Category Archives: Polícia

PM prende suspeito de roubo à idoso e recupera celular

Na tarde de hoje, 10, o Serviço de Inteligência com apoio da Equipe Operacional da Polícia Militar de Codó efetuou a prisão de um suspeito, após ser abordado por uma idosa, que informou ter tido seu celular tomado de assalto, próximo à Feirinha do Peixe, bairro Codó Novo, e indicou o autor do crime.

Luís Carlos (foto da PM)

Ao se deslocar pelo centro da cidade a equipe policial avistou o indivíduo com as características repassadas pela vítima nas proximidades do Centro de Cultura e ao ser abordado pelos policiais militares foi encontrado o celular da vítima.

O acusado foi identificado como Luís Carlos da Conceição vulgo Luis do Toty, 57 anos, que estava em liberdade condicional e tem diversas passagens pela Polícia.

Ascom PM

Tenente Sales detalha motivos do arrocho contra os abusadores de som automotivo

O tenente Antonio Sales, que integra o Departamento Municipal de Segurança Patrimonial e Trânsito, concedeu entrevista ao blogdoacelio sobre medidas que serão tomadas contra aqueles que costumam abusar do volume de som nos famigerados paredões que tomaram conta de Codó nos últimos dias.

Ele destacou que existem dois artigos no Código de Trânsito Brasileiro, o 228 e o 229, que tratam do assunto:

Art. 228. Usar no veículo equipamento com som em volume ou freqüência que não sejam autorizados pelo CONTRAN:

Infração – grave;

Penalidade – multa;

Medida administrativa – retenção do veículo para regularização.

…………………………….

Art. 229. Usar indevidamente no veículo aparelho de alarme ou que produza sons e ruído que perturbem o sossego público, em desacordo com normas fixadas pelo CONTRAN:

Infração – média;

Penalidade – multa e apreensão do veículo;

Medida administrativa – remoção do veículo.

Tenente Sales lembrou do que pode ocorrer quando alguém for denunciado por perturbar o sossêgo de alguém. Além de ficar sem o veículo barulhento, por medida administrativa, também responderá na Justiça, por causa do alcance penal da norma, depois de levado à delegacia onde a autoridade policial instaurará um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), posteriormente encaminhado à Justiça.

“Configura uma contravenção penal a utilização em volume acima do permitido, tá certo, onde o cidadão será conduzido ao Distrito Policial, à Delegacia de Polícia Civil, onde lavra-se um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) onde o cidadão vai responder de forma penal por aquele problema que causou”, disse

O agente público também destacou que hoje, por força da Resolução nº 624/2016, do CONTRAN, não é mais necessário que um decibelímetro seja usado para aferir o volume (aqui em Codó estabelecido em 84 decibéis), basta que o abusador seja denunciado como perturbador do sossêgo público e que o alto volume seja constatado pelo fiscalizador.

CONTRAN, res. 624/16 : Art. 1º Fica proibida a utilização, em veículos de qualquer espécie, de equipamento que produza som audível pelo lado externo, independentemente do volume ou freqüência, que perturbe o sossego público, nas vias terrestres abertas à circulação.

Parágrafo único. O agente de trânsito deverá registrar, no campo de observações do auto de infração, a forma de constatação do fato gerador da infração.

Sobre isso, destacou.

“Precisa tão somente que alguém se queixe que tava sendo perturbado com seu sossego, certo, não precisa mais de um decibelímetro para que seja aferido o o volume do som, mas apenas que alguém se queixe e essa pessoa, realmente, faça isso de forma oficial que os agentes públicos comparecerão ao local para uma condução daquele cidadão, daquela pessoa para o Distrito Policial”, alertou

QUANDO COMEÇA?

O comandante Jurandir de Sousa Braga falou sobre quando esta fiscaização estará nas ruas.

“Nós pretendemos, tão logo a gente coloque este novo sistema de policiamento com 4 viaturas, carros e mais o esquadrão águia pra começar esta fiscalização, o que não vai demorar  mais do que uma semana, duas semanas”, afirmou o comandante do 17º BPM em entrevista à TV Mirante

Coronel Jurandir afirma que vai arrochar fiscalização contra som automotivo ilegal

O tenente-coronel, Jurandir de Sousa Braga, após elogiado trabalho de segurança no carnaval de Codó, vai concentrar esforços agora contra um dos maiores incômodos da cidade – as horríveis aparelhagem de som automotivo cada vez mais adquiridas por irresponsáveis que acham que todo mundo adora uma a zuada deles, geralmente, com uma música desgraçada e um volume feito para arrebentar com  tímpanos de seres humanos (só dos humanos, os irracionais até dançam dentro das caixas).

Tenente-Coronel Jurandir

Na rádio FCFM, hoje pela manhã, em entrevista ao jornalista Alberto Barros, o comandante do 17º BPM citou um exemplo ocorrido na semana passada de um som arrebentando com aulas da escola estadual Mata Roma.

“Nós chegamos ao absurdo de quinta-feira um indivíduo do outro lado da rua, a 10 metros, com um som nas alturas que professores e alunos não conseguiam ouvir um o que o outro falava dentro da sala de aula, então isso não é uma questão de desconhecimento, não é uma questão de bom senso, é uma questão de ignorância, de estupidez mesmo, um indivíduo desse que tá a 10 metros de uma escola”, disse

LEGALIZAÇÃO DA CARRETINHA

Jurandir de Sousa Braga disse que a PM vai cobrar, a partir de agora, a legalização das famigeradas carretinhas (parte que carrega o paredão).

“Nós temos muitos equipamentos de som automotivo na cidade, final de semana já antes do carnaval a gente já tem observado várias solicitações pelo 190 de pessoas da comunidade se queixando de abuso de som automotivo em bares, em setores residenciais”

“Nós temos observado que muita gente gosta de som automotivo, adquire por um preço que, praticamente, compra um carro novo, um equipamento de som, monta uma carretinha e, além disso, ele não se preocupa em documentar, em legalizar sua carretinha, então nós vamos cobrar”, afirmou

LEGISLAÇÃO de reboque

Motoristas com habilitação categoria “B” só podem rebocar carretas com até 3.500 quilos de peso bruto total. Acima disso e até 6 toneladas, a CNH deve ser da categoria “C”.

Não há cobrança de IPVA nem seguro obrigatório. A única taxa é a de licenciamento.

No caso de carretas novas, o proprietário tem até 30 dias para fazer o registro no Detran. O mesmo prazo vale para a transferência de propriedade. Já mudanças de domicílio e de características devem ser informadas imediatamente.

PLANTÃO: PM recupera moto em Peritoró e apreende arma de brinquedo em Timbiras

A Equipe do Policiamento Ostensivo de Peritoró, recuperou a motocicleta que havia sido tomada de roubo, no último dia 09.01, na cidade de Caxias.

Preso Fabiano de Oliveira Silva

O suspeito Fabiano de Oliveira Silva, morador do município de Tenente Ananias-RN, não possuía qualquer documento pessoal e do veículo gerando suspeição e ao consultar o chassi do veículo foi constatado a procedência ilegal.

Na cidade de Timbiras, através de uma denúncia anônima, os policiais militares apreenderam uma arma de fabricação caseira que calça munição cal.22, quando dois indivíduos, utilizando uma Pop Branca, dispensaram e empreenderem fuga ao perceber a presença da PM.

Arma apreendida

Desta vez não foi possível efetuar a prisão dos elementos, mas foram identificados e l ogo estarão atrás das grades.

ASCOM do 17ºBPM: SERVIR E PROTEGER É NOSSA MISSÃO!

VIOLÊNCIA: Assaltantes estão aterrorizando lavradores entre Km 17 e Santo Antonio dos Pretos

O trecho mais perigoso fica entre os povoados KM 17 e Santo Antonio dos Pretos. Os bandidos  até já  estabeleceram um horário mais frequente de assaltos na MA-026, depois das 5h da tarde, o que não os inibe de realizar o crime noutros horários segundo o lavrador Neuton Linhares do povoado Matinha.

“humilha demais as pessoas, dão tiro, anda todo mundo armado (…) mais um pouquinho da segurança, dá uma investigada de vez em quando aqui, pelo menos uma passada de vez em quando porque depois das 5h da tarde nós não pode andar mais”, disse

O modo de operação é o mesmo, conta o lavrador Messias Silva, morador de Santa Teresa, que já arriscou a própria vida  para não perder a motocicleta que diz ter comprado com muito esforço.

 “Quando eu passei  aí se apresentaram cada um com o facão, ainda bem que eu botei logo 110 na moto e passei logo direto porque se eles entram pro meio eu passo por riba….MAS SE TIVESSEM ARMADO DE REVÓLVER NÃO DÁ? Pra tomar minha moto aqui só se eles atirarem nas costas porque se for com faca querendo pra mim parar pra tomar pois não toma não”, respondeu com firmeza

ESTRADA PARCEIRA DOS BANDIDOS

MA-026 entre Barracão e Santo Antonio dos Pretos

A estrada está abandonada há muito tempo. Há longos trechos sem povoamento às margens e também existem outros fatores que acabam contribuindo para uma ação, de sucesso, dos criminosos.

O mato está tomando a pista que está cheia de buracos com água. Sem velocidade, os motociclistas têm sido presas fáceis para os bandidos, relatou seu Edmilson da Silva, da região de  Barro Vermelho.

“Fica mais fácil pro ladrão porque aí tem muito buraco nessa estrada, cabra não pode andar ligeiro, né não, se o cabra vai passar num buraco desse aí devagarzinho no momento o cabra tá na frente, não tem como ….A ESTRADA AJUDA OS BANDIDOS? Ajuda, bastante”, disse

VIOLÊNCIA SEM FIM

Já houve vítimas deixadas nuas e um lavrador da Boca da Mata atingido por tiros no braço depois que não parou após o anúncio do assalto.

Por causa de todo este perigo, Thiago de Sousa, que é professor e mora  na região, diz que diminuiu a frequência de idas à cidade.

“Todo dia eu ia em Codó, agora diminui a necessidade só é uma vez por semana, no máximo, quando há necessidade mesmo, as vezes a gente ainda falta com os compromissos porque  o medo é muito grande da gente sair de casa  e qualquer hora perder seu veículo”, disse o jovem professor à TV Mirante

Estivemos  no quartel do 17º BPM. Ouvimos o capitão Marlon Maiko Martins que ficou de repassar o problema para o comandante major Hudson Carneiro e este, por sua vez, tomará providências realizando, segundo o capitão, rondas na estrada mostrada na reportagem (major estava de viajem a trabalho).

Preso em Codó homem que responde à 12 inquérito criminais em Caxias e Coelho Neto

Domingos Silva de Sousa, de 28 anos, foi preso hoje, 09,  no bairro São Raimundo,Trav. São José, 1988, depois que a Polícia Civil recebeu denúncia anônima de venda de drogas na casa onde se estava.

Foi encontrado crack e cerca de R$ 200,00, segundo o delegado Rômulo Vasconcelos, fruto da venda da droga, que foram jogados na caixa d’água do banheiro.

O que foi encontrado com o preso, conforme o delegado

Na verdade, ele tava comercializando essa droga nessa casa, nessa residência e aí tivemos informes e fomos constatar e, realmente, constatamos, talvez boa parte da droga tenha sido dispensada por ele, porque nós escutamos ainda descarga no banheiro e demoraram um pouco abrir a porta, a casa tinha grade , então demoraram um pouco tanto é que dispensaram o dinheiro, tá todo molhado o dinheiro na caixa d’água do banheiro”, explicou Dr. Rômulo

O delegado contou  que se surpreendeu quando teve acesso à ficha criminal de Domingos. Ele responde à nada menos que a 12 processos em Caxias e Coelho Neto e terá problemas com a  Justiça porque estava em liberdade condicional.

 “Aqui tem roubo, tem tráfico, homicídio, tem vários crimes e aí a gente já entrou em contato com Caxias, vamos entrar em contato com Coelho Neto e comunicar que esse rapaz estava aqui, está em condicional em Caxias, não poderia se ausentar do Distrito da Culpa, ele tá aqui em Codó, então a gente vai informar à Justiça pra Justiça tomar a medida, decretar a sua prisão porque ele saiu do distrito da culpa”

PM prende suspeito de arrombamento à loja do centro de Codó

A Equipe da Força Tática da Policia Militar de Codó efetuou a prisão de Lucas Dalysson da Silva de Sousa, 19 anos. Lukinha é um velho conhecido da PM e está sendo acusado de ter furtado diversos produtos ao ser o suspeito da realização, na madrugada do dia 05 deste mês, do arrombamento de uma Loja de Bijouterias, localizada na Rua Afonso Pena, Centro de Codó Maranhão.

Lukinha (foto feita pela PM de Codó)

O suspeito foi identificado e reconhecido pelas câmeras de segurança e por funcionários da proprietária. Os policiais militares realizavam rondas quando o avistaram namorando sendo abordado de surpresa sem chance de fuga.

A NOSSA PREOCUPAÇÃO É A SUA SEGURANÇA!!!

ASCOM- 17º BPM

Implantado sistema de Procedimentos Policiais Eletrônicos no Maranhão

Os Procedimentos Policiais Eletrônicos (PPE), serviço idealizado pelo Governo Federal e que integra a plataforma do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas (Sinesp), será instalado em todas as Delegacias de Polícia do Maranhão.

A ferramenta faz parte de um termo de adesão assinado no dia 16 de dezembro pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela, desenvolvido por meio de parceria com o Ministério da Justiça. Na oportunidade, foram acertados alguns alinhamentos sobre o sistema.

Com o sistema, é possível fazer um registro mais rápido e completo que os atuais procedimentos. Durante o cadastro dos possíveis envolvidos, seja autor, vítima ou testemunha, é possível consultar se eles possuem mandado de prisão. A iniciativa conta com ferramentas inovadoras, proporcionando celeridade e modernização no trabalho executado pela Polícia Civil.

O sistema permite aos gestores identificarem, de maneira exata, dados relativos a crimes, como local, horário e dia da semana em que aconteceram, a partir dos registros no sistema, proporcionando um direcionamento eficaz das políticas de segurança pública.

Atualmente, cada estado brasileiro possui seu sistema de registros, que muitas das vezes não são padronizados, dificultando a integração das informações. Outro grande problema que as Polícias Civis de todo o país enfrentam é o alto custo dos sistemas informatizados utilizados para os registros. O Maranhão será o segundo estado a implantar esse sistema eletrônico. Roraima foi pioneiro em usar o PPE, tendo, atualmente, todas as suas delegacias incluídas no sistema. Recentemente Sergipe, também, começou a implantar gradativamente o mesmo programa.

 No Maranhão, o sistema foi inaugurado no final de dezembro na Delegacia Estadual do Meio Ambiente (Dema). O propósito é implantar o sistema em todas as delegacias maranhenses o mais breve possível, por isso, gradativamente, o PPE será inserido nas cidades e delegacias consideradas estratégicas.

Por Anselmo Oliveira/SSP

Suspeitos de matarem ‘Buchinho’ são apresentados pela Polícia Civil

Carlos Saraiva de Azevedo, tinha 22 anos, e havia saído da prisão, onde respondia por crime de roubo, por meio do indulto de natal,  dia 23 de dezembro. No dia seguinte ‘Buchinho’, como era conhecido, foi morto na garupa de uma moto vítima de um  disparo de espingarda efetuado no meio da rua.

Carlos Alberto Saraiva, o Buchinho morto no Natal

O delegado, Rômulo Vasconcelos,  que preside o inquérito, descobriu que a morte foi resultado da ação criminosa de 3 irmãos que tinham como alvo principal um rapaz identificado como Bruno Feitosa. O alvo principal acabou escapando, após o tiro passou por uma cirurgia no HGM, continua hospitalizado agora em Peritoró por causa de uma complicação pós-operatória,  mas está fora de perigo.

Foram presos por envolvimento com o assassinato os irmãos Edmilson e Ivanilson dos Santos Silva, que negaram a autoria do disparo, mas o delegado contestou.

“A população toda lá do bairro tem conhecimento que foram esses três irmãos e eles vão responder, tanto é que nós apreendemos as armas com ele, eles vão responder, uma das vítimas sobreviveu e reconheceu ele porque na fuga, na perseguição  eles foram, eles viram eles de cara limpa então tem vários depoimentos sobre isso”, afirmou Dr. Rômulo

CASSANDO O TERCEIRO

A polícia também apresentou duas espingardas apreendidas em poder dos irmãos suspeitos, de uma delas, afirmou Rômulo Vasconcelos, saiu o tiro fatal conta a vida de Carlos Saraiva de Azevedo. O delegado continua tentando prender o terceiro irmão envolvido.

 “A gente tá atrás, já temos ideia onde ele esteja, a gente vai busca-lo pra ele pagar pelo seu crime, um crime grave que foi efetivado no meio da rua, aqui tem Justiça, tem polícia a gente vai efetivar a prisão deles”, frisou a autoridade policial

PM reforça segurança no centro comercial de Codó

Com um movimento diferenciado nesta época de fim de ano, o centro comercial de Codó atrai muita gente que não tem o menor interesse em compras, mas, lembra o consumidor, Jurineu Bezerra Lopes, mais conhecido como Paulo,  fica o tempo todo de olho para roubar.

PM reforça segurança no centro comercial de Codó

 “Se a gente pegar um celular pra falar com um amigo na hora que sair da Afonso Pena ele vai roubado….PORQUE OS BANDIDOS FICAM OBSERVANDO…ficam observando, ninguém não pode entrar no banco (…) porque se você ficar disponível e ele perceber que você tirou algum dinheiro, com certeza cê vai assaltado”, respondeu

A necessidade de policiamento aumenta e os codoenses sentem isso.

“é necessário o tempo todo, porque tá muito violento a cidade, muito muito, muito complicado”, disse o armador Sérgio Araújo

AÇÃO DA PM

Para tentar minimizar a insegurança nesta área o comando da PM já determinou um reforço que deve durar até o réveillon.

O comandante do 17º Batalhão, major Hudson Carneiro,  explicou que  vai dividir o efetivo que tem à disposição diariamente.

“Nós vamos trabalhar , principalmente, com as motos, os esquadrões águia 1, 2 e 3  que a gente criou a pouco tempo vão intensificar, principalmente, ali no centro. As viaturas vão cuidar mais da cidade em geral  e no centro da cidade a gente vai intensificar o policiamento com os esquadrões águia 1, 2 e 3”, disse

Os militares já estão circulando mais em motocicletas pelo centro comercial e também a pé, o efeito é imediato entre os consumidores.

 “Fica assustado…QUANDO A POLÍCIA COMEÇA A PASSAR, O QUE O CIDADÃO SENTE? Pelo menos eu me sinto à vontade, mas tranquilo”, sustentou o lavrador Raimundo Almeida