Category Archives: Polícia

CASO BEBÉ – Polícia Civil identifica bandidos que mataram dono de bar em Codó

Agora há pouco ouvimos a delegada Maria Tecla Cunha que está responsável pelo Plantão na 4ª Delegacia Regional de Codó neste fim de semana.

Bebé foi vítima de assaltantes dentro de seu local de trabalho

A mais recente novidade policial sobre o assassinato do dono de bar, Raimundo Nonato Gomes de Almeida, mais conhecido como Bebé, ocorrido na madrugada deste domingo após ser baleado 3 vezes no interior de seu bar na rua Rio Grande do Norte, é que os suspeitos, segundo ela em número de 3, já estão identificados, embora não seja prudente divulgar no momento para não atrapalhar a prisão.

Mas ainda não houve prisão, “estamos no encalce”, garantiu a delegada de plantão.

O QUE ACONTECEU?

Contaram testemunhas à polícia que já era madrugada deste domingo (PM registrou 1h30min) quando bandidos chegaram anunciando assalto e querendo que o proprietário os levasse à um cofre que fica no interior do bar.

Cofre procurado pelos bandidos

Houve uma reação por parte de Bebé, ainda não esclarecida, e, em razão disso, teria sido alvejado 3 vezes pelos bandidos.

A vítima ainda chegou a ser levada com vida ao Pronto-Socorro do Hospital Geral Municipal mas não resistiu aos ferimentos e morreu às 4h56 de hoje segundo informação do HGM.

Polícia Militar monta barreira e faz abordagens em ruas do Km 17

Policiais militares do 17º Batalhão realizam constantemente a “Operação Saturação” que visa intensificar a presença da PM com revistas e abordagens no município de Codó, especificamente em toda circunscrição do Povoado Km 17, MA 026.

A operação está sendo realizada durante todos os dias da semana, pois a orientação do comando é que a PM não fique estática no Posto Km 17, mas realizando rondas e abordagens  na circunscrição que engloba todo o povoado. Envolve homens da Força Tática, Serviço de Inteligência e do Patrulhamento de Moto do 17º batalhão de Polícia Militar de Codó.

Condutores, passageiros e transeuntes, assim como Documentos do condutor, do veículo, revistas de passageiros são alvos no intuito de encontrar armas e drogas.     As ações de ostensividade irão continuar para combater e prevenir  crimes na zona rural de Codó.

Asscom 17º BPM

Empresário codoense flagrado com carga roubada já apresentou duas versões à polícia

O vídeo  abaixo, feito pela Polícia Civil,  mostra o momento em que os policiais encontraram a carga aqui em Codó que foi roubada no interior de Minas Gerais.

Num depósito  da Av. Santos Dumont  foram encontradas 4.052 caixas de café, avaliadas em cerca de R$ 400.000,00 segundo o delegado que preside o inquérito.

São 2.366 caixas de café da marca 3 Corações à vácuo e 1.686  caixas de café em pó.

ESTRATÉGIA POLICIAL

Foi a seguradora quem avisou a polícia dando conta de que a carga roubada, que está agora em caminhões no pátio da 4ª Delegacia Regional  após a apreensão, estaria em Codó.

Daí em diante os investigadores passaram a visitar o comércio se fazendo passar por compradores interessados numa quantidade maior de café. Encontraram o que procuravam no Armazém Chaves.

Empresário Antonio Luis Chaves

O dono do depósito é o empresário do ramo de distribuição Antonio Luis Silva Chaves. À polícia apresentou duas versões, na primeira disse que tinha comprado apenas 10 caixas de café e que já havia vendido 7 delas. Depois mudou a história.

 “E ele depois nos confessou que, realmente, tinha um café em determinado espaço no armazém dele, mas que ele teria alugado esse espaço pra uma determinada pessoa, só que ele não soube nos informar o nome, a procedência da pessoa para quem teria alugado por cerca de R$ 3.000,00 e que o café estaria lá”, explicou o delegado

CADEIA

O empresário foi preso em flagrante e será indiciado pela forma mais grave do crime de receptação, cuja pena em caso de condenação pode ser de 3 a 8 anos de cadeia,  porque o delegado ficou convencido de que Antonio Luis tinha a intenção de comercializar o café roubado em Minas Gerais.

 “Como a gente chegou a conclusão de que ele estaria vendendo o produto, nós estamos autuando na receptação qualificada, art. 180, § 1º do Codó Penal”, concluiu o delegado

CODÓ NOVO – Família promete entregar assassino de adolescente ao delegado até esta sexta-feira

Jéferson poderá se apresentar com advogado a qualquer momento

Ainda está foragido Jéferson  Cristino Miranda Liarte. Segundo o delegado que preside o inquérito, Rômulo Vasconcelos,  ele é o autor dos disparos que mataram ontem, na rua  Assis Nogueira, Codó Novo,  o adolescente Walasson Francisco da Silva Sousa, de apenas 17 anos, na porta de casa por razões consideradas fúteis conforme já descoberto pelos investigadores.

A polícia Civil trabalha tentando localizar o suspeito do assassinato mas informou que também aguarda que ele se apresente, acompanhado de advogado, porque esta foi a promessa feita por familiares que já prestaram depoimento  na 4ª Delegacia Regional de Codó.

 “Caso a família não apresente a gente representa pela prisão, se ele for localizado ele vai ser preso, caso não ele vai responder à este processo em liberdade, mas com mandado de prisão em aberto, mandado de prisão em aberto, vai ficar foragido, deve ficar fora da cidade, mas a identificação tá definida, então nós não temos dificuldades nesse inquérito, a dificuldade agora é só prender o autor do crime”, disse o delegado

As investigações apontam para crime passional. O assassino teria ficado com ciúmes da companheira.

 “É um elemento que cobrou ciúmes de sua companheira, tava cobrando ciúmes porque o Walasson tinha falado que tava tendo um caso com essa senhora, ele não gostou, foi lá tomou as dores e efetuou 3 disparos contra a vítima, sendo que dois disparos atingiram a parede onde  ele tava próximo, dois na perna e um no peito, este do peito que veio a causar sua morte, isso dito já pelo médico legista, teve uma hemorragia interna na região toráxica”, afirmou a autoridade policial

Polícia Civil procura dois acusados de roubo de motos em Codó

A Polícia Civil conseguiu prender hoje pela manhã o jovem Islanildo  Arcanjo das Costa que tinha um mandado de prisão em aberto da comarca de Teresina – PI, onde é condenado pelo crime de roubo.

Procuradores pela Polícia Ciivil (Flávio e Filho)

Ao prendê-lo desvendou-se novos crimes cometidos com a participação dele por aqui.

O delegado Rômulo Vasconcelos descobriu que Islanildo, mais conhecido como Cana, vinha, aqui em Codó, recebendo  motocicletas roubadas de uma dupla já identificada com a responsabilidade de vende-las. A investigação acabou confirmando tudo aquilo que até então estava apenas no campo das suspeitas.

A dupla que realizava os assaltos é formada por Francisco Edinaldo Silva Oliveira Filho e Francisco Flávio Rodrigues de Sousa, ambos de 20 anos de idade, moradores do bairro Santo Antonio, rua Joaquim Nabuco.

Os dois conseguiram fugir ao cerco policial hoje pela manhã, mas já estão  sendo procurados. Foram identificados por vítimas e na casa de um deles encontrado até documentos de motos roubadas.

“Encontramos peças de motos na sua residência, encontramos um documento  de um veículo que foi roubado no sábado e a vítima já reconheceu eles, então o documento da moto que foi roubado tava dentro da casa do ‘FILHO’, são dois elementos um é conhecido por Filho e o outro é conhecido por Flávio. São dois elementos que roubam as motos e eles revendem depois”, disse o delegado

O delegado afirma que também está fazendo um esforço para recuperar todas as motos roubadas pela dupla.

“área territorial gigantesca, então tem mais de 100 localidades, mas a gente tá tentando ir buscar essas motos que foram furtadas e vendidas por preço vil, o Islanilddo falou que vendeu essa moto novinha por R$ 1.000,00, então, totalmente fora dos padrões de mercado, a gente vai atrás dessas motos para entregar aos seus legítimos donos”, afirmou

Até agora sabe-se que a dupla já roubou duas motos.

Delegado Rômulo identifica suspeito e descobre que assassinato no Montevidéu pode ter sido por vingança

 

O delegado Rômulo Vasconcelos já identificou o autor do assassinato do jovem Gilvan Araújo de Jesus, 30 anos, ocorrida ontem, no Montevideu, por volta das 12h45mim.

Gilvan morreu esfaqueado

De acordo com a autoridade policial, um homem de 58 anos, chamado Martins,  esfaqueou a vítima, provavelmente por vingança. Entendia que Gilvan havia participado, no início deste ano, do assassinato do filho dele, um cadeirante assassinado cvardemente.

“O pessoal se fecha, né, porque o rapaz que morreu é do Montevidéu II e o que matou é do Montevidéu I e é um senhor de idade, é um senhor de 58 anos de idade, conhecido como Martins, no início do ano mataram o filho dele, cadeirante, e ele acha que esse rapaz tava envolvido na morte do filho dele e aí ele aproveitou a oportunidade e matou esse rapaz”, disse o delegado ao repórter Sena Freitas.

O suspeito está foragido, vizinhos disseram ao delegado que ele fugiu com uma sacola de roupas logo após o crime. Rômulo Vasconcelos disse esperar que ele se apresente para que responda o processo em liberdade, do contrário terá que representar pela prisão preventiva dele perante a Justiça.

Dívida da Prefeitura com restaurante que abastece PM no KM 17 é de R$ 3.000,00

Os moradores já contabilizaram uma semana sem policiamento no posto do KM 17, o segundo distrito rural de Codó com maior quantidade de habitantes – são mais de 6 mil vivendo  às margens da BR- 316.

“Tem que ter a polícia….POR QUE QUE TEM QUE TER A POLÍCIA? Porque a polícia defende a gente, defende as pessoas’, disse dona Rosalina dos Santos ao ser questionada sobre a ausência.

O povoado tem um comércio ativo que vive debaixo do ataques dos arrombadores. O supermercado de seu Juarez Rocha da Silva, seu Chiquito,  já foi alvo dos  ladrões 6 vezes, um prejuízo de R$ 17.000,00 que vem se acumulando.

 “R$ 17.000,00…DEZESSETE MIL REAIS? R$ 17.000,00, só da primeira vez eles levaram R$ 5.000,00, só de real  levaram R$ 2.000,00 que eu tinha trocado, eles levaram, fora mercadoria, ultimo que fizeram aqui levaram inchada, picareta, pá, fizeram um arrastão mesmo, o maior arrastão que já teve…O RETORNO DA POLÍCIA É URGENTE? É”, respondeu

DÍVIDA DE COMIDA – R$ 3.000,00

A comunidade informou que os policiais deixaram de  trabalhar porque não tem onde se alimentar. Nós conversamos com a dona do restaurante Bode Assado que fornece o alimento para o policial que vem dá plantão aqui no KM 17.

Dona Francisca  disse que nunca proibiu ninguém de continuar se alimentando porque, normalmente, paga-se um mês e fica um pendente, mas que existem, sim, dois meses em atraso porque a data de pagamento é 11 de cada mês.  A dívida da prefeitura de Codó é  de R$ 3.000,00.

O  mototaxista Francisco Sousa criticou

“Tem que ter a polícia, mas tem que ter a polícia pra ele, como é que eles vão trabalhar com fome. Eles vão trabalhar o dia todinho e vão almoçar em casa? Em Codó, em Caxias seja lá…FICA DIFÍCIL PRA PM? Mas tem que ter a polícia aqui (…) De vez em quando tá tendo assalto na rua, o cabra toma celular no meio da rua aí, tendo a polícia bem aí, e se não tiver a polícia?”, questionou

O aposentado José Ribamar dos Santos disse que sem a Polícia a insegurança aumenta.

 “e agora principalmente que não tem de jeito nenhum como é que vai fazer, os malucos vão fazer…E NA HORA DO SOCORRO? Cuma, não tem porque a gente confia é na polícia”, respondeu

O QUE DIZ A PM 

O comando da PM informou que o motivo da ausência dos policias no povoado é outro. Segundo o tenente-coronel Jurandir der Sousa Braga a causa é falta de efetivo. Sobre a comida, disse desconhecer o problema pois nunca foi notificado pela dona do restaurante.

 “Na verdade o nosso policiamento não está indo esses dias pro KM 17 em virtude do festejo de São Francisco que houve neste final de semana e a gente precisa deslocar um policiamento de um lugar pra cobrir um outro lugar, pra cobrir um evento, mas ainda esta semana nós estamos retornando o policiamento no 17″, prometeu

O PREFEITO FALOU

O prefeito Francisco Nagib reconheceu que existe a dívida junto ao restaurante que atende aos policiais mas afirmou que ela será paga, o atraso se deve apenas à dificuldades financeiras pelas quais passa a prefeitura de Codó que tem muitas outras obrigações incluindo algumas de responsabilidade do governo estadual.

Disse que se não puder mais pagar os meses seguintes e o Estado não puder assumir, oferecerá alimentação que é servida no Hospital Geral Municipal como já acontece para os guardas municipais e para os  servidores do SAMU que ficam de plantão para que a comunidade do Km 17 não fique sem policiamento.

OUÇA: Delegado Rômulo reclama do resultado das audiências de custódia

O delegado Rômulo Vasconcelos esteve hoje, 20, pela manhã concedendo entrevista ao jornalista Alberto Barros, no programa Cidade Notícias da FCFM.

RÔMULO Vasconcelos

Entre os temas a autoridade policial falou sobre sua decepção com a audiência de custódia. Citou exemplo recente detalhando que de 8 presos apresentados ao Poder Judiciário apenas 3 continuaram presos preventivamente, os demais foram liberados para responder ao processo em liberdade.

Na opinião emitida pelo delegado isso prejudica a sociedade porque traz mais insegurança e põe em risco até a vida dos policiais que lidam diariamente com a reincidência dos mesmos bandidos levados à estas audiências.

OUÇA A ENTREVISTA

FEMINICÍDIO: PM de Peritoró prende homem que confessou ter matado a esposa em Imperatriz

Informamos que recebemos informações de que o Sr. Jocélio Kerllyson Pereira Dantas havia assassinado sua esposa, a Sra. Jaine Ferreira Oliveira com um disparo de arma de fogo (Revólver, cal.38) na cabeça em Imperatriz-MA e que estaria evadindo-se via Peritoró-Ma com destino a Teresina-PI.

Policiais de Peritoró com Jocélio

A equipe de 24h montou barreira na BR-316 com o apoio da PRF e após inúmeras abordagens a veículos, conseguiu localizar o Feminicida em uma VAN Placa FLU3876, momento em que foi dada voz de prisão ao mesmo.

Durante a condução, Jocélio confessou o crime. Relatou que por volta das 18h de ontem, 18/09/18, chegou em casa do trabalho e encontrou sua esposa bêbada e continuaram consumindo bebida alcoólica até às 23:30h, momento em que durante uma “brincadeira”, o mesmo apontou a arma para a cabeça da vítima e aconteceu o “acidente”.

Vítima (foto enviada pela PM)

Durante a condução, Jocélio mostrou-se inteiramente arrependido e disse que pretendia chegar na cidade de Teresina e buscar um advogado para então se entregar à autoridade policial.

Material Apreendido:

R$: 4.800,00(quatro mil e oitocentos reais)

43 aparelhos de celular (Jocélio relatou que possui uma Assistência Técnica).

Obs.: a arma utilizada não foi encontrada com o autor.

GUARNIÇÃO DE 24H que efetuou a prisão: 2SGT PM SALAZAR / 3SGT PM EMBERG/ CB PM AISLAN / SD PM RAPHAELLA / SD PM FERRAZ.

FONTE: 24º BPM/Coroatá/Peritoró

Polícia Federal amanhece realizando busca e apreensão em Codó

Uma equipe de policiais federais amanheceu em Codó nesta terça-feira, 18,  e passou grande parte da manhã na 4ª Delegacia Regional.

Polícia Federal em Codó 18 09 2018

Pouca informação foi repassada à imprensa sobre a estada dos federais em nossa cidade, mas um codoense teve a casa como alvo de busca e apreensão autorizada pela Justiça Federal, porém o que se tinha como alvo não foi encontrado.

O homem foi levado à delegacia apenas porque a Polícia Federal encontrou uma arma de fogo no interior da residência. Por conta disso responderá pela posse ilegal.