Category Archives: Política

Vereadores apresentam 15 denúncias contra Expedito Carneiro ao Tribunal de Contas do Estado

Os 13 vereadores da base aliada do governo Mais Avanço, Mais Conquistas protocolaram dia 4 de maio, portanto, na última sexta-feira, uma denúncia ao Tribunal de Contas do Estado endereçada ao seu presidente conselheiro José de Ribamar Caldas Furtado.

Inicialmente eles explicam que analisando documentos contábeis, procedimentos de licitações e contratos, inspeções em obras, extratos bancários, listagem de empenho extraídas do Portal da Transparência, Diário Oficial do Estado do Maranhão resolveram denunciar para a ‘devida investigação e constatação”.

Entre as irregularidades apontadas, enumera-se:

1 – NÃO HOUVE entrega da cópia da prestação de contas de 2017;

2 – Que Expedito declarou que a cópia da prestação de contas ano 2017 encontra-se  no DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE no município de SÃO BERNARDO DO MA, na rua Cônego Nestor.

3 – Que empenhou R$ 4.832.775,00. Liquidou R$ 4.732.573,69 e pago apenas R$ 4.731.398,00. Restando a pagar R$ 101.376,71. No entanto, o saldo que ficou em 31/12/2017 nos cofres da Câmara foi de apenas R$ 4.454,67;

4 – Expedito recebeu em 2017, exatos R$ 4.432.797,36 E GASTOU MUITO MAIS sendo registrado R$ 4.832.775,00, gerando um rombo (déficit) de R$ 399.978,36;

5 – Que para sustentar este déficit foram utilizados RECURSOS ORIUNDOS DO NÃO PAGAMENTO DAS DESPESAS COM O INSTITUTO DE SEGURIDADE SOCIAL (INSS), DESCONTADO DOS SERVIDORES DA CÂMARA gerando uma receita extra orçamentária  da ordem de R$ 255.153,44;

6 – Que Expedito incorreu no crime de apropriação indébita (Art. 168-A, Código Penal);

7 – Que o Balanço PATRIMONIAL APRESENTADO em 31/12/2017 ENCONTRA-SE em total  discordância dos parâmetros legais estabelecidos pela lei  4.320/64;

8 – O Balanço Patrimonial não demonstra a composição dos bens municipais sob a administração do Poder Legislativo;

9 – Duas notas fiscais (de número 28 e de número 155) para compra de salgados ematerial de expediente, respectivamente, não constavam da escrituração contábil de empenhos conforme relatório  do Portal da Transparência da Câmara, contrariando o art. 60 da Lei de Responsabilidade Fiscal. Tais despesas foram pagas em um único dia, conforme extrato do Banco do Brasil;

10 – Não publicou no Diário Oficial do Estado a constituição de sua COMISSÃO DE LICITAÇÃO e sua Comissão de Pregão. Na opinião dos denunciantes isso mostra que a Câmara, oficialmente, não tem uma Comissão Permanente de Licitação;

11 – Constatação de diversos pagamentos feitos entre janeiro e outubro de 2017, conforme documentação analisada peloas denunciantes, “sem que houvesse procedimento licitarório regular”;

Continuidade da tabela acima apresentada pelos denunciantes

12 – Que Expedito não encaminhou sequer tais publicações ao SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (SACOP-TCE), Outra evidência seria o fato de só em  07/junho/2017 terem aparecido os primeiros avisos de licitação e pregão daquele ano, sendo que em 06/março/2017 já é possível ver que houve as tomadas de preço 1 e 2 para a contratação de assessoria contábil e de assessoria jurídica;

13 – Indícios de irregularidades, a ser investigada na contratação de empresa pessoa física para serviço de transmissão das sessões plenárias (pregão presencial 03/2017, feito em 16 de junho, no entanto o vencedor, segundo os denunciantes já recebia R$ 6.900,00 desde março de 2017);

14 – Gastou R$ 1.179.124,23 com pagamento de contratações (de pessoal) temporárias, o correspondente a 49,67% da despesas total. Na opinião dos denunciantes, gente que não passou por concurso público conforme o art. 37, inciso II, da Constituição Federal;

15 – Que Expedito pagou, em 2017, em cheque o valor de R$ 36.428,66 e fora da Folha de Pagamento R$ 14.188,78;

Ao final eles pedem JUSTIÇA por que o parlamento municipal codoenses teria virado, segundo os denunciantes, ‘UMA TERRA SEM LEI E SEM NORMAS FAZENDO VALER APENAS A VONTADE ÚNICA DO VEREADOR EXPEDITO MARCOS CAVALANTE”.

ÍNTEGRA DA DENÚNCIA Denúncia entregue ao TCE

VEJA AGORA: Prefeito de Codó explica por que espera que professores NÃO paralisem atividades nesta terça-feira

Usando sua página no facebook o prefeito de Codó, Francisco Nagib (PDT) fez um apelo agora a tarde aos professores que programaram uma paralisação geral para amanhã, terça-feira, 8, a partir das 7h da manhã com ato público na praça São Sebastião.

Nagib

Em sua postagem o chefe do Executivo fala dos avanços que sua administração implantou desde janeiro de 2017 e ao final diz esperar que os educadores não prejudiquem os alunos.

LEIA A ÍNTEGRA:

É com muita consideração e respeito que me dirijo a vocês para, em nome de nossas crianças, pais e mães de alunos, jovens e do bem da educação de Codó, pedir que reconsiderem sobre sua decisão e não façam a paralisação.

Desde nosso primeiro dia de gestão estamos fazendo todos os esforços necessários para melhorar e desenvolver a educação em nosso município, reformando e ampliando escolas, investindo em material escolar, capacitação de profissionais da educação e, sobretudo, colocando em prática a política de valorização de nossos professores, cumprindo aumento salarial do piso, antecipando o 13º salário e realizando o pagamento sempre em dia.

Em relação ao precatório que muitos estão cobrando, NESSE MOMENTO, eu como gestor, não posso fazer uso, pois quem decidirá qual ação a ser tomada será a Justiça.

Muitos falam de política educacional e distorcem a realidade dos fatos, mas abandonar nossas crianças, prejudicar o ano letivo e atrapalhar a rede municipal não é a melhor solução, por isso conto com a dedicação de todos os professores, para que nossas crianças e adolescentes não sejam os maiores prejudicados.

Um abraço do amigo.

Francisco Nagib.

Prefeito de Codó.

Em entrevista Waldir Maranhão diz que foi traído por Flávio Dino

O deputado federal e pré-candidato ao Senado Waldir Maranhão afirmou nesta quinta-feira (03) ao Programa ‘Na Hora’ da Rádio 92,3 FM que foi traído pelo governador Flávio Dino. Ao ser questionado pelo apresentador sobre as razões que o fizeram romper com o governo, o parlamentar foi enfático.

“Quando defendi o mandato da presidente Dilma, fui muito criticado, mas o tempo nos revelou que a minha decisão foi correta diante desse péssimo governo de Temer. Fui muito elogiado pelo governador Flávio Dino que assumiu naquele momento o seu apoio ao meu desejo de concorrer ao Senado. Ao que todos já sabem, ele impediu minha filiação ao PT e jamais assumiu esse compromisso em público. Fui traído, mas o povo saberá julgar a nossa lealdade em defesa do Brasil e do Maranhão”, revelou Waldir Maranhão.

Indagado sobre a sua pré candidatura ao Senado pelo PSDB, Waldir Maranhão disse que essa é uma decisão que cabe ser anunciada pela cúpula do partido durante as convenções e que o momento é de construir um palanque forte.

“Eu coloco o meu nome nesta pré-candidatura ao Senado por que sei que posso continuar trabalhando pelo nosso povo e tenho uma história política que me legitima para isso. Durante as convenções a cúpula do partido irá tomar sua decisão a respeito do candidado do PSDB no Maranhão ao Senado. O momento é de fortalecer os nossos principais nomes, Roberto Rocha para governador e Geraldo Alckmin para a presidência do Brasil”, finalizou Waldir Maranhão.

Neste sábado (05) em São Luís, acontecerá o *Maranhão Presente,* evento que contará com a presença do pré-candidato à presidência da República, Geraldo Alckmin, Senador Roberto Rocha e lideranças políticas estaduais. O evento acontecerá no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana (Multicenter Sebrae) às 10h da manhã.

NA ELDORADO – Dr. Mendes convoca Zé Francisco para se transformarem ‘numa ideia’

O advogado Francisco Mendes esteve ontem, 1º, na rádio Eldorado AM, programa A VOZ DO POVO, concedendo entrevista ao radialista Daniel Sousa.

Entrevistados na Eldorado AM

Criticou os governos municipal, estadual e federal principalmente sobre a falta de diálogo com a sociedade. Em Codó citou o exemplo da onda de fechamento das escolas.

“Eu fico triste quando diz – fechou uma escola – sem conversar com a comunidade, sem que sequer a comunidade tenha conhecimento desse fechamento e tantas outras situações em Codó que tão acontecendo que ninguém dialoga mais com ninguém como se o município de Codó hoje fosse patrimônio de alguém, o patrimônio do ensino de Codó é do povo, da população, quem está ali está de passagem pra fazer o bem pra sociedade”, disse

Também defendeu a pré-candidatura do médico Zé Francisco a deputado federal pelo PT e disse tê-lo conclamado a se transformarem, assim como dissera LULA, numa ideia, algo muito além da ambiência física e mortal em que vivem todos nós.

“Nós somos sociedade civil organizada, eu estou aqui junto com o Dr. Zé Francisco junto com os demais companheiros trabalhadores no sentido de não calar a nossa voz. O povo do Mercado Central disse pra gente no domingo que quer votar no Lula e nós como membros aqui já, que eu me considero como membro do Partido dos Trabalhadores junto com os demais aqui, eu não posso de maneira nenhuma me calar diante dessa situação, ou seja, enquanto houver uma voz, ele disse isso lá que ele não é mais um ser humano, ele é uma ideia, uma ideia não se morre, não adianta querer se prender uma ideia que não vai se prender uma ideia”

E aqui em Codó eu disse pro doutor Zé Francisco nós temos que ser uma ideia também nós não podemos nos curvar ao poder econômico, ao poder econômico de quem quer que seja, nós temos que ter a nossa ideia, o nosso plano de governo, o plano que ele tem como deputado federal e vamos pra luta, vamos levar esta mensagem a sociedade de Codó, eu tenho plena convicção que a população de Codó ela saberá muito bem analisar, saberá ver o nome do médico que presta serviço a mais de 25 anos em Codó e que tem todo um trabalho prestado de sensibilidade com a população, é disso que a população precisa em Codó, pessoa que tenha a capacidade de dialogar, de conversar com todo mundo”, concluiu

O médico Zé Francisco também esteve no studio

Petistas codoenses manifestam-se por ‘LULA LIVRE’ no mercado central

Agarrado aos últimos suspiros de um partido que já dominou o país e chegou a ser destaque mundial por ter combatido a miséria no Brasil um grupo de codoenses apareceu no Mercado Central no domingo, 29, pela manhã vestindo o vermelho característico e falando palavras estilosas do velho PT baseadas na ideologia de um líder enjaulado.

Petistas codoenses querem ‘LULA LIVRE’

Dando a cara a tapa e acreditando na popularidade de Lula,  o médico Zé Francisco e o advogado Francisco Mendes, a novidade do partido deste ano, com mais 11 petistas ‘das antigas’, entre os quais o ex-vereador Emílio Matos,  saíram pelas vielas do mercado central levantando uma faixa que dizia ‘O POVO QUER LULA LIVRE”.

A frase é forte, mas está em desalinho com o que o DATA FOLHA constatou em meados de abril quando divulgou que 54% dos brasileiros consideram justa a prisão do líder petista.

PT de Codó

Enfim, valeu pela coragem de ir às ruas.

Ser político é mais do que apenas surfar na onda quando ela é boa e gigante como o PT um dia chegou a ser, é também se dispôr a declarar-se partidário mesmo quando aquilo que se defende está submerso num mar de lama sem precedentes neste país.

POLÍTICA: Biné Figueiredo faz jantar para receber pré-candidato a deputado federal Edilázio Junior

O ex-prefeito Biné Figueiredo organizou um jantar na noite de ontem, 30. Convidou eleitores codoenses e políticos aliados como os ex-prefeitos Ricardo Archer e José Inácio e o atual presidente da Câmara, Expedito Carneiro, para, ao lado de Camilo Figueiredo, ex-deputado estadual, receber o pré-candidato a deputado federal Edilázio Junior (PV).

Biné recebe Edilázio Junior

Em seu Instagram o político de São Luís postou fotos, uma delas tinha a legenda “COM O MAIOR GRUPO POLÍTICO DO MUNICÍPIO”

Foi um jantar de apresentação do pré-candidato que será apoiado pela família Figueiredo onde ficou evidenciado que, apesar de ser melhor avaliado que o filho, Biné dificilmente sairá candidato a deputado estadual, deve indicar mesmo  Camilo Figueiredo.

ROTA CULTURAL: César Pires garante que assembleia reconhecerá utilidade pública do Instituto Mestre Bita do Barão

O deputado estadual César Pires esteve no sábado na comemoração dos dois anos de fundação do Instituto Mestre Bita do Barão ao lado do industrial Francisco Carlos de Oliveira e outros convidados especiais.

Em sua fala, César deixou uma excelente notícia aos membros do IMEBB. Garantiu que colocará para apreciação e votação da Assembleia Legislativa do Estado a Utilidade Pública do Instituto Mestre Bita do Barão, quando este reconhecimento ocorrer o IMEBB entrará para a chamada rota da cultura.

Isso permite que o Instituto seja beneficiado com recursos públicos para ações de cunho cultural e social.

“Eu vou transformar este Instituto numa utilidade pública estadual e quem sabe, talvez ano que vem, você vai poder receber do Estado uma ação cultural pra cá depois que eu transformar ele em utilidade pública estadual para que você possa ter acesso aos recursos da cultura e assim como eu coloquei o festeja de Santa Rita, Santa Filomena na rota cultural pra poder receber recurso eu também vou o Instituto Bita do Barão na mesma rota”, garantiu César em seu discurso

Anderson da Trizidela recebe Gastão Vieira em evento codoense do PROS

O jovem Anderson da Trizidela já começou sua articulação para consolidar seu sonho de ser vereador em 2020. Ontem, 27, conseguiu fazer uma boa recepção ao ex-ministro e ex-deputado federal Gastão Vieira em evento do PROS realizado na Câmara de Vereadores de Codó.

Anderson da Trizidela

De acordo com Gastão, foi um momento para que todos os partidários ficassem sabendo das diretrizes do partido e dos objetivos da Legenda que, por ser nanico, tem  um enorme desafio já para 2018, eleger, no mínimo, 9 deputados em 9 Estados.

Gastão Vieira no PROS

Isso faz parte da chamada cláusula de barreira imposta por uma Emenda à Constituição votada no Congresso Nacional ano passado mudando as regras de acesso ao Fundo Partidário e, claro, dificultando a vida dos pequenos partidos como o PROS.

“Nós precisamos eleger em todo o Brasil e em 9 Estados diferentes no mínimo 9 deputadores federais, portanto a esperança do PROS aqui no Maranhão no caso de eu consolidar a minha pré-candidatura é que eu engrosse esses 9 pro PROS, então isso é uma meta o partido está imbuído e pediu então que eu, como presidente, visitasse a maioria de grandes colégios eleitorais para poder atrair as pessoas pra esse nosso projeto”, explicou em entrevista ao jornalista Hélcio Costa, da TV Codó e rádio Mirante AM.

Hélcio desenvolveu vários temas, entre os quais o futuro de Lula e como Gastão ver a administração de Flávio Dino à quem se aliou, vindo do grupo Sarney, recentemente.

“Eu acho que o governador Flávio Dino trabalha muito, é muito dedicado aos problemas, sempre que se leva um problema ele procura discutir esse problema atentamente, enfim é uma pessoa que tá muito focada no sucesso de seu segundo governo”

Na Câmada Federal Hildo Rocha diz que Flávio Dino mandou PM espionar adversários políticos

O deputado federal Hildo Rocha usou a Tribuna da Câmara dos Deputados esta semana para denunciar o uso da Polícia Militar no monitoramento de adversários políticos do governador Flávio Dino, do PCdoB.

Na opinião de Hildo, tudo foi planejado dentro do Palácio dos Leões, sede do governo do Estado do Maranhão, e ordenado por Flávio Dino.

“Descobriu-se no Maranhão uma falcatrua realizada dentro do Palácio dos Leões, ali se articulou, se planejou e se determinou o uso da Polícia Militar para espionar os adversários políticos do governador Flávio Dino. Depois desta descoberta como sempre faz o governador joga para os outros a culpa, jogou a culpa para um major e para um tenente-coronel da Polícia”, disse

Moradores do bairro São Francisco questionam decisão de Nagib de usar asfalto onde já existe

O município de Codó recebeu em seu aniversário 10 km de asfalto enviados pelo governo do Estado e já está aplicando a camada asfáltica nas ruas. O que gerou polêmica foi  a decisão do prefeito Francisco Nagib, PDT,  e de sua equipe de só utilizarem asfalto onde já existe.

Codó tem dezenas de ruas sem qualquer infraestrutura, em todos os bairros com exceção, lógico, do centro que também passou pelo recapeamento em frente a prefeitura e na 28 de julho, por exemplo.

Visitando o bairro São Francisco estivemos com moradores da rua  Santa Joana. No momento a lavradora Maria de Sousa  estava capinando  para livrar-se do mato na porta. Ela também sofre com casa invadida pela água porque mora na parte mais baixa da rua.

Dona Maria de Sousa limpando sua porta

“Tem que cuidar de alimpar…AGORA TÁ UMA RUA BEM ABANDONADA? tá, porque eles num liga, meu irmão, nem pra botar uma piçarra, uma coisa pra ajeitar. Agora mesmo nessa enchente que teve aqui em casa ficou cheio d’água, a da vizinha ali ficou cheia d’água, tudinho aqui a gente se sente prejudicado”, disse

José dos Santos Quinto de Sousa reclamou da falta de saída  da rua Santa Joana. Desejou asfalto, melhorias na rua onde moram várias famílias. “Rapaz, aqui só mesmo um pincho muito bacana mesmo, ajeitar a rua bem ajeitada e pronto”, afirmou

Maria de Fátima Araújo pediu infraestrutura por causa dos alagamentos quando chove. “Tá precisando aqui de arrumar porque quando chove a gente fica, até de noite a gente trabalha aqui debaixo d’água”, frisou

Rua Santa Joana , bairro São Francisco

Mesmo diante de situações assim, o prefeito preferiu usar o asfalto onde a necessidade é menor na opinião da população. Em entrevista recente à FCTV ele explicou o motivo de ter escolhido fazer assim. Disse que está esperando outro asfalto vindo do Ministério da Integração. Este sim irá para ruas nas condições da SANTA JOANA.

“Então este projeto ele vai ser realidade quando liberar pelo Ministério da Integração, então lá você vai ver uma rua que precisa e não vai o asfalto agora com o asfalto do governador nós vamos colocar ela com esse projeto que já está inscrito no projeto da Integração, então eu não posso botar um asfalto agora e depois vem um projeto pra executar a mesma rua? não posso, aí eu vou tá desperdiçando o asfalto”, explicou

VERSÃO PARA RÁDIO