Category Archives: Geral

Eleições 2012: Do ‘Calambanjo ao Tambaqui, este ano pobre ‘espoca’ o bucho

Ê peixãoooozão!

Quem viver, verá. Este ano pobre vai comer tanto peixe na semana santa que vai ‘espocar’ o bucho. Apesar de muito cabocla, a frase vem carregada de uma certeza quase certa.

Explico: Estamos em 2012, caros leitores, ano de…, de…, isso mesmo, política, eleição, voto, correria, briga, pancadaria e tiro nas ruas e outras coisas que estamos habituados a presenciar.

Nada mais esperado e ‘justo’ que o pobre sendo lembrado, prioritariamente. Sempre na linha de frente do pensamento de nossos pré-candidatos a prefeito, principalmente, porque os candidatos a vereador ficam só na baba, só na carona.

O PEIXE E O TEMPERO

Neste contexto, vai ter peixe embaixo, em cima, do lado, do outro, na rua, na fazenda. Vai ter gente inovando, isto é, entregando o peixe, o anzol e o tempero. Outros vão entregar o peixe e a cesta-básica, e ainda terá a disputa do tamanho.

Quem só entregava ‘calambanjo’, este ano vai entregar ‘aquele peixão’. Quem ficou só na sardinha em anos anteriores, vai aparecer até com tubarão, bacalhau inglês, argentino, norueguês, paraguaio.

E nós pobres, pobres de nós, vamos ter que ir pra fila, debaixo daquele sol quente de rachar a moleira (famosa mulêra), sorrindo feito criança, apertando a mão de nossos algozes e recebendo aquele tapinha nas costas acompanhado do tradicional ‘ feliz páscoa, feliz páscoa, feliz páscoa”.

AH! SE EU NÃO SOUBESSE…

Se eu não soubesse o quanto custa cada peixe daquele, depois, em nossas costas – desgraça na saúde, miséria na educação, tragédia na ação social, tsunami na moralidade com a coisa pública, desgosto, decepção – acredite, leitor, eu até bateria palmas.

Mas eu vou deixar de viajar nessa onda gigante de devaneios tolos que me invadem a alma neste momento. Eu vou é preparar minha sacola e sair pegando peixe também, afinal, não passo de um pobre que sonha com o fim de toda esta miséria que meus perseguidores mesmo construíram.

VAMOS ORAR?

Peço licença, para orar neste momento, parafraseando meu companheiro Jonas Filho.

Oh Pai, oh Pai!

Mandai um peixe sem o desejo venenoso e voraz de meus políticos, pai.

Meu Pai, meu Paaaiiii! Oh meu Pai! Que ‘futi’ tem dentro dessa Prefeitura, que esses homens usam até o sagrado peixe, que um dia teu filho multiplicou, para nos enganar Pai? oh Pai.

Querido Pai, O que tem dentro dessa Prefeitura? quem tá dentro num quer sair, e quem tá fora quer entrar, Pai! Oh Paiiii! Socorrei-nos de todo o mal, amém.

Delegado Zilmar acaba com boato sobre prisão de Biné Figueiredo

Seu Biné

Surgiu um forte boato na tarde de ontem, 29, dando conta de que o ex-prefeito, Biné Figueiredo, seria alvo de um mandado de prisão por conta de problemas com o fornecimento de energia em uma de suas indústrias.

O boato mobilizou seus opositores políticos que trataram logo de espalhar seus comunicadores nos locais onde a notícia poderia se confirmar. Repórteres foram colocados de plantão na porta da delegacia, enquanto outros cidadãos checavam a procedência do boato junto aos oficiais de Justiça no Fórum da Cidade.

A mídia tentava falar, sem sucesso, com o delegado Zilmar Santana, pois, de acordo com o boca a boca, estava com ele o tal mandado de prisão.

O telefone do blogdoacelio (99 8190 7660) não parou, era gente querendo informação e gente informando.

NA FONTE

Por acharmos um tanto quanto exagerado o boato, esperamos a poeira baixar, para entrarmos em ação, até porque estávamos, durante toda esta confusão nas BRs 316 e depois na BR 135, rumo à São Luís.

Às 20h54min fizemos contato com o delegado Zilmar Santana. Relatamos a ele o caso que, por sua vez, resumiu tudo na frase “não é do meu conhecimento, tô sabendo não”, descartando qualquer possibilidade de verdade.

O delegado também taxou de fantasioso o fato. “É meio fantasioso”, disse numa alusão às possiblidades de uma decretação de prisão preventiva, neste caso específico, atendendo ao que diz o crime de furto de energia do art. 155, parágrafo 3º, do Código Penal, com pena de reclusão de 1 a 4 anos.

AO PÉ DA LETRA

Santana, mais do que todos nós, sabe que o pedido de prisão para este caso é mais solene e exige, por exemplo, que o indiciado em crime de furto de energia seja um reincidente, porque, entre outras coisas, é a continuidade delituosa que ajuda o delegado a convencer o juiz a expedir o mandado.

Outro fator, preponderante, seria incorrer o indiciado dentro das quatro previsões do artigo 312 do Código de Processo Penal que indicam, taxativamente, os casos de prisão preventiva. São eles:

  • A garantia da ordem pública e da ordem econômica ( que alemeja impedir que o réu continue praticando crimes);
  • Conveniência da instrução criminal (evitar que o réu atrapalhe o andamento do processo, ameaçando testumunhas ou destruindo provas)
  • Assegurar a aplicação da lei penal ( ou seja, impossibilitar a fuga do réu, garantindo que a pena imposta pela sentença seja cumprida).

Como nem o blog, nem o delegado Zilmar, pelo que afirmou, tem conhecimento formal de um inquérito do tipo contra o ex-prefeito Biné Figueiredo, pelo menos não na delegacia de Codó, é prudente chamar de ‘fantasioso’ o boato. A moçada deu uma temperada para, certamente, dá uma esquentada na política local.

COISAS DA POLÍTICA

Ademais, em Codó é comum boatos do tipo, criados por grandes políticos, com o intuito, único, de queimar o adversário. Já imaginou a repercussão que seria uma prisão desse porte na cidade?

Biné seria triturado por seus inimigos políticos.

Apresentador cobra diversidade de horário dos ônibus de Codó para as capitais

O apresentador, Edmilson Filho, cobrou esta semana, em favor da população, o retorno dos ônibus nos mais diversos horários de Codó para as capitias São Luís e Teresina.

Hoje os codoenses, consequentemente, os timbirenses, só possuem um horário de viagem, pela Guanabara, que é o das 13h, e só para Teresina. Antes, os passageiros já tiveram às 6h, às 7h, às 13h e até às 17h.

“Se a empresa não quer a linha, que venda. Se a empresa não quer mais a linha, passa pra outra empresa que quer operar a linha”, pediu

Ele sugeriu que os ônibus que passam no km 17 entrem por Codó, Timbiras, Coroatá e saíam em Peritoró, ou façam o percurso inverso, pegando rumo às capitais.

“Se não pode fazer todos os horários, que faça dois ou três horários, o que você não pode é deixar a população sem o transporte”, disse

PARTICULAR

Sobre a existência dos carros de passeio, Edmilson lembrou que estes também só operam no horário das 6h da manhã. Se o passageiro desejar viajar noutro horário, terá que esperar o dia seguinte, com o agravante de que estes não viajam aos sábados e domingos, nem nos feriados.

“Ah! Mas tem carro particular, sim mas nem todo mundo é obrigado a ir de carro particular não, meu querido. O caro quer ir de ônibus, que tenha Ônibus pra ele ir. Tem vários carros tem, mas o cara que ir de ônibus, tem que respeitar ele”, disse

As empresas alegam que os horários acabaram por falta de passageiros.

Justiça Federal suspende sorteios do Megacap e do SorteMania

O juiz federal, José Carlos do Vale Madeira, da 5ª Vara da Justiça Federal no Maranhão proferiu decisão em que determina a suspensão dos sorteios dos títulos de capitalização Megacap e SorteMania Vida Premiável ou outros similares.

A sentença determina, ainda, que sejam devolvidos todos os valores recebidos dos consumidores dos produtos correspondentes a sorteios ainda não realizados, sob pena de multa de 30 mil reais por cada uma das devoluções não realizadas. Os promotores dos sorteios também deverão, no prazo de cinco dias, divulgar o fim da comercialização dos produtos já citados e os locais e formas de restituição de valores recebidos pela venda dos títulos capitalização. O não cumprimento dessa determinação acarretará no pagamento de multa de 50 mil reais.

O juiz também requisitou à Polícia Federal que, em atuação conjunta com os oficiais de justiça da Justiça Federal, realize busca e apreensão de todo material gráfico de propaganda ou títulos para comercialização do SorteMania Vida Premiável e Megacap.

As emissoras de televisão também foram oficiadas da decisão e comunicadas de que devem cessar a veiculação de propaganda e sorteios em nome das rés, sob pena do pagamento de multa de setenta mil reais por cada anúncio veiculado.

A decisão atende a pedido do Ministério Público Federal, que sustenta que as rés exploram ilegalmente o jogo de bingo em São Luís, sob o pretexto de comercializarem plano de pecúlio ou seguro que serviria para mascarar a difusão do jogo de azar.

O G1 Maranhão entrou em contato com a organização do MegaCap e foi informada, pelo gerente dos sorteios, Cícero Salviano, que o grupo só irá se pronunciar por meio de seus advogados.

FONTE: G1 Maranhão

Secretaria de Agricultura recebe carro e novos equipamentos

Zito mostra chaves

O prefeito Zito Rolim participou na terça-feira, 20, da entrega de veículos e equipamentos do Ministério do Desenvolvimento Agrário para o município de Codó. Participaram do evento, o secretário de agricultura de Codó, José Cordeiro, o gerente do Banco do Nordeste, Raimundo Luz, Feliciano Marques da Agerp, técnicos e agricultores de Codó e outros municípios.

Dentre os equipamentos estão: Uma pick up Fiat estrada cabine dupla; quatro computadores de mesa; dois notebooks; uma filmadora e um data show; duas TVs de 32 polegadas; quatro câmeras digitais; duas caixas de som com microfones; três motos Honda 150 Bros e dois rádios comunicadores.

PRIVILEGIADO

Para o delegado do MDA no Maranhão, Ney Jeferson, Codó é um município privilegiado onde o prefeito Zito Rolim cumpre com os princípios legais e por isso, hoje, recebe estes equipamentos que são de fundamental importância para desenvolvimento dos agricultores. “existem alguns princípios fundamentais para que os agricultores se desenvolvam. O primeiro é o acesso para suas terras, o segundo, a infraestrutura, o terceiro, assistência técnica, enfim, o crédito e a comercialização fazendo com que o agricultor possa escoar suas produções. E isto, pelo que tenho acompanhado é o que está sendo implementado no município de Codó” ressaltou.

Para o prefeito Zito Rolim desenvolver a agricultura foi um desafio importante, já que quando assumiu a prefeitura, a Secretaria de Municipal de Agricultura só existia no nome. “minha primeira preocupação foi em equipar nossa secretaria e hoje estamos recebendo estes equipamentos de grande importância para nossos agricultores que ganham muito com a chegada de mais estrutura. Em nossos objetivos está a inauguração do mercado do produtor rural que mais uma forma de incentivar o desenvolvimento local.” Disse.

O Secretário de Agricultura do Município, José Cordeiro ressaltou a origem rural do prefeito Zito e que até em seu comércio nunca perdeu o contato com o homem do campo e hoje trabalha para o desenvolvimento da zona rural desde a produção até o venda como também na pecuária quando implantou um moderno matadouro no município.

Fonte: Asscom

CODÓ NOVO – Idosa indignada desabafa em cima do prefeito por causa de alagamento

Dona Divina

O blogdoacelio teve contato ontem, 28, com a aposentada, Maria Divina Vieira,, da travessa Bahia, bairro Codó Novo, número 1291.

Ela chamou nossa atenção com a sua indignação e o motivo é justo. Onde ela mora todos reclamaram de alagamento das casas toda vez que cai uma forte chuva, como as duas últimas que mostraram a fragilidade de nossa cidade neste sentido.

Dirigiu-se diretamente ao prefeito, afirmando que ele a conhece. Dona Divina questionou – por que em 4 anos a travessa onde mora nunca foi ajeitada, referindo-se, simplesmente, ao fim dos alagamentos que tanto incomodam aquela comunidade da periferia.

“Por que que ele não manda endireitar essa rua, quatro anos não são quatro dias moço, os pobre também precisam de bondade, não precisa? Não é só rico que precisa de bondade não, a pobreza, porque nas eleições os ‘fominhas’ é que vão botar ele lá em cima aí bota o dinheiro no bolso e os pobres ficam sofrendo”, disse

‘VEM OLHAR PRA NÓS”

A idosa fez um apelo dramático

“Pra ele olhar pra nós, Zito vem olhar pra nós porque já vem num já vem, novamente? Ele não vem mas vem as cachorrinhas e aí minha velhinha como é que ta?, Não, não é assim não. A gente não precisa moço não é só de bondade para o senhor porque Deus ta no céu” disse completando “Se eu to com fome, encha minha barriga, se eu to nua, me dá uma calça. Agora você se encolhe”.

CRUZAMENTO

Dona Divina também mencionou que já chegou a encontrar o prefeito, mas decepcionou-se.

“Outro dia eu vi ele e ele me conhece e disse – não, não – fica só olhando, olhando pra cara da gente e não vem fazer nada”, concluiu indignada

Começa hoje PIT STOP da Yamaha em Codó

Pit Stop Yamaha

A concessionária FC Motos começa hoje, 29, e vai até o dia 31, sua adesão ao PT STOP Yamaha, uma realização nacional da marca que terá reflexo também por aqui.

A campanha consiste em oferecer inspeção nas motocicletas, com troca de óleo a preços especiais, diferenciados nos dias 29, 30 e 31 de março.

A sexta-feira será dedicada somente à motocicletas da marca Yamaha, já nos dias 30 e 31 todas as marcas poderão passar pelo Pit Stop gozando das mesmas vantagens.

A equipe Yamaha de Codó já está aguardando a sua participação, afinal manter a sua moto sempre bem cuidada lhe traz muitos benefícios. Aproveite o PIT STOP YAMAHA

Entidades farão agradecimentos hoje pelo sucesso da Natal Sem Fome de 2011

Arquivo: entre de 2011

Grupo Ágata, Pestallozi e Rotary Club realizarão hoje à noite, a partir das 20h, um evento de agradecimento à todos que se envolveram na Campanha Natal sem Fome de 2011.

O evento tem se tornado uma constante, desde que a campanha começou a ser realizada em Codó pelas três entidades. No ano passado ela foi lançada dia 17 de setembro com uma caminhada pelas principais ruas da cidade.

A entrega de mais de mil cestas-básicas na sede do Tiro de Guerra, aconteceu dia 22 de dezembro com a participação de centenas de famílias carentes.

Para o evento de hoje a noite, 28, os convites estão sendo entregues pessoalmente por uma equipe do Rotary Club, onde será realizado.

PRESENTE:Moradores de Riacho do Fio vão receber escola reformada no aniversário de Codó

Sec. Márcio Esmero

A escola da localidade Riacho do Fio foi completamente reformada para a alegria dos alunos e dos pais que ali residem. A repórter Edvânia de Paula mostrou, na TV Codó, como ficou o trabalho da Secretaria de Infraestrutura numa visita feita pelo secretário, Márcio Esmero.

A professora da comunidade, contou que o prefeito Zito Rolim atendeu à uma reivindicação que nenhum outro prefeito havia dado atenção, o que ocorrera após uma conversa particular que ela teria tido, em sua residência, com o gestor municipal.

“Nada foi feito, somente nesse governo que a gente conseguiu através do Zito, eu consegui chamar ele lá pra minha casa e falei do que precisava na escola, do que a gente necessitada e o meu sofrimento porque na escola onde eu trabalho, manhã e a tarde, então eu tinha que colocar água na cabeça, no balde, isso foi minha reclamação e graças à Deus ele conseguiu até mais, então pra mim, eu vou desenvolver o meu trabalho da melhor maneira possível”, contou à repórter

INAUGURAÇÃO

Além da escola, a Prefeitura também construiu um poço semiartesiano em Riacho do Fio, para acabar com a dificuldade apresentada pela professora que revelou ter carregado água na cabeça diversas vezes para não deixar os alunos com sede.

Márcio Esmero, anunciou na reportagem que a inauguração já está marcada para o dia 16 de abril, dia do aniversário de Codó e filosofou ao final da reportagem.

“Nosso trabalho é fazer a base para que as crianças tenham uma educação descente, para que ela tenha um futuro melhor e todos nós consiga seguir em frente sempre numa evolução procurando o sucesso”, garantiu

STTR de Codó discute política de ATES em Caxias

Marcos Moreira

O secretário de Política Agrária e Agrícola do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Codó, Antonio Marcos Alves Moreira, participou com uma forte comitiva de assentados codoenses de uma oficina que discutiu as políticas de assistência técnica aos projetos de assentamento no Maranhão.

O evento foi realizado entre 19 e 21 de março, no Hotel Alecrim, em Caxias, com cerca de 70 participantes de diversos municípios.

Marcos frisou que a participação de Codó foi muito expressiva, uma vez que possuímos mais de 63 mil hectares de terras desapropriadas e carentes de uma assistência técnica de qualidade para as famílias que nelas residem.

“É de fundamental importância que o município de Codó esteja presente, como esteve nessa oficina, aonde pudemos estar colocando nossas ideias porque hoje no município de Codó nós temos mais de 63 mil hectares de terra desapropriada, então essas famílias necessitam de um padrão de vida e de um acompanhamento técnico também de qualidade’, sustentou

CONTRATAÇÃO DE ATES

No encontro discutiu-se também a abertura de uma chamada pública para selecionar empresas e até associações que prestarão, após contrato com o INCRA, assistência nessas comunidades.

“Dentro desse contexto nós discutimos a questão dos assentados que são, uma chamada pública que daqui ao final do mês vai ser publicada onde várias empresas e associações vão concorrer desde que se enquadrem no perfil legal onde os trabalhadores, de fato, sejam beneficiados da melhor maneira possível”, revelou