Category Archives: Polícia

Réveillon sem mortes – veja as principais ocorrências registradas pela PM em Codó

A Virada de ano em Codó foi considerada dentro da normalidade pela Polícia Militar, veja as principais ocorrências.

  • UMA prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, ocorrida na rua 1º de março, bairro Nova Jerusalém
  • UMA condução por DROGAS. Laércio Muniz foi flagrado pelos militares, às 3h30 da manhã desta terça-feira,1º de janeiro,  na rua Princesa Isabel, bairro São Pedro, com 5 pedras de crack e cinco cédulas de R$ 2,00. O detido alegou ser usuário.
  • UM ROUBO registrado às 23h de ontem (31), na rua São Miguel, Codó Novo. A vítima foi identificada como Helena de Araújo, moradora da rua São José, do mesmo bairro. O ladrão, que não foi detido, levou dela uma carteira com todos os documentos e R$ 25,50 em dinheiro, tomados no meio da rua.
  • A PM também registrou uma agressão a menor, a apreensão de uma arma branca

Na área de trânsito, foram registrados 4 ACIDENTES, só com feridos. Não houve prisão por embriaguez na condução de veículos

População reclama de assaltos e baderna no Santa Rita e no Portal de Entrada de Codó

Os cidadãos codoenses estão reclamando da insegurança em duas áreas da cidade. Usando o programa Cidade Notícias, apresentado pelo jornalista Alberto Barros, na FCFM, os telefonemas não são poucos dando conta de baderna, assalto e muito medo no PORTAL DE ENTRADA e no Residencial Santa Rita.

No Portal de Entrada, o problema é a aglomeração de pessoas ingerindo bebida alcoólica e empinando motocicletas. Um ouvinte denunciou que  eles ficam no meio da pista (MA-026) desafiando os veículos que chegam ou saem da cidade, sobretudo, à noite.

ASSALTO NO SANTA RITA

No residencial Santa Rita um ouvinte denunciou hoje (27) que não se pode mais sentar na porta de casa, pois, a qualquer momento, o morador pode ser vítima de assalto.

Outro problema  está na entrada, trecho entre a MA-026 e o Santa Rita. O asfalto todo furado obriga quem vai para o local a ir só por um lado e os bandidos já sabem disso aproveitando para realizar seus crimes.

Nenhum autoridade se manifestou a respeito, usando o programa de rádio, mas o sofrimento dos moradores continua em ambos os casos.

Homem que matou a sogra zomba da polícia e continua ameaçando a família da vítima

Carlinhos, procurado pela polícia de Codó

O s familiares de Maria do Amparo Fernandes Macedo, de 48 anos, assassinada com 7 facadas, uma delas no pescoço, pelo próprio genro na noite de 24 de dezembro, na rua 15 de Novembro, Santo Antonio, continuam apavorados.

De acordo com a ex-companheira de Willame Carlos de Sousa, de 36 anos, ele continua telefonando para ela e fazendo ameaças à todos. Diz que deseja matá-la, também incluiu na lista negra seu sogro e até os 4 filhos menores do casal. Um deles viu o pai esfaqueando a avó e pediu, em desespero, que ele não fizesse aquilo.

“Só que a gente liga pra polícia e ela leva um ano pra polícia virt aqui na minha casa, entendeu? Não dão notícia de nada, só quer que eu vou lá (delegacia) arriscar minha vida daqui pra lá, acho que a polícia de vez em quando deve vir aqui na minha casa, a toda hora ele ameaça de voltar aqui”, reclamou Maria Domingas Macêdo dos Santos, a ex-companheira separada há dois meses.

O delegado Zilmar Santana informou que as tentativas de prisão de Carlinhos, como é chamado, continuam e isso pode ocorrer a qualquer momento.

“As diligências não cessaram desde o cometimento do crime, a polícia continua em perseguição ao autor. Tivemos estes informes de que ele, realmente, estaria fazendo ameaça aos membros da família, razão pela qual permanece a situação de flagrante, a qualquer momento ele pode ser encontrado”, afirmou o delegado

ZOMBANDO DA POLÍCIA

Maria Domingas também informou que Carlinhos, de forma ousada, mandou espiões ao velório de sua sogra e atende seu celular até mesmo quando a polícia civil liga.

“Eu odeio ele do fundo do meu coração…ELE AMEAÇA? Ameaça, já ligou e me ameaçou e disse assim –  agora que tu apareceu vagabunda, passei oito dias te procurando, já era pra tu ter ido pro inferno junto com tua mãe, teus filhos (que também são dele), junto com teus irmãos e teu pai e toda vez que a polícia liga pra ele, ele atende o celular, ele tá com a voz como se nunca tivesse acontecido nada, uma voz fria, fria mesmo, um homem covarde”, disse a ex-companheira do suspeito

VIOLÊNCIA: 4 assassinatos são registrados no Natal de Codó

Noite de véspera e Natal violentos em Codó com o registro policial de 4 mortes.

GENRO MATA SOGRA

No bairro Santo Antonio, rua 15 de novembro, o genro, identificado pela PM como Willame Carlos de Sousa Néres, de 36 anos, invadiu a casa de sua sogra Maria do Amparo Fernandes, de 48 anos, e a matou a golpes de faca.

O crime foi registrado às 19h10min da noite de ontem (24).

“Recebemos um aviso via 190, no local fora informado que o genro adentrou a casa e desferiu vários golpes de arma branca. Quando chegamos o acusado já havia se evadido”, consta do Boletim da Polícia Militar.

MORTE NO RESIDENCIAL

Por volta das 20h30min, também de ontem (24), foi morto a tiros EDIMAR DA SILVA BRITO, de 23 anos. O crime foi registrado na rua Roraima, Q-11, C-22, Residencial Santa Rita.

Segundo informou sargento Barbosa, lendo o B.O., Edimar foi assassinado por homens que estavam em um Pálio Vermelho. A vítima saia de um bar quando fora alcançado por seus assassinos que dispararam, de dentro do carro, 9 tiros. Dois deles o mataram. Ninguém foi preso.

MORTE NO NATAL

Na manhã de hoje (25), por volta das 9h20min, um homem identificado apenas como João, idoso de aproximadamente 68 anos, foi morto com uma facada no tórax, na rua União, bairro Codó Novo.

O suspeito, que atende pelo nome de Edivan, mas no registro é Carlos, confessou à PM, após ser preso no Km 17, que matou o idoso depois que disseram à ele que a vítima teria contratado uma gang do Codó Novo para mata-lo.

Edivan foi entregue pelo próprio pai que disse à polícia estar com medo de ver seu filho assassinado por vingança.

MORTE PÓS-DISCUSSÃO EM TRÂNSITO

A PM também registrou a morte de um jovem identificado apenas como Benedito Cross, morador da Av. Duque de Caxias, ocorrida num hospital de Teresina, ontem (24) no início da noite.

O jovem foi alvo de dois tiros na última sexta-feira (21), no Portal de Entrada da cidade. Segundo sargento Barbosa, naquele dia Benedito, que empinava sua moto como de costume, teria triscado na motocicleta de alguém. Pediu desculpas, mas esta pessoa teria saído e retornado depois armado disparando dois tiros contra Cross.

Um dos tiros acertou a cabeça de Benedito que veio a falecer ontem(24).

PERÍCIA: Delegado afirma que fogo em documentos dentro da prefeitura de Timbiras foi proposital

Um foco de fumaça vindo do prédio da Prefeitura de Timbiras chamou a atenção de quem passava nas proximidades na manhã de ontem (16).

A polícia foi chamada para ver do que se tratava e acabou constatando que, por muito pouco, todo o prédio não fora consumido pelas chamas.

A possibilidade existiu porque o fogo encontrado foi ateado sobre documentos em papéis dentro de gabinetes, inclusive do prefeito.

PERÍCIA TÉCNICA

O delegado que esteve em Timbiras foi Rômulo Vasconcelos. O regional estava de plantão no fim de semana e revelou ao blogdoacelio que aqueles que atearam fogo nos documentos entraram no prédio sem quebrar nada.

O vigia da prefeitura havia saído às 9h30min da manhã e só retornou às 11h30 quando fora conduzido pelo delegado para prestar depoimento e esclarecer porque teria abandonado o prédio público em horário de serviço.

“Tocaram fogo nuns documentos (…) eu conduzi o vigia que era pra estar lá e não estava, entendeu? Ele tinha saído, o vigia, deixado o prédio sozinho, entraram no prédio, mas entraram sem quebrar nada, só arrombaram uma porta e tocaram fogo nestes livros lá”, disse

PROPOSITAL

Dr. Rômulo afirmou que o fogo foi ‘proposital”. Uma perícia técnica da polícia do Maranhão deve chegar na manhã desta segunda-feira à Timbiras para analisar melhor o local do início de incêndio e descobrir que tipo de documento seriam queimados por completo caso o plano não tivesse terminado, literalmente, debaixo de água.

“Amanhã (segunda) é que vai chegar a perícia pra gente analisar estes documentos que estavam lá, tirar foto, fazer a perícia. Mas foi proposital o incêndio lá, viu!?”, adiantou o delegado regional

SISTEMA PRISIONAL: Codó terá mini-presídio de 129 vagas

1.612 vagas no sistema penitenciário do Maranhão devem ser criadas em 2013. A informação é da Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap).

Ao todo, R$ 21 milhões em recursos deverão ser aplicados para a construção de três estabelecimentos prisionais nos municípios de Santa Inês (com 386 vagas), Pinheiro (312) eBacabal (140), totalizando 838 vagas. Os recursos são provenientes de convênios entre o governo do Estado e o governo federal.

Por meio do BNDES, a Sejap garantiu recursos de R$ 52 milhões para a construção de novas unidades e aparelhamento em geral.  Serão seis novos estabelecimentos nas cidades de Pinheiro, Balsas, Viana, Codó, Timon e São Luís, todos com 129 vagas, totalizando a abertura de 774 vagas em todo o Maranhão. Com isso, a meta de 1.612 vagas para o próximo ano será atingida.

FONTE: G1 MARANHÃO

Delegado Rômulo elucida caso de criança de 4 anos assassinada no km 17

Ildemar

Ontem, sexta-feira (14), acompanhamos a liberação de Ildemar Costa dos Santos. Ele prestou depoimento na delegacia, mas naquele momento a polícia entendia que não se enquadrava nem mesmo na qualidade de suspeito. Livre,  até aproveitou para pedir a elucidação do caso.

 “Não senhor não tive nenhum envolvimento com a criança….VOCÊ ESTÁ DE CONSCIÊNCIA LIMPA? De consciência limpa (…) que seja encontrado o culpado, pagar por uma coisa que eu não fiz”, disse Ildemar

O TELEFONEMA

O delegado, Rômulo Vasconcelos, com a entrada de férias de Dra.  Maria Tecla Cunha, assumiu o caso e descobriu, ainda na tarde de sexta, que Ildemar havia feito um telefonema por meio no número (99) 9970- 7191 para uma vizinha da família do garoto de 4 anos.

“Esse telefone ligou pra casa de uma vizinha por nome de Maria Fernandes e dona Maria recebeu a ligação desse celular dizendo que a criança estaria num local, a gente busca não foi localizada a criança e com esse número nós conseguimos identificar de quem era a propriedade desse telefone, na verdade ele (Ildemar) ligou de seu próprio telefone dizendo onde estava o corpo”, explicou Vasconcelos

De posse dessa informação, a polícia voltou a conversar com o agora, oficialmente, suspeito que resolveu confessar o crime.

A CONFISSÃO

No novo depoimento, segundo o delegado regional, Ildemar disse que levou o menino para uma casa abandonada e o matou, depois escondeu o corpo dentro deste poço onde, realmente, fora encontrado.

Delegado Rômulo

 “Ele levou a criança para uma casa abandonada, numa distração dessa criança ele efetuou uma pancada na região da nuca da criança que veio a desfalecer, depois ele efetuou mais outra pancada, a criança não sei se chegou a óbito nesse momento, mas tava desfalecida, tirou as vestes da criança, jogou a criança no poço, próximo à casa, colocou palha para ocultar, desmascarar o local do crime”, esclareceu o regional

A motivação é considerada fútil. Ildemar disse que matou Luis Gustavo Vaz Vieira porque a mãe de sua vítima o rejeitou.

 “Inicialmente ele contou que tinha ciúmes, tinha uma rivalidade a mãe da vítima, acreditamos que ele queria ter um caso com a mãe da vítima, esta não concordou e ele pra se vingar da mãe da vítima matou a criança”, disse a autoridade policial

ILDEMAR E A FAMÍLIA DA VÍTIMA

Ildemar Costa dos Santos, que foi salvo ontem à tarde de linchamento pelo delegado,  morava na mesma casa de sua vítima porque vinha de uma união estável com a tia de Luís Gustavo Vaz Vieira (4 anos).

A mulher, Maria Antonia Soares,  o abandonou por um ano e meio e retornou ao lar, no povoado km 17, a menos de 10 dias, mas continuou renegando-lhe como companheiro . Disse que foi buscar o sustento dos filhos fora que tem com o suspeito, pois ele não gosta de trabalhar.

Detalhe é que em todo este tempo Ildemar continuou morando com o resto da família onde estavam Luís Gustavo e a mãe dele, à quem desejava como mulher.

O fim disso foi a morte do garoto, encontrado dentro de um poço após cinco dias de desaparecimento. O delegado o autuou em flagrante agora pela manhã, mas, por garantia, também pediu a prisão preventiva dele.

Esquema reforçado de segurança da PM já está nas ruas do centro comercial

Agora com a Afonso Pena cheia o dia inteiro e lojas bem movimentadas o número de furtos e roubos, principalmente, tendem a aumentar.

“Nós temos aí deste o tradicional batedor de carteira ao furto em loja, arrombamentos de veículos e também aquelas modalidade que eles utilizam que é passando de motocicleta ou de bicicleta e dando um bote arrancando bolsa das senhoras principalmente”, disse recentemente o major Jairo Xavier em entrevista

Desde ontem quem passa pelo centro pode notar um reforço no policiamento tal qual fora prometido pelo comando da Nona Companhia Independente. Policiais Militares estão andando na companhia de guardas municipais até que o comércio feche por inteiro.

Homens em viaturas e até em motocicletas aumentaram as rondas.

Jairo Xavier evitou falar em quantidade de  policiais a serem utilizados, mas adiantou anteriormente que iria tirar  alguns PMs de áreas administrativas para reforçar o esquema que JÁ está em plena  prática.

ALERTA

O comandante deixou um alerta de grande valia á todos.

“E também deixando o alerta para que a população não facilite, não faça exposição de que está carregando grande somas em dinheiro, demonstrando que está ali com joias, ostentando cordão de ouro, essas coisas que também são atrativos para os bandidos”, alertou Xavier

Os empresários da área, sabendo do reforço, elogiaram. Consumidores também.

“e é isso que a gente quer pra gente ficar mais seguro, até a população mesmo que vem comprar, que sai de um banco com uma coisa, que venha entrar na loja com algum dinheiro, fica mais segura em andar na rua pra gente ver se tem um final de ano em paz, se Deus quiser vai ser”, disse o empresário Jamilson Marinho

Caixa Econômica ganha na Justiça e famílias terão que sair de casas do Residencial Santa Rita

Major Jairo Xavier

Já está sobre a mesa do comandante da PM de Codó, Major Jairo Xavier, um ofício da Justiça pedindo apoio para a execução de uma sentença de reintegração de posse no residencial Santa Rita (Minha Casa, Minha Vida).

“Essa aí foi uma ação impetrada pela Caixa Econômica Federal perante a Justiça Federal e que deprecou para que o juízo de Codó providenciasse a execução da retirada das pessoas lá do Residencial Santa Rita”, explicou Xavier ao blogdoacelio

LEVANTAMENTO JÁ REALIZADO

A PM usou de seu direito de tempo para avaliar a situação no residencial. Antes de apoiar a retirada das famílias de casas que não lhes pertencem, a militar fez um levantamento sobre número de pessoas, idade, quem pode ou não oferecer resistência física e outras coisas que podem evitar transtornos comuns neste tipo de ação.

Agora o comandante  aguarda da Justiça a organização da retirada, ou seja, transporte, possível locação nova – a chamada logística.

“Coube à Polícia Militar fazer o estudo de situação, levantamento, que já está pronto, estamos agora no aguardo para fecharmos a parte logística, pois ali existem pessoas envolvidas e não compete à PM esta parte logística, então nós precisamos fechar os detalhes para, enfim, auxiliar no cumprimento da execução desse mandado de reintegração de posse”, explicou

“A função primordial da Polícia Militar é a garantia física do executor (o oficial de Justiça) e também a integridade das pessoas envolvidas’, completou o experiente major

FAMÍLIAS QUE TERÃO QUE SAIR

O auge do problema que fez a Caixa Econômica Federal (executora financeira do programa Minha Casa, Minha Vida) entrar na Justiça pedindo reintegração de posse estourou em abril de 2012, quando mais de 60 famílias invadiram casas que na época, apesar de sorteadas, estavam fechadas.

Desde então, a confusão vinha rolando na Justiça Federal. Agora o resultado foi favorável à CEF, uma vez que o juiz  entendeu que os ocupantes irregulares devem deixar os imóveis.

Mas na atualidade, o número de ocupantes não é mais tão grande. Segundo o major, existiam ainda 8 famílias nesta situação. Algumas, ao saberem da decisão já deixaram o local, mas pelo menos 5 terão que ser retiradas, o que deve ocorrer a qualquer momento.

“Nós já estamos em condições de apoiar o cumprimento do mandato, estamos tão somente aguardando a manifestação da Justiça, através do oficial de Justiça, mas se fosse o caso para amanhã (quarta-feira) já estaríamos em condição”, concluiu

Homem é preso no centro de Codó após agredir a própria mãe de 65 anos de idade

Um caso não muito comum foi registrado ontem (4) pela manhã na delegacia de Codó. O jovem, Ediney Rodrigues Lopes, foi preso pela Polícia Militar após denúncia, pelo 190, de que estaria agredindo a própria mãe, uma idosa de 65 anos de idade.

“Quando nós chegamos lá a gente realmente constatou a senhora lá chorando e constatamos que ela foi agredida pelo próprio filho, infelizmente, tivemos que trazê-lo para a delegacia. A gente tem informação de que ele toma remédio controlado, mas não poderíamos deixa-lo porque com certeza ele iria agredir muito mais a vítima que inclusive é a própria mãe”, contou cabo Laíres.

Na delegacia, Edney foi entrevistado pela TV Palmeira do Norte.

Contou que pediu um documento à mãe e como ela negou ele a agrediu. O suspeito alegou, em sua defesa, que a idosa também o havia agredido, pois ele também estava ‘ralado’.

“Rapaz porque eu cheguei em casa tranquilo e ela não quis passar um documento que eu pedi pra ela, só isso…E AÍ VOCÊ AGREDIU SUA MÃE? Mas ela me agrediu também, que eu tô todo ralado…SUA MÃE TEM 65 ANOS E VOCÊ FOI MEDIR FORÇAS COM SUA MÃE DE 65 ANOS? Ela sabe, eu sou um cara tranquilo, calmo, ela sabe quando eu me altero, ela sabe inclusive meus vizinhos”, respondeu

O caso aconteceu no centro da cidade, próximo à sede da Ciretran.