Category Archives: Geral

Escolinha Isaac Futebol Clube está salvando vidas com disciplina e dedicação na Trizidela

O que começou com apenas 28 alunos agora exige até fila na chegada ao campo do ZITÃO, no  bairro Trizidela. Já são 60 alunos na Escolinha Isaac Futebol Clube e 3 vezes por semana a hora da aula é sempre motivada por relevantes sentimentos.

“Venho alegre, porque a escolinha mudou muito a minha vida”, disse José Carlos Pachêco

FORMANDO CIDADÃOS DO BEM

Antes do treino  começar, eles são instruídos a orar. Só então, aquecimento e jogo. A escolinha Isaac tem um grande diferencial. Ao contrário do que faz a maioria ela não atrai seus alunos com a promessa de que poderão ser grandes jogadores no futuro. Há 4 anos, o foco tem sido outro.

O treinador,  Edmilson Lima,   explicou que a ideia é formar pessoas do bem a partir de uma disciplina que vai muito além das técnicas do futebol.

 “obedecer os pais, obedecer no colégio, saber respeitar os colegas, não ser desonesto com os colegas, não dizer palavrão com o colega, no treino não dá pancada nos outros, se um dé pancada digo opa! Não é assim não, vamos jogar bola (…) É formar um cidadão melhor, um cidadão do bem”, frisou

Foi a senhora Célia Costa, de ânimo inabalável e falante, quem teve a ideia depois de ver o nível de envolvimento dos adolescentes do bairro com as drogas. Sem dinheiro saiu pedindo.

Para o início encontrou apoio maior do médico Digeórgio Martins. O nome Isaac é uma homenagem ao filho do médico que até hoje mantém o auxílio. O resto, dona Cpelia corre atrás.

 “Eu peço Bola, peço patrocínio pra uniforme, se tem um jogo no estádio como são muitas crianças precisa fretar um carro, um Ônibus pra levar, aí eu saindo pedindo (…)  pedindo mesmo e de grão em grão a gente termina conseguindo”, destacou

SALVANDO VIDAS

Ela gosta de comandar pessoalmente os treinos,  manter a ordem e orgulha-se dos frutos que já colheu. Entre os que mais destaca está o caso dos 11 garotos que ela conseguiu livrar das mãos dos traficantes.

 “ Duas já tavam usando mesmo na casa dos pais, os pais com a mão na cabeça sem saber o que fazer, essas duas graças a Deus estão resgatadas, as demais estavam servindo de aviãozinho, se libertaram, eu comecei a acompanhar nas escolas, as notas deles melhoraram’, lembrou com satisfação

Como a família é bem grande, ela também se dedica à outros problemas. O de Fernando  eram as notas na escola, dona Célia passou a visitar até a professora e o garoto revelou que tudo mudou.

 “Meu pai não vai mais lá, professora não reclama mais…QUAIS ERAM AS NOTAS DE ANTES, QUAIS SÃO AS NOTAS DE HOJE? De 3 a 6…TIRAVA ANTES, E AGORA? De 9 a 8”, respondeu

Os ensinamentos da Isaac Futebol Clube são para aprender a driblar os perigos da vida e já tem muita gente fazendo gol nesta grande área de formação. Outro exemplo é Lailson Miranda de 13 anos que ganhou uma outra consciência sobre a vida.

 “ir pro mal caminho, pro rumo das drogas e pra prisão porque maconheiro aqui só é morte ou prisão …QUEM SE ENVOLVE COM DROGAS NÃO TEM FUTURO? Não tem futuro bom, agora quem estuda tem um futuro sempre melhor”, afirmou

Tudo leva para bons caminhos, mas aquele  lance de  não se preocupar tanto em ser  um grande jogador acaba sendo uma  partida difícil de vencer, afinal lembrou Rafael Braga, DÁ SIM pra ser um excelente cidadão e um futuro jogador espetacular.

 “Que também sejam bons jogadores também…VALE A PENA? Vale a pena….GRANDES JOGADORES? Grandes ‘neymares da vida”, disse cheio de esperança o disciplinado garoto

AJUDE

A Escolinha continua precisando de ajuda para continuar em atividade. A bola usada nesta reportagem, por exemplo, estava costurada pelo treinador. Faltam coisas básicas também para seu funcionamento semanal.

São Benedito dos Colocados já ganhou 4 poços artesianos e continua bebendo água de cacimba

No último sábado, 26, foi encerrada a semana da Solidariedade realizada pela Cáritas. O evento foi realizado em Codó na comunidade quilombola de São Benedito dos Colocados. O evento ocorre desde 1989, de acordo com o representante da entidade na região Valdivino Silva ouvido pelo blogdoacelio.

Valdivino Silva e moradores de São Benedito dos Colocados

Valdivino Silva e moradores de São Benedito dos Colocados

No sábado houve um almoço onde os moradores tiveram um momento de partilha.

“No final da celebração a gente tem a partilha, ou seja, a partilha do pão a gente almoça juntos e em seguida a gente vai para casa”, explicou

A semana foi cheia de atividades.

“Acontece estudo, capacitação apra os grupos, oficinas de saberes e sabores e, sempre no final do mês, a gente realiza uma ação concreta, o que é essa ação cocreta é uma ação onde você colabora com aquilo que pode que é pra tá fortalecendo as ações da Cáritas junto àqueles que estão em situação de risco  tanto no Brasil, como no mundo”, explicou

FALTA DE ÁGUA

Os moradores aproveitaram para reclamar da falta de água potável na comunidade que é banhada pelo rio Saco e por um brejo que sobrevive à duras penas na região.

Atualmente eles bebem do rio porque mesmo já tendo ganhado 4 poços artesianos nenhum deles pôde ser perfurado e Valdivino explicou o motivo.

“A água não é própria para o consumo humano e quando chega o período chuvoso a água fica, quer dizer assim, ainda mais impura para o consumo humano, ou seja, ela fica inutilizável, mas como São Benedito não tem ainda, a comunidade ainda não regularizou a sua situação sobre a terra não tem poço artesiano porque os poços artesianos no São Benedito já foram conseguidos 4 poços artesianos, mas nenhum foi perfurado porque tem a questão da regularização fundiária que não é resolvida”, disse

O líder comunitário lamentou a situação e destacou o nível de pobreza em que estão imersas todas as famílias de São Benedito dos Colocados.

“Onde a Cáritas presta seus serviços no mundo, São Benedito é uma das comunidades mais pobres desta região”, frisou

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA

PLANTÃO:Delegado RÔMULO faz resumo de todas os crimes e prisões do fim de semana

O delegado Rômulo Vasconcelos concedeu entrevista ao blogdoacelio falando sobre os 3 assassinatos do fim de semana e também sobre a prisão de envolvidos com roubo de celulares na cidade.

Uma quadrilha formada por dois adolescente e dois maiores roubaram, ameaçando as vítimas com um revólver calibre 32, pelo menos seis celulares só no domingo. Eles usavam duas motos, também apreendidas, e, em algumas vezes, o maior usava camisa de mototaxista enquanto o menor descia e anunciava o assalto.

Márcio

Marcelo dos Santos, o menor ao meio e  Márcio Gomes da Silva, o Nenén

Márcio Gomes da Silva, de 19 anos, vulgo Nenén, e Marcelo Prado dos Santos, de 18 anos, ficaram presos e foram indiciados pelo crime de roubo. Os dois menores terão suas internações temporárias pedidas pela autoridade policial.

MAIS UMA QUADRILHA

O delegado também conduziu 8 pessoas para a delegacia, 5 menores e 3 maiores, que estavam arrombando casas no residencial Santa Rita. Uma mulher, identificada como Vanessa, segundo Rômulo Vasconcelos, identificava as casas que ficavam sem seus donos que saiam para trabalhar. A quadrilha arrombava a residência e a mulher vendia o que eles conseguiam na ação criminosa.

OUÇA O DELEGADO SOBRE ESTAS E OUTRAS NOTÍCIAS

Senado aprova suspensão de prazos para advogadas que tiveram filho

Brasília – O Senado aprovou na quinta-feira (24) o PLC 62/2016, que garante a suspensão de prazos processuais quando do nascimento de filhos das advogadas ou de adoção, além de outras garantias a advogadas grávidas e lactantes, como a dispensa de passar em aparelhos de raio X e prioridade nas sustentações orais. A matéria segue para sanção presidencial. A aprovação da proposta é uma grande conquista da advocacia que chega justamente no ano em que a Ordem estabeleceu como o Ano da Mulher Advogada.11356984-926876257376780-1235237842-n-jpgbbbbbb1480031212

O projeto altera o Código de Processo Civil e garante que os processos sejam suspensos por 30 dias, sem prejuízos às partes. Também há suspensão de oito dias para os advogados que se tornarem pais. O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, que ao longo desta semana esteve no Congresso Nacional tratando do tema, manifestou entusiasmo com a aprovação pelo Plenário da Casa apenas um dia depois do texto ser aprovado na Comissão de Constituição e Justiça.

“Este Projeto de Lei vem ao encontro do que propõe a OAB no Ano da Mulher Advogada. Precisamos sempre buscar a dignidade na atuação profissional de nossos colegas. A suspensão dos prazos garante que as advogadas e os advogados do país possam dedicar-se também às suas famílias, sem prejuízo às causas patrocinadas por eles”, afirmou.

O projeto aprovado nesta quinta-feira prevê que os prazos serão suspensos por 30 dias quando a única advogada de alguma das partes der à luz ou adotar. De forma semelhante, prevê a suspensão dos prazos em curso, por 8 dias, quando o único advogado de alguma das partes se tornar pai ou adotar. A suspensão dependerá da juntada da certidão de nascimento da criança ou de documento que comprove a adoção, momento em que se iniciará a contagem do tempo do benefício.

A tramitação da proposta acompanhada de perto e alvo de empenho especial das integrantes da Comissão Nacional da Mulher Advogada. “O projeto atende a advogada em um momento muito importante, quando ela tem filho e precisa se dedicar à sua família, mas ao mesmo tempo não pode prejudicar seu constituinte. É o princípio da dignidade. No Ano da Mulher Advogada, a OAB e o Congresso beneficiam as mulheres advogadas e a sociedade”, disse a presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada, Eduarda Mourão.

O PL altera o Estatuto da Advocacia (Lei 8.096/94) apresentando direitos às advogadas grávidas ou lactantes: não se submeter a detectores de metais e aparelhos de raios-x nas entradas dos tribunais; obter a reserva de vagas nas garagens dos fóruns dos tribunais; acesso às creches, onde houver, ou local adequado ao atendimento das necessidades dos bebês; e preferência na ordem das sustentações orais e audiências a serem realizadas a cada dia.

“Fizemos três pequenas alterações redacionais, que não alteram o mérito, para não ter que voltar o processo para Câmara”, disse a relatora da matéria, senadora Simone Tebet. “Queria agradecer à Mesa Diretora do Senado Federal, que atendeu os interesses das mulheres advogadas. Agradecer, em nome da Eduarda Mourão, que não está aqui, que é a Presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada do Brasil, que fez todo o empenho e os esclarecimentos junto aos Líderes do Senado. Agradecer, de uma forma muito especial, aos Líderes e aos Senadores e Senadoras que receberam a comissão de advogadas; às Senadoras que fizeram coro comigo, para que este projeto fosse aprovado, em regime praticamente de urgência. E faço um agradecimento especial ao Presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Senador Maranhão, que fez uma inversão de pauta, para que o nosso projeto pudesse ser aprovado ainda ontem”, disse a senadora.

“No mérito, inegavelmente a matéria se mostra louvável e vem demonstrar a preocupação e a sensibilidade do legislador com questões importantes que afetam aqueles que se tornam mães ou pais e, concomitantemente, não podem se descuidar de suas atividades profissionais”, afirmou em seu voto a relatora, que é advogada. “Essas dificuldades se tornam emblemáticas e muito evidentes no caso do exercício da profissão liberal da advocacia, pois a perda de prazos processuais peremptórios acaba por criar uma série de dificuldades, podendo acarretar prejuízos muitas vezes irreparáveis para a parte – principal interessada em qualquer processo –, mas também para a advogada”, continuou Tebet.

O projeto é de autoria do deputado federal Daniel Vilela, que é advogado, e teve, na Câmara, relatoria de Delegado Éder Mauro. No relatório, a importância da lei foi explicada: “A superação das efetivas desigualdades que apartam a mulher do mercado de trabalho não é apenas uma obrigação jurídica imposta pela Constituição Federal. É hoje, antes de tudo, um dever de consciência no estado democrático de direito. Cumpre, portanto, ao Legislativo, instituir medidas que busquem eliminar o desequilíbrio entre gêneros, a fim de combater as práticas discriminatórias”, afirma.

“As presentes proposições, ao intentarem a suspensão dos prazos em processos em que a advogada gestante ou adotante seja a única patrona da causa, buscam conferir às advogadas a igualdade de oportunidades e à equiparação através da redução das diferenças sociais, estimulando a continuidade do exercício advocatício”, finaliza.

Fonte: http://www.oab.org.br/noticia/52497/senado-aprova-suspensao-de-prazos-para-advogadas-que-tiveram-fil…

Prefeito Zito Rolim prestigia a 7º edição do Dia do Evangélico em Codó

Na noite de domingo, dia 27 de novembro, o chamado Corredor da Benção recebeu mais uma grande atração musical para a celebração do Dia do Evangélico. Mais uma vez, milhares de evangélicos e simpatizantes da música gospel lotaram o espaço público para assistir a apresentação do cantor Davi Sacer, que pela segunda vez se apresenta em uma edição do Dia do Evangélico em Codó.

Em 2011, na 2ª Edição do Dia do Evangélico do Governo da Nossa Gente, o grande show do cantor Davi Sacer levou mais de 15 mil pessoas ao Corredor da Benção. Em 2016, o momento se tornou mais especial, pois Davi Sacer celebrou seu aniversário ao lado do prefeito Zito Rolim, da Primeira Dama, Eliene Rolim, do Conselho de Pastores e de todo público codoense, com direito a bolo e muita emoção.

Fotos de Nilton Messias

Fotos de Nilton Messias

Na oportunidade estavam presentes o Prefeito de Codó, Zito Rolim, o presidente do Conselho de Pastores, Moises Paiva, o vereador Pastor Max, além de outras autoridades municipais e

pastores de muitas igrejas evangélicas de Codó. A abertura do evento contou com a apresentação do Orquestra Filarmônica da FC Oliveira. A Semana da Cultura Evangélica, assim como a instituição do Dia Municipal do Evangélico, teve início em 2010, no segundo ano de governo do prefeito Zito Rolim, que junto com o conselho de pastores, vem revelando talentos e incentivando a manifestação cultural de jovens pertencentes às diversas congregações evangélicas de Codó, além de trazer grandes artistas da música gospel para o município.

De autoria do vereador Expedito Carneiro, a lei que estabelece a Semana da Cultura Evangélica, e que antecede a festa do dia 30 de novembro, é destinada a promover a cultura evangélica, com grande festival entre ministérios de música, dança e teatro das congregações de toda cidade. Na edição deste ano, o público cantou e glorificou a Deus ao som dos grandes sucessos de Davi Sacer. Com o repertório bem diversificado, Sacer fez um show que emocionou milhares de fãs, levando seus maiores sucessos para os codoenses.

Para o Prefeito de Codó, Zito Rolim, a Semana da Cultura e o dia do Evangélico já se transformaram em um dos principais eventos do calendário oficial do município, para a comunidade evangélica e toda a população codoense. O prefeito também tem a certeza que o próximo prefeito de Codó terá o mesmo desejo e intenção de fortalecer essa importante data.

Estamos chegando ao fim de nosso segundo mandato e muito satisfeitos por ter conseguido, junto ao esforço dos vereadores e do Conselho de Pastores, a instituição e realização anual da Semana e do Dia do Evangélico, eventos quer sempre uniram nossa população, reforçando nossa fé em Deus”.

O prefeito ainda parabenizou as comunidades evangélicas e todas as famílias que compareceram ao grande momento, mostrando a união do povo e o respeito mútuo entre os habitantes do município. “O Dia do Evangélico será um legado de nossa gestão e um momento especial para nossa comunidade. Esse grande evento ganhou força, amadureceu e se tornou um dos grandes momentos em todos os anos, reunindo não só a comunidade evangélica, mas sim todo aquele que acredita, sente e confia na presença de Deus”. Finalizou.

Ascom- PMC

CAPS executa projeto DANÇAR ARTE DE CUIDAR

Proposto pela Secretaria Municipal de Saúde de Codó/MA, o Projeto DANÇAR, ARTE DE CUIDAR,  implantado no CAPS, tem como principal objetivo, socializar e fortalecer às pessoas com problemas de dependência química, sociais e distúrbios mentais,  elevando assim a auto estima e o auto conceito , através da dança,  de maneira que estas pessoas possam se expressar e se comunicar melhor, além de fortalecer o relacionamento interpessoal.

Atividade inovadora

Atividade inovadora

De responsabilidade técnica da Assistente Social e Coordenadora do CAPS de Codó/MA,  Francileide Silva Nascimento, o DANÇAR, ARTE DE CUIDAR realizará daqui pra frente, o diferencial no atendimento e nos resultados tanto para pacientes quanto para os profissionais de saúde que atuam na instituição.

“A Dança é a arte de mexer o corpo, através de uma cadência de movimentos e ritmos, criando uma harmonia própria. Não é somente através do som de uma música que se pode dançar, pois os movimentos podem acontecer independente do som que se ouve, e até mesmo sem ele”, disse

Foto de Messias Markejane

Foto de Messias Markejane

De suma importância a implantação desse projeto pela Secretaria Municipal de Saúde de Codó, o qual sem dúvida alguma , trará inúmeros benefícios no tratamento de pacientes com transtornos mentais e sociais, atendidos pelo CAPS de nossa cidade.

Por Messias Markejane

VIOLÊNCIA – Fim de semana com 3 assassinatos em Codó

O corpo do jovem Dennis  Ribeiro Pereira, de 22 anos, foi encontrado ontem, 27, por volta das 11h48min da manhã, morto a facadas, na rua Berlim, no Residencial São Pedro. Hoje pela manhã, o delegado Rômulo Vasconcelos participou ao vivo do programa Cidade Notícias, da FCFM, informando que prendeu a esposa da vítima.

Ela e o cunhado de Dennis, segundo a autoridade policial são os principais suspeitos. A mulher, presa no bairro Anjo da Guarda, em Timbiras, contou que Dunga, como era chamado, começou a agredi-la, o irmão não gostou e uma briga foi iniciada.

Rômulo Vasconcelos também informou que o cunhado da vítima teria chamado mais 3 comparsas que invadiram o quarto onde havia se trancado Dennis matando-o a facadas no peito e em outras partes do corpo.

Depois disso, os suspeitos ainda tiveram a frieza de lavar a casa, fechá-la e deixar o corpo encontrado só no dia seguinte por vizinhos que chamaram a polícia.

…………………………………

Na rua Mariano Saads, Codó Novo, a PM foi chamada para ver o corpo de Jonhy Marcos dos Santos, que não tinha passagens pela polícia segundo a família, mas estava ainda vivo, no chão,  com a cabeça esmagada a pauladas e pedradas.

O rapaz ainda foi levado para o HGM, mas não resistiu aos ferimentos. A mãe dele, Maria da Conceição, concedeu entrevista do repórter Sena Freitas.

“Ele disse que tava muita saudade de mim (…) meu único filho”, revelou chorando a mãe que morava na zona rural.

………………………………..

Já na madrugada desta segunda-feira, 28, na rua Leste Oeste, Bairro São Raimundo (Trizidela) foi assassinado com 3 tiros, um deles no rosto, Raimundo Pimentel Sampaio. Ele estava saindo de uma festa quando foi executado.

Delegado Rômulo informou que todos os suspeitos, nestes 3 assassinatos, já estão identificados e a polícia agora trabalha para prendê-los.

Professores contratados estão com medo de só receberem metade do salário em dezembro

Os professores contratados pela prefeitura de Codó estão cheios de dúvidas e medo. Até agora a administração não disse como vai pagar o salário referente ao mês de dezembro.

Eles já estão cientes de que só deverão trabalhar até 15 de dezembro por conta de uma ordem que foi emitida pela Secretaria de Educação, como o blogdoacelio revelou em postagem recente (LEIA AQUI)

O medo deles é receber apenas metade do que ganham, que já é bem abaixo do que percebe um professor efetivo e, além disso, ficarem sem o 13º salário que o governo de Zito Rolim nunca pagou nos anteriores.

Sobre isso, o blog recebeu o apelo de uma educadora que dizia:

“Vc pode fazer uma reportagem falando sobre o atraso do pagamento dos professores contratados. Além de não receber décimo desde quando ele foi reeleito e ainda recebemos igual a zeladores ainda esta atrasado dez dias e já foi comunicado que por causa da mudança de governo o ano letivo foi antecipado para terminar dia 15 e só pagará a metade do salário mínimo que recebemos“, escreveu preocupada.

Vamos procurar a Secretaria de Educação ou a de Administração esta semana para que respectivos secretários prestem esclarecimentos sobre esta situação.

O que será pago? como? quando,  quanto será pago aos contratados?

PERIGO DE MADEIRA: Codó espera emenda de Glalbert Cutrim para fazer 5 pontes

Codó tem um histórico ruim com pontes de madeira. Na cidade elas estão na maioria dos bairros pondo em risco a vida dos cidadãos. Buracos bem perigosos, madeira visivelmente estragada e até pregos expostos, como  na rua José Mariano Saads.

Deputado Glalbert durante reunião de trabalho com o prefeito Zito Rolim, de Codó

Deputado Glalbert durante reunião de trabalho com o prefeito Zito Rolim, de Codó

A população reclama da demora no conserto, uma vez que vê-las de concreto armado é algo ainda mais difícil segundo o lavrador Donaldo Portela Gonçalves.

“até agora, já tem praticamente uns seis meses ou 1 ano, que ela tá nesse estado….E NADA? E nada acontece, né”, respondeu

Há cerca de 1 ano o próprio prefeito da cidade, Zito Rolim,  caiu no local onde deveria haver uma ponte de madeira  na zona rural do município, na região da Trizidela, fato que se ganhou repercussão nacional e foi retratado até pela TV Globo, por meio do programa Bom Dia Brasil.

SITUAÇÃO NÃO MUDA

Tanto   na cidade onde encontramos situações como a da rua Renato Archer, no Codó Novo, com pedaços de madeira pra cima avisando dos enormes buracos na ponte,  quanto na zona rural reclamação e acidentes continuam ocorrendo e a razão continua a mesma – falta de cuidados por parte da prefeitura.

Na semana passada uma caçamba tentou passar sobre a chamada ponte do riacho São José, mas  o peso foi maior do que ela podia suportar, resultado, a ponte desabou.

O motorista, Renato Araújo Silva, levou um susto, não se feriu, mas  ficou com bastante prejuízo.

“Também não vi nada, quando passei a primeira a ponte não aguentou  e quebrou…QUE TIPO DE DANO? Rapaz aí foi muito, empenou capa, foi embora um bocado de coisa, com certeza, muitos danos, o pneu furou também”, contou

Dezenas de lavradores precisam da ponte que agora ficou inutilizada. Quem tem moto usou o desvio improvisado, mas  deixavam claro que não era  do  que pretendiam ficar dependendo pelos próximos meses.

“Sem a ponte fica ruim da gente fazer alguma viagem , tem necessidade de fazer algum coisa, fica meio brabo…O QUE O SENHOR ESPERA DA PREFEITURA? A gente espera que ela arrume isso aí de cimento porque de tábua aí num vai não viu, passa muito caminhão pesado, caçamba”, disse o lavrador Isamel Pereira da Silva

O secretário-adjunto de Infraestrutura, Elcias Menezes, esteve na ponte do São José, no dia seguinte ao ocorrido. Não quis gravar entrevista, mas informou que até no sábado  daquela semana, ela estaria reformada (de madeira novamente) e o tráfego estaria liberado para a região.

ESPERANDO  GLALBERT

O secretário Márcio Esmero, de Infraestrutura, informou ontem, 27, que o município espera a liberação da verba de uma emenda do deputado estadual Glalbert Cutrim para fazer de concreto armado 5 pontes, entre elas as das ruas PADRE CÍCERO, RENATO ARCHER, ASSIS NOGUEIRA (ou X Nogueira) e São José.

Até 2 de dezembro Codó precisa vacinar 15.300 cães e gatos

A meta de vacinação de cães e gatos contra a raiva animal é considerada desafiadora, são mais de 15 mil animais. Na cidade, as equipes já estiveram de casa em casa em muitos bairros, mas no Codó Novo, por exemplo, ainda encontramos  rua sem vacinação.

O cachorro de dona Maria da Conceição só foi imunizado ano passado.

 “Esse ano não,  só ano passado…POR QUE ESSE ANO, NÃO?…é porque eles nunca passaram por aqui não…NEM PÔDE LEVAR À ALGUM LUGAR? Nem pude levar a algum lugar…A SENHORA NÃO TEM MEDO, PORQUE RAIVA MATA? Com certeza mata e prejudica até as crianças”, disse

Mesmo com todo o esforço o trabalho feito na cidade, com maior intensidade na primeira quinzena de novembro, rendeu apenas 32,86% da meta a ser atingida (com 7.882 vacinados).

Na zona urbana, atualmente há apenas um local de vacinação, que fica na praça da Secretaria de Saúde (na Alcebíades Silva), no centro de Codó.

ZONA RURAL

Nos dias finais de novembro as equipes de vacinação estão concentradas na zona rural do município. É na zona rural também onde a coordenação de imunização aposta tudo para alcançar todos os 15.300 cães e gatos que existem aqui em Codó.

 “A maior concentração desses animais é na zona rural (…) é de casa em casa, o vacinador chega, se apresenta, se na casa tiver dez, 15 cachorros, todos são vacinados. O cachorro precisa ter de 4 meses pra frente, tanto o cão, quanto o gato, pra poder tá recebendo a vacina contra a raiva”, explicou Karen Cruz.

Para fechar a meta a coordenadora de Vigilância em Saúde está contando também com a colaboração dos donos destes animais.

Pede que recebam as equipes por onde elas ainda estão passando na zona rural. Na cidade, que procurem o ponto de vacina disponível até o dia 2 de dezembro.

 “É uma doença grave, é letal então as pessoas têm que deixar os cachorros sejam vacinados porque a prevenção dos nossos bichinhos é a nossa prevenção. Se o cão e o gato estiverem vacinados, nós estaremos imunes, automaticamente da doença”, pediu