Category Archives: Polícia

Operação em mercado central descobre crack e maconha nos barracos

Rômulo e equipe

A Polícia Civil, com o apoio da Militar, chegou de surpresa, por volta do meio dia desta quinta-feira, 28, à área do mercado central com mandados de busca e apreensão para cinco barracos.

“Esse monitoramente já estava sendo feito, pegamos o depoimento de várias testemunhas, de usuários de drogas, representamos junto ao Poder Judiciários pelos mandados e agora nós estamos cumprindo”, disse o delegado regional Rômulo Vasconcelos

Os policiais encontraram em um dos barracos revistados pedras de crack e maconha para a venda. Seis pessoas foram presas, entre elas alguns reincidentes no crime de tráfico como Maria do Rodão, mulher que já cumpriu pena recentemente.

O delegado vai separar, entre os presos, usuários de traficantes. Rômulo Vasconcelos garantiu que novas operações podem ocorrer nos próximos dias em outras áreas mapeadas da cidade.

“Com certeza nós estamos com vários trabalhos em cima disso aí, vamos cumprir outros mandados, vamos fazer outras operações nesse sentido porque o crack entrou muito forte na cidade e a gente tem que combater isso aí de forma veemente”, garantiu

Segurança – O que o GTA veio fazer em Codó

Xavier recepciona GTA

O Comandante da Nona Companhia, major Jairo Xavier, voltou a aparecer na mídia esta semana e, ao que tudo indica, fortalecido. Os codoenses puderam ver o helicóptero do Grupo Tático Aéreo sobrevoando nossa cidade hoje.

O voo faz parte de uma estratégia de apoio aos municípios montada pelo Comando-Geral da PM do Maranhão e Codó, graças ao trabalho de Xavier, foi incluído. O GTA está mapeando o crime no Estado de forma aero terrestre e em nossa cidade veio levantar áreas ocupadas por traficantes, de difícil acesso aos policiais.

“Exatamente, é porque nós temos aqui alguns locais de difícil acesso e que o pessoal tem reclamado dessa questão de traficante” , disse Xavier

De acordo com informações prestadas ao blogdoacelio, a PM codoense vai contar, a partir de agora, com o apoio constante do GTA em suas operações.

“E nós estamos agora com este apoio do governo do Estado, do comandante da Polícia Militar, com o Comando Tático Aéreo para fazer essas operações, principalmente nos períodos de maior circulação de dinheiro, pagamento de funcionalismo e nós vamos ter agora, constantemente o apoio do GTA”, disse o major

Relatório da PM revela que estão matando menos gente em Codó

Estão matando menos gente em Codó. É o que mostra um relatório da Polícia Militar sobre homicídios nos últimos três anos.

Veja os números coletados pelo blogdoacelio com o auxílio do comandante da Nona Companhia Independente, major Jairo Xavier da Rocha.

  • 2008 – 34 homicídios
  • 2009 – 23 assassinatos
  • 2010 – 21 mortes
  • 2011 – 4 (até fim de abril)

A maioria desses homicídios tem a ver com acerto de contas entre traficantes, crimes passionais e desavenças momentâneas que resultam em mortes.

Violência – músico reage à assalto e é esfaqueado na cabeça

O jovem músico, José Reinaldo M. Junior, filho do conceituado professor e contador, Zé Reinaldo, deu entrada ontem à noite, 9, às 20h55min, no pronto socorro de Codó, vítima de um trauma crânio-encefálico.

Testemunhas contam que Junior, como é conhecido, presenciou o assalto à uma senhorita nas imediações da praça da Bandeira. O ladrão tomou o celular da vítima e o músico teria corrido atrás dele para tentar recuperar o produto do roubo.

Conseguiu, mas na luta corporal o bandido sacou de uma faca de mesa (serra) e a teria enfiado na cabeça de Junior. Em conversa com a enfermeira Polyana, agora pela manhã, o blogdoacelio constatou.

A enfermeira afirmou que Junior sofreu uma perfuração do lado direito da chamada “fonte”. Foi levado ainda acordado para a sala de cirurgia do HGM, mas logo foi transferido para Teresina a pedido da família, onde permanece.

O estado de saúde dele só pode ser avaliado por um neurologista porque, segundo o pronto socorro codoense, houve perfuração do crânio e órgãos podem ter sido atingidos.

A polícia ainda não informou sobre o paradeiro do bandido.

Delegado bate de frente contra a pirataria na regional

Coroatá

As polícias civil e militar chegaram de surpresa, ontem, 1º, na área onde a comercialização de produtos piratas é praticada livremente em Coroatá. Em poucos minutos, mais de 5 mil CDs e DVDs foram apreendidos e levados para a delegacia de polícia da cidade.

A delegacia regional está fechando o cerco à venda de produtos pirateados nas quatro cidades que a integram. Primeiro em Codó, agora em Coroatá. Ainda constam na lista, Timbiras e Peritoró.

Coroatá, de acordo com o delegado a frente do combate, Rômulo Vasconcelos, se destaca entre as demais da regional.

“Coroatá tava muito forte tanto é que não deu para apreender tudo, nós vamos fazer outras operações para apreender o restante do produto pirateado que está circulando na cidade”, disse

Recolhendo

Os flagrados e detidos, que desta vez não houve, serão responsabilizados na forma da lei por exposição e venda de produtos pirateados. Mas o delegado também vai direcionar o foto das operações para os fornecedores. A polícia já sabe que a fonte é da cidade de São Luís.

“Algumas pessoas foram identificadas, vão ser feitos os procedimentos e encaminharemos para a Justiça…Mais de 5 mil DVDs, isso aí é um baque grande porque estes DVDs todos estão vindo de São Luís, então isso aí fomenta o crime organizado, isso aí os criminosos trocam esse dinheiro na compra de armas, de drogas, então a polícia tem que combater isso aí porque isso aí fomenta o crime organizado”, garantiu Rômulo

Vigia do Pague Menos é morto à tiros em assalto

Um vigia foi morto no início da tarde desta quinta-feira (31) durante um assalto em Caxias. Querino Alves de Morais, de 54 anos, foi morto no Supermercado Pague Menos, no bairro Pampulha, onde trabalhava há pouco mais de dois meses.

De acordo com testemunhas, quatro homens chegaram ao supermercado, por volta das 13h50 e anunciaram o assalto. Em deles, atirou contra o vigia. A bala atingiu as costas de Querino, que não resistiu e faleceu ainda no local. Os quatro homens fugiram.

Esta é a segunda vez que o Supermercado Pague Menos é assaltado em menos de três meses. No dia 03 de janeiro, dois homens atiraram contra o vigia Domingos Alves de Sousa, de 57 anos, depois que o mesmo teria reagido ao assalto.

Fonte: Lorena Miranda/ Direto da Redação www.noca.com.br

Polícia Federal elogia Zito no lançamento do Carbono Neutro

No Água Fria

Foi a primeira vez no interior do Estado que a Polícia Federal fez plantios por meio do projeto Carbono Neutro, lançado em 2008 pela instituição. Até então, por duas vezes, ele havia sido executado apenas na capital São Luís. O delegado especializado em crimes ambientais, Luís André Lima Almeida, explicou ao blogdoacelio o objetivo do projeto.

“o objetivo fundamental é reduzir ou amenizar os efeitos dos gases de carbono que nós lançamos a partir de nossas atividades típicas com o uso de viaturas, consumo de energia elétrica, uso de papéis, etc…”, explicou o federal

COMPROMISSO

No município de Codó, 883 mudas de Ingá de metro e branco, Moringa e Juçara, doadas pela Universidade Federal do Maranhão, serão plantadas. As primeiras ficaram na nascente do Riacho Água Fria na manhã desta quinta-feira, 31. O secretário-adjunto do Meio Ambiente, Ferdinando Rocha, falou sobre o que acontecerá às demais.

Posteriormente o restante dessas mudas, mais de 800 mudas, a serem trabalhadas pelo Instituto Federal, por orientação técnica dos membros da instituição onde serão feitos plantios às margens do rio Itapecuru e de outros mananciais importantes do município de Codó”, afirmou

O prefeito Zito Rolim foi elogiado pelos delegados federais por ter se mostrado o mais interessados dos prefeitos da região pela execução do projeto.

É uma preocupação que não é só dos gestores é uma preocupação de todos os cidadãos, diante da situação que encontra-se hoje o meio ambiente, mas ainda há tempo de se recuperar, então nós mostramos esse interesse em dar todo o apoio”, justificou

PAPEL DO IFMA

Ferdinando explica

O Instituo Federal do Maranhão, na pessoa do diretor, José Cardoso, destacou ao blog que utilizará os alunos dos cursos ligados à área de Meio Ambiente para desenvolverem a tarefa do Carbono Neutro.

Nós queremos fazer desta forma, nós temos um ano pra acompanhar o melhoramento dessas mudas e também o crescimento das plantas durante um ano, pelo menos”, disse Cardoso

RETORNO

E a Polícia Federal voltará a cidade para fiscalizar o andamento do projeto. Para o delegado, Leonardo Portela, sem o devido acompanhamento o sucesso da iniciativa pode ser comprometido.

tem todo um processo, o que antecede a data de hoje, o processo de produção de mudas, que, no caso, a gente recebeu o apoio da UEMA, tem a plantação que a gente tá envolvendo todo mundo e a partir de hoje, o IFMA vai ficar monitorando e cuidando da plantação daqui pra frente”, concluiu

Polícia Federal planta mudas de ingá hoje em Codó

A Polícia Federal realiza hoje, 31, pela manhã, o plantio de 883 mudas de
árvores em área degradada em uma das nascentes do riacho Água Fria, no
bairro Nova Jerusalém, na cidade de Codó.

O plantio faz parte do Programa Carbono Neutro, da Polícia Federal,
lançado no ano de 2008. No Maranhão este é o terceiro plantio realizado.

Os dois primeiros foram desenvolvidos na cidade de São Luís.
Nesta etapa, as mudas plantadas são das espécies INGÁ DE METRO e INGÁ
BRANCO, MORINGA e JUÇARA que foram doadas pela Universidade Estadual do
Maranhão, parceira da Polícia Federal na execução deste programa no Estado
desde o ano de 2010. As plantas foram cultivadas por alunos do curso de
ciências agrárias da UEMA no viveiro do Centro de Ciências Agrárias da
universidade, na cidade de São Luís.

A realização do projeto na cidade de Codó contou ainda com a colaboração
da Prefeitura Municipal que, por meio de sua Secretaria de Meio Ambiente e
Turismo, fez a indicação do local, a limpeza do terreno e o preparo das
covas para o recebimento das mudas.

As mudas terão acompanhamento Técnico e o monitoramento de seu
desenvolvimento pelo período de 1 ano, por alunos do curso de Agrotécnica
do IFMA.

O Programa Carbono Neutro do Departamento de Polícia Federal foi
lançado no dia 07/03/2008. É uma iniciativa pioneira da Polícia Federal
que tem como objetivo compensar o meio ambiente pela emissão de gás
carbônico lançado na atmosfera, oriundo das suas atividades operacionais e
administrativas, em decorrência da utilização de veículos, embarcações,
aeronaves, consumo de energia elétrica, entre outros.

Censura – Imprensa de Codó está sendo calada no tapa

César Santos

Fatos mostram que estão tentando calar a imprensa de Codó no tapa e na pressão. O caso mais recente de agressão é do radialista, César Santos, da rádio Eldorado AM, ocorrido por volta do meio dia de hoje, 28.

César denunciou aos policiais militares no local e, posteriormente, na delegacia de polícia, que foi agredido pelo empresário, Leonel Araújo, e mais três pessoas que o acompanhavam, quando tecia comentários sobre superfaturamento de compras na Câmara e na Prefeitura de Codó.

“VOCÊ TENTOU REAGIR? Não, eles com a faca, com a arma, arma branca e arma de fogo e eu a única arma que eu tenho é Deus, e este Deus é tão forte que eu estou aqui”, respondeu César à repórter Patrícia Lima.

César ficou com escoriações por todo o corpo, como se, além de espancado, tivesse sido arrastado.

“Fica provado em Codó, meus amigos que infelizmente a ditadura voltou a tomar conta de Codó. Se querem me matar, me mate, mas eu levo a verdade pra todos os lares”, disse César ainda nervoso.

AGRESSÃO NA DELEGACIA

Semana passada o agredido foi o cinegrafista, Willames da Silva Cruz, da FCTV. O profissional filmava a permanência da 4ª delegacia regional quando teria ouvido palavras de baixo calão contra sua pessoa, ao responder ao escrivão de polícia, Walter Santana, levou um tapa. O caso deve chegar ao Ministério Público esta semana.

Consta no Boletim de Ocorrência:

Willames Silva

“Na oportunidade veio nos informar que nada 22/03/2011, por volta das 10h, o residente no endereço citado, o cinegrafista veio até esta delegacia colher uma matéria, estava fazendo imagens pelo lado de fora, foi o momento que o “PM” Valter Santana perguntou que horas que esse cinegrafista filho de uma égua vai parar de filmar essa delegacia…

…A vítima ofendido explicou para o autor que estava trabalhando não fazendo molecagem, foi quando o autor levantou alterado e falou palavras de baixo calão: vagabundo, marginal, em seguida de um tapa na vítima…

Onde o autor falou que isso não ia ficar assim, que ia matar a vítima e pegou na arma de fogo, só não foi adiante porque outros PMs o seguraram. Onde o comunicante soube por terceiros que o autor é acostumado fazer disparo dentro da delegacia contra outras pessoas. Veio até esta delegacia comunicar o fato.”

CASO MÃOZINHA

No final do ano passado, a vítima foi o radialista, Osvaldo Filho. De acordo com o boletim registrado na delegacia de polícia, ao tentar entrevista o ex-prefeito, Ricardo Archer, sobre o a construção do muro no corredor da folia, levou um beliscão, um tapa e ainda teve seu gravador de áudio tomado.

Apesar do tempo, o caso nunca saiu da delegacia.

CASO DANIEL SOUSA

Daniel Sousa

No governo de Biné Figueiredo, o radialista Daniel Sousa, teve a perna e braços enfaixados após uma surra noturna.

CASO PÉ DE QUEIJO

Edmilson Filho, hoje na TV Palmeira do Norte, também já teve que correr na frente de uma arma de fogo para não morrer. Na época, ele fazia críticas à Biné Figueiredo na Rádio Mirante AM. O irmão dele, Antonio, não gostou.

CASO GILBERTO MUNIZ

O hoje falecido, Gilberto Irineu Muniz, foi forçado a engolir pedaços do jornal O TEMPO que falavam de um exame de próstata de Biné. O filho de um dos mais inteligentes jornalistas desta terra, que presenciou, traumaticamente ainda adolescente, o fato, afirma que tal violência também ocorreu dentro da casa de Gilberto e, pior, sob a mira de um revólver.

OPINIÃO

A lei brasileira já avançou o suficiente para punir profissionais da imprensa nos excessos que cometerem. É direito constitucional do ofendido, revalidado na Carta Magna de 5 de outubro de 1988, valer-se da Justiça para ter sua idoneidade moral resgatada nos limites da legislação, inclusive indenizada.

Se os casos não chegam à Justiça, é por puro desleixo de quem se acha ofendido.

Agora é preciso saber se neste município há permissão dos poderosos para sair batendo em quem usa, trabalhando, microfone ou impressos para denunciar seus belos e exemplares feitos.

Se tiver, e quero acreditar que não, vamos convidar os colegas da imprensa para mudarmos o foco para a Polícia Civil, para a PM e, principalmente, para o Ministério Público e Justiça. O Estado os aparelha para a defesa das vítimas, sem qualquer discriminação. A lei é a base de suas atividades, bem como a defesa dela.

Vamos começar fazendo um levantamento de quantos casos estão engavetados e porque batedor de repórter não é punido nesta cidade.

Se não houver casos na gaveta, vamos incentivar os colegas a os levarem ao conhecimento das autoridades e depois cobrarmos toda semana. Para os que demorarem mais a gente faz aniversário, com vela e tudo, na porta do prédio onde existe a gaveta. A IMPRENSA PODE.

Se bater é a lei em Codó. Acredite, a imprensa também sabe bater.

Polícia limpa Afonso Pena da pirataria

Centro pós-operação

O delegado, Rô mulo Vasconcelos, comandou na manhã deste domingo, 27, mais uma operação contra a venda de CDs e DVDs pirateados no centro comercial de Codó.

De acordo com informações da delegacia, mais de 3 mil, destes produtos, foram apreendidos na Afonso Pena e imediações. A operação voltou a ser realizada no domingo, e de surpresa, porque este é o dia em que a venda dobra, muitos vêem de fora aproveitar a simpatia dos codoenses por produtos pirateados.

O trabalho de combate à este tipo de crime foi iniciado pelo regional, Eduardo Galvão. Depois Rômulo Vasconcelos assumiu o posto e está dando sequência, com uma freqüência razoável.