Category Archives: Polícia

Integração de Forças Policiais já resultou em 50 prisões no Maranhão

Policiais embarcados em ônibus, blitzen, incursões nos bairros para patrulhamento e captura de procurados da Justiça.  Com um conjunto de ações que combinaram a inteligência policial e ostensividade nas ruas, a megaoperação que integrou as forças da Polícia Civil, Polícia Militar e também do Corpo de Bombeiros garantiu importantes resultados para a segurança em São Luís e toda a Região Metropolitana durante todo o fim de semana.

Foto - Karlos Geromy

Foto – Karlos Geromy

Além da prisão de mais de 50 pessoas, grande parte envolvida nos ataques a coletivos iniciados na última quinta-feira (19), a presença da polícia nas ruas inibiu novos ataques e melhorou a sensação de segurança da população.

A cobradora Irenilde Ribeiro apoiou a ação. De plantão neste domingo (22), ela informou que apesar dos ataques anteriores, a jornada estava sendo tranquila e que era visível a ação policial. “É muito bom e é também necessária essa abordagem nos ônibus. Hoje em dia todo mundo é suspeito e saber que a polícia pode parar o ônibus, revistar, que está acompanhando as viagens e que a gente pode ter o apoio na rua também deixa a gente mais seguro no trabalho”, informou.

Motorista há seis anos, Júlio dos Santos Silva também falou da presença dos policiais. “Esse trabalho é fundamental para a gente. A polícia tem realmente que estar nesses pontos críticos, fazer abordagens, é bom para todo mundo”, afirmou o motorista.

Farmacêutico que seguia viagem em um coletivo que foi parado e revistado, Raimundo Paes Rabelo também elogiou a atuação policial em situações de crise. “A atuação da Polícia tem melhorado bastante, essas abordagens são necessárias e numa situação de crise, a atuação do Estado está certa, precisa ser assim, firme no combate à violência e ao crime”, afirmou o farmacêutico.

Parado em uma blitz neste domingo, o autônomo Denilton Jadiel usa a motocicleta para se locomover e já foi revistado várias vezes. Ele não se incomodou com o procedimento. “Está certo, tem que ser assim mesmo. Agora tenho sido parado muito mais e a gente sabe que é para o bem de todo mundo, então tem que ser assim mesmo”, afirmou.

De acordo com o tenente-coronel Marques Neto, comandante do Batalhão Tiradentes, a ação policial direcionada para os coletivos foi distribuída entre grupamentos que cobriram os Terminais de Integração (Praia Grande, Cohab, São Cristóvão e Distrito Industrial), linhas para os bairros, paradas de ônibus e buscas nos bairros. O comandante destacou o trabalho voluntário de vários policiais que abriram mão de suas folgas para a segurança da população.

“Estamos fazendo um trabalho completo de cobertura de todas as regiões da ilha, andando embarcados e o mais interessante é que estamos com um corpo policial reforçado. Muitos policiais se apresentaram, estão abrindo mão voluntariamente de suas folgas para estarem aqui, reforçando a corporação”, afirmou o comandante.

O tenente Antônio, também do batalhão Tiradentes, foi um dos que abdicou do descanso. “Estou aqui para ajudar os meus parceiros e a população. Por isso decidi vir voluntariamente”, explicou o policial.

Prisões

A ação ininterrupta das Forças Policiais desde que iniciaram os incêndios criminosos na quinta-feira (19) resultou na prisão de mais de 50 suspeitos até este domingo (22).  O resultado é fruto do trabalho integrado da Polícia Civil, Militar e Corpo de Bombeiros e das estratégias de policiamento ostensivo que está sendo aplicado em toda a região metropolitana.

“A força do Estado não vai permitir o retorno dessas ações violentas. Todo o contingente policial do Maranhão está mobilizado. Aumentamos nossa atuação em todos os quadrantes da região metropolitana, muitos criminosos foram presos e isso vai continuar”, afirmou o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela.

SECOM/Izabella Silveira

Polícia conclui que timbirense foi morto por colegas de cela em presídio de Codó

A suspeita de suicídio do preso Juscelino Farias dos Santos foi descartada na manhã desta segunda-feira, 18, pelo delegado regional Zilmar Santana.

O preso  foi encontrado enforcado, na manhã da última sexta-feira, 15,  com uma  corda usada para  armar redes numa das celas do Centro de Detenção Provisória de Codó. Na cela estavam Juscelino e mais 14 presos.

Em um primeiro momento todas as informações que vieram daquele ambiente, mediante interrogatório,  foram de que ele havia cometido suicídio, mas quando a direção do presídio e a Polícia Civil começaram a investigar descobriram um crime.

Hematomas pelo corpo do detento chamaram a atenção do delegado Zilmar Santana.  Outras  evidências levaram à conclusão de que ele foi assassinado por, pelo menos, 4 colegas de cela com a participação de outro detento de uma outra cela.

 “Ele apresentava hematomas pelo corpo além de outras evidências que levavam a crer que tratava-se de um homicídio, foi feito pela direção um levantamento e foi identificado que 4 suspeitos e um outro envolvido que seria de outra cela, estes indivíduos foram todos autuados em flagrante por homicídio qualificado e se encontram recolhidos ao presídio, 4 deles foram transferidos para o presídio de Coroatá por medida de segurança para que não intimidem os demais presos que estão na cela aos quais a gente pretende agora interrogar”, explicou o delegado

A MOTIVAÇÃO

O motivo  do assassinato seria uma desavença entre a vítima e um dos investigados.

“Seria a desavença com esse preso que seria de outra cela, esse preso teria arquitetado por vingança e dito para os demais indivíduos para o interior da cela que o preso vítima seria de algum tipo de facção criminosa inimiga da deles e que essa seria a motivação para que os demais presos se reunissem e tirasse a vida de Juscelino”, disse o regional à TV Mirante

Juscelino Faria dos Santos tinha 24 anos de idade e era de Timbiras onde cometera um assassinato este ano, crime pelo qual estava preso havia menos  de um mês.

Polícia Civil investiga morte de preso de Timbiras em presídio de Codó

A POLÍCIA CIVIL investiga a morte do preso  Jucelino Farias dos Santos, de 24 anos, ocorrida na madrugada desta sexta-feira, 15, no presídio de Codó.

De acordo com o delegado regional, Zilmar Santana, ouvido pelo blogdoacelio, Jucelino estava numa cela  de 15 presos.

Preliminarmente os ex-companheiros da vítima contaram que não perceberam qualquer movimentação estranha e que já teriam acordado com a cena de enforcamento no ambiente prisional.

O  corpo segue para uma perícia no IML de  Timon, mas o delegado já parece convencido da tese de suicídio.

“As características que os policiais civis identificaram no local são compatíveis com a descrição de um crime de suicídio, não haviam marcas no corpo de luta corporal que fizesse crer que ele tenha sido forçado àquilo, ele também apresentava língua para fora bastante roxeada, que também é outra característica do suicídio, mas é prematuro essa conclusão haja vista que ainda tá pendente o exame do corpo de delito do ofendido”, esclareceu

JUCELINO FARIAS DOS SANTOS, que foi descoberto enforcado com uma corda de nylon usada  para armar rede dentro das celas, cumpria  pena por crime de homicídio praticado na cidade de Timbiras.

PM de Codó evita assalto a ônibus em São Luís e prende bandido

Blog do Minard

Blog do Minard

Um policial lotado em Codó mas que está aqui em São Luis para resolver alguns problemas pessoais conseguiu evitar um assalto a ônibus na tarde desta sexta-feira (11), na Avenida Guajajaras próximo ao retorno da Forquilha.

Sargento Souza do 17º BPM estava sem farda porém armado e conseguiu impedir o roubo. Os dois assaltantes tentaram fugir se escondendo dentro de estabelecimentos comerciais. Porém o PM prendeu um deles e a população pegou o outro comparsa.

A dupla está sendo encaminhada por uma guarnição da Polícia Militar para a Delegacia de PC do bairro Cohab.

FONTE: www.minard.com.br

17º BPM recebe mais 9 novos Policiais Militares

Depois de receber 14 novos policiais antes do carnaval o comando do 17º BPM, sediado em Codó, recebeu mais 9 PM’s, segundo confirmou ao jornalista Sena Freitas, o comandante major Hudson Carneiro.

“Nós temos policiais de Codó, temos policiais de São Luís e temos policiais de Teresina”, disse o major sobre a cidade natal dos novos PM’s que atuarão na região.

A maioria dos 9 vai ser destacada para a cidade de Coroatá, atualmente comandada pelo capitão Ricardo de Carvalho que agradeceu e elogiou a iniciativa de major Hudson.

“Com  certeza, um aumento de policiais para trazer segurança para a população. Agora na sede do batalhão viemos conversar com o comandante, o major, fomos chamados, os policiais estão se apresentando hoje aqui para levar pra cidade de Coroatá, em todo local há carência de policiais e em Coroatá não é diferente. O policial que for para Coroatá, com certeza, será muito bem vindo”, disse o capitão à FCTV

Resumo policial com Sena Freitas

Resumo policial levado ao ar, via CIDADE NOTÍCIA, da FCFM (do jornalista Alberto Barros), na manhã desta terça-feira, 16, pelo Xerife Sena Freitas.

Mortes na cidade, nas rodovias federais do Maranhão e principais ocorrências.

VEJA como era a casa usada por sequestradores em Alto Alegre do MA

O povoado é AREIAS, na zona rural de Alto Alegre do Maranhão, a mais de 5 kms da sede do município. A equipe da TV Mirante teve acesso ao interior da residência autorizada por uma jovem que apresentou-se no local  como sendo ‘filha da dona da casa’.

De acordo com a   Superintendência Estadual de Investigações Criminal nos próximos dias o local se transformaria em um cativeiro para o filho de um empresário de São Luís. O sequestro foi evitado com a morte dos três homens encontrados na madrugada desta sexta-feira, 12, pela polícia especializada da SEIC.

Morreram em confronto com policiais  Carlos Alberto Mesquita dos Santos Sousa – condenado a mais de 80 anos por roubo à carro-forte; Sebastião Soares da Silva – condenado a mais de 100 anos por sequestro, e Joaquim Neto Alves Leal, também já condenado pela prática de roubos.

Dois deles haviam fugido da penitenciária de Pedrinhas dia 17 de janeiro de 2016 pela tubulação de esgoto.

Delegado Alcides explica como assalto e morte de dona Audalice Carvalho foram elucidados

Hoje, 11,  pela manhã os delegados Zilmar Santana, que preside o inquérito, e o regional Alcides Martins Nunes Neto, com a presença do capitão Igor Vieira, que comanda o Serviço de Inteligência da PM,apresentaram três homens suspeitos de terem praticado um crime que chocou Codó em 2015.

De acordo com a polícia foi FRANCICLEUDO MARQUES DA SILVA, o Dedê, de 24 anos, uma vez preso sob suspeita de furto, quem confessou tudo sobre o assalto à casa da empresária Audalice Oliveira Carvalho, ocorrido no  dia 6 de dezembro do ano passado.

Por causa do espancamento que ela sofreu no interior da residência, a idosa de 79 anos de idade, morreu 9 dias depois.

Dedê revelou alguns fatos primeiro aos militares, depois  foi ouvido  na delegacia de Polícia  na presença de 3 advogados. Em depoimento gravado em áudio e vídeo, disse que entrou na casa com mais dois comparsas. Do terraço, onde teria ficado, teria até pedido aos homens que parassem de bater na vítima que, naquele dia, ficou com o maxilar e três costelas quebradas e um órgão interno do corpo com funcionamento prejudicado em razão deste espancamento.

OS COMPARSAS

Com ele, no dia do assalto,  contou que estavam CHAELENILSON MOREIRA, de 29 anos, e LAYSON CARLOS AVELINO GUILHON, de 26 anos, que negam qualquer participação no crime.

Chaelenilson e Dedê

Chaelenilson e Dedê

Mas Zilmar Santana explicou à TV Mirante  que as provas já colhidas foram o suficiente para que a Justiça se convencesse da autoria, neste primeiro momento,  e decretasse a prisão preventiva dos três, tudo a partir da confissão de Francicleudo.

 “No momento do interrogatório esses advogados foram chamados e acompanharam o depoimento, foi submetido, vale ressaltar, à exame de corpo de delito e também foi fotografado o corpo dele para comprovar, deixar bem claro, no inquérito policial que ele não sofreu nenhum tipo de coação para poder confessar”, disse

O inquérito segue agora para sua conclusão, explicou o delegado regional, Alcides Nunes Neto, e mais provas deverão  ser apresentadas à Justiça.

“Estamos aguardando algumas provas periciais que estão vindo do ICRIM, a recuperação de algumas imagens de HD de câmeras não tão próximas, mas de ruas que dão acesso à casa da vítima e a gente espera que com a chegada desse material a gente possa concluir o inquérito, fundamentar bem para que estes indivíduos permaneçam preso por um bom tempo”, garantiu Dr. Alcides

PM divulga número de ocorrências do DOMINGO de carnaval em Codó

-Foram realizadas 23 conduções à Delegacia

  • apreensão de uma arma de fogo do tipo espingarda;
  • apreensão de 03 armas brancas;

-26 veículos apreendidos por infrações e crimes de trânsito sendo 05 MOTOCICLETAS RECUPERADAS: uma SUSUKI AZUL sem placa; duas POPs VERMELHAS ( uma sem placa e a outra de placa OJN6762); uma POP PRETA sem placa; uma FAN PRATA de placa NHK3521;

  • 16 badernas,
  • 02 perturbações do sossego;

*01 disparo de arma de fogo em via pública fora da área do Corredor da folia;

  • 27 autos de infração.

Ascom 17°BPM

PM divulga ocorrências do sábado de carnaval em Codó

OCORRÊNCIAS DO 17°BPM NO DIA 06/02/16 para o dia 07/02/16 (sábado de carnaval)

As ocorrências atendidas pela Polícia Militar em Codó foram:

*02 tentativas de homicídio

*02 roubos à pessoa

*01 arrombamento Estabelecimento Comercial

*01 agressão física

*03 ameaças

*20 perturbação do sossego

-apreensão 08 pedras de crack.

-apreensão de 05 armas brancas.

-apreensão de 03 armas de fogo, sendo 02 garruchas e um revólver cal. 32.

-10 veículos apreendidos por infrações e crimes de trânsito

-03 veículos apreendidos por utilização na prática de assaltos

-24 autos de infração

Sendo realizadas 23 conduções à Delegacia de Polícia.

Ascom 17°BPM