Category Archives: Peritoró

Prefeito de Peritoró se filia ao PP de Waldir Maranhão e Chiquinho do Saae

Em um ato político realizado na noite da ultima sexta-feira (21), o prefeito de Peritoró, padre Jozias, oficializou a sua filiação ao Partido Progressista (PP). Um encontro que reuniu lideranças, filiados e simpatizantes do partido no centro paroquial da cidade.

Padre Jozias com Waldir Maranhão

Padre Jozias com Waldir Maranhão

No evento estiveram presentes o deputado federal e presidente estadual do partido progressista PP, Waldir Maranhão, prefeito padre Jozias acompanhado pela primeira dama, Jacilene Oliveira, presidente da fetaema, Chico Miguel, presidente da câmara municipal, Constantino Santos Neves, presidente da câmara dos vereadores de Codó, Chiquinho do Saae, presidente do sindicado dos trabalhadores e trabalhadoras rurais de Peritoró, Valter Guimarães, vereadores, secretários municipais, presidentes de diretórios de partidos do município entre eles; PP, PHS, DEM, PT, PPS, PSB, PTC e PC do B, regionais e lideranças locais.

Durante o encontro foram oficializadas dezenas de novas filiações, de pessoas que buscam contribuir com o partido e com o grupo político ao qual o PP segue rumo ás eleições de 2016.

Ascom Peritoró

Caravana da Liberdade fortalece ações de combate ao trabalho escravo em Codó e Peritoró

A Comissão para a Erradicação do Trabalho Escravo no Maranhão (Coetrae/MA) realizou entre os dias 18 e 20 de agosto a Caravana da Liberdade. O evento, realizado em Peritoró e Codó, contou com participação de representantes de órgãos públicos e da sociedade civil. A proposta de criação de rede regional para combater o trabalho escravo e a instalação da primeira Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Escravo em Codó, foram alguns dos resultados da Caravana.

O presidente da Coetrae e secretário de estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, defendeu que é necessário ramificar as ações da Coetrae nos municípios com a participação de organismos governamentais e da sociedade civil organizada. Ainda de acordo com o presidente da Coetrae, para por fim à mazela do trabalho escravo, é necessário atuar na conscientização das pessoas, na promoção de políticas públicas e na fiscalização. “O combate ao trabalho escravo envolve um esforço de todos nós. Do governo e da sociedade civil. É preciso ampliar os canais de conscientização, oferecer alternativas de emprego e renda e, quando necessário, exercer o papel fiscalizador”, destacou.

Também foram sugeridos durante o encontro, o fortalecimento das políticas públicas em regiões mais vulneráveis do estado, o mapeamento da educação no campo e a intensificação na divulgação dos canais de denúncia; e uma moção de apoio ao fortalecimento das instituições que atuam no combate ao trabalho escravo – principalmente a Superintendência do Trabalho e Emprego, o Ministério Público do Trabalho e a Justiça do Trabalho. Durante a passagem da Caravana, lideranças e a Seccional da OAB também exigiram a instalação da Vara do Trabalho de Codó.

A Caravana da Liberdade contou com o apoio das secretarias estaduais de Direitos Humanos e Participação Popular, Extraordinária de Juventude, Saúde, Educação, Pesca e Aquicultura, Desenvolvimento Social, Trabalho e Economia Solidária; do Viva Cidadão; do Tribunal Regional do Trabalho; do Ministério Público do Trabalho; da Universidade Federal do Maranhão – Campus Codó; do Ministério Público Estadual; da Prefeitura de Codó; da Câmara Municipal de Codó; da Prefeitura de Peritoró; da ONG Plan; da ONG Repórter Brasil; do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Codó; do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Peritoró; e do Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos Carmen Bascarán (CDVDH/CB).

O evento incluiu painéis, oficinas, roda de conversa, passeatas de mobilização, depoimentos dos trabalhadores resgatados, exposições fotográficas, serviços de saúde, exibição de vídeos, entre outras ações. Foram oferecidos, ainda, serviços do Viva Cidadão e do Sistema Nacional de Emprego (SINE), como expedição de carteiras de trabalho e cadastro do trabalhador e jovem aprendiz.

Durante a Caravana da Liberdade, foi anunciado pela Secretaria Estadual de Educação, que no mês de setembro começa a formação dos educadores da rede estadual de ensino para atuarem como multiplicadores do Projeto “Escravo Nem Pensar” nas escolas, resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e a ONG Repóter Brasil. A previsão é a capacitação de 10 mil professores.

A novidade foi aprovada por quem participou do encontro.A gestora regional de Educação, Fátima Falcão, defendeu a educação como um caminho para o combate ao trabalho escravo. “Se tratarmos as pessoas com um olhar de igualdade e as olharmos como seres humanos, podemos corrigir essa mazela. O caminho para chegarmos neste ponto é a educação. Sempre vão aparecer oportunistas que vão explorar o trabalho de quem está passando forme, para enriquecer através da exploração da mão de obra de quem não tem alternativa; através da educação é possível libertar essas pessoas”, advogou.

“De fato os educadores podem dar uma grande contribuição na formação dos alunos e futuros profissionais. Esses alunos podem se tornar multiplicadores em suas famílias, formando assim uma grande rede contra esse grande mal”, concordou o professor de Artes do Centro de Ensino René Bayma, Ubiratan Norberto. O educador chamou atenção para a grande incidência de exportação de mão de obra escrava em Codó.

NÚMEROS

O Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) recebeu no ano passado 29 denúncias de exploração de trabalhadores em situação análoga à escravidão e firmou 10 termos de ajuste de conduta (TAC) com os denunciados. O órgão possui 42 ações civis públicas em andamento e acompanha o cumprimento de 74 TAC firmados e 13 execuções de acordos não cumpridos. Para o procurador do trabalho Marcos Duane, a estrutura do órgão é insuficiente, dispondo de apenas 12 procuradores para atuar em todo o Maranhão.

Os números são baixos, se considerada a realidade do Estado. Para o juiz Veloso Sobrinho, além do medo, às vezes as pessoas não sabem a quem denunciar. “Não basta haver a fiscalização feita pelos auditores, depois o inquérito, que passa pelos procuradores do Trabalho e, na sequência, o julgamento, que é feito pelo juiz do Trabalho, após o oferecimento da denúncia. É preciso haver uma atuação conjunta que envolva a escola, a família e outros profissionais. Acredito que a criação desta rede vai fortalecer a Caravana da Liberdade, que passa a atuar de forma mais regionalizada”, defendeu.

DENÚNCIAS

Na manhã da última quinta-feira (20),o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular Francisco Gonçalves, o juiz Manoel Lopes Veloso Sobrinho e o procurador do trabalho Marcos Duanne Barbosa de Almeida, estiveram na comunidade quilombola de São Raimundo, onde ouviram denúncias de trabalhadores rurais. Eles pedem a desapropriação de terras e alegam também que vivem sob ameaças dos donos de terra.

Fonte: Sedihpop

Biometria em Peritoró

A Prefeitura Municipal de Peritoró em parceira com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), deu inicio nesta terça-feira (04), o recadastramento biométrico no município. O recadastramento biométrico é obrigatório para todos os 15.463 eleitores de peritoró. Quem não participar, terá o título cancelado automaticamente, não poderá votar nas eleições de 2016 e estará sujeito a uma série de restrições, como a impossibilidade de tirar passaporte ou tomar posse em cargo público entre outras.

Prefeito faz recadastramento em Peritoró

Prefeito faz recadastramento em Peritoró

Estiveram presente na abertura dos serviços biométricos, o prefeito padre Jozias,  o diretor-geral do TRE-MA; Gustavo Adriano Campos, presidente da câmara municipal; Constantino Santos, vereadores, secretários municipais e a comunidade em geral.

O diretor-geral do TRE-MA; Gustavo Adriano Campos, por sua vez, agradeceu o apoio recebido do Município e destacou que o recadastramento biométrico é muito importante para continuar exercendo a cidadania através do voto. “A democracia precisa ter regras e a Justiça Eleitoral vem adotando medidas para ampliar a segurança na hora do voto”, frisou o diretor.

O prefeito padre Jozias, ressaltou a importância do eleitor peritoroense a fazerem o recadastramento biométrico para coibir fraudes no processo eleitoral. “É importante para peritoró este avanço, esta nova tecnologia que traz maior segurança ao eleitor na hora de votar. Com o cadastramento temos muito mais capacidade de enfrentar a fraude eleitoral, porque pela biometria não dá para votar duas vezes”, destacou o prefeito.

Após cerimônia de abertura, o prefeito padre Jozias e demais autoridades presentes fizeram o recadastramento biométrico e receberam o novo documento de titulo de eleitor.

Para fazer o recadastramento eleitoral biométrico, é necessário levar as Xerox e os originais dos seguintes documentos: RG, CPF, Certidão de Nascimento ou Casamento (se for casado“a”), Título de Eleitor e Comprovante de Residência de 03 meses anteriores ao inicio do recadastramento. Os homens maiores de 18 anos que forem tirar o título pela primeira vez devem apresentar, também, o certificado de quitação do serviço militar.

Assessoria de Comunicação/PMP

Segunda feira da Agricultura Familiar é realizada em Peritoró

Incentivando e valorizando cada vez mais o homem do campo e a agricultura familiar de peritoró, o governo “Trabalho e Desenvolvimento”, sob a gestão do prefeito padre Jozias, vem dando o apoio aos agricultores do seu município.

Feira da Agricultura Familiar em Peritoró

Feira da Agricultura Familiar em Peritoró

A prefeitura municipal de Peritoró em parceria com a COOSERT (Cooperativa de Trabalhos e Serviços Técnicos), realizou no ultimo sábado (25), a 2ª feira da Agricultura Familiar de peritoró.

O prefeito padre Jozias participou da feira, e ainda conversou com agricultores, onde no seu breve discurso destacou a importância da parceria para a realização da feira dos agricultores familiar de peritoró.

“O objetivo principal da feira é o fortalecimento da agricultura familiar de peritoró, dando apoio a comercialização ao agricultor familiar, que passa a vender seus produtos hoje, diretamente ao consumidor. Quero parabenizar os organizadores, os agricultores e todos que fazem dessa feira um grande sucesso”, destacou o prefeito.

A feira dos agricultores familiar de peritoró, será realizada duas vezes ao mês, onde o consumidor encontra legumes, verduras, frutas e produtos produzidos artesanalmente. Os alimentos são de alta qualidade e produzidos por agricultores de varias comunidades locais.

A feira tem um apoio da secretaria municipal de agricultura e abastecimento, câmara municipal e sindicato dos trabalhadores e trabalharas de Peritoró.

Por Francisco Silva/Ascom Peritoró

Governo realiza audiência pública com trabalhadores rurais de Peritoró

O Secretário de Estado de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, participou de audiência pública com trabalhadores e trabalhadoras rurais em Peritoró para discutir os projetos do governo e crédito para os trabalhadores do campo. IMG-20150710-WA0003

Na ocasião também estavam presentes o Secretário Adjunto, Chico Sales, o presidente da Fataema, Chico Miguel, o prefeito Padre Josias, o vereador codoense Pedro Belo, entre outras autoridades.

No encontro foram discutidas as políticas públicas para os trabalhadores rurais defendidas pelo Governo Flávio Dino e o papel do Estado no desenvolvimento da agricultura familiar, como geradora de renda e melhorias na qualidade de vida no campo.

Entre os assuntos discutidos entre os representantes do governo e os trabalhadores foram: a regularização de terras, assistência técnica, acesso ao crédito, posto de saúde, escola e infraestrutura, como estradas e energia elétrica.

Peritoró - ambiente lotado

Peritoró – ambiente lotado

O secretário falou sobre os projetos que serão executados e irão gerar muitas conquistas para os pequenos trabalhadores rurais e que a secretaria está sendo reestruturada para atingir o seu grande objetivo, que é fazer a agricultura familiar do Maranhão prosperar.

Esse governo será um governo da mudança, e nós queremos avançar e vamos conhecendo os problemas e as necessidades para agirmos, porque essa é a determinação do nosso governo”.

De acordo vereador Pedro Belo, o governo está realizando essas audiências em diversas regiões do estado para detectar todos os problemas e desenvolver a produção do pequeno produtor.

É uma fase de estudos e planejamento. A participação dos trabalhadores é importantíssima nesse momento. O Governador que colocar logo em prática todos os projetos para a agricultura familiar e disponibilizar linhas de crédito para desenvolver esses projetos, gerando uma nova realidade para os trabalhadores e para as famílias do campo”, finalizou.

Assessoria de Imprensa

Realizada com sucesso I Feira da Agricultura Familiar de Peritoró

Peritoró tem uma zona rural promissora na visão daqueles que trabalham na área, como Sindicalistas (STTR), cooperativados (COOSERT)  e governo por meio da Secretaria Municipal de Agricultura. São, segundo eles,  12 assentamentos do INCRA, 6 pelo Crédito Fundiário, 2 do ITERMA e 12 áreas quilombolas.

I Feira da Agricultura Familiar de Peritoró

I Feira da Agricultura Familiar de Peritoró

No sábado, 4, estes parceiros, coordenados pela Cooperativa de Serviços Técnicos, especializada em áreas rurais, Coosert, realizaram a primeira Feira da Agricultura Familiar de Peritoró, considerada um sucesso por lavradores de 13 povoados, 11 deles de Peritoró e dois de Coroatá.

A ideia agora é fazer com que os próprios agricultores tomem as rédeas do evento e o realizem com maior frequência possível, aumentando, sempre, o número de participantes.

“A gente precisa avaliar o que atrapalhou, dá papeis na organização e a gente precisa envolver os agricultores nesta organização porque eles são os principais atores e a gente buscar um caminho para aos poucos consiga estrutura para que, de repente, os agricultores tomem de conta da comercialização por si só, é aquela coisa, a gente vai orientar o caminhar para que, num certo ponto, dê pra ele tomar de conta só”, disse Arlan, técnico em agropecuária da Coosert/Peritoró

A próxima feira, a pedido dos agricultores, já será no próximo 25 de julho.

Uma Peritoró que não avança (nem visualmente)

Não se mede o progresso de uma cidade puramente por sua aparência, é óbvio. Mas se isso fosse possível, Peritoró estaria reprovada. Nem mesmo no centro, onde estas fotos foram tiradas, os visitantes, acredito que muito menos seus moradores, conseguem sentir um avanço significativo, ainda que apenas em seu aspecto mais elementar – o visual.

Centro de Peritoró

Centro de Peritoró

Festa junina de Peritoró foi uma das mais animadas da região dos Cocais

A prefeitura municipal de Peritoró, através da secretaria municipal de cultura e turismo, realizou nos dias 27, 28 e 29 de junho, mais um arraial da alegria em Peritoró, dessa vez, foi na rua da Mangueira. foram 03 dias de muita animação e segurança.

Peritoró festa junina

Peritoró festa junina

A festa contou também com varias apresentações de danças portuguesas, bumba meu boi, quadrilhas locais e regionais.

Além das atrações Forró na Veia, Fruta Nativa e Forró sem Limite, que proporcionou ao público um verdadeiro show.

O prefeito padre Jozias acompanhado pela primeira dama Jacilene Oliveira, prestigiaram o evento, onde transcorreu com tranquilidade prevista pela organização.

Quero agradecer a todos os grupos folclóricos que participaram do nosso arraial, a segurança, a organização do evento e o povo que contribuiu, mais uma vez, para o sucesso de nossa festa”, disse o prefeito.

Por Francisco Silva/Ascom

Flávio Dino recebe políticos de Peritoró

Sempre buscando melhorias para o desenvolvimento do município, o prefeito padre Jozias participou na última quarta-feira (24), de uma audiência com o governador do Estado, Flavio Dino, com quem discutiu assuntos relacionados ao município de Peritoró.

Com o governador Flávio Dino

Com o governador Flávio Dino

A audiência aconteceu no Palácio dos Leões, em são Luis, e contou com a participação do presidente da câmara municipal de Peritoró, Constantino Santos Neves.

O Prefeito padre Jozias apresentou uma série de reivindicações para a apreciação do governo do estado.

“Foi um encontro bastante positivo. O governador Flavio Dino, sempre nos recebe muito bem e trata o município de peritoró com muito amor e carinho. Encaminhamos assuntos relevantes e que esperamos em breve estar sendo atendido”, destacou o prefeito.

Ao final da audiência o governador Flavio Dino, garantiu que todas as demandas apresentadas serão atendidas, dentre elas a construção da praça de livramento, pavimentação asfáltica e água para independência e sede.

Ascom Prefeitura de Peritoró

Município de Peritoró terá biometria em 2015

Eleitores de Peritoró serão recadastrados biometricamente no segundo semestre de 2015. A decisão ocorreu na tarde dessa quinta-feira, 18 de junho, em reunião no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

Reuniram-se Jozias Lima Oliveira (prefeito) e Igor Amaury Portela (procurador do município) com o juiz auxiliar Sebastião Bonfim (presidência do TRE-MA), o diretor Gustavo Campos (geral) e José de Ribamar Borges (COSEG) para discutir os detalhes técnicos e garantir que a biometria comece.

Peritoró é termo da 68º zona eleitoral, cuja sede fica em Coroatá, o que inviabilizaria o deslocamento dos 15.463 eleitores da cidade para o cartório eleitoral. Com essa decisão, o recadastramento será feito no próprio município.

ASCOM TRE-MA