANA

Dra. Linda Luz  vai se reunir com secretários municipais, e o primeiro será com a de Educação, professora Deusimar Serra, para exigir deles uma lista com todas as informações funcionais de cada servidor, inclusive de anos anteriores.

Quer saber quem, realmente, recebeu e apareceu para trabalhar.

Os fantasmas  terão seus nomes levados à Justiça. Se tiver vários cargos poderá optar por um, mas terá que devolver o dinheiro que recebeu sem prestar o serviço.

“Ele opta  por um dos cargos e aí resolve do ponto de vista administrativo, o que o Ministério Público vai verificar é se esse cargo que, efetivamente, tava em acúmulo ele prestou serviço, se for constatado que ele não tenha prestado serviço ele tem que devolver todo o dinheiro recebido indevidamente já que ele não prestou serviço”, explicou a promotora

PREFEITO FALOU

Sobre o trabalho do Ministério Público o novo prefeito disse não se opor.

Informou que começou tomando providências, como o recadastramento de todos os servidores,  para que em seu governo não haja o mesmo problema.

Afirmou ainda que vai colaborar no que for solicitado.

“E apresentou-se mais de 100 pessoas que deixaram de  se recadastrar, então essa medida acreditamos que ela é louvável para ajudar o Ministério Público na questão de tirar as pessoas que estão em folha, se que  é elas existem, porque, até então, desde o início da nossa gestão não tomamos conhecimento porque os contratados foram todos demitidos pela gestão anterior e nós estamos aqui fazendo um processo seletivo para recolocar eles na sua devida função, que, realmente, exerça essa função, trabalhe em prol da população”, disse o prefeito

Polícia Civil apreende 166 kg de drogas na região metropolitana

A Polícia Civil através da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) apresenta, nesta sexta-feira (27),  no auditório Leofredo Ramos, na sede da SSP, bairro Outeiro da Cruz, em São Luís, resultado de operações deflagrada na capital maranhense que resultaram na apreensão de 166 kg de drogas.

Durante a operação realizada no bairro Anjo da Guarda, foram presos Robson Pereira Amorim, 31 anos; Marcos da Silva Santos, de 35 anos e Marcia Suelen Silva Costa, 24 anos. Com o trio, os agentes da Seic apreenderam 100 kg de maconha prensada e um veículo modelo Corsa Classic usado para o transporte da droga.

Em outra ação, equipes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) conseguiram apreender 66 kg de maconha nas dependências do Terminal Rodoviário de São Luís. Na ocasião foi preso em flagrante Genilson Costa Froes, tendo também a apreensão de uma menor de idade.

FONTE: SSP

Nagib e Agnes Oliveira participam de solenidade de pactuação para gestão do Programa Bolsa Escola

Na terça-feira (24) o prefeito de Codó, Francisco Nagib, a secretária municipal de desenvolvimento social, Agnes Oliveira e mais de 90 prefeitos e centenas de secretários e secretárias municipais de Assistência Social, se reuniram com o governador Flávio Dino para assinatura do Termo de Pactuação Técnica para gestão do Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), realizada no Palácio Henrique de La Roque. Também estiveram presentes na cerimônia deputados estaduais e federais e secretários estaduais.

Primeira-dama Agnes, o governador Flávio Dino e o prefeito de Codó Francisco Nagib

O objetivo do programa, promovida pelo governo do estado, é subsidiar o custeio do material escolar fornecido aos jovens maranhenses de baixa renda e contribuir com a movimentação financeira nas cidades através de créditos investidos em estabelecimentos comerciais.

O programa, que chega ao seu segundo ano, já garantiu a compra de material escolar a quase um milhão de estudantes da rede pública de ensino.

O Bolsa Escola

Criado pela atual gestão Governo do Maranhão, o projeto complementa os recursos recebidos pelas famílias incluídas no Programa Bolsa Família, do Governo Federal. É também a primeira experiência local na implantação de um programa estadual de transferência de renda.

Em 2016, o programa beneficiou 982.681 alunos nos 217 municípios maranhenses com a concessão de R$ 48 milhões em créditos investidos em 841 estabelecimentos comerciais cadastrados. Além disso, houve aumento do valor repassado a cada estudante, de R$ 46 para R$ 51, acompanhando o reajuste de 12% do programa federal Bolsa Família.

Durante o ‘Encontro de Prefeitos e Gestores Municipais de Assistência Social do Maranhão’, que se estende até quarta-feira (25), foram apresentados mais detalhes sobre a operacionalização e gestão do ‘Bolsa Escola (Mais Bolsa Família)’, assinados os termos e entregues os cartões do Programa.

Programa beneficiará 4.867 crianças em Codó

A secretária municipal de desenvolvimento social, proteção alimentar, direito da mulher e igualdade racial, Agnes Oliveira, falou sobre a importância do beneficio para milhares de crianças codoenses.

É um momento muito especial pra mim e para o prefeito Francisco Nagib, em nosso primeiro encontro com o governador Flávio Dino, para recebermos em mãos os quatro mil oitocentos e sessenta e sete mil cartões do programa para entregar as famílias codoenses. Em breve iremos anunciar em Codó como serão entregues os cartões aos beneficiários do Bolsa Escola”, explicou

Para o prefeito de Codó, Francisco Nagib, o programa irá ampliar o acesso dos menos favorecidos a melhores condições de aprendizagem.

O programa abre os caminhos das famílias mais humildes e as mais de quatro mil e oitocentas crianças de Codó para uma educação melhor, com material de qualidade. Além disso, esse apoio do Governo do Estado proporciona movimentação significante na economia local”.

Ascom – PMC

Sinalização do trânsito de Codó continua horrível

A sinalização das ruas de Codó sempre foi precária e na parte horizontal é o tempo quem tem se encarregado de fazer seu trabalho deixando, na ausência do Poder Púbico,  tudo ainda mais complicado.

Em frente ao cartório, próximo à Impacto Calçados,  em pleno centro, se dependesse de palavra completa há tempos não saberíamos que lá já existiu um importante ‘PARE’.

Pintura no centro da cidade

Há casos mais intrigantes. Na Av. Cristóvão Colombo, Trizidela, tem uma  placa  que indica a existência de  uma faixa de pedestre preferencial para alunos, seus pais, professores. Olhando para onde ela indica não há absolutamente nada pintado no chão, só a escola  Governador Archer que fica logo à frente.

Tem também o velho problema dos cruzamentos. No entendimento  dos codoenses, o da Cristóvão Colombo com a Marcos Rocha, é uma perigosa bagunça.

“O cruzamento é bagunçado o pessoal não tão mais nem obedecendo”, afirmou seu Manoel Alves

Nem há mesmo o que obedecer no principal exemplo de necessidade de mais semáforos na cidade, na Trizidela.

“É terrível, horário de pico principalmente…POR QUE É PERIGOSO? Porque precisa ter uma sinalização, ninguém sabe de quem é a vez, ninguém espera por ninguém, todo mundo quer passar e por isso que acontece os acidentes”, afirmou o comerciante Antonio Carlos Silva Filho

PALAVRA DO DMTRANS

Encontramos o novo responsável pelo DMTRANS de Codó, César Roberto Oliveira Soares,  no centro acompanhando o início de um trabalho de recuperação da pintura das faixas de pedestres no semáforo do Banco do Brasil.

Perguntamos sobre o que se pretende fazer, além disso, para melhorar a sinalização em toda a cidade. Ele respondeu.

 “Nós já estivemos no DETRAN, o prefeito conversando conosco também , com versando a com a diretora do DETRAN e tá sendo trabalhado a questão de documentação para que sejam sinalizados estes pontos mais críticos, Trizidela, colocando semáforo, e toda Codó que tá carente de sinalização”, afirmou

Mesmo diante da nova pintura registramos reclamações por causa de outros incômodos perto das faixas, os buracos.

“Vai embora o amortecedor, tanto do carro quanto da moto, e quem vai arcar com os nossos prejuízos, é nós? E o imposto que pagamos, pra onde vai (…) só tinta não serve tem que ter buraco tapado e um trânsito descente que esperamos que um dia a gente possa ver esse trânsito descente na cidade de Codó”, criticou o radialista César Santos

Carnavalescos sobre a dúvida – HAVERÁ OU NÃO desfile de escolas de samba este ano

Ontem, 25, no Fórum Muncipal de Cultura seu Alvino (Alverino)  Moreira Santos usou da palavra enquanto representante das Associação dos Blocos e  Escolas de Samba de Codó deixando uma dúvida no ar – haverá ou não desfile este ano?

O tempo todo ele deu a entender que tudo deve ser preparado para 2018.-

“Eu acho que nós devemos, depois dessa data de carnaval, para tramar, traçar os trabalhos para 2018 fazer um grande carnaval em Codó, que precisa”, disse em seu discurso.

Deixando ainda mais evidente seu interesse deu a ideia de, ano que vem, haver uma homenagem geral ao carnavalesco Ribinha Muniz que, segundo ele, está muito doente e não consegue mais andar.

“Ribamar Muniz, ele está muito doente e no meu desejo, no meu coração, no meu entendimento a gente vem trazendo esse carnaval nas costas, eu, Ribinha (Muniz), Ruy Rey, Piauí e tantos outros que têm por aí, que no próximo ano  nós fazemos um carnaval em prol do Ribinha que não está mais andando, eu tô pedindo a Deus que ele esteja vivo pra ver essa grande festa”, disse seu Alvino

OPINIÃO DO RUY

Questionei Ruy Rey, da Águia do Samba e da Federação Folclórica do Vale do Itapecuru, sobre o assunto. Ele também entendeu o discurso de Alvino Moreira da mesma forma, mas tratou de discordar.

Disse que é favorável que se faça o desfile pelo menos da Águia do Samba e da Unidos de São Sebastião sem os critérios rígidos do número mínimo de participantes em cada escola, por exemplo, só para se manter a tradição.

Ano que vem, disse Ruy, se faz o carnaval da forma como idealizou seu Alvino.

O PREFEITO FALOU

Francisco NAGIB também entendeu, a partir do que ouviu de seu Alvino, que as escolas estavam se retirando do desfile este ano. Quando indagado por nós a respeito, assim respondeu:

“Nós percebemos aqui do senhor Alvino, que é o presidente das escolas de samba, a dificuldade econômica pra se colocar essas escolas esse ano e essa ideia está sendo acatada por nós e vamos planejar, voltar à avenida de uma forma melhor, mais bonita e resgatar, realmente, a cultura  de nossa cidade”, disse

Gestor da Juventude vai em busca de recursos para universitários e recebe apoio de César Pires

Esta semana, o Gestor da Juventude do governo Mais Avanço, Mais Conquistas, Valdeci Calixto, foi a capital São Luís em busca de recursos para os cerca de quinhentos  jovens universitários de Codó.

Valdeci com César Pires e representantes da Secretaria Estadual

Além de se encontrar na capital com o prefeito Francisco Nagib, que estava em evento oficial do Estado, Valdeci também foi até a Assembleia Legislativa e a Secretaria Estadual da Juventude.

Na Assembleia Legislativa

Na Assembleia Legislativa, Valdeci Calisto se encontrou com o deputado estadual Cesar Pires, que se sensibilizou com a causa, mais que justa, dos universitários codoenses e conduziu o gestor da juventude de Codó ao Governo do Estado, através da Secretaria de Juventude.

São quase 500 jovens universitários que se deslocam todos os dias para nossa vizinha cidade Caxias, o que gera um considerável custo aos nossos guerreiros universitários. Essa questão está sendo observada como prioridade por nós do Departamento da Juventude, pelo prefeito Francisco Nagib e pelo deputado Cesar Pires. Essa união é fundamental para resolvermos as demandas de nossas acadêmicos”, explicou Valdeci Calisto.

Na Secretaria de Juventude

Com o projeto em mãos, orçado em R$ 58.000,00/mês, Valdeci foi bem recebidos pela Secretária da Juventude e seu adjunto, ambos amigos do gestor de longa data.

Deputado César e Valdeci em São Luís

As providências já foram tomadas, pois hoje mesmo (24/01) o Governador Flávio Dino já recebeu e discutiu o projeto de custeio, aguardando agora o parecer jurídico e contábil. As dificuldades podem parecer grandes, mas é de mãos dadas que venceremos cada desafio. A palavra desistir não pertence ao nosso vocabulário. Eis que estamos só no começo do Governo Mais Avanços, mais conquistas, lutando por melhores condições da formação acadêmica de nossos jovens”.

Ascom – PMC

ENTENDA O CASO: Velocista Codó agora é medalha de bronze dos Jogos Olímpicos de Pequim

O Brasil deve herdar a medalha de bronze do revezamento 4x100m rasos dos Jogos Olímpicos de Pequim-2008. O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou, nesta quarta-feira, que o velocista jamaicano Nesta Carter foi flagrado com a substância Metilhexanamina na amostra de urina. A descoberta levou à desclassificação da equipe da Jamaica.

José Carlos Moreira – Bronze em Pequim 2008

Como fazia parte do time de revezamento, Usain Bolt deixa de possuir nove medalhas de ouro. O atleta acumula, agora, oito medalhas. Na oportunidade, Usain Bolt e sua equipe (Asafa Powell, Michael Frater e Nesta Carter) alcançaram a marca inédita de 37s10, conquistando um novo recorde mundial.

Os brasileiros Vicente Lenílson, Sandro Viana, Bruno Lins e José Carlos Moreira (Codó) fizeram parte da equipe que ficou em quarto lugar, com 38s24. Com a desclassificação da Jamaica, o Brasil herda a medalha de bronze. Trinidad e Tobago sobe para a primeira posição, com a medalha de ouro, seguidos do Japão, com a prata.

De acordo com o COI, a Federação Internacional de Atletismo (Iaaf) deverá alterar o resultado da prova de maneira imediata. A Associação Olímpica Jamaicana providenciará a devolução das medalhas e diplomas conferidos aos atletas.

Por meio de seu site, o COI informou que em nenhum momento Carter contestou a validade da reanálise, mas contestou que as amostras pudessem ser reanalisadas.

Paraíba a partir de hoje com até 80% de desconto

Começa nesta quinta-feira, o SALDÃO DE BALANÇO PARAÍBA. Três dias com preços extraordinariamente baixos com até 80% de desconto. ASSISTA.

VÍDEO: Presidente do Conselho Estadual elogia Fórum Municipal de Cultura

O presidente do Conselho Estadual de Cultura, poeta Wibson Carvalho, marcou presença no Fórum Municipal de Cultura realizado nesta quarta-feira, 25, no auditório da escola Ananias Murad. Elogiou a iniciativa de Augusto Serra, diretor, e do prefeito Francisco Nagib destacando também a participação dos produtores culturais que fizeram a plateia do evento.

“Então o Fórum Municipal de Cultura é um chamado à uma mesa de trabalho, sociedade civil e Poder Público, juntos elaborando e articulando a política pública para o segmento cultural do município, consequentemente do Estado, e por que não, do Brasil”, explicou

ASSISTA À PARTE DO DISCURSO DO PRESIDENTE DO CONSELHO ESTADUAL

“Então o Fórum Municipal de Cultura é um chamado à uma mesa de trabalho, sociedade civil e Poder Público, juntos elaborando e articulando a política pública para o segmento cultural do município, consequentemente do Estado, e por que não, do Brasil”

Prefeitos comemoram aporte estadual de R$ 12 milhões em assistência social

O Governo do Estado anunciou aporte de R$ 12 milhões para cofinanciamento do Sistema Único de Assistência Social (Suas) com municípios, durante pactuação técnica de gestão do ‘Bolsa Escola’ com as prefeituras, celebrada nesta terça-feira (24), no Palácio Henrique de La Roque, em São Luís. Na ocasião, os prefeitos presentes elogiaram a parceria estadual na oferta de programas sociais em todo o Maranhão.

Durante o anúncio da ampliação dos recursos do Suas, o governador Flávio Dino destacou o papel do Estado no enfrentamento à crise econômica nos municípios. “Governar é fazer escolhas, escolhas difíceis, numa conjuntura de absoluta escassez. Ninguém aqui consegue dar conta de prover todas as necessidades de seu município. É possível sim a gente governar com todos e para todos. É isso que a gente quer também nessa relação com os municípios, não só em relação ao Bolsa Escola”, declarou Dino.

 Para o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Cleomar Tema, o ‘Bolsa Escola’ mostra o comprometimento do governo com a população. “Mais uma vez o governador cumpre o seu dever quando, na campanha, o que o diferenciava de outros candidatos era o social. Participando desses atos, vejo o social como prioridade. Esse programa social, voltado para a educação, dá uma resposta com um programa inédito no nosso País, não só na sua apresentação, mas em resultado”, falou Cleomar, que também é prefeito do município de Tuntum.

 O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando, também parabenizou a atuação do governo. “Esse programa mostra que o Governo do Estado está na direção correta, vendo a política de assistência social como ela realmente é, uma política capaz de articular a ação das outras políticas. Com o Bolsa Escola, que é um programa da assistência social, você garante a permanência do aluno na escola. Na medida em que o aluno frequenta a escola, facilita o acesso aos programas preventivos na área de saúde, por exemplo”, afirmou.

 Para o prefeito de Buruti, Naldo Batista, o ‘Bolsa Escola’ representa um avanço para os municípios mais carentes. “Depois do governador Flávio Dino, as coisas todas mudaram, principalmente para uma cidade pequena como Buriti. É muito importante essa parceria, porque todos só temos a ganhar, principalmente os alunos, com esse programa do governo”, falou Naldo Batista.

 O prefeito de Estreito, Cícero Neto Moraes, destacou que a união entre municípios e Estado é fundamental para reduzir a injustiça social no Maranhão. “Essa unidade, essa parceria do Governo do Estado com os municípios só vem a somar as forças para, juntos, tentarmos diminuir as desigualdades. Com certeza, essa parceria do ‘Bolsa Escola’ vai proporcionar um atendimento maior para a população, com mais facilidade”, disse Cícero.

 Já o prefeito Lindomar Araújo, de Marajá do Sena, frisou a importância de programas sociais como o ‘Bolsa Escola’ para seu município. “Para Marajá do Sena, é mais do que importante a parceria do Governo do Estado, porque é um município muito pobre, é o segundo com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) menos elevado. Então, precisamos muito da ajuda do governo em programas como o Bolsa Escola”, falou o gestor municipal.

Ampliação da rede de assistência social

Desde o ano passado, o Governo do Maranhão trabalha na expansão das políticas de assistência social, através da inauguração de Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) em todo o estado. Ao todo, serão construídos 159 equipamentos sociais do gênero, com toda a estrutura necessária para garantir atendimento adequado à população, democratizando o acesso a programas sociais como ‘Bolsa Escola’, e outros.

Por  Carolina Mello/Secap