Category Archives: Polícia

Major Hudson fala sobre a prisão de ‘Terrorista’ na zona rural de Codó

Fotos da PM/Codó

Major Hudson Carneiro, subcomandante do 17º Batalhão,  contou como os militares Jobson e Amaro, que faziam plantão na localidade Cajazeiras, povoado a 86 kms da sede do município de Codó, localizaram Robson Vieira Soares no  fim de semana.

 “E observaram dois elementos numa moto, aí fizeram a abordagem, um deles estava em estado de embriaguez alcoólica, respondeu às perguntas, respondeu o nome dele direitinho e tal, nisso os policiais liberaram porque não tinha nada de suspeito assim, de mais grave”, disse

Desconfiados os policiais militares submeteram o nome completo de Robson à uma pesquisa no sistema de segurança. Descobriram que ele era foragido da Justiça de Brasília, no Distrito Federal, onde era conhecido pelo apelido de Terrorista.

Na abordagem ‘Terrorista’ havia informado também o povoado Mata Virgem como sua atual morada, também na zona rural de Codó.

 “Eles já sabiam que o rapaz morava no povoado perto, povoado Mata Virgem, se deslocar am pra lá e efetuaram a prisão e aí ele foi conduzido para a cidade de Codó (…) no mandado de prisão tem o apelido dele, ‘terrorista’ não deve ser coisa boa, realmente, e não conseguimos saber, realmente, o que ele fez, mas tem esse mandado de prisão, fizemos o necessário e aí ele foi conduzido pra delegacia aqui de Codó”

A Polícia Civil informou que o mandado de prisão contra Robson Vieira dos Santos se refere à um homicídio cometido em Brasília. Ele era considerado foragido desde o dia 13 de janeiro de 2017.

Foragido de Brasília é capturado por militares na zona rural de Codó

Policiais Militares que estavam de serviço  no Distrito de Cajazeiras, no município  de Codó, efetuaram neste domingo, a prisão  de Robson Vieira Soares, 29 anos, que estava homiziado na Zona Rural de Codó.

Fotos da PM/Codó

Robson é foragido do Distrito Federal e pesa contra ele um Mandado de Prisão. Durante a abordagem ao então  suspeito, não  havia nada que desabonasse a sua conduta, até  que os Policias decidiram realizar uma pesquisa no BNMP ( Banco Nacional de Monitoramento de Prisão) no intuito de obter informações sobre o mesmo.

Após o levantamento das informações do indivíduo, foi constatado que havia o mandado pendente de cumprimento em seu desfavor expedido pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, apos confirmação , foi dado voz de prisão para o mesmo que foi encaminhado para a delegacia da cidade de Codó para providências.

FONTE: BlogdoBezerra

Suspeito de furtar botijão, quadros e até panelas é preso no bairro São Sebastião

CONDUZIDO: Gedson Gabriel Da Silva Gomes, 21 anos / Rua Osmarino Medeiros, São Sebastião

Foto feita pela PM

VÍTIMA: Antonio José Ferreira da Silva, 58 anos / Rua Osmarino Medeiros, São Sebastião

HISTÓRICO:*  Na tarde de sexta-feira (18/01), a Policia Militar efetuou a prisão de um elemento acusado de ter furtado vários objetos da vítima como: botijão, panelas, quadros e etc, além de danificar o seu veículo, tentando escalar a parede de sua residência.

 A prisão aconteceu por volta das 14h, quando a equipe de policiais recebeu um chamado da vítima afirmando que havia um homem no interior de sua casa.

A vitima afirmou ainda que sofria constantes ameaças  por parte do conduzido para que não o denunciasse a polícia. O conduzido foi apresentado na 4° delegacia de policia para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

ASSCOM 17° BPM

Equipe do delegado Samuel Morita prende casal acusado de tráfico de Cocaína

A Polícia Civil do Maranhao, por meio da Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim prendeu em flagrante delito DANIELSON SOUSA FERREIRA,  24 anos, vulgo Nielson e ANDREA DOS SANTOS,  28 anos, pelo crime de trafico de drogas e associação para fins de tráfico.

A Operação Policial ocorreu ontem, 16/01/19, no bairro Roseana Sarney, em Itapecuru-Mirim.

Uma porção de cocaína foi encontrada na residência dos flagrados, dinheiro trocado e um celular que possivelmente foi roubado.

 A investigação iniciou-se há algum tempo e o comércio de entorpecentes era grande na residência.

Nielson é reincidente em crimes desta mesma natureza.

Ascom Polícia Civil

OUÇA: Major Hudson dá detalhes da apreensão de 24 quilos de maconha na zona rural de Codó

O Serviço de Inteligência da PM descobriu que Antonio Damasceno Brandão  (residente a rua Pedro Álvares Cabral, 1271) e Antonio Joilson Dos Santos (residente a Rua 8, Qd 8 casa 4 Mutirão), ambos de 27 anos de idade, partiram pra São Paulo no dia 11 de janeiro com o intuito de comprar drogas, a partir de então ficou monitorando o retorno da dupla.

Suspeitos flagrados pela PM

Na madrugada do dia previsto para o retorno (hoje/15) a polícia começou a acompanha-los a partir da rodoviária de Peritoró porque lá eles poderiam descer, mas o desembarque acabou, mesmo, acontecendo no KM 17, zona rural aqui do município de Codó e lá os militares também já os esperava.

Fotografias feitas pela polícia mostram o que os dois trouxeram de São Paulo, nada menos que 24 quilos de maconha e mais uma balança de precisão usada na hora da distribuição da droga em Codó.

24 QUILOS DE MACONHA

 “Ao chegar no 17, lá na parada de ônibus, eles foram presos, abordados foi verificado as suas malas, com o senhor Antonio Damasceno Brandão, foram encontrados 14 quilos da droga prensada e com o senhor Antonio Joilson foram encontrados 10 quilos da drogas e mais uma balança de precisão, com isso os policiais deram voz de prisão e foram conduzidos pra delegacia de Codó”, disse o subcomandante

Foi a primeira apreensão de 2019. Ano passado a PM realizou 50 apreensões de drogas, 10 a mais que no ano anterior. Grande parte disso foi resultado do Serviço de Inteligência monitorando traficantes codoenses

 “O serviço de Inteligência ele é muito importante pra polícia, sem esse serviço a gente fica assim sem saber nada. Então vai continuar o trabalho, como sempre continuou, a gente já deu várias entrevistas sobre resultados positivos do Serviço de Inteligência e 2019 já vamos começando com o pé direito”, garantiu Major Hudson

CASO BEBÉ – Polícia Civil identifica bandidos que mataram dono de bar em Codó

Agora há pouco ouvimos a delegada Maria Tecla Cunha que está responsável pelo Plantão na 4ª Delegacia Regional de Codó neste fim de semana.

Bebé foi vítima de assaltantes dentro de seu local de trabalho

A mais recente novidade policial sobre o assassinato do dono de bar, Raimundo Nonato Gomes de Almeida, mais conhecido como Bebé, ocorrido na madrugada deste domingo após ser baleado 3 vezes no interior de seu bar na rua Rio Grande do Norte, é que os suspeitos, segundo ela em número de 3, já estão identificados, embora não seja prudente divulgar no momento para não atrapalhar a prisão.

Mas ainda não houve prisão, “estamos no encalce”, garantiu a delegada de plantão.

O QUE ACONTECEU?

Contaram testemunhas à polícia que já era madrugada deste domingo (PM registrou 1h30min) quando bandidos chegaram anunciando assalto e querendo que o proprietário os levasse à um cofre que fica no interior do bar.

Cofre procurado pelos bandidos

Houve uma reação por parte de Bebé, ainda não esclarecida, e, em razão disso, teria sido alvejado 3 vezes pelos bandidos.

A vítima ainda chegou a ser levada com vida ao Pronto-Socorro do Hospital Geral Municipal mas não resistiu aos ferimentos e morreu às 4h56 de hoje segundo informação do HGM.

Polícia Militar monta barreira e faz abordagens em ruas do Km 17

Policiais militares do 17º Batalhão realizam constantemente a “Operação Saturação” que visa intensificar a presença da PM com revistas e abordagens no município de Codó, especificamente em toda circunscrição do Povoado Km 17, MA 026.

A operação está sendo realizada durante todos os dias da semana, pois a orientação do comando é que a PM não fique estática no Posto Km 17, mas realizando rondas e abordagens  na circunscrição que engloba todo o povoado. Envolve homens da Força Tática, Serviço de Inteligência e do Patrulhamento de Moto do 17º batalhão de Polícia Militar de Codó.

Condutores, passageiros e transeuntes, assim como Documentos do condutor, do veículo, revistas de passageiros são alvos no intuito de encontrar armas e drogas.     As ações de ostensividade irão continuar para combater e prevenir  crimes na zona rural de Codó.

Asscom 17º BPM

Empresário codoense flagrado com carga roubada já apresentou duas versões à polícia

O vídeo  abaixo, feito pela Polícia Civil,  mostra o momento em que os policiais encontraram a carga aqui em Codó que foi roubada no interior de Minas Gerais.

Num depósito  da Av. Santos Dumont  foram encontradas 4.052 caixas de café, avaliadas em cerca de R$ 400.000,00 segundo o delegado que preside o inquérito.

São 2.366 caixas de café da marca 3 Corações à vácuo e 1.686  caixas de café em pó.

ESTRATÉGIA POLICIAL

Foi a seguradora quem avisou a polícia dando conta de que a carga roubada, que está agora em caminhões no pátio da 4ª Delegacia Regional  após a apreensão, estaria em Codó.

Daí em diante os investigadores passaram a visitar o comércio se fazendo passar por compradores interessados numa quantidade maior de café. Encontraram o que procuravam no Armazém Chaves.

Empresário Antonio Luis Chaves

O dono do depósito é o empresário do ramo de distribuição Antonio Luis Silva Chaves. À polícia apresentou duas versões, na primeira disse que tinha comprado apenas 10 caixas de café e que já havia vendido 7 delas. Depois mudou a história.

 “E ele depois nos confessou que, realmente, tinha um café em determinado espaço no armazém dele, mas que ele teria alugado esse espaço pra uma determinada pessoa, só que ele não soube nos informar o nome, a procedência da pessoa para quem teria alugado por cerca de R$ 3.000,00 e que o café estaria lá”, explicou o delegado

CADEIA

O empresário foi preso em flagrante e será indiciado pela forma mais grave do crime de receptação, cuja pena em caso de condenação pode ser de 3 a 8 anos de cadeia,  porque o delegado ficou convencido de que Antonio Luis tinha a intenção de comercializar o café roubado em Minas Gerais.

 “Como a gente chegou a conclusão de que ele estaria vendendo o produto, nós estamos autuando na receptação qualificada, art. 180, § 1º do Codó Penal”, concluiu o delegado

CODÓ NOVO – Família promete entregar assassino de adolescente ao delegado até esta sexta-feira

Jéferson poderá se apresentar com advogado a qualquer momento

Ainda está foragido Jéferson  Cristino Miranda Liarte. Segundo o delegado que preside o inquérito, Rômulo Vasconcelos,  ele é o autor dos disparos que mataram ontem, na rua  Assis Nogueira, Codó Novo,  o adolescente Walasson Francisco da Silva Sousa, de apenas 17 anos, na porta de casa por razões consideradas fúteis conforme já descoberto pelos investigadores.

A polícia Civil trabalha tentando localizar o suspeito do assassinato mas informou que também aguarda que ele se apresente, acompanhado de advogado, porque esta foi a promessa feita por familiares que já prestaram depoimento  na 4ª Delegacia Regional de Codó.

 “Caso a família não apresente a gente representa pela prisão, se ele for localizado ele vai ser preso, caso não ele vai responder à este processo em liberdade, mas com mandado de prisão em aberto, mandado de prisão em aberto, vai ficar foragido, deve ficar fora da cidade, mas a identificação tá definida, então nós não temos dificuldades nesse inquérito, a dificuldade agora é só prender o autor do crime”, disse o delegado

As investigações apontam para crime passional. O assassino teria ficado com ciúmes da companheira.

 “É um elemento que cobrou ciúmes de sua companheira, tava cobrando ciúmes porque o Walasson tinha falado que tava tendo um caso com essa senhora, ele não gostou, foi lá tomou as dores e efetuou 3 disparos contra a vítima, sendo que dois disparos atingiram a parede onde  ele tava próximo, dois na perna e um no peito, este do peito que veio a causar sua morte, isso dito já pelo médico legista, teve uma hemorragia interna na região toráxica”, afirmou a autoridade policial

Polícia Civil procura dois acusados de roubo de motos em Codó

A Polícia Civil conseguiu prender hoje pela manhã o jovem Islanildo  Arcanjo das Costa que tinha um mandado de prisão em aberto da comarca de Teresina – PI, onde é condenado pelo crime de roubo.

Procuradores pela Polícia Ciivil (Flávio e Filho)

Ao prendê-lo desvendou-se novos crimes cometidos com a participação dele por aqui.

O delegado Rômulo Vasconcelos descobriu que Islanildo, mais conhecido como Cana, vinha, aqui em Codó, recebendo  motocicletas roubadas de uma dupla já identificada com a responsabilidade de vende-las. A investigação acabou confirmando tudo aquilo que até então estava apenas no campo das suspeitas.

A dupla que realizava os assaltos é formada por Francisco Edinaldo Silva Oliveira Filho e Francisco Flávio Rodrigues de Sousa, ambos de 20 anos de idade, moradores do bairro Santo Antonio, rua Joaquim Nabuco.

Os dois conseguiram fugir ao cerco policial hoje pela manhã, mas já estão  sendo procurados. Foram identificados por vítimas e na casa de um deles encontrado até documentos de motos roubadas.

“Encontramos peças de motos na sua residência, encontramos um documento  de um veículo que foi roubado no sábado e a vítima já reconheceu eles, então o documento da moto que foi roubado tava dentro da casa do ‘FILHO’, são dois elementos um é conhecido por Filho e o outro é conhecido por Flávio. São dois elementos que roubam as motos e eles revendem depois”, disse o delegado

O delegado afirma que também está fazendo um esforço para recuperar todas as motos roubadas pela dupla.

“área territorial gigantesca, então tem mais de 100 localidades, mas a gente tá tentando ir buscar essas motos que foram furtadas e vendidas por preço vil, o Islanilddo falou que vendeu essa moto novinha por R$ 1.000,00, então, totalmente fora dos padrões de mercado, a gente vai atrás dessas motos para entregar aos seus legítimos donos”, afirmou

Até agora sabe-se que a dupla já roubou duas motos.