Category Archives: Saúde

Santo Antonio dos Pretos enfrenta problemas na educação e na saúde pública

Santo Antonio dos Pretos é do século XVIII quando se tornou o refúgio de escravos que fugiam de seus senhores.

Territorialmente  hoje  é a uma área que reúne vários povoados com 196 famílias, das quais 37 vivem na chamada comunidade-mãe, berço cultural  da umbanda codoense cujos santos e orixás, mostrados orgulhosamente à nossa reportagem por dona Raimunda Nascimento Guilhom, são festejados em junho e dezembro.

RESPEITO AOS ANTEPASSADOS

Gostam de preservar a memória de seus mortos – expõem fotografias, enterram no terreiro das casas. Tradições que sobrevivem à tímidas mudanças estruturais que chegaram num passado não muito distante.

Tem poço artesiano com água potável e energia elétrica. Agora, além da lavoura, eles também criam  caprinos e o um pequeno rebanho de bois e vacas.

Muita coisa melhorou, mas os quilombolas  da comunidade mais tradicional de Codó ainda enfrentam problemas, alguns deles na área da educação.

DEFICIÊNCIA NA EDUCAÇÃO

Existem duas escolas na localidade, mas na de nível médio, técnico-profissionalizante, inaugurada em 2010,  não existe sequer um aluno de Santo Antonio dos Pretos. O professor e ex-diretor, Mário Sérgio Moreira de Queiroz,  explicou  que os jovens não conseguem terminar o ensino fundamental.

“Tá faltando, entre outras coisas, um envolvimento maior dos pais, da própria comunidade para incentivar seus filhos a continuarem estudando, pelo menos até terminar o ensino médio”, disse o professor

Sonhadores e dispostos a mudar a própria condição como Francimara Nunes, por aqui, só de  outros povoados. Ela é de Santa Rita dos Moreiras e pensa em ter curso superior na área de agronomia.

“A gente sente falta dos alunos daqui de Santo Antonio dos Pretos”, reclamou a estudante de 19 anos

NA SAÚDE

Por falta de um posto quando a saúde falta no corpo é preciso coragem e força dos parentes para fazer o doente chegar à cidade. 47kms, as vezes, de moto.

Um vai pilotando e outro vai segurando o doente que, as vezes, vai com o pescoço para um lado e para o outro até chegar no Codó (cidade)”, afirmou o quilombola Raimundo Miguel Viana

Mas apesar das dificuldades, Santo Antonio é uma comunidade de quilombolas tranquilos, de  necessidades urgentes e  sonhos modestos.

Aos 53 anos de idade seu Francisco Viana, por exemplo,  quer ver apenas mais uma coisa ocorrer nestas terras – casas com coberturas de telha.

Secretaria de Ação Social de Codó promove dia dedicado a Terceira Idade

Durante todo o dia 28, das 9h às 16h, a Secretaria de Ação Social do Município de Codó e o Centro de Convivência para Terceira Idade promoveram uma série de atividades dedicadas aos codoenses acima dos 60 anos, ou da Melhor Idade, como os mesmos se intitulam. A comemoração de encerramento das atividades de 2012 ocorreu no Balneário Alcy Brandão. Durante os quatro anos de gestão do prefeito Zito Rolim, o evento é realizado em prol do bem estar dos mais de 300 codoenses cadastrados no Projeto Conviver, abrangendo munícipes de Codó e das localidades km 17 e Santa Rita dos Moises.

O dia começou com um delicioso e animado café da manhã e atividades físicas para manter a forma. Após o desjejum, os codoenses da Melhor Idade participaram de atividades de dança, jogos recreativos, banho de piscina, amigo oculto com troca de presentes e brincadeiras. No almoço o cardápio foi bem variado e agradou a turma do Projeto Conviver. Para a coordenadora do Conviver, Alicemar de Jesus, a ideia é comemorar todo o trabalho realizado durante o ano com atividades que estimulem a autoestima, a cultura e o lazer entre as pessoas da Terceira Idade.

“O dia de hoje é uma celebração e o reflexo do carinho e a dedicação que o prefeito de Codó e a nossa Secretária de Ação Social, Cinthya Rolim, têm pelos codoenses da Terceira Idade. Para nós eles são muito especiais. O prefeito Zito não mede esforços para manter esse projeto. Se a Secretaria de Ação Social e prefeitura não abraçassem essa idéia não seria possível estar desenvolvendo esse trabalho nos últimos 4 anos. Muito o brigado a todos e parabéns aos nossos codoenses da Melhor Idade”. Comentou Alicemar.

O Centro de Convivência para Terceira Idade funciona na Rua Professor Reinaldo de Carvalho, no centro de Codó. A entidade oferece atividades físicas as segundas e quintas feiras, almoço e lazer todas terças e quintas (sextas no Km 17), palestras educativas todos os meses, atendimento médico clínico geral, atendimento oftalmológico, odontológico, fisioterapia, fonoaudiologia e aulas de alfabetização para a Terceira Idade. O cadastramento para as atividades de 2013 começam em janeiro.

Raphael Fernandes

Assessoria de Comunicação Governo Municipal de Codó

SAÚDE:Equipes da Atenção Básica de Codó não se destacam e ficam fora do prêmio de qualidade

O Ministério da Saúde vai premiar, pela primeira vez, o alto padrão de qualidade das Equipes de Atenção Básica (EAB) que integram a política Saúde Mais Perto de Você. A lista das equipes que foram avaliadas pelo Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) consta da Portaria 2.626.

Para o Maranhão, serão destinados R$ 530 mil referente à avaliação de 108 equipes que aprimoraram o padrão de qualidade no atendimento à população. Serão beneficiados 21 municípios maranhenses (confira a lista dos municípios abaixo).

Em todo o país, serão repassados quase R$ 75 milhões referentes à certificação de 15.095 equipes de 3.532 municípios. Desde o ano passado, o Ministério da Saúde já repassou para o PMAQ R$ 534 milhões. Só para o Maranhão já foram destinados R$ 3,6 milhões.

“É a primeira vez que o Ministério da Saúde está repassando recursos com base na qualidade do atendimento na Atenção Básica. Agora, passamos a ter um padrão de qualidade nacional”, afirma o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Também pela primeira vez, o Ministério da Saúde ouviu, pessoalmente, a opinião dos usuários sobre o atendimento prestado por Equipes de Atenção Básica. Foram entrevistados 55.951 mil usuários. No Maranhão, 445 usuários participaram da avaliação.

Equipes bem avaliadas em indicadores – como atendimento pré-natal, acompanhamento de doentes crônicos, tempo de espera por consulta e adequada atenção à saúde do idoso, entre outros – poderão receber até R$ 11 mil por mês.

No Maranhão as equipes que receberão recursos por terem se destacado na melhoria da qualidade do atendimento  foram as de:

MA  Açailândia –   12.400,00

MA  Amarante do Maranhão  – 10.500,00

MA  Araioses  – 7.800,00

MA  Bacabal  –  10.000,00

MA  Buriticupu –  5.100,00

MA  Buritirana  – 13.900,00

MA  Cidelândia  – 11.000,00

MA  Coelho Neto –  57.200,00

MA  Duque Bacelar – 32.700,00

MA  Estreito –  11.000,00

MA  Grajaú – 30.800,00

MA  Imperatriz – 86.000,00

MA  João Lisboa  – 13.200,00

MA  Loreto –  4.400,00

MA  Matões  – 22.000,00

MA  Montes Altos – 2.200,00

MA  Porto Franco – 8.800,00

MA  São João do Soter  – 39.600,00

MA  São Raimundo das Mangabeiras –  6.600,00

MA  São Roberto  – 2.200,00

MA  Timon –  143.000,00

Com informações da ASCOM/Ministério da SAÚDE

Posto de Saúde do Alegre passa por obras de reforma e ampliação

A Prefeitura Municipal de Codó, através da Secretaria de Saúde, continua trabalhando para melhorar as condições de atendimento à população. Tanto no perímetro urbano, quanto na zona rural, as obras e investimentos continuam beneficiando milhares de famílias. O Governo Municipal disponibilizou três ambulâncias para atender urgências e emergências em localidades da zona rural como Cajazeiras, Km 17 e Boa Vista do Procópio.

Foto: Nilton Messias

O prefeito Zito Rolim, com o apoio dos governos estadual e federal trouxe para Codó a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Os postos de saúde do Vereda (zona urbana), e Alegre e Boa Vista do Procópio (zona rural) estão passando por obras de reforma e ampliação.

Visando a melhoria no serviço de saúde e condições adequadas ao atendimento da população, a Unidade de Saúde Nestor Salazar Filho, na localidade Alegre, está passando por reformas e ampliação de suas instalações.

Entre os meses de agosto e setembro deste ano os atendimentos passaram a ser realizados no antigo prédio do DNR, atual sede da Associação de Moradores. O espaço foi cedido à direção do posto de saúde para que os atendimentos aos moradores não fossem interrompidos durante o período das obras.

De acordo com o diretor da unidade de saúde do Alegre, Mário Macio, após as obras, o posto ganhará mais dois novos consultórios médicos e um odontológico. “Apesar das obras, os atendimentos foram transferidos para a sede da Associação de Moradores. Os atendimentos continuam com a Dra. Carla Letícia, Clínica Geral e com o Enfermeiro Francisco Carlos”. Finalizou o diretor.

Raphael Fernandes

Assessoria de Comunicação Governo Municipal de Codó

Ministério da Saúde divulga que Codó está fora do risco de surto de dengue

Mosquito da dengue

O Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) deste ano revela que 77 municípios brasileiros estão em situação de risco para a dengue (entre as capitais, apenas Porto Velho); 375 em situação de alerta e 787 foram considerados satisfatórios.

A pesquisa, que traça um panorama para identificar onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor da dengue, foi realizado em 1.239 municípios, o que representa um acréscimo de 31% com relação aos participantes de 2011. No ano passado, 800 municípios realizaram o LIRAa

Codó, mais uma vez, ficou entre os municípios de resultado satisfatório. Nosso índice de infestação não chega à meio por cento ( só 0,3%), segundo divulgação do próprio Ministério da Saúde. VEJA A LISTA DO MARANHÃO.

Maranhão – MA

Índice de Infestação: Risco de surto ( 3,9%)

Mirador  – 4,4%

Pastos Bons  – 4,1%

Índice de Infestação: Em alerta (1 – 3,9)

Miranda do Norte – 3,2

Colinas – 3,1

Caxias – 2,4

Imperatriz – 2,3

Açailândia – 2,2

Rosário – 2,1

Índice de Infestação: Satisfatório (- 1%)

Timon – 0,9%

Balsas – 0,8%

Carolina – 0,7%

Santa Inês – 0,7%

Chapadinha – 0,6%

Raposa – 0,6%

Codó –  0,3%

Araioses – 0,2

Barão de Grajaú – 0%

Barreirinhas – 0%

Pinheiro – 0%

Viana – 0%

Mulher espancada não faz RAIO X porque UPA e HGM estão sem material

A Polícia Civil de Codó precisou fazer exames, hoje pela manhã,  numa lavradora espancada pelo marido no povoado Santana Velha.

Como apanhou  de ferro de espingarda, Maria da Natividade Germano da Silva, de 49 anos, chegou à delegacia com escoriações por todo o corpo e com a suspeita de uma costela quebrada. A polícia queria, além do corpo de delito, cuidar da saúde da mulher que tinha, inclusive, dificuldades para falar por conta de fortes dores.

Levada à UPA – Unidade de Pronto Atendimento – e ao HGM – Hospital Geral Municipal, a surpresa, nenhum dos hospitais pôde ser feito o RAIO X. Um policial civil explicou à imprensa e ao delegado regional  que a alegação apresentada foi a de que ‘estava faltando material, a chapa”.

Até o final da manhã não se sabia qual era a gravidade dos ferimentos da lavradora que continuava em agonia.

PALAVRA DO SECRETÁRIO

O repórter que fez contato com o secretário de saúde, Cláudio Paz, foi Sena Freitas, da FCTV. Na frente dos colegas, Freitas ouviu do secretário uma tentativa de sanar o problema da mulher.

Pediu que o repórter comunicasse à ela que o procurasse em sua clínica (não sei onde) às 14h, onde faria o exame de corpo de delito (Cláudio Paz é médico perito reconhecido pelo Estado) e a encaminharia para fazer um RAIO X numa clínica particular, provavelmente, a de Dr. Carlos na Av. Augusto Teixeira.

Sozinha na delegacia, ao ouvir a transmissão da notícia do secretário, Maria da Natividade Germano da Silva, retorcendo-se no banco de concreto da delegacia,  disse que não tinha como se locomover por todos estes endereços, por dois motivos – dor e falta de transporte.

Programa levará palestra e aplicação de flúor à 50 escolas

Começa hoje o trabalho do programa Saúde na Escola que vai levar conhecimento e práticas saudáveis à alunos de 50 escolas da rede pública municipal de Codó.

De acordo com Daniela Duarte, a primeira escola a receber a palestra informativa e a aplicação de flúor será a Rosalina Zaidan.

“Vamos começar pela Rosalina Zaidan, mas percorreremos todas as escolas atendidas pelo Saúde na Escola levando, justamente, isso, muita informação com odontólogos conversando com os estudantes e depois a gente faz a aplicação de flúor”, explicou a coordenadora do Saúde na Escola

Na próxima semana outras escolas serão visitadas com a mesma atividade

BOA NOTÍCIA: Unicef parabeniza prefeito Zito por empenho em cuidar da infância no município

Foto: Nilton Messias

O comunicado do Selo Unicef, coordenação Maranhão, foi encaminhado dia 14 de novembro à articulação municipal, na pessoa de Ribamar Costa, que está muito feliz com a noticia de que Codó é município-finalista, o que quer dizer que cumpriu com todas as atividades propostas pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância.

Zito Rolim  e Ribamar Costa  deverão comparecer à uma cerimônia em Brasília, dia 29, onde estarão com a presidenta Dilma Roussef, no Museu Nacional. Os dois também estão convidados, por conta do resultado do Selo Unicef  Município Aprovado para outra solenidade no Maranhão.

Veja a Carta do Unicef:

São Luís, 14 de novembro de 2012.

Prezado(a) Sr. prefeito(a),

Com imensa satisfação, informamos que seu município é finalista do Programa Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2009-2012. Desde já, parabenizamos toda sua equipe pelo compromisso e dedicação para o sucesso da iniciativa e a conquista de mudanças concretas na vida das crianças e adolescentes.

O anúncio final dos municípios certificados acontecerá durante a Cerimônia Especial de Anúncio dos Municípios Certificados com o Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2009-2012  e de  Renovação do Pacto Um Mundo para a Criança e Adolescente do Semiárido e da Agenda Criança  Amazônia, no próximo dia 29 de novembro, às 10h, no Museu Nacional, em Brasília (DF).

Para participar desta cerimônia, gostaríamos de convidar  02 representantes de seu município, sugerindo a presença do (a) gestor (a) municipal e do (a) presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – que, juntos, assinaram a adesão ao Selo UNICEF.

No caso da emissão feita pelo UNICEF, solicitamos que seja informado até o próximo dia 21 de novembro o nome do passageiro, RG, CPF, telefone e endereço eletrônico para o e-mail iprieto@unicef.org .

Desde já, também gostaríamos de convidar seu município para a cerimônia estadual do Selo UNICEF, quando serão entregues os troféus e certificados, que acontecerá no dia 10 de dezembro, às  17h, em São Luís (MA). Mais informações seguirão em breve.

Agradecemos muito sua atenção, mais uma vez, parabenizando seu município.

               ELIANA ALMEIDA – Coordenadora do escritório do UNICEF no Maranhão  

HGM A TODO VAPOR: Pronto-socorro atende mais de 32 mil pessoas em um mês

Vamos ter que tirar o chapéu para a equipe que trabalha no pronto-socorro do HGM, sob o comando do diligente diretor Raimundo Lisboa.

Apesar do trabalho firme da UPA, o velho hospital municipal tem se mantido na ativa, como podemos observar por meio do relatório que agora está sendo enviado direto para a imprensa numa atitude de transparência por parte da diretoria (gostei, parabéns Lisboa).

Os números são enviados, quem quiser que faça a leitura que lhe convier (legal).

Nesta postagem vamos nos referir ao número de atendimentos de emergência. No período de 25 de agosto à 24 de setembro, foram realizados nada menos que 32.436 atendimentos na emergência.

Destes, 6.026 foram atendimentos específicos de urgência e emergência (vidas salvas na hora do morre  não morre).

MAIS DE 23 MIL INJEÇÕES

O relatório também mostra o tipo. Neste campo, destaque para  o número de injeções aplicadas no período acima descrito – 23.830. Número menor que o registrado em janeiro, que foi de 35.339 injeções, o recorde até agora.

O mês em que o Pronto-socorro municipal mais atendeu, até setembro, foi MARÇO quando passaram por lá nada menos que  51.328 pessoas.

VIVA A VIDA: 1.785 codoenses nasceram nos primeiros nove meses de 2012

Por meio do relatório de PRODUÇÃO HOSPITALAR, comparativo 2012, do Hospital Geral Municipal, acredito que relatando dados da maternidade anexa Mamãe Neyde, temos a noção de nascimentos e mortes de novos codoenses.

Continuamos nascendo em número razoável.

De janeiro deste ano até o fim de setembro nasceram 1.785 pessoas usando o serviço de saúde pública do município. Janeiro foi o recorde com 225 partos.

Um dado interessante, considerado bom pelos médicos, é que dos que vieram ao mundo nos primeiros  nove meses do ano, exatamente  1.337 foram por meio de partos normais.

37 nasceram mortos, segundo o relatório.

(É possível nascer morto? Alguns se questionam. Sim. Nascer, tecnicamente, é sair do ventre da mãe, ter cortado o cordão umbilical, a unidade biológica mãe e filho. Nascer com vida é outra coisa –  depende de um sinal qualquer dela, que pode ser o choro, um batimento cardíaco, o primeiro respirar).