Category Archives: Geral

Conheça o codoense que matou o amante da esposa em Bacabal

Durante toda a manhã e inicio da tarde desta terça-feira (24) a entrevista que o assassino confesso José Alexandre Rodrigues da Silva, de 30 anos, concedeu aos canais de TV de Bacabal contando os detalhes e motivação para ter executado à tiros o jovem Nadilson César, de 29 anos, que ainda chegou a correr e invadir uma casa antes de cair sem vida no quarto, ao lado da cama, teve bastante repercussão.

José Alexandre

O crime motivado por ciúmes, já que o criminoso alega que a mulher que mantinha um relacionamento amoroso com a vítima ainda era sua esposa, foi cometido na noite desta segunda-feira, por volta das 21 horas, na rua Jorge José de Mendonça (Cajueiro). “Eu não pensei em fugir porque eu não pensei em fazer crime, eu estou muito arrependido, mas ele iria me matar porque ele  me ameaçou diversas vezes” concluiu o rapaz.

Fonte: blog do Leandro de Sá

3 MESES – Governo Nagib contrata empresa para fornecimento de carne moída por R$ 80.500

Extrato publicado no Diario Oficial do Estado mostra que a Prefeitura de Codo firmou contrato com a a empresa REPLETA DISTRIBUIDORA LTDA ME para que esta forneca carne moida, de outubro a dezembro deste ano, pelo valor total de 80.500,00. Veja abaixo?


PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ – MA EXTRATO DE CONTRATO. ORIGEM:PREGÃO Nº 54/2017 PP OBJETO:Contratação de empresa para fornecer carne bovina tipo
moída junto a Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal de Codó/ MA de acordo com especificações contidas em anexo ao edital.

VIGENCIA: 04 de Outubro de 2017 a 29 de Dezembro de 2017,

DATA DE ASSINATURA: 04 de Outubro de 2017 CONTRATANTE:

FUNDO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CONTRATADA (O)REPLETA DISTRIBUIDORA LTDA ME CONTRATO: 20170372, VALOR TOTAL R$ 80.500,00 (oitenta mil, quinhentos reais), PROGRAMA DE TRABALHO:Exercício 2017 Atividade 0602.123610028.2.033 Programa Nacional de Alimentação Escolar- PNAE Fundamental,

Classificação econômica 3.3.90.30.00 Material de Consumo, Subelemento 3.3.90.30.07, no valor de R$ 80.500,00 – Secretaria Municipal de Educação, Ciências, Tecnologia e Inovação – Paulo Roberto Roma Buzar.

HGM – Vereadora Maria Paz pede aparelho de tomografia ao senador Roberto Rocha

A vereadora Maria Paz pediu ontem, 24, que fosse encaminhada ao gabinete do senador Roberto Rocha, que muito tem ajudado a população de Codó, uma indicação (a de número 334/2017) onde ela faz um apelo ao representante do Maranhão no Senador Federal.

INDICAÇÃO 334/17 de Maria Paz

Maria Paz pediu uma emenda  parlamentar para  aquisição de UM APARELHO DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA que seria utilizado pelo Hospital Geral Municipal.

Ao justificar a indicação 334/2017, a vereadora disse que a demanda municipal é grande, sobretudo no que diz respeito a pacientes vítimas de acidentes de trânsito, além disso a parlamentar destacou que sem a existência do referido aparelho em Codó o paciente precisa esperar uma vaga na regional de saúde para poder passar pelo exame.

VALE DESTACAR

Importante lembrar que Roberto Rocha já ajudou o HGM este ano e  os recursos foram viabilizados pelo senador  via emenda individual ao Orçamento Geral da União (OGU) 2016, no valor de R$ 2 milhões. Veja os equipamentos conseguidos, abaixo:

Confira a lista completa dos equipamentos viabilizados pelo senador maranhense:

EQUIPAMENTOS QUANTIDADE
Carditocógrafo 1
Berço aquecido 5
Berço para recém-nascido 5
Armário vitrine 4
Cadeira 69
Aspirador de secreções elétrico móvel 3
Impressora laser 4
Mesa para impressora 2
Estetoscópio adulto 9
Balde a pedal 12
Estetoscópio infantil 10
Estetoscópio adulto 3
Oxímetro de pulso 6
Esfigmomanômetro obeso 13
Esfigmomanômetro adulto 11
Esfigmomanômetro infantil 10
Balança antropométrica adulto 3
Estetoscópio de pinarde 12
Carro maca 13
Laringoscópio adulto 2
Laringoscópio infantil 3
Carro de emergência 6
Bebedouro / purificador refrigerado 4
Ar condicionado 10
Longarina 16
Central de nebulização 1
Biombo 10
Cama hospitalar fawler mecânica 33
Mesa de cabeceira 44
Suporte de soro 34
Seladora 1
Aparelho de raio X móvel 1
Aparelho de raio X fixo 1
Computador completo 8
Analisador automático para hematologia 1
Microscópio laboratorial 2
Centrífuga laboratorial 2
Analisador bioquímico 1
Banho-maria 1
Detector fetal 6
Estante 6
Carro térmico 1
Aparelho para fototerapia 2
Incubadora neonatal 2
Arquivo 1
Armário 9
Mesa de escritório 7
Bomba de infusão 4
Mesa auxiliar 6
Ventilador pulmonar pressométrico 7
Desfibrilador 5
Reanimador pulmonar adulto 1
Reanimador pulmonar pediátrico 1
Monitor multiparâmetros 5
Monitor multiparâmetros para centro cirúrgico 1
Foco cirúrgico de solo móvel 1
Foco refletor ambulatorial 6
Cardioversor 3
Braçadeira para injeção 11
Mesa de mayo 2
Eletrocardiógrafo 2
Escada com dois degraus 26
Mesa de exames 4
Glicosímetro 7
Nebulizador portátil 3
Comadre 5
Cadeira de rodas 8
Cadeira de rodas para obeso 1
Papagaio 5
Carro de curativos 1
Lanterna clínica 5
Roda de ombro 1
Esteira ergométrica 3
Bicicleta ergométrica vertical 2
TENS e FENS 1
TENS – estimulador transcutâneo 1
Barras paralelas para fisioterapia 1
Espaldar e madeira (escada de Ling) 2
Ultrassom para fisioterapia 1
Divã 2
Mesa de kanavel 1
Prono-supinador 2
Mesa ortostática 1
Balde / lixeira 1
Negatoscópio 3
Cadeira de banho 5
Balança antropométrica infantil 1
Autoclave horizontal de mesa 2
Estufa de cultura 2
Capela de fluxo laminar 2
Escada com três degraus 1
Carro para transporte de materiais 1
Monitor ambulatorial de pressão arterial 1
Arco cirúrgico 1
Bisturi elétrico 3
Mesa para computador 5
Homogeneizador 1
Cama comum 5
Poltrona hospitalar 10
Aparelho de DVD 1
Televisor 2
Sofá-cama hospitalar 2
Suporte de hamper 5
Banqueta 5

SENADO OU ESTADO – Em carta aos maranhenses RICARDO MURAD diz que será candidato em 2018

Carta aos maranhenses

Queridos amigos e amigas,

Ricardo Murad

Os partidos são antes de tudo instrumentos e ferramentas do exercício da política. Entendo um partido como um espaço de intervenção, de debate e de liberdade. Um espaço que privilegie e estimule a discussão de ideias, que seja, antes de tudo, um fórum que permita aos seus membros expressarem suas ideias sem preconceito ou amarras de qualquer espécie, especialmente num momento em que o mundo se transforma minuto após minuto e que a velocidade dos acontecimentos obriga que continuamente saibamos compreendê-lo e corresponder aos anseios das pessoas.

Sempre pensei pela minha cabeça, nunca fui pessoa de alinhar pelo pensamento único ou por sacrificar o que eu acho certo à comodidade e covardia de esconder as minhas convicções políticas e o meu desejo de servir o Estado e o povo do Maranhão. Nesse último ano, meditei muito, me dediquei integralmente aos estudos para definir um programa de como deveria ser um governo para o Maranhão. Um governo de resultados, que em 4 anos fosse capaz de fazer todos sentirem que a vida melhorou. O presidente Juscelino fez um governo assim, prometeu que faria 40 anos em 4 e fez. E o Brasil mudou. Sarney fez o mesmo no Maranhão em 1965. Em 4 anos tirou o Maranhão das trevas. O governo comunista, ao invés das falsas promessas e da expetativa criada junto dos eleitores, fracassou fragorosamente. Por isso precisava desse tempo, longe do dia a dia da política, para me convencer do que precisa ser feito para reerguer o Maranhão, para mudar o nosso destino, para alcançar a grandeza que tanto o nosso povo almeja.

Ao longo de toda uma vida venho adquirindo experiência, maturidade e conhecimento sobre a nossa realidade. Em todas as ocasiões, no executivo e no parlamento, sempre atuei me dedicando de corpo e alma para atender às expectativas dos maranhenses. Fui assim como deputado estadual, presidente da Assembleia Legislativa, deputado federal, prefeito eleito de Coroatá, gerente metropolitano de São Luís e secretário de Saúde do Estado.

Por tudo isso acredito que para reerguer o Maranhão temos que nos superar no trabalho, temos que acreditar que somos donos do nosso destino e que precisamos ter fome de grandeza. Só assim construiremos em apenas 4 anos de um novo governo, um caminho sem volta, no rumo do crescimento, onde todos sintam a luz do sol por igual, onde as oportunidades sejam as mesmas para todos os maranhenses e para aqueles que adotaram o Maranhão como sua terra.

Chegou o momento de um novo tempo na forma em que pretendo participar politicamente e contribuir para um Maranhão que vá ao encontro dos sonhos e anseios de todos. Filiei-me ao Partido Republicano Progressista (PRP), partido pelo qual disputarei as próximas eleições, de forma a fortalecer o vasto espaço oposicionista que irá eleger o nosso novo governador. No PMDB só deixo amigos e o desejo de sucesso a todos os filiados que sempre me dedicaram carinho e atenção e uma palavra muito especial para a governadora Roseana Sarney. Ao longo dos anos, recebi dela manifestações e provas de confiança e respeito que sempre retribuí. Foi uma honra para mim ter servido o nosso Estado sob sua liderança.

Darei sempre o melhor de mim, e agora, com muito mais espaço e liberdade, pretendo participar da construção de um novo governo que seja capaz de saciar o desejo e a ansiedade que grassa no meio de nosso povo por resultados efetivos na vida de todos. Um governo que universalize em 4 anos redes públicas de saúde, segurança, educação e infraestrutura de alta performance e qualidade equiparadas ao que tem de melhor na atualidade, e condições de trabalho para uma vida com dignidade a todos indistintamente. A rede de hospitais e upas que implantamos é um exemplo de como devem ser essas redes universais.

Vamos percorrer os municípios maranhenses levando o nosso pensamento para discussão e aprimoramento daquilo que imaginamos ser os fundamentos de um novo governo para o Maranhão. Política é isso mesmo: respeito pelas pessoas e participação de quem decide!

RICARDO MURAD

Prefeitura de Codó abre licitação para implantar videomonitoramento na cidade

PREFEITURA MUNICIPAL DE CODÓ – MA. AVISO DE LICITAÇÃO. PREGÃO PRESENCIAL Nº 55/2017 PP. A Prefeitura Municipal de Codó torna público que realizará licitação na modalidade Pregão Presencial nº 55/2017 PP, tipo menor preço.

OBJETO:Contratação de empresa para fornecer material, prestar serviços de implantação e manutenção do sistema de videomonitoramento no município de Codó-MA conforme descrito no edital e seus Anexos..

DATA DE ABERTURA: 01/11/2017 às 08:30 horas. AQUISIÇÃO DO
EDITAL: Os interessados poderão adquirir o edital e seus anexos no
horário das 08:00 às 12:00 horas, mediante o recolhimento de taxa no valor de R$ 20,00 (vinte reais), através de DAM. Informações podem ser obtidas na Comissão Permanente de Licitação pelo telefone (99) 3661-2068.

BASE LEGAL: Lei Federal nº 10.520/2002, regulamentada pelo Decreto Municipal 3712/2009, com aplicação subsidiária da Lei Federal nº 8.666/93 e alterações posteriores, Lei Complementar nº 123/93 e demais normais pertinentes à espécie. Codó/MA, Francke LUCIANO SILVA OLIVEIRA – Pregoeiro, Codó/MA, 16 de outubro de 201

D.O. PUBLICAÇÕES DE TERCEIROS QUARTA-FEIRA, 18 – OUTUBRO – 2017

VARGEM GRANDE – Nepotismo leva MPMA a solicitar indisponibilidade de bens de prefeito

A prática de nepotismo na gestão do prefeito de Vargem Grande, José Carlos de Oliveira Barros, motivou o Ministério Público do Maranhão (MPMA) a pedir, em 10 de outubro, em Ação Pública por ato de improbidade administrativa, a indisponibilidade dos bens do gestor.

O objetivo do pedido, formulado pelo promotor de justiça da comarca, Benedito Coroba, é garantir o ressarcimento dos valores acrescidos ilicitamente, de janeiro a setembro de 2017, ao patrimônio de Ana Kássia Garreto de Sousa, Antonio Garreto de Sousa, Carla Danielle Mesquita de Mesquita e Maria Gorete Leite Costa.

Os servidores estão enquadrados na Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal (STF), que veta o nepotismo na Administração Pública.

Além da indisponibilidade de bens do prefeito, o representante do MPMA requer a suspensão imediata das remunerações. Também solicita o afastamento, a exoneração e a anulação dos atos de nomeação.

CASOS

Ana Kássia Garreto de Sousa, que ocupa cargo comissionado na Secretaria Municipal de Assistência Social, e o diretor do Almoxarifado da prefeitura, Antonio Garreto de Sousa, são cunhados do secretário de Obras, José Sousa Barros Filho.

Também detentora de cargo comissionado na Secretaria Municipal de Assistência, Carla Danielle Mesquita de Mesquita é irmã da secretária de Saúde, Carla Nicoly Mesquita de Mesquita.

O último caso é o da diretora geral do Centro de Educação Infantil do município, Maria Gorete Leite Costa, que é tia da controladora geral do Município, Thais Kellen Leite de Mesquita. O cargo de controladora geral equivale ao de secretário municipal.

RECOMENDAÇÃO

Em fevereiro, o promotor de justiça que estava respondendo pela comarca de Vargem Grande, Felipe Boghossioan Soares de Rocha, encaminhou ao prefeito uma Recomendação, solicitando a exoneração, até o dia 20 daquele mês, de todos os enquadrados na Súmula Vinculante nº 13.

Na Recomendação nº 05/2017, o Ministério Público também pediu que o prefeito não nomeasse pessoas e nem contratasse pessoas jurídicas em enquadradas em casos de nepotismo.

As solicitações não foram cumpridas.

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

O descumprimento levou o MPMA a pedir, que, ao final do processo, o prefeito seja condenado por improbidade administrativa.

As punições requeridas são perda do mandato; suspensão dos direitos políticos oito anos; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos. Outra penalidade é o pagamento de multa civil no valor de 100 vezes o valor da remuneração recebida pelos servidores em 2017.

Redação: Adriano Rodrigues (CCOM-MPMA)

Homem diz que depredou prefeitura de Codó porque foi demitido e estava bêbado

Foi de Walter Nogueira, um ex-servidor da Prefeitura de Codó (não disse em que função, mas provavelmente vigilante) a ideia de quebrar a vidraça da porta de entrada da prefeitura de Codó.

Ele bebia cachaça  na companhia de  Fernando Cardoso que, ao ouvir a ideia de depredar a PMC, concordou e quase imediatamente ambos colocaram em prática o plano.

E qual teria sido o motivo de Walter?

Ele disse à jornalista Emanuella Carvalho, da TV Cidade, que já estava ‘tomado’ e revoltado por ter sido demitido pela governo de Francisco Nagib.

Teria sido um ato de vingança ou mesmo de protesto contra a situação em que se encontra sua família sem ter como sobreviver dignamente.

“Você olha pra um lado, olha pro outro, não tem de quê, roubar eu não vou e fui demitido, não tem como eu apelar de outra coisa, aí eu fiz isso aí…O SENHOR ACHOU QUE ESSA ERA A MEDIDA CERTA, CORRETA? de ser não é, mas a pessoa não imagina isso aí”

“Tava tomado, tinha tomado umas duas,  surgiu isso aí, fiquei injuriado …SE REVOLTOU? com certeza, revoltado aí eu disse – vou quebrar logo essa desgraça logo”, afirmou

Já seu acompanhante, na hora da entrevista já sóbrio, se disse arrependido e que foi apenas na onda de Walter.

“Nós fizemos isso aí, foi errado, tô arrependido também. Nós tava bebendo aí ele teve a ideia pra nós, aí eu acompanhei”, confessou timidamente na frente do delegado Rômulo Vasconcelos.

O delegado afirmou que arbitraria fiança em valor baixo para que eles pudessem pagar e responder ao processo pelo crime de dano ao patrimônio público em liberdade.

Por Carlos Gomes – O centenário de José Merval Cruz

Em abril de 2013 publiquei este texto no Blog do Acélio, sob o título Páginas de Codó e agora o faço com a denominação o centenário de José Merval Xavier Cruz, não só homenageando este grande homem, mas para que continue vivo na memória de tantos quanto o conheceram. Como se lê, linhas a seguir, este ano no dia 7 de setembro completaria, se vivo fosse, 100 anos de uma existência fecunda.

José Merval Cruz ainda jovem

Nesta nova edição fiz ligeiras modificações, inclusive coloquei a foto do homenageado.

Natural da cidade de Barra do Corda, neste Estado, coincidentemente nasceu no dia em que se celebra nacionalmente o dia da Pátria, 7 de setembro, do ano de 1917. Filho de Francisco Xavier e de Maria Santana Xavier Cruz.

No seio da família era chamado carinhosamente de Zequinha, como aos amigos mais íntimos e também tinha por cognome, Zé Merval e especialmente em Codó, Zequinha da Tupi, em razão da sua casa comercial chamar-se Casa Tupi.

Seus primeiros estudos iniciaram-se na sua cidade natal assim como a iniciação para o trabalho, ajudando o pai nos seus afazeres comerciais- venda de carne (açougue), mercearia e na administração de bens de propriedade da família exerceu outras atividades locais.

Convidado pelo médico Manuel Tavares de Alemand, mudou-se para Pedreiras, neste Estado, a fim de trabalhar junto à firma do comerciante Álvaro Brandão e em seguida no deposito da empresa Bessa & Cia.

      Em 1938, mudou-se pra São Luis, capital do Estado, onde trabalhou na firma D.S.Borges & Cia (Mercearia Luisitana). No ano seguinte passou a trabalhar nas Lojas Rianil, quando passou a gerenciar a filial, localizada na Rampa Campos Melo, sendo em seguida transferido para filial de Codó (1940), realizando uma grande administração, elevando os resultados financeiros da firma. Ouvindo o Sr. Paulo Abreu, proprietário da empresa constituiu a sua firma Cruz & Cia, tendo como sócios a sua esposa Mercedes da Veiga Cruz e Zina Onorina Ferreira.

      José Merval Cruz, pela sua maneira cavalheiresca de tratar as pessoas das diversas camadas sociais, tornou-se benquisto e querido por todos codoenses. Prosseguiu seus estudos já na idade madura, cursou Contabilidade e Administração, nível médio, ambos no Colégio Codoense.  Graduou-se em Estudos Sociais na Faculdade de Educação na cidade de Caxias.

Em virtude do seu espírito de liderança ocupou a presidência e outros cargos em diversas entidades, além de fundador de varias outras, algumas de caráter filantrópico, outras de feição cultural. Teve participação na política local, exerceu a presidência do MDB-PMDB, diretórios local e estadual. Foi candidato a prefeito municipal (1976) e a suplente de senador em 1982, não sendo eleito para os respectivos cargos. Ingressou na política, a convite do Coronel Sebastião Archer e de seu filho Renato Archer, seu antigo colega de caserna.

Dedicou-se ao esporte, jogando em times na cidades de Barra do Corda e Pedreiras, inclusive em São Luis do Maranhão como atleta do MAC (Maranhão Atlético Clube) e atou pela seleção maranhense de futebol nos anos de 1938 e 1940. Em Codó, com outros companheiros, entre eles Reinaldo Zaidan, fundou o Nacional ao mesmo tempo em que tomava parte em sua equipe futebolística.

Casado com Mercedes da Veiga Cruz, de cujo enlace matrimonial nasceram os seguintes herdeiros: Artur, Armando, Mariana, Maria Lucia e Ana Emilia, os quais deram ao casal vários netos e bisnetos.

José Merval, o Zequinha, por reconhecimento aos seus relevantes serviços prestados à comunidade codoense foi detentor de vários títulos e comendas, patrono da escola Professor José Merval Cruz e lembrado ainda com seu nome em uma das ruas da cidade, no bairro São Francisco e ainda, numa Quadra Poliesportiva, localizada no bairro Codó Novo.

Faleceu no dia 17 de agosto de 2004, deixando uma lacuna difícil de ser preenchida no seio da sociedade codoense.

E importuno informa que José Merval Xavier Cruz e um dos biografados do meu livro Escrito Avulso, aguardando publicação.

Codó-MA, 23 de outubro de 2017                                                              Prof. Carlos Gomes

DENÚNCIA – Rua Porfírio Santos ‘tá truvo de metê dedo no ôi”

Um vídeo enviado ao blogdoacelio mostra uma moradora denunciando a situação da rua Porfírio Santos, atrás do cemitério,  área já do bairro São Francisco.

Em resumo, porque você pode ver a situação vendo o vídeo abaixo, lá tá ‘truvo de metê dedo no ôi’.

RECONHECIMENTO: Chiquinho Oliveira e professora Marlene recebem Comenda MOISÉS REIS

No último sábado, 21 de outubro, o dia foi de muita celebração para a toda comunidade do Distrito Salva Terra, conhecido popularmente como km 17. Durante todo o dia uma vasta programação foi oferecida para as famílias da localidade e para os demais codoenses que foram prestigiar os eventos. As atividades pelos 56 anos do Distrito Salva Terra começaram bem cedo, com a tradicional Maratona de São Benedito. Logo após aconteceu a Santa Missa em celebração ao aniversário.

Na oportunidade estavam presentes o Prefeito Francisco Nagib, o empresário Francisco Carlos de Oliveira, o Secretário Municipal de Governo, João de Deus, Secretário de Desenvolvimento Urbano e Rural vereadores Domingos Reis, Leonel Filho, Maria Paz, Iltamar da Saúde, Pastor Max, o diretor do SAAE, Evimar Barbosa o Gestor do Distrito, Roberto Reis, entre outras autoridades.

Comenda Moises Reis

Após a Missa, o Gestor Roberto Reis, em nome da população, entregou à personalidades a Comenda Moises Reis. Os agraciados com a honraria foram a Professora Marlene de Jesus dos Santos e o empresário Francisco Carlos de Oliveira, que agradeceu a toda população pela importante homenagem e pelo reconhecimento das lideranças da localidade e de sua população.

Agradeço a Deus por esta tão importante homenagem feita pela população do Salva Terra e da família do seu Moises Reis. Com muito orgulho nos abraçamos a causa para solucionar o problema da água aqui na comunidade e em breve teremos a solução definitiva. E isso é motivo de toda comunidade celebrar”, declarou o empresário.

Deputado César Pires recebeu a mesma comenda ano passado

As comemorações aos 56 anos da localidade Salva Terra seguiram na parte da tarde, onde foram realizadas atividades voltadas para o entretenimento da população, como os torneios masculino e feminino de futebol, e apresentações de dança locais.

Palavra do gestor

Em suas palavras, o Gestor da Comunidade Salva Terra, Roberto Reis, falou sobre a importância da celebração da data e das boas perspectivas para toda comunidade. “Ficamos contende de proporcionar uma festa tão bonita para toda comunidade. O povo precisa de diversão e arte e também de crescimento e desenvolvimento. Temos como grandes parceiros o prefeito Nagib, o empresário Francisco Carlos de Oliveira e o ex-prefeito Zito Rolim, entre outros amigos da comunidade Salva Terra, que sempre nos estenderam a mão. E se Deus quiser a comunidade vai ter muito motivo pra celebrar com a chegada de água de qualidade. Parabéns a todos”, agradeceu Roberto Reis.

O prefeito Nagib também parabenizou toda a comunidade pelo aniversário da Salva Terra. “São cinqüenta a seis anos de lutas, vitórias e de esperança por dias melhores. Hoje estou a frente do município e tendo a oportunidade de trazer as tão esperadas benfeitorias para a comunidade, como por exemplo, a inauguração da escola de ensino médio e a construção do duto, para resolver o problema da água na localidade. Cumprimento a família Reis, que ao logo desses anos vem lutado ao lado da população do km 17. Parabéns a Salva Terra!”, concluiu o prefeito.

Ascom – PMC