Category Archives: Saúde

Mulher espancada não faz RAIO X porque UPA e HGM estão sem material

A Polícia Civil de Codó precisou fazer exames, hoje pela manhã,  numa lavradora espancada pelo marido no povoado Santana Velha.

Como apanhou  de ferro de espingarda, Maria da Natividade Germano da Silva, de 49 anos, chegou à delegacia com escoriações por todo o corpo e com a suspeita de uma costela quebrada. A polícia queria, além do corpo de delito, cuidar da saúde da mulher que tinha, inclusive, dificuldades para falar por conta de fortes dores.

Levada à UPA – Unidade de Pronto Atendimento – e ao HGM – Hospital Geral Municipal, a surpresa, nenhum dos hospitais pôde ser feito o RAIO X. Um policial civil explicou à imprensa e ao delegado regional  que a alegação apresentada foi a de que ‘estava faltando material, a chapa”.

Até o final da manhã não se sabia qual era a gravidade dos ferimentos da lavradora que continuava em agonia.

PALAVRA DO SECRETÁRIO

O repórter que fez contato com o secretário de saúde, Cláudio Paz, foi Sena Freitas, da FCTV. Na frente dos colegas, Freitas ouviu do secretário uma tentativa de sanar o problema da mulher.

Pediu que o repórter comunicasse à ela que o procurasse em sua clínica (não sei onde) às 14h, onde faria o exame de corpo de delito (Cláudio Paz é médico perito reconhecido pelo Estado) e a encaminharia para fazer um RAIO X numa clínica particular, provavelmente, a de Dr. Carlos na Av. Augusto Teixeira.

Sozinha na delegacia, ao ouvir a transmissão da notícia do secretário, Maria da Natividade Germano da Silva, retorcendo-se no banco de concreto da delegacia,  disse que não tinha como se locomover por todos estes endereços, por dois motivos – dor e falta de transporte.

Programa levará palestra e aplicação de flúor à 50 escolas

Começa hoje o trabalho do programa Saúde na Escola que vai levar conhecimento e práticas saudáveis à alunos de 50 escolas da rede pública municipal de Codó.

De acordo com Daniela Duarte, a primeira escola a receber a palestra informativa e a aplicação de flúor será a Rosalina Zaidan.

“Vamos começar pela Rosalina Zaidan, mas percorreremos todas as escolas atendidas pelo Saúde na Escola levando, justamente, isso, muita informação com odontólogos conversando com os estudantes e depois a gente faz a aplicação de flúor”, explicou a coordenadora do Saúde na Escola

Na próxima semana outras escolas serão visitadas com a mesma atividade

BOA NOTÍCIA: Unicef parabeniza prefeito Zito por empenho em cuidar da infância no município

Foto: Nilton Messias

O comunicado do Selo Unicef, coordenação Maranhão, foi encaminhado dia 14 de novembro à articulação municipal, na pessoa de Ribamar Costa, que está muito feliz com a noticia de que Codó é município-finalista, o que quer dizer que cumpriu com todas as atividades propostas pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância.

Zito Rolim  e Ribamar Costa  deverão comparecer à uma cerimônia em Brasília, dia 29, onde estarão com a presidenta Dilma Roussef, no Museu Nacional. Os dois também estão convidados, por conta do resultado do Selo Unicef  Município Aprovado para outra solenidade no Maranhão.

Veja a Carta do Unicef:

São Luís, 14 de novembro de 2012.

Prezado(a) Sr. prefeito(a),

Com imensa satisfação, informamos que seu município é finalista do Programa Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2009-2012. Desde já, parabenizamos toda sua equipe pelo compromisso e dedicação para o sucesso da iniciativa e a conquista de mudanças concretas na vida das crianças e adolescentes.

O anúncio final dos municípios certificados acontecerá durante a Cerimônia Especial de Anúncio dos Municípios Certificados com o Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2009-2012  e de  Renovação do Pacto Um Mundo para a Criança e Adolescente do Semiárido e da Agenda Criança  Amazônia, no próximo dia 29 de novembro, às 10h, no Museu Nacional, em Brasília (DF).

Para participar desta cerimônia, gostaríamos de convidar  02 representantes de seu município, sugerindo a presença do (a) gestor (a) municipal e do (a) presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – que, juntos, assinaram a adesão ao Selo UNICEF.

No caso da emissão feita pelo UNICEF, solicitamos que seja informado até o próximo dia 21 de novembro o nome do passageiro, RG, CPF, telefone e endereço eletrônico para o e-mail iprieto@unicef.org .

Desde já, também gostaríamos de convidar seu município para a cerimônia estadual do Selo UNICEF, quando serão entregues os troféus e certificados, que acontecerá no dia 10 de dezembro, às  17h, em São Luís (MA). Mais informações seguirão em breve.

Agradecemos muito sua atenção, mais uma vez, parabenizando seu município.

               ELIANA ALMEIDA – Coordenadora do escritório do UNICEF no Maranhão  

HGM A TODO VAPOR: Pronto-socorro atende mais de 32 mil pessoas em um mês

Vamos ter que tirar o chapéu para a equipe que trabalha no pronto-socorro do HGM, sob o comando do diligente diretor Raimundo Lisboa.

Apesar do trabalho firme da UPA, o velho hospital municipal tem se mantido na ativa, como podemos observar por meio do relatório que agora está sendo enviado direto para a imprensa numa atitude de transparência por parte da diretoria (gostei, parabéns Lisboa).

Os números são enviados, quem quiser que faça a leitura que lhe convier (legal).

Nesta postagem vamos nos referir ao número de atendimentos de emergência. No período de 25 de agosto à 24 de setembro, foram realizados nada menos que 32.436 atendimentos na emergência.

Destes, 6.026 foram atendimentos específicos de urgência e emergência (vidas salvas na hora do morre  não morre).

MAIS DE 23 MIL INJEÇÕES

O relatório também mostra o tipo. Neste campo, destaque para  o número de injeções aplicadas no período acima descrito – 23.830. Número menor que o registrado em janeiro, que foi de 35.339 injeções, o recorde até agora.

O mês em que o Pronto-socorro municipal mais atendeu, até setembro, foi MARÇO quando passaram por lá nada menos que  51.328 pessoas.

VIVA A VIDA: 1.785 codoenses nasceram nos primeiros nove meses de 2012

Por meio do relatório de PRODUÇÃO HOSPITALAR, comparativo 2012, do Hospital Geral Municipal, acredito que relatando dados da maternidade anexa Mamãe Neyde, temos a noção de nascimentos e mortes de novos codoenses.

Continuamos nascendo em número razoável.

De janeiro deste ano até o fim de setembro nasceram 1.785 pessoas usando o serviço de saúde pública do município. Janeiro foi o recorde com 225 partos.

Um dado interessante, considerado bom pelos médicos, é que dos que vieram ao mundo nos primeiros  nove meses do ano, exatamente  1.337 foram por meio de partos normais.

37 nasceram mortos, segundo o relatório.

(É possível nascer morto? Alguns se questionam. Sim. Nascer, tecnicamente, é sair do ventre da mãe, ter cortado o cordão umbilical, a unidade biológica mãe e filho. Nascer com vida é outra coisa –  depende de um sinal qualquer dela, que pode ser o choro, um batimento cardíaco, o primeiro respirar).

Selo Unicef realiza hoje ‘ A Parada da Amamentação”

Ribamar Costa – Selo Unicef Codó

Termina hoje à tarde a II Semana do Bebê codoense realizado pelo Selo Unicef, com o apoio do município. Desde segunda-feira ( 5) estão sendo realizadas atividades relacionadas.

Segunda – panfletagem no centro

Terça – Seminário com a presença de representantes nacional da luta pela infância saudável

Quarta – atividade voltadas aos bebês nos 17 postos de saúde

Quinta – CRAS (Assistência Social empenhada)

Sexta – programação da Semana do Bebê em 50 escolas da rede municipal

Sábado – encerramento com a Parada da Amamentação.

“Hoje, a partir das 16h na praça da Bandeira e nós vamos caminhando até a praça do Viveiro (Palmério Cantanhêde) com bebês, com carrinhos e todos vocês estão convidados para também estarem lá”, esclareceu Ribamar Costa, coordenador do Selo Unicef em Codó

CUIDADOS ESPECIAIS: Realizado dia da assistência ao bebê na rede de CRAS

Foto: Nilton Messias

Dentre as atividades realizadas na 2ª Semana do Bebê do município de Codó, o dia 08 foi dedicado ao Dia da Assistência do Bebê. Deste a manhã desta quinta-feira, uma série de atividades foi realizada simultaneamente nos Centros de Referência e Assistência Social do município.

Café da manhã com as mães, terapias com bebês, palestras, higienização, amamentação, distribuição de Kits, dinâmicas de grupo, apresentação de vídeos educativos e brinquedoteca estiveram à disposição das famílias nos CRAS da Trizidela, Codó Novo, Santo Antônio, São Francisco, CRAS do Km 17 e na Pastoral a Criança.

O dia de ontem (7) foi dedicado ao “Dia da Saúde do Bebê”, com atividades e prestação de serviços em 17 postos de saúde nas zonas urbana e rural do município de Codó. As mamães codoenses levaram seus bebês aos postos e receberam serviços de imunização, pré-natal, orientação nutricional, assistiram a palestras e realizaram consultas para os bebês.

Houve também distribuição de Kits para gestantes e descanso nos cantinhos da amamentação, da criança e do ninar. As mães foram orientadas sobre prevenção de acidentes na infância e puderam realizar a atualização do cartão de vacinas.

A 2º Semana do Bebê do município de Codó, que tem como lema “Primeira Infância – A hora de cuidar é agora”, começou na manhã da última segunda-feira, (05) e continuará com sua programação até o dia 10 de dezembro. O evento é uma parceria da Plan, Unicef, CMDCA, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Educação e é realizado pela Prefeitura Municipal de Codó.

Raphael Fernandes.

Assessoria de Comunicação – Governo Municipal de Codó

RANKING DAS Doenças: AVC mata mais mulheres do que o câncer

Mapeamento das 453.151 mortes de mulheres registradas por ano no Brasil revela quais são as doenças e outras causas de morte que mais ameaçam a população feminina do País.

Segundo os mais recentes dados do Ministério da Saúde, coletados pelo Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) em 2010 e tabulados só agora, o ranking com as 10 primeiras causas é liderado por infarto e acidente vascular cerebral (AVC). Além dos problemas do aparelho circulatório, outras condições evitáveis como pressão alta , gripe , pneumonia e diabetes estão na lista.

Para os especialistas, os hábitos nada saudáveis estão por trás das mortes. Obesidade, sedentarismo e tabagismo são os principais gatilhos dos problemas cardiovasculares e metabólicos, que lideram as taxas de mortalidade feminina.

“Temos registrado um aumento gradual de AVC entre os mais jovens, com menos de 45 anos, e sabemos que os fatores comportamentais são os que antecipam os AVCs”, afirmou a neurologista e presidente da Rede Brasil AVC, Scheila Ouriques.

Da mesma opinião partilha Sérgio Timerman, da Sociedade Brasileira de Cardiologia, ao apontar os motivos para a letalidade das doenças do coração. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) também elenca estes mesmos vilões como desencadeadores do câncer de mama e pulmão , os que mais matam a população feminina.

Além da dieta saudável e dos exercícios físicos, os exames preventivos também auxiliariam a modificar o ranking. O papanicolaou repetido uma vez por ano, por exemplo, é capaz de detectar o câncer de colo de útero em estágio inicial, impedindo que estes tumores estivessem na lista dos principais inimigos das mulheres.

Fonte: IG

COLABORE: Prorrogado prazo para assinar projeto pedindo 10% do PIB para a saúde pública

Padre Bento, luta por melhor saúde aos brasileiros

Padre Bento esteve hoje (6) na rádio FCFM, conversando com o jornalista, Alberto Barros. O sacerdote foi agradecer à todos que colaboraram com o recolhimento de assinaturas que reforçarão o projeto de iniciativa popular, a ser encaminhado à Câmara dos Deputados, com o intuito de pedir que sejam aplicados na saúde pública brasileira 10% do PIB – Produto Interno Bruto.

Segundo o padre, 250 folhas foram preenchidas, cada uma com cerca de 10 assinaturas.

“Nem todas estavam completas, mas ficou em torno, uma média de 10 assinaturas por folhas, portanto aí uma média de 2.500 assinaturas em Codó colhidas até o último dia porque o prazo terminava o dia 30 do mês passado (outubro). Então, nós mandamos no dia 30 com a ajuda de algumas pessoas”, explicou padre Bento

Até o fim do prazo, as instituições, entre as quais a CNBB – Confederação Nacional dos Bispos do Brasil – não conseguiram o número de assinaturas exigidos para estes casos. Por conta disso, lembrou o padre, o prazo foi prorrogado até março do ano que vem.

“Graças à Deus o prazo foi ampliado porque segundo as pastorais não se conseguiu o que é necessário, quase um milhão e meio (de assinaturas), então o prazo foi ampliado até março de 2013”, afirmou

O trabalho, portanto, vai continuar em Codó.

Realizado estudo sobre Calazar em humanos no município de Codó

Francisco Santos Leonardo

O Assessor do Departamento de Endemias do Município de Codó, Francisco Leonardo, juntamente com outros profissionais ligados a área da saúde, realizou minucioso trabalho sobre a Leishmaniose Visceral. O relatório intitulado “Descrição Epidemiológica dos Casos de Leishmaniose Visceral Humana no Município de Codó –MA, foi apresentado em diversos  congressos e seminários em diferentes estados da federação.

A equipe de estudo, formada por Larissa Barros da Silva, do Departamento de Pós-Graduação Saúde Materno Infantil da UFMA, Antônia Suely Guimarães e Silva, do Centro de Controle de Zoonoses de Caxias, Francisco Santos  Leonardo, do Departamento de Endemias do Município de Codó e pela professora, Dra. Valéria Cristina Pinheiro, do Laboratório de Entomologia Médica do CESC-UEMA, realizou um detalhado estudo descritivo sobre 18 casos de Leishmaniose Visceral no município de Codó em 2011.

As variáveis estudadas foram sexo, raça, idade e zona geográfica. De acordo com o resultado das análises notificadas, dos 18 casos que apresentaram o diagnóstico de Leishmaniose Visceral, verificou-se que 12 (67%) eram do sexo masculino e 13 (72%) dos casos eram de raça parda; 9 (50%) tinham entre 0 a 10 anos de idade e 15 (83%) eram procedentes da zona urbana de Codó.

Os resultados foram relacionados às condições climáticas (temperatura e umidade elevadas) do município, sua cobertura vegetal, a presença de animais infectados e a derrubada de árvores para a construção civil nos bairros do município.

A Descrição Epidemiológica dos Casos de Leishmaniose Visceral Humana no Município de Codó-MA foi apresentada em congressos e seminários pelo Brasil, como na 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizada entre os dias 22 a 27 de Julho de 2012, em São Luís-MA e no XVIII Congresso Internacional para Medicina Tropical e Malária, realizada no Rio de Janeiro, entre os dias 23 e 27 de setembro.

PARA ENTENDER MAIS

A Leishmaniose Visceral Humana é considerada pela Organização Mundial de Saúde como uma das seis doenças endêmicas de maior relevância no mundo. A transmissão é causada por um mosquito infectado pelo protozoário Leishmania Chagasi.

Os sintomas são: febre, palidez, emagrecimento e aumento do baço e do fígado, dispnéia, tosse, diarréia, sudorese, dor abdominal, cefaléia e edema.

Raphael Fernandes

Assessoria de comunicação – Governo Municipal de Codó