ALARMANTE: Codó alcança 577 casos de AIDS notificados pelo CTA

Em setembro, Codó chegou  a 577 casos de pessoas vivendo com o vírus da AIDS. Aqui estes dados começaram a ser computados a partir de outubro de 2001 quando o Centro de Testagem e Aconselhamento da cidade começou a funcionar.

São dados sempre crescentes. De janeiro a setembro, por exemplo  já são 51 novos casos, um número que cresce em maior quantidade entre os mais jovens.

A faixa etária com maior incidência da doença é a de 25 a 29 anos de idade (com 91 infectados pelo HIV), mas há ainda casos de pessoas mais jovens como as da faixa etária entre 15 e 19 anos ( que tem hoje 36 soropositivos sendo acompanhados pelo serviço de saúde).

A coordenadora do CTA,  enfermeira Iviny Jordane da Silva Nascimento, explicou-nos que os jovens  são os que mais teimam em ter relação sexual desprotegida.

 “As vezes  quando vem adolescente fazer teste rápido, as vezes até adulto mesmo, eles recebem o resultado e e recebem o aconselhamento e uma das perguntas é se estas pessoas estão usando preservativo na relação sexual e a maioria  responde que não e quando a gente pergunta o motivo é porque   falam que não gostam, é quando a gente fala da importância deles usarem, porque as vezes o companheiro pode ter e ele não sabe e acabar pegando o HIV”, afirmou

AIDS EM IDOSOS

Os idosos também estão aumentando – Codó já possui 28 pessoas a cima dos 60 anos vivendo com AIDS.

Independente da idade todos têm a disposição um serviço de acompanhamento médico com orientação, exames e distribuição gratuita de medicamentos.

 “Ele vai passar por consulta médica, temos duas médicas aqui no nosso CTA, Dra. Janete e Dra. Janaína, Janaína  é nossa médica infectologista que tá de 15 em 15 dias, é  marcado exame de sangue pra esse paciente e aí depois do exame de sangue, confirmando que esse paciente tem realmente ele vai receber toda a medicação de graça aqui no CTA”, explicou a coordenadora

4 Responses to ALARMANTE: Codó alcança 577 casos de AIDS notificados pelo CTA

  1. Justo disse:

    a tendência e piorar, pois os 44 não toma cuidado, tudo bêbado, a sacanagem e grande.

  2. Eduardo disse:

    A informação até vale a pena, mas viver com HIV e AIDS são duas coisas totalmente diferentes, mas infelizmente é totalmente normal desinformados espalharem as coisas sem antes saber um pouco mais do assunto.

  3. Verdade disse:

    Tem que ter cuidado mesmo, principalmente com a bicharada que está aumentando em Codó

  4. Ronaldo trindade de Souza disse:

    No troca-troca, o sexo lá é no meio da Rua a partir das 10h da noite. É, ir lá pra ver, e, é só menores que estão se drogando. Vá e Veja!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *