Category Archives: Saúde

Regional de Saúde de Codó realiza treinamento da dengue em São Mateus

A Unidade Regional da Saúde de Codó, por meio do Setor de Educação em Saúde, está realizando desde ontem, 13, um treinamento de três dias para agentes de combate à endemias e agentes comunitários de saúde no município de São Mateus.

O assunto em pauta é agravo da dengue. O intuito é melhorar o combate e baixar o índice de infestação predial de criadouros do Aedes Aegipty nos municípios da regional, onde somente Codó tem infestação abaixo do aceitável pelo Ministério da Saúde.

Participa do evento o gestor de Saúde, Jocimar Pereira Gomes. O treinamento, em São Mateus, termina amanhã, 15.

Jornalismo eficaz – Vídeo do Icocais resulta em reforma completa do Matadouro de Codó

visita antes da reinauguração

O prefeito Zito Rolim participou ontem, 12, no início da noite, da primeira matança de bovinos do Matadouro Público Municipal pós-reforma. Foi um ato simbólico para mostrar às autoridades presentes que a coisa mudou, e diante do que tínhamos, realmente, mudou.

Os animais são içados (suspensos), nada acontece no piso como mostrava o vídeo postado no icocais, que agora é cerâmica pura, inclusive nas paredes. O curral passou por mudanças e uma das principais medidas tomadas foi a criação de um tanque de decantação.

Com ele o sangue e demais dejetos da matança, que iam direto para o rio Itapecuru, agora vão para a lagoa de tratamento do Saae, depois para as águas caudalosas do maior do Maranhão.

“Vamos entregar uma obra de qualidade, uma obra que vai beneficiar muito a questão de saúde pública, a vigilância sanitária e a população codoense que usufrui da carne”, disse Esmero

O governo promete angariar recursos para a construção de um novo matadouro, nas proximidades do açude Binezão, bairro São Francisco. Porém o apressados podem se preparar para relaxar um pouco, não será tão fácil e rápido assim e com a reforma do velho, então, os esforços correrão na velocidade de uma tartaruga. Não nos enganemos.

PARABÉNS ICOCAIS

O blogdoacelio parabeniza o portal de notícias icocais.com.br. Foi dele que veio o vídeo mostrando a situação horrível em que os bovinos que, nós comemos, eram abatidos. As cenas chocaram o promotor de Justiça, Gilberto Câmara, que agiu com rigor chamando o governo para suas responsabilidades e estabelecendo prazos.

Parabéns à Gilberto Câmara que soube fazer valer sua missão enquanto membro do Ministério Público Estadual e, claro, ao prefeito Zito Rolim por ter, administrativamente, acatado as recomendações do ministério.

Já é possível comer carne bovina em Codó sem lembrar do vídeo na internet.

Caxias – Decreto pode estar maquiando carência de médicos no município

Fonte: blog da jornalista Anele de Paula

O Governo dos Coutinho agora inventou mais uma novidade, a de que a população é obrigada a aceitar a prescrição de medicamentos feita por enfermeiros que trabalham na rede municipal de saúde.

É que conforme decreto baixado por HC os enfermeiros, são os únicos integrantes do Programa Saúde da Família obrigados a cumprir uma carga-horaria semanal de 30 horas semanais e é esse profissional que a população está encontrando nos Postos de Saúde quando busca atendimento.

É certo que o Ministério da Saúde preconiza que está seria também uma das funções dos enfermeiros que atuam no PSF, mas o que não foi esclarecido é que estes profissionais só podem prescrever, e transcrever, os medicamentos que fazem parte da farmácia básica, ou seja, os remédios que são doados a população no ato dos atendimentos.

O que se sabe, e o que a Secretaria Municipal de Saúde não quer assumir é que muitos profissionais dessa área estão indo além de suas atribuições e esta inventa uma desculpa qualquer, para que a população pare de reclamar sobre os escândalos contínuos da saúde em Caxias.

Enfermeiro não é médico, mas uma função complementa a outra. Na atenção básica eles têm um papel primordial no cuidado com a população. O que a Prefeitura não deve é usar estes profissionais para maquiar a carência de médicos no município.

PRESENTE – Boa Vista do Procóprio ganhará ambulância dia 15 de abril

Cláudio Paz

A Secretaria Municipal de Saúde está ampliando o atendimento de emergência na Zona Rural de Codó. Depois de colocar ambulâncias 24h nos distritos de Cajazeiras (a 86kms) e no KM 17, chegou a vez da região da Trizidela.

De acordo com informações do secretário, Cláudio Paz, uma ambulância ficará de prontidão para atendimentos emergenciais na localidade de Boa Vista do Procópio.

“A gente colocou uma no 17, outra em Cajazeiras e agora no dia 15 vamos estar colocando uma ambulância permanente, uma ambulância 4X4 lá na Boa Vista do Procópio para atender toda a Boa Vista e Região para que possa fazer um socorro imediato”, afirmou o secretário ao blogdoacelio

A partir do dia 15 de abril, véspera do aniversário de emancipação política do município, a ambulância ficará disponível para a região com contato direto com o SAMU da cidade. Além de fazer o transporte de pacientes para o Pronto Socorro do HGM, também poderá fazer o mesmo serviço na própria zona rural levando para a unidade de saúde de Boa Vista.

“Essa ambulância vai estar com os técnicos interligados com nossos médicos aqui do Samu para que possam dar um atendimento muito mais rápido. Em vez de sair ambulância de Codó para buscar esse paciente, ela já vem de lá trazendo o paciente e vai servir também para buscar em outras localidades para o próprio posto na Boa Vista do Procópio”, concluiu Paz

5 fatores que podem te levar à obesidade, diabetes, hipertensão e à doenças do coração

Obeso

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 60% das mortes que ocorrem no mundo são causadas pelas Doenças Crônicas Não Transmissíveis, como obesidade, diabetes, hipertensão, e doenças cardiovasculares. Dessas mortes, 80% ocorrem em países de terceiro mundo ou em desenvolvimento.

As DCNT’s são doenças não infecciosas e de agravamento crescente. Elas atuam de forma silenciosa no organismo, favorecendo o diagnóstico tardio e uma possível morte prematura.

Conheça os 5 principais fatores de risco das DCNT’s:

1. Alimentação inadequada. Estudos revelam que os hábitos alimentares do consumidor são seus piores “inimigos”. É necessário uma educação nutricional para formação de hábitos alimentares mais saudáveis, com alto consumo de frutas e verduras, 5 refeições ou porções pequenas ao dia e controle da quantidade de nutrientes que fazem mal se consumido em excesso, como gorduras saturadas, gorduras trans, sódio e açúcar”, diz Carolina Godoy.

2. Excesso de peso. Pesquisas do IBGE mostram que metade da população brasileira está acima do peso e, nos próximos 10 anos, a obesidade poderá atingir dois terços da população se não forem tomadas medidas preventivas. Dr. Mancini alerta: “Pessoas com excesso de peso estão mais propensas a desenvolver outras DCNT’s, como hipertensão, diabetes, alteração de colesterol, aumento de ácido úrico, apneia do sono, insuficiência cardíaca, doenças cardiovasculares, varizes, artrose, cânceres, além de distúrbios psicológicos e sociais.

3. Pressão Alta. Nesse caso, é preciso aprender a ler a tabela nutricional dos produtos para saber controlar a quantidade ideal de ingestão de sódio por dia. Atualmente o brasileiro consome cerca de 12g de sal diariamente, enquanto deveria consumir apenas 5g. De acordo com a nutricionista: “Além do sal encontrado nos produtos industrializados, 76% de seu consumo vem da alimentação caseira, adicionado ao arroz, feijão, salada, entre outros”.

4. Práticas sedentárias. O sedentarismo é a falta de atividade física regular que afeta a saúde do indivíduo. De acordo com a OMS, o sedentarismo já se tornou o quarto maior fator de mortalidade no mundo. “Atividade física espontânea, como usar escadas em vez de elevadores e escadas rolantes, deixar o carro para pequenos percursos e ir a pé, passear com o cachorro ou lavar o carro, já são medidas que podem ajudar”, diz o endocrinologista.

Glicemia

5. Hiperglicemia ou Diabetes. A Hiperglicemia é definida como o excesso de açúcar no sangue. A quantidade adequada para um organismo sadio é de até 20% do índice de energia total diária. No caso do brasileiro que deve consumir em média 2000kcal, no máximo, 400kcal devem vir dos açúcares simples.

“As pessoas precisam ficar atentas não apenas com o açúcar de mesa, que é acrescentado no chá, suco ou café, mas também naquele açúcar presente no biscoito, pães, bolos e bebidas que ninguém se lembra”, indica a nutricionista.

Deputado quer mais rigor sobre conteúdo das propagandas de cerveja

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) ingressou, nesta quarta-feira (6), com uma representação no Conselho de Ética do Conselho de Autorregulamentação Publicitária (CONAR) solicitando mais rigor na análise do conteúdo das publicidades de cerveja exibidas no país. No documento, Pimenta pede a sustação de toda e qualquer propaganda que desrespeite as regras estabelecidas pelo próprio Código do CONAR. Conforme o Conselho de Autorregulamentação, todas representações são analisadas e deliberadas em razoável prazo de tempo.

O deputado lembra que o capítulo que trata dos anúncios de bebidas alcoólicas do CONAR prevê que os apelos à sensualidade não devem constituir o principal conteúdo da mensagem, assim como o uso de modelos publicitários “jamais” serão tratados como objeto sexual. Além disso, estabelece a não utilização de imagens, linguagem ou argumentos que sugiram ser o consumo do produto sinal de maturidade, êxito profissional ou social, e a não associação positiva do consumo de bebida à condução de veículos e ao desempenho de qualquer atividade profissional.

Para o parlamentar, o marketing das grandes empresas de cerveja, que sequer considera qualquer dessas recomendações, está cada vez mais apelativo, utilizando-se de atores, cantores, atrizes, jogadores de futebol, para promover a venda e o consumo de seus produtos. Entretanto, segundo Pimenta, esse fato se deve também à postura conivente do CONAR, que permite a veiculação de peças publicitárias em desrespeito ao seu próprio código.

“O uso de símbolos nacionais ou regionais busca criar maior identificação com os consumidores e reforçar a idéia equivocada de que quem bebe são pessoas com êxito profissional e pessoal, o que normatiza o consumo de álcool. Essas construções têm, pelo que observamos, a cumplicidade do CONAR, que parece não ver relação entre as publicidades, o aumento do consumo e o número de mortes em decorrência da ingestão de álcool”, critica Pimenta.

O deputado é autor do projeto de lei que estabelece restrições à publicidade de cerveja, medida defendida também pela Organização Mundial da Saúde, como uma solução estratégica frente à violência no trânsito, uma das principais causas de mortes no mundo.

Fonte: assessoria de imprensa do deputado

Campanha consegue mais de 190 bolsas

O número de bolsas de sangue coletadas na última campanha superou a anterior. Subiu de 121 para 195.

Durante dois dias (30/março e 1º/abril), 231 pessoas foram ao hemonúcleo mostrarem sua solidariedade, destas apenas 56 não puderam doar. Timbirenses e codoenses colaboraram de forma destacada.

As coletadas serão usadas no abastecimento de hospitais aqui de Codó e região.

A próxima campanha já tem data marcada. Será realizada nos dias 3 e 4 de agosto.

Campanha quer atingir 200 bolsas de sangue

Termina nesta sexta-feira, 1º, a campanha de coleta de sangue realizada no Núcleo de Hemoterapia de Codó pelo Hemomar. Muitos já compareceram, gente que está vindo até de cidades vizinhas como é o caso de dona Maria Santos, uma moradora de Timbiras.

É a décima quinta doação de sangue que a lavradora faz. Aprendeu a ser solidária e nunca mais deixou.

“há eu me sinto feliz porque to ajudando salvar vidas, né? É importante”, disse

DOAÇÃO JOVEM

A juventude também está se interessando mais pelas campanhas, na visão da coordenação local. Cristiane da Costa é um exemplo disso. Entende que a necessidade de bolsas de sangue é tão grande quanto o número de jovens que podem colaborar.

“tem muito jovem em Codó e muitas pessoas precisando de sangue, acidentes acontecem muitas pessoas precisando de sangue e não conseguem”, ressaltou

Quem já doou em campanhas recentes tem retornado. É o caso do divulgador sanitário da Funasa, Alexandre Neto, que tornou-se um incentivador dos amigos.

“A gente sabe que muitas pessoas precisam de sangue e isso me levou a contribuir também”, afirmou

NÚMEROS

Na última realizada em Codó, 121 bolsas de sangue foram conseguidas. A intenção agora é encerrar esta coleta com 200 bolsas.

estamos aqui pedindo pra população comparecer ao Hemomar pra fazer sua doação voluntária de sangue, as pessoas que já doaram que venham doar novamente e aquelas que ainda não doaram que contribuam com a sua doação”, Apelou a assistente social do Hemomar, Valma Costa

Governo se arrepende e recontrata Duailibe

Sena entrevista Duailibe

O governo voltou atrás no caso da exoneração do médico, Francisco Duailibe, demitido esta semana. O blog do Acélio obteve confirmação hoje, 25, da Assessoria de Comunicação, de que o ortopedista mais requisitado da região já voltou a trabalhar no Hospital Geral Municipal.

O médico acabou no paredão do Big HGM, juntamente com José Francisco Lima Néres (Dr. Zé Francisco), após declarações dando conta da falta de condições para realizar cirurgias ortopédicas no hospital.

Zé Francisco pode ter sofrido respingos da denúncia do radialista, Daniel Sousa ( afastamento da emissora semana passada da Mirante, por esta e outras) que dizia que médicos atendiam de forma a levar os pacientes às suas clínicas. Ressalte-se que, oficialmente, a Secretaria de Saúde não revelou até agora o motivo da demissão do clínico geral.

O governo já mostrou na TV Codó, esta semana, o centro cirúrgico, denunciado por Duailibe, em pleno funcionamento. Na reportagem, ortopedistas pediatras apareceram trabalhando.

A volta de Duailibe é sempre louvável para qualquer município. Apesar de seu famoso “JEITÃO”, como frisam aqueles que já foram curados por sua abençoada mão, ele é querido, excelente profissional e garante votos à qualquer governo. Já fez isso na era Ricardo, inclusive, elegendo vereador, e agora pode repetir com Zito.

Mas se não derem condições, acredite, ele fala.

Idosas aprendem a fazer sexo com segurança no Conviver

Os idosos do Projeto Conviver, na rua Vasconcelo Torres, tiveram uma experiência um tanto quanto incomum para a maioria, acredito – usar preservativos na hora da relação sexual.

Como parte da programação do mês do sexo feminino, realizada pelo Conselho Municipal da Mulher, foi dada uma palestra, esta semana, sobre sexualidade na terceira idade com o intuito de quebrar um tabu que ainda vigora entre as idosas, principalmente.

Convidados do Centro de Testagem e Aconselhamento falaram sobre fases de uma relação sexual, a higiene do corpo, saúde e preconceito com a idade. O momento mais hilário para as participantes foi o que ensinou o uso da camisinha antes do sexo, muitas sequer haviam visto um preservativo até então.

“é o negócio daquela camisinha que eu nunca tinha visto…E AGORA VAI SABER USAR? Sou inteligente agora eu sei como é que coloca”, respondeu uma idosa sorrindo e envergonhada à repórter Kelly Macêdo que cobriu a palestra

A iniciativa foi de valia porque existem idosos sexualmente ativos no município e eles aparecem nas estatísticas do CTA como infectados pelo vírus da AIDS.