Category Archives: Peritoró

PERITORÓ – Moradores da Vila Cemar reclamam de serviços da CAEMA

Moradores da Vila CEMAR, área do bairro Filipinho, na cidade de Peritoró estão reclamando da falta de água nas torneiras. Eles dizem que a CAEMA só manda as contas todo mês e nada resolve.

VEJA ESTE VÍDEO MOSTRANDO A SITUAÇÃO DOS MORADORES

Após despejo judicial delegacia de Peritoró voltou a funcionar em novo prédio alugado

Ao chegarmos ao novo endereço, na rua da Mangueira, centro de Peritoró, na tarde de ontem, por volta das 15h, encontramos a casa alugada aberta e os serviços da delegacia funcionando. Duas mulheres estavam sentadas na sala de espera para registrar Boletim de Ocorrência e foram surpreendidas pela notícia do funcionamento.

Estavam com medo de serem enviadas para Codó, como nos revelou Ecília Lima Neta,

“Aqui é muito melhor porque pra gente se deslocar daqui pra Codó pra chegar lá e não ser atendida ia ser um problema, um dia perdido, tendo aqui melhor que tudo, bom mesmo (…) fomos bem recebidos, graças a Deus e estamos sendo atendidas”, disse a vendedora de espetinho na BR-316.

Apesar de algumas dificuldades com a logística e com o espaço da pequena casa, o delegado, Fábio Cordeiro, garantiu que o público não mais ficará sem atendimento.

“Tudo está funcionando normalmente é só procurar aqui o delegado Fábio Cordeiro, procurar nossos investigadores. População de Peritoró já tem nossos telefones já decorados, é só nos procurar”, garantiu o delegado

Quem fazia no momento uma visita às novas instalações era o Superintendente de Polícia Civil do interior, delegado Dicival Gonçalves. Como a nova instalação, pela própria natureza da situação, é provisória, nós aproveitamos para perguntar ao Superintendente sobre quando, realmente, esta obra da delegacia de Peritoró, que já se arrasta há mais de 3 anos, será concluída.

A obra tem quase 300 mil reais de orçamento e está longe de ser entregue. Sobre isso,  falou.

 “Esta parte é com a SINFRA QUE FOI comunicada e cobrado atraso pela Secretaria de Segurança e  que já estão tomando todas as medidas junto à construtora que não concluiu a obra e foi feita uma nova licitação para a conclusão, em médio prazo agora, para atender e entregar à população esta obra aqui da cidade de Peritoró”, disse

Em relação aos 4 anos de aluguéis atrasados que acabaram dando razão para uma ordem judicial de despejo que teve como alvo o prédio anterior que abrigava a delegacia  só disse que o setor jurídico está tomando providências uma vez que o contrato estava em nome de um particular e não fora firmado direto com o Estado.

“Isso tá sendo resolvido através do setor jurídico pra saber a responsabilidade até porque só se contrata  com o Estado e isso aqui é algo que nos deixou surpreso até porque não é possível, não pode ser feito nenhum contrato em nome de pessoa física, a não ser pessoa jurídica que a administração pública tem seus regramentos e a lei que disciplina quanto a prédios de particular alugado para administração pública”, frisou Dicival Gonçalves

VERGONHA – Governo Flávio Dino não paga aluguel de prédio e Justiça ordena despejo na delegacia de Peritoró

Representantes de duas entidades de classe ligadas à Polícia Civil do Maranhão – ADEPOL e SINPOL –  estiveram em  Peritoró  agora pela manhã para ver de perto a dura realidade enfrentada pelo delegado Fábio Cordeiro. Ele trabalhava em um prédio alugado, o dono entrou na Justiça contra o Governo do Estado pedindo o pagamento dos aluguéis há 4 anos atrasados e o despejo de quem o ocupava. A decisão saiu esta semana, favorável ao proprietário.

O presidente do SINPOL/MA, Elton Neves, ficou estarrecido.

“Porque aqui é a Polícia Civil, sendo despejada pela Justiça por falta de pagamento…QUANTO TEMPO DE ATRASO? 4 ANOS, segundo recebemos informação, há 4 anos perdura esta situação um prédio que foi alugado em nome de um servidor que emprestou o nome para solucionar de forma esporádica o problema e que acabou se perpetuando”, disse à TV Mirante

O atendimento ao público já está suspenso – registro de roubo, furto, estupro, homicídio, nada. Dona Dalva de Andradeveio da zona rural e só queria um documento, não conseguiu.

“Tá prejudicada, tá prejudicada eu que to sem dinheiro esperando essa identidade pra receber o dinheiro e agora desse jeito aí nós não vamos receber mais, o que nós vamos fazer?”, lamentou a lavradora

A SALINHA EMPRESTADA

Por causa da ordem judicial de despejo os documentos da Polícia Civil irão sair do prédio, em questão, e vão para um, na mesma rua, a menos de 50 metros,  que pertence à prefeitura e a também serve de quartel para a Polícia Militar. A documentação vai ficar numa salinha emprestada.

O presidente da Associação dos Delegados, Marconi Chaves Lima,  mediu o espaço, são apenas 8 metros quadrados. Isso quer dizer que o delegado de Peritoró teria que trabalhar numa sala, com móveis e documentos,  só dois metros maior que uma cela à  que tem direito, pela lei, um único preso.

“Acomoda, também de forma inadequada a Polícia Militar, então torna-se inviável não só pela questão do espaço físico em si, mas também pela própria atividade, elas são distintas, tem que cada uma ter sua casa própria, lamentável, estamos aqui vindo e Fomos surpreendidos porque a situação é pior do que nós imaginávamos”, criticou

SÓ EM CODÓ AGORA

Inviável e ele, Fábio Cordeiro,  já foi orientado a se apresentar ao delegado regional em Codó, Zilmar Santana. É em Codó Dr. Fábio  atenderá cidadãos de Peritoró a partir de agora.

“Então, nesse momento, o cidadão de Peritoró pode procurar a delegacia de Codó. Delegado Zilmar Santana, juntamente comigo, nós vamos tentar resolver os casos que forem mais urgentes nesse momento…PREVISÃO DE QUANTO O SENHOR VOLTA A ATENDER AQUI? Não, esta informação ainda não tenho”

OBRA SEM FIM

Entre o prédio alvo do despejo e o quartel da salinha emprestada existe a obra que era pra ser a Delegacia de Peritoró. Quase 300 mil destinados (R$ 296.367,40)  e há vários anos nada se conclui por aqui, situação incomcebível na visão do vice-presidente do SINPOL/MA, José Raiol Filho.

 “Essa situação perdura por mais de 3 anos. É inconcebível você destinar um recurso para uma obra que é pra durar 120 dias e no momento ela se encontra ainda depois de 3 anos da mesma forma. Cadê o dinheiro destinado, cadê a empresa que foi destinada também pra fazer esta construção, não existe, chegamos aqui encontramos a placa, não existe data de início nem data de término”, afirmou

Polícia prende ‘Joice Perigosa’ acusada de 2 assassinatos em Peritoró

A Polícia Civil de Peritoró-MA prendeu, no dia de ontem, os autores do homicídio de PEDRO GOMES MOURÃO, conhecido por “PEDÃO”, encontrado morto na manhã do dia 23.08.2017, às margens do Rio Peritoró, com marcas de várias facadas.

Foram presos NATANAEL LOURENÇO LIMA, na Rua da Mangueira, Centro, Peritoró-MA, e JOSEANE NUNES ARAUJO, vulgo “JOYCE”, que estava escondida no Povoado Alegre, zona rural de Codó-MA.

Os mesmos confessaram a autoria do crime na Delegacia, seguindo NATANAEL para o Presídio de Coroatá-MA e “JOYCE” para o Presídio Feminino de Pedrinhas.

Enredo de filme: A acusada JOSEANE NUNES ARAUJO, vulgo “JOYCE”, havia sido presa pela Polícia Civil no dia 27.04.2017 por outro homicídio, contra CARLOS SALES DE LIMA, vulgo “CARLINHOS”, tendo sido transferida para o Presídio Feminino de Pedrinhas, na capital do estado.

No dia 22.08.2017, JOSEANE NUNES ARAUJO, vulgo “JOYCE”, foi beneficiada com a liberdade provisória e, de imediato, veio de ônibus para a cidade de Peritoró-MA.

Ao chegar em Peritoró, enveredou-se pelas “bocas-de-fumo” da cidade e, já na madrugada (menos de 24h depois de solta!), matou PEDRO GOMES MOURÃO, conhecido por “PEDÃO”, em parceria com NATANAEL LOURENÇO LIMA, sendo ela a autora do golpe de faca que dilacerou o rosto da vítima, conforme a fotografia do cadáver.

 Pelo perfil extremamente criminoso que demonstrou ter, espera-se que JOSEANE NUNES ARAUJO, vulgo “JOYCE”, passe um bom tempo fora do meio social.

Ascom Polícia Civil

Polícia Civil de Peritoró prende acusado de roubar e atirar em mulher próximo à posto da PRF

Fábio Ribeiro Santana Junior (à direita na foto abaixo) , mais conhecido como FABINHO, foi preso hoje, 8,  pela Polícia  Civil de Peritoró. Contra ele existia uma mandado de prisão temporária expedido pela Justiça.

André e Fabinho

Fabinho é acusado  de tentativa de latrocínio, o roubo seguido de morte. De acordo com o delegado Fábio Cordeiro, ele atirou contra sua vítima usando um revólver calibre 38. A bala atingiu o abdômen da mulher e até hoje continua alojada próximo à coluna.

Como a vítima não morreu, o indiciamento no inquérito é por tentativa de latrocínio, cuja pena varia de 7 à 15 anos quando a lesão é grave.

Na mesma operação a Polícia também prendeu ANDRÉ DE LIMA GOMES. Ele é suspeito de participação no mesmo crime segundo o delegado, mas contra ele só havia mandado de  busca e apreensão em sua residência, reagiu violentamente e acabou detido por desacato.

Vereador critica plano do prefeito de demitir 100 contratados da prefeitura

O vereador de oposição, Clemilson Viana, de Peritoró, fez um discurso na sessão do dia 29 de agosto criticando o anúncio feito pelo prefeito do município, Pe. Jozias, de, segundo o parlamentar, ter planos de demitir 100 contratados da prefeitura.

Em vídeo publicado no facebook, Clemilson, que é professor, disse que o prefeito chora mais do que bode embarcado em caminhão e que está querendo pegar onda na crise do Brasil para demitir pais de família peritoroenses.

Clemilson Viana

Na opinião do parlamentar, o montante de recursos mensais que entram nos cofres da prefeitura não justifica tal atitude.

“Chora mais do que bode embarcado, o prefeito e já começou a demissão, começou porque ele quer economizar dinheiro, dinheiro, calcule a média, mais de R$ 3.500.000,00 todos os meses e em fevereiro, vereador Aragão, foi mais de R$ 5 milhões só na Educação, mais de R$ 5.000.000,00, então não justifica demissão, que tá em crise, chorando que perdeu receita, que o país ninguém tem dinheiro, outros municípios tão demitindo, outros Estados não estão conseguindo honrar a folha. Chamei ele na sessão anterior de prefeito surfista porque quer pegar uma onda na crista na crise nacional”, disse o vereador na tribuna da Câmara.

PERITORÓ – Vereador denuncia estado ‘miserável’ do transporte escolar

O vereador de oposição em Peritoró, Edmilson Marques (PRB), criticou nessa última terça-feira (29) o transporte escolar do município. Ele denunciou que os veículos utilizados pelos estudantes da cidade não oferecem a menor segurança e não passam por nenhum tipo de fiscalização.

Em postagem em sua rede social, Edmilson Marques mostrou a situação de um ônibus escolar em estado de completo abandono, por falta de manutenção. O micro-ônibus está na Secretaria de Transporte, localizada no antigo prédio da Cibrazem, nas margens da BR 316, bairro Filipinho.

De acordo com o vereador, a falta dinheiro não é motivo para a Prefeitura não realizar a manutenção dos veículos escolares. O parlamentar apresentou planilhas com o valor dos recursos que a Secretaria Municipal de Educação de Peritoró recebeu do Programa Nacional de Transporte Escolar. Só neste ano de 2017 foram repassados à secretaria o valor de R$ 109.622,64.

Edmilson Marques já havia denunciado na semana passada a situação precária e o descaso que a Prefeitura de Peritoró trata os alunos da rede municipal.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra que estudantes do povoado Matões, arriscam a vida todos os dias ao viajar até a escola, na carroceria lotada de uma caminhonete, tipo pau de arara. Os próprios alunos gravaram o vídeo e o vereador fez a denúncia

“O pau de arara chega a transportar até 40 alunos em uma só viagem, enquanto outros fazem o trajeto a pé, por falta de vaga no veículo. Isso é desumano e uma total irresponsabilidade da parte da Secretaria de Educação de Peritoró que não tem respeito pela vida dessas crianças. O que estamos exigindo, é que medidas sejam tomadas e que a Prefeitura resolva o mais rápido possível essa situação, para que esses alunos não sejam mais colocados em perigo”, disse o vereador.

FONTE: Assessoria do vereador

Polícia prende em Peritoró suspeito de pistolagem da cidade de Bacabal

Uma operação conjunta das polícias Militar e Civil de Peritoró prendeu hoje pela manhã CARLIELTON PEREIRA TUDES, vulgo Elton, que, conforme noticiou a polícia, é suspeito de vários homicídios encomendados no município de Bacabal.

Ele tinha um mandado de prisão em aberto, expedido pela Justiça, em razão da morte de Álisson Johny Nascimento de Morais, ocorrido no dia 27 de junho de 2016.

Elton entre policiais de Peritoró

Sempre que ocorria fatos dos quais era o principal suspeito, Elton sumia. Foi a Polícia Civil  quem descobriu seu mais recente paradeiro no povoado São Beneditos dos Barros, zona rural de Peritoró. Ele não reagiu e com ele fora aprendido uma escopeta calibre 12 totalmente municiada.

Carlielton será recambiado para Bacabal onde ficará á disposição da Justiça.

Caravana Governo de Todos beneficia população de Peritoró

Durante a nona edição da Caravana Governo de Todos, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) garantiu serviços prioritários à população de Peritoró. Ontem, sexta-feira (23), a ação ofertou atendimentos na Carreta da Mamografia, atualização da carteira de vacinação, além de disponibilizar orientação nutricional e saúde bucal, testagem rápida e aferição de pressão arterial. 

Segundo a secretária-adjunta de Assistência à Saúde da SES, Teófila Monteiro, os serviços ofertados asseguraram acesso a exames não ofertados no município. “A Caravana viabiliza o atendimento que a população precisa, mas não encontra com facilidade no interior do estado, como a mamografia. O nosso objetivo aqui vai além da oferta de exames, promovemos a conscientização de que o hábito de uma vida saudável é fundamental a prevenção de doenças”, assegurou.

A Carreta da Mamografia realizou mais de 80 exames, entre preventivos e diagnóstico por imagem, por meio do mamógrafo. A unidade móvel garantiu atendimento a dona de casa Marinete Silva, de 49 anos. “O último exame de mamografia que realizei foi em 2009 porque tive que sair da cidade para procurar consulta. Se a carreta não estivesse em Peritoró acho que nunca conseguiria realizar o exame”, contou.

Mãe e filha, Carmelina Silva e Roseni Macedo, resolveram não perder a oportunidade de realizar exames na Carreta. “Eu tenho 55 anos, a minha mãe, 75. A gente faz parte do grupo de risco e se não cuidar em realizar exames todo ano, talvez uma de nós já não estivesse aqui. Temos problemas na família e nunca deixamos de nos cuidar”, revelou.

Os exames da Carreta da Mamografia serão entregues no prédio sede da Secretaria de Saúde de Peritoró, em 30 dias.

Na sala de imunização foram oferecidas as vacinas contra Hepatite, Influenza, Tétano, Febre Amarela, Tríplice Viral, Tetra Viral, Pentavalente, Meningite, HPV e Pneumonia. Mais preocupadas com a saúde que os homens, as mulheres também dominaram o atendimento na sala. “Tentei trazer meu filho e marido, mas não quiseram. Eu não posso deixar passar a oportunidade de cuidar da minha saúde”, disse a professora Tânia Guimarães.

Pela primeira vez, as estudantes Juliana Sousa, Clarice Silva e Joana Moura receberam dicas de escovação e cuidados com a higiene. “Eu nunca pensei que tinha tanto a aprender sobre escovar os dentes. Pensei que era só passar escova e creme dental. Agora eu sei como cuidar dos meus dentes”, relatou Joana.

O prefeito Josias elogiou a ação desenvolvida pelo Governo do Estado. “A gente agradece ao governador Flávio Dino por nos proporcionar este momento. A população percebe que existe uma atenção voltada ao povo de Peritoró. A Caravana é mais um benefício que o Governo nos concede”, disse.

Assim como os serviços de saúde, a Caravana inaugurou uma nova escola, ofereceu ações de cidadania, atividades recreativas e de lazer. O momento reuniu os secretários de Estado, Rodrigo Lago (Transparência), Felipe Camarão (Educação), Laurinda Pinto (Mulher), Teófila Monteiro (SES), e o prefeito Josias, de Peritoró, junto com os secretários do município.

Reunião
Os secretários de Estado estiveram reunidos com o prefeito de Peritoró e representantes do município, durante a Caravana Governo de Todos, para ouvirem as demandas emergenciais da cidade. O encontro faz parte da programação da Caravana para que os benefícios sejam estendidos para além do evento.

Expansão da assistência no Hospital Geral de Peritoró
O Hospital Geral de Peritoró também aumentou o número de atendimentos nas especialidades de ortopedia, clínica médica, pediatria, cirúrgica (avaliação), além de exames de ultrassonografia. Nesta sexta-feira (23), a unidade realizou mais de 250 de atendimentos durante a Caravana.

SECAP

Governo entrega duas Escolas Dignas e realiza sonho de comunidades de Peritoró

“É a realização de um sonho”. A frase usada pela professora Narcisa Correa tem sido a tônica em todas as entregues de Escolas Dignas nas cidades maranhenses. E, nesta segunda-feira (19), não foi diferente nos povoados Bacuri e Santa Maria, em Peritoró. O governador Flávio Dino inaugurou mais duas escolas em substituição de estruturas de palha e barro, completamente inadequadas ao ensino, e deu mais um passo no maior programa educacional da história do Maranhão.

Flávio Dino em Peritoró

A professora Narcisa utilizava um barracão de palha ao lado da sua casa para ensinar todas as crianças do ensino fundamental do povoado Bacuri. Ela falou com emoção da luta que sempre teve que travar para lecionar em local inadequado. Mas essa realidade mudou com a construção do Unidade de Ensino Municipal Juarez Nunes, a Escola Digna que vai atender 62 famílias da localidade que fica distante 7km da sede de Peritoró.

“Estou sentindo muita alegria, por estar recebendo essa escola bem equipada, com coisas boas para os alunos. Queria agradecer o governador Flávio Dino por ter construído essa escola e garantir um futuro melhor. Nós juntos vamos fazer a diferença. Agora vai ser tudo diferente. Eu ouvia falar que ia acontecer e sempre tive a esperança de ter uma escola digna para os nosso alunos”, disse emocionada a professora Narcisa.

Povoado Santa Maria
Com alegria, festa, emoção e uma salva do mais autêntico tambor de crioula. Nesse clima de puro contentamento e receptividade o governador Flávio Dino foi recebido pela comunidade Quilombola de Santa Maria, a 17 km da sede de  Peritoró,  para a inauguração da Escola Municipal Gonçalves Dias, mais uma das Escolas Dignas construídas pelo governo do Maranhão.

A comunidade,  onde vivem 19 famílias, há muito tempo esperava por uma escola de alvenaria que oferecesse condições mínimas para que seus filhos pudessem estudar. “A gente esperava muito por uma escola melhor, porque a que a gente tinha era improvisado na casa de Zé Mário. Mas, não esperava que fosse tão bonita e boa, bem do lado da minha casa. É uma maravilha”, disse Eliane Leite Ferreira, lavradora e mãe de duas filhas matriculadas na escola.

Fotos: Gilson Teixeira/Secap e Lauro Vasconcelos/Seduc

O lavrador Rafael Salazar Almeida e a esposa Francisca Pereira dos Santos, fizeram questão de estar presentes com filhos Rafaele (6 anos), Renan, (3 anos) e Ryanna Vitoria (2) para acompanhar a solenidade de entrega da escola, onde os dois mais velhos já estão matriculados. “Quando eu vi os primeiros tijolos chegando, eu disse: agora  é  certeza! e vai ser concluída! E agora eu ‘tô’ aqui, vendo com os meus próprios olhos. Nós estamos muito felizes, porque as nossas crianças vão ter onde estudar, pertinho de casa”, disse Rafael Salazar.

“Esse é um sonho realizado, a inauguração dessa escola. Eu tenho 21 anos, fiz o primeiro ano na antiga escola. E desde então via a nossa comunidade lutando por uma escola de verdade. Hoje, eu agradeço muito ao governador Flavio Dino por ter tornado esse sonho realidade”, pontuou Francisca.

Para seu Zé Mario, líder comunitário, o momento é de pura felicidade e de agradecimento. “Hoje eu estou vivendo um momento muito feliz da minha vida por estar realizando um sonho. A gente passou 50 anos dormindo, esperando porque muitos que passaram lá não fizeram nada. E foi só Flavio Dino entrar no governo e a gente está aqui, recebendo uma escola digna onde vai poder estudar todas as crianças, nso dó dessa comunidade. Muito obrigada governador”, enfatizou José Mário Soares, líder comunitário de Santa Maria.

Dignidade para os alunos maranhenses

Com investimento de R$ 388.595,87 cada,  as duas escolas possuem duas salas de aula, secretaria, 04 banheiros e uma cantina completamente equipada para atender os alunos. Além disso, ela é totalmente mobiliada e com condições dignas para um processo efetivo de ensino e aprendizagem. Com as unidades escolares, as comunidades também receberam um poço artesiano cada, que vão ajudar no abastecimento de água das casas.

O Padre Josias Lima, prefeito de Peritoró, destacou a importância da parceria do Governo pela melhoria da educação no Maranhão. “Esse programa Escola Digna, que o governador está implantando no estado, é uma benção. Está tirando muitas crianças da escola de palha e dando mais dignidade, mais condições de aprendizagem para nossas crianças. Isso é cidadania, é progresso, é saúde,  é dignidade. Obrigada governador!”, pontuou o prefeito.

O governador Flávio Dino destacou que a educação é o único caminho para reduzir as desigualdades sociais. “A educação é o único meio de abrir portas em meio a toda essa desigualdade social. Todo mundo sabe disso, mas, difícil é fazer. Entra governo, sai governo, todo mundo sabe quais são as prioridades, mas, falta paciência. Porque na educação os resultados não são imediatos. O investimento que estamos  fazendo nestes meninos e meninos só irão aparecer daqui há dez ou 15 anos. Mas, é preciso fazer hoje para ter uma resposta amanhã”, sublinhou o governador.

por  Rafael Arrais e Maria Regina/Seduc