Category Archives: Polícia

Polícia Militar impede fuga de 13 presos de Codó

A Polícia Militar impediu na madrugada desta terça-feira (21) mais uma fuga na Unidade de Custódia de Presos de Codó. De acordo com sargento Lucas, em entrevista ao Xerife Sena Freitas, foram encontrados serras e até um alicate dentro da cela de onde detentos fugiriam. Quando a PM entrou, a grade já estava serrada.

“Nenhum deles fugiu, a gente conseguiu contornar a situação e foram retirados da cela onde foram encontrados serras, alicate dentre outras coisas…UM ALICATE? positivo, foi encontrado um alicate dentro da cela a qual a grade estava serrada”, disse sargento Lucas

Se tivesse dado certo o plano, 13 homens teriam fugido. A interceptação ocorreu por volta da 0h30 de hoje (21) e a fuga  teria sido denunciado à própria PM (ao cabo Layres) anonimamente.

Presos pedem retorno da evangelização feita por pastor Silas Henrique na carceragem

A quase dois anos o pastor Silas Henrique, da Igreja Batista da Graça, vinha desenvolvendo excelente serviço religioso aos presos de Codó. Mas desde que houve a transferência da carceragem para o comando da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária – SEJAP – os cultos cessaram.

O blog entrevistou o pastor para saber o motivo, uma vez que os presos estão pedindo o retorno por meio de seus parentes.

Silas Henrique afirmou que está faltando convite por parte da nova administração.

“Na verdade não há nenhum empecilho, tá faltando é o convite das autoridades. Eu como cidadão costumo trabalhar junto com as autoridades, na época em que a gente começou foi a convite do Dr. Rômulo, do promotor de Justiça e da juíza que era Dra. Lúcia Helena”

“Agora houve uma parada porque houve essa mudança, era Secretaria de Segurança e agora é Secretaria de Justiça e eu to apenas esperando o convite porque estou a disposição da sociedade”, concluiu o pastor

O PODER DO EVANGELHO

O ministro de confissão religiosa falou sobre o poder do evangelho na vida dos detentos, muitos deles restaurados espiritualmente por meio deste trabalho que era realizado toda terça-feira dentro da carceragem.

“As rebeliões começaram a acontecer depois dessa parada, quando nós paramos de fazer o trabalho começou a acontecer as rebeliões. A palavra de Deus, o evangelho é o poder de Deus, ele consola, ele conforta, mesmo num lugar daquele sub-humano  o evangelho é o evangelho, é o poder de Deus, ele conforta (…) era um momento único pra eles ali nas terças-feiras por isso eles estão novamente pedindo através das mães”, disse

O blog vai fazer contato com a nova administração da Unidade de Custódia de Codó para saber se existe a possibilidade do retorno da evangelização, direito constitucional dos presos.

São Luís está entre as 50 cidades mais violentas do mundo

Um estudo feito pelo Conselho Cidadão Para a Segurança Pública e Justiça Penal aponta São Luís como uma das 50 cidades mais violentas do mundo. A capital maranhense está entre as 15 cidades brasileiras que aparecem no ranking.

A pesquisa foi feita com base na quantidade de homicídios em relação ao número de habitantes.

São Luís aparece em 23º lugar, com taxa de 50.16 mortes violentas para cada 100 mil habitantes.

Em 2012, a capital do Maranhão aparecia em 27º lugar. Entretanto, o aumento dos índices de violência  fez a cidade subir quatro posições no ranking.

FONTE: Guerreiro Maranhense

Idoso preso com armas de grosso calibre já está em liberdade

Aniceto José dos Anjos, de 76 anos de idade, já está em liberdade.

Segundo o delegado, Rômulo Vasconcelos, ele foi apontado por adolescentes e jovens presos, recentemente, como o homem que vendia armas de fogo à quem o procurava.

Armas apreendidas com seu Aniceto

Armas apreendidas com seu Aniceto

Seu Aniceto foi preso depois que  Polícia Civil, com estas informações, foi a residência dele e acabou confirmando todas as denúncias. Encontrou três rifles, dois revólveres, 47 munições.

 “Encontramos cinco armas de fogo, de várias munições, de vários calibres, munições de 44, 32, 38 e calibre 28 e 36. Então ele confessou que estava comercializando essas armas, isso hoje é ilegal, comercialização de arma, ele não tinha nenhum registro das armas”, disse o delegado

O idoso, apesar de gozar de algumas regalias que idade lhe impõe, vai responder pelos crimes previstos na lei, ainda que em liberdade

 “Na verdade ele vai ser aí, tem a comercialização ilegal da arma e tem a posse ilegal da arma que tava em sua residência, ele vai responder por esses crimes”, garantiu o regional

MAIS SEGURANÇA – César Pires e Secretaria de Segurança enviam viaturas e motocicletas para Codó

César Pires

César Pires

Já estão em Codó duas viaturas e mais seis motocicletas que reforçarão o combate ao crime feito pela Polícia Militar comandada pelo competente major Jairo Xavier da Rocha.

Nos últimos dias, Xavier tem se dedicado à grandes conquistas para a Nona Companhia Independente. Dentre estas, já estão garantidas além das viaturas e motocicletas, a construção de pelo menos mais dois quartéis – o de Codó e o de Peritoró.

Quanto ao que  chegou ontem pela manhã, Jairo Xavier informou ao blogdoacelio que já está definido que uma nova viatura será encaminhada para reforçar a segurança de Peritoró, a outra ficará em Codó, bem como as seis motocicletas.

Com elas (motos), o comando vai implantar o chamado GRUPAMENTO ÁGUIA, tática ostensiva militar que utiliza duplas circulando pela cidade.

PARTICIPAÇÃO DE CÉSAR PIRES

A chegada das viaturas e motocicletas teve a intervenção do deputado César Pires.

De acordo com ele, trata-se do resultado das reivindicações feitas em audiência pública realizada em Codó com a presença do secretário de Segurança Pública do Estado, Aluísio Mendes, da qual César fora anfitrião e motivador.

Também consta deste contexto, a inauguração da 4ª Delegacia da Regional de Codó, realizada  no início de março deste ano, e, futuramente,  o aumento do efetivo policial, com número ainda indefinido.

“O que estamos fazendo é a nossa parte neste processo de construção de uma sociedade mais segura. À mim preocupa a insegurança dos meus conterrâneos e esta é a forma que tenho para contribuir por um cotidiano mais nobre, com a dignidade que  o aparato policial pode propiciar. Tenho certeza que acerto ao usar a minha função, que também fora a mim confiada pelos codoenses, para beneficiar esta população”, disse o deputado

Homem que deveria voltar à Pedrinhas ontem foi preso assaltando clientes de lotérica em Caxias

Por volta de 13h45, de terça-feira, 14/05, dois indivíduos, assaltaram algumas pessoas que estavam na fila de uma casa lotérica localizada no Centro de Caxias e fugiram em uma motocicleta. Agentes do Serviço de Inteligência do 2º BPM, que monitoravam a área comercial, imediatamente iniciaram as investigações e, através das imagens do sistema de segurança da lotérica, identificaram os dois assaltantes.

Alex Tortinho/Foto da PM de Caxias

Alex Tortinho/Foto da PM de Caxiasm

As buscas resultaram na prisão de ALEX NERES LINO, vulgo “ALEX TORTINHO”, 23 anos, residente no Eugênio Coutinho, e EDUARDO SILVA DE ARAÚJO, vulgo “JÚNIOR DA LINOCA”, 25 anos de idade, com os quais foi encontrada a quantia de R$ 259,00 (duzentos e cinquenta e nove reais); uma carteira porta cédulas e um telefone celular, subtraídos no assalto.

No ato da prisão, Alex Tortinho, confessou o assalto e direcionou os PMs a localizarem a motocicleta utilizada pela dupla, uma Honda Titan de cor preta. Alex Tortinho tem diversas passagens por assalto e a sua ultima prisão aconteceu no dia 29/01/11, quando foi preso pela PM após cometer um assalto, ele então foi condenado e transferido para a Penitenciaria de Pedrinhas, na capital maranhense, onde foi beneficiado com indulto para o Dias das Mães (11/05), e deveria retornar para cumprir o restante da pena nesta quarta 15/05. O seu comparsa, Júnior da Linoca, também tem passagem por prática de assalto.

  Durante a operação outros dois elementos foram presos juntamente com Alex Tortinho e Júnior da Linoca, e identificados como BRAULIANO ANTONIO ARAÚJO, vulgo “MOLICO OU NENÉM”, o qual foi preso no 08/02/13, por tráfico de drogas; e JORGE EDUARDO DA SILVA, 30 anos,  os quais teriam dado suporte ao assalto à lotérica em outra motocicleta (vermelha).
A quadrilha também é suspeita de ter participado assalto ocorrido no “Comercial O Paraíba”, no Ponte, no último sábado, 11/05, alem de homicídio na cidade de Timon na noite de sábado para domingo último. Os quatro indivíduos e as duas motos apreendidas foram apresentados no 1º DP para  providências afins.
Texto e fotografias/PM de Caxias

Visita da Polícia Federal causa ‘colerina’, faz político vazar de Codó e botar batalhão de vigias na espionagem

Toda vez que a notícia de que a Polícia Federal está na cidade, como ocorreu ontem (14) muita gente procura vazar, tomar doril, escafeder-se, pegar vôo, sumir do mapa.

A galera que mexe com cartão de aposentado, vive fraudando o INSS, ou coisas do tipo, começa logo a pegar o dinheiro debaixo do colchão, encher o tanque dos carrões comprados com dinheiro dos pobres que eles enganaram para só saber notícia de Codó pela internet ou por meio dos telefonemas dados aos bestas que ficam.

Mas tem uma turma, em especial, que perde as estribeiras ao primeiro sinal de que a ‘FEDECA’ tá na rua. Isso, essa mesmo que você acabou de pensar – a classe política que sabe que mete a mão no dinheiro público sem dó e sem piedade (só quem mete tá, o resto é cordeirinho esperando a vez chegar. Ah! Quem não mete a mão não precisa ficar magoadinho, relaxa).

Essa galera coloca logo um pelotão de ‘olheiros’ nas ruas para descobrir, ainda que informalmente, do que se trata.

  • A federal taí, tá? O que ela tá fazendo, hein! Descobre aí, rapaz e me avisa, pelo amor de Nossa Senhora do Dinheiro do Povo, me ajuda.

A ‘babança’ cai em campo e os telefones logo congestionam, porque o mais eficiente é aquele que consegue aliviar a tensão do político em desespero por aquela notícia – mestre, tão prendendo outro tipo de peça ruim, pode ficar tranquilo.

A GALERA VAZOU

Ontem (14) não foi diferente, teve político que encomendou logo comida pra uns três dias só para se ‘entocar’. Teve político que vazou para o sítio, para a fazendona, desligou o celular e ainda pediu para dizer que estava viajando para a ilha do amor (São Luís) a trabalho.

Tudo isso tem um motivo – quando a Federal bate na sua porta, sua casa já caiu faz tempo. Aqueles homens de preto colocam logo uma algema zerada no seu braço e daí por diante a mídia toma de conta.

É uma festa para quem não pegou a ‘pulserada’ da fedeca e uma desgraça para quem foi pego com a ‘boca na botija’.

De toda forma, passou.

Hoje, quarta-feira, quem vazou tá voltando. Quem ainda não sabe onde homens estão, nem se voltarão, continua batendo um fio pra babança, até que tudo volte à normalidade.

Normalidade? Que normalidade? Cê besta rapah! Aquela onde cabra faz tudo pensando que nunca vai estourar e de repente a pulseira de Roberto Carlos, como é chamada no Nordeste a algema, brilha na porta da casa que caiu.

É realmente uma pena que a federal tenha vindo à Codó pegar outro tipo de peça ruim, que pena.

VÍDEO mostra 17 jovens detidos com drogas e revólveres em operação policial no São Francisco

A polícia civil deteve, na manhã de ontem (13), 17 jovens de até 21 anos, entre os quais 6 adolescentes. Todos são do mesmo bairro, o São Francisco, onde pessoas vinham sendo aterrorizadas com tiroteios noturnos  nos últimos dias.

De acordo com o delegado, Rômulo Vasconcelos, eles pertencem à quatro grupos rivais que disputam o controle do tráfico de drogas  no bairro. Por conta disso, três assassinatos já ocorreram e mais duas tentativas de homicídio.

“Na verdade foi levantado todos os endereços, todos os envolvidos foram levantados, os homicídios que aconteceram nos últimos meses no bairro São Francisco e hoje fomos na casa de todos eles, conseguimos, tivemos sorte que todos os alvos foram presos e apreendidos”, explicou o regional

DROGAS E ARMAS DE FOGO

Na operação, a polícia também apreendeu crack, merla, maconha. Revólveres, inclusive em poder de alguns adolescentes, além de munição.

“Então foram 7 armas de fogo, mais de 30 munições, maconha, mais de 50 pedras de crack, mais de 500 gramas de crack, dinheiro, então foi uma operação importante porque foi desmantelada uma quadrilha gigantesca que tava acontecendo no bairro São Francisco, que já tinha ocasionado, em virtude dessa briga entre eles três homicídios e duas tentativas de homicídio”, disse Vasconcelos

Como são muitos, o delegado ainda ficou de definir quem ficará preso ou apreendido e a razão, mas já é certo que seis serão indiciados por porte ilegal de arma de fogo e dois por tráfico de drogas.

“Quem for pego com a arma ou com a droga vai ser autuado em flagrante, outros vão ser apreendidos, mas foram quatro quadrilhas que foram desmanteladas, estavam cometendo assalto, homicídio, tráfico de drogas”, garantiu

CAXIAS – Mulher é presa com pistola de grosso calibre e droga escondida na vagina

Por volta de 23h30, de 11/05, sábado, as forças especiais do 2º BPM (GOE e FT), prenderam em flagrante, por tráfico de droga e posse ilegal de arma de fogo, ADRIANA DOS SANTOS MORAIS, 27 anos, residente na Rua Santa Maria, Vila São José.

Apreendidos com Adriana

Apreendidos com Adriana

O flagrante aconteceu quando as duas forças faziam rondas na vila e depararam-se com um conhecido usuário de drogas comprando crack na casa da traficante.  Adriana, ao avistar as viaturas, correu para dentro de sua residência, mas foi contida pelos PMs. Na sala os policiais militares encontraram uma PISTOLA calibre 7.65, municiada com 4 (quatro) cartuchos, além de três cartuchos calibre 22.

Adriana/foto da PM

Adriana/foto da PM

Uma policial militar fez uma revista minuciosa na acusada e encontrou introduzido em sua genitália uma pedra de CRACK, pesando aproximadamente 50 g (cinquenta gramas) e, sob a calcinha, a quantia de R$ 28,00 (vinte e oito reais), em cédulas de pequeno valor. Adriana tem diversas passagens pela polícia, por tráfico de drogas e outros ilícitos.

Ela foi apresentada no Plantão Central e autuada em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Esse foi o 22º flagrante por tráfico de drogas na cidade de Caxias somente em 2013. Ainda não tivemos ocorrência de homicídio no mês de maio.

Texto e fotos/PM de Caxias

CASO MAURO – Primeira audiência do processo do carroceiro morto em ação da PM é adiada

Mauro e sua mãe Floriza

Mauro e sua mãe Floriza

O juiz, Cândido José Martins de Oliveira, que decidirá sobre o caso, explicou a atual situação do processo sobre o assassinato do carroceiro Mauro Mariano Santana. Segundo ele, a fase é de instrução, ou seja, quando o magistrado ouve quem foi indiciado pela polícia civil e todas as testemunhas arroladas. Neste caso, serão ouvidas 15 pessoas.

 “Faltam ouvir pessoas, falta ouvir o acusado, então tem muitas coisas ainda para serem feitas por isso nós apertamos na pauta para realizar essa audiência, infelizmente, não foi possível tivemos que marcar para outra data’, informou o juiz

O carroceiro Mauro Mariano Santana foi morto numa ação da Polícia Militar de Codó na tarde do  dia 26 de abril do ano passado. A audiência à que se referiu o juiz aconteceria um ano e 14 dias depois do fato ( na última sexta-feira (10), mas foi adiada para 21 de agosto de 2013 porque o advogado do policial Antonio Marcos Rosa Nascimento, indiciado pela delegada Maria Tecla Cunha como autor do disparo que matou Mauro, não compareceu.

“Acontece é que o advogado do denunciado não compareceu, embora tenha sido intimado via judiciário eletrônico, mas ele não compareceu, o acusado faz questão que seja defendido pelo advogado que ele constituiu, esse é um direito que ele tem então nós tivemos que redesignar para ouvir as mesmas pessoas que seriam ouvidas hoje”, explicou Dr. Cândido

SEM MANIFESTAÇÃO

Marina Mariano Santana,   irmã da vítima, falou em nome da família e afirmou que está confiante no trabalho da Justiça. Por enquanto, não pretendem fazer novas manifestações de rua cobrando o desfecho do caso.

“Agora é só deixar aí na mão da Justiça pra ver o que nós vamos fazer, então a gente não pretende mais fazer manifestação no momento até agora não(…) pelo que eu tÔ vendo nós estamos satisfeitos que a Justiça está se empenhando, fazer a Justiça tem que ser feita”, disse

Arquivo: manifestação pedindo justiça

Arquivo: manifestação pedindo justiça

RELEMBRE O CASO

Mauro era paciente psiquiátrico do CAPS/Codó, se desentendeu com um policial reformado que chamou uma guarnição da PM, pois estava com o facão que usava para cortar capim para o animal que puxava sua carroça. Acabou morto com um tiro no rosto e outro na perna. Cena presenciada pela mãe, dona Floriza Batista Mariano,  que saiu chorando, mais uma vez, do fórum da cidade.

Aos prantos falou novamente de sua dor.

 “Um vazio no meu coração e a dor, mãe sofredora, vivo sofrendo, não posso dormir, não posso comer, nem pra andar não tenho mais coragem pra andar, conversando com minhas amigas”, afirmou

A polícia civil indiciou apenas o policial militar,  Antonio Marcos Rosa Nascimento, como sendo o responsável pelo disparo que vitimou o carroceiro. Dona Floriza não contestou o fato de haver apenas um indiciado, mas  pediu justiça, prisão para todos os culpados.

“Queria prisão, a prisão, só quero Justiça, perdi meu filho, meu amigo, meu companheiro do meu coração”, concluiu