César Pires revela ‘pegadinha da maldade’ em suposto benefício para quem paga contas em atraso no MA

O deputado estadual fez um discurso duro contra o governo Flávio Dino após a aprovação do chamado ‘PACOTE DE MALDADES’.

Citou que, conforme dados do IBGE, metade da população do Maranhão ganha abaixo de R$ 406,00. Destacou ainda que 12,7% dos maranhenses vivem com R$ 85 mês, ou seja, em estado de extrema pobreza.

Foi o preâmbulo para chamar atenção para a ‘pegadinha’ do governo Dino em deixar em 0,33% ao dia sobre contas em atraso com a CAEMA (água), por exemplo.

“Ele bota 0,33% por dia, R$ 100,00 paga 0,33% ao dia, mas eu atrasei dois dias dos meus R$ 100,00, mas eu atrasei 3 dias, 0,99%, até aí tudo bem, tá abaixo dos 2% que seria, mas quando você passa pra 10 dias, você já tá em quanto? 3,3%, se você passa 1 mês você passa para 9,9%, ou seja, você pagava 2% e vai passar a pagar 9,9% num Estado de extrema pobreza aqui o sujeito ganha R$ 400 e atrasou uma conta de R$ 100 vocês acham que no meio do mês ele vai pagar? em cinco dias? não paga, vai se estender por 30, 60, 90 dias até que chegue a 20%”

“O Maranhão passa por um estado terrível e neste estado terrível o que eu vejo é o governo aumentando imposto. Sem perceber, aparentemente, numericamente você ver 2%, beleza, 30 dias eu pagava 2% eu vou atrasar dois dias vou pagar 0,66%, esse governo é o bom, mas vá ver em média quantos dias você atrasa uma conta, quantas vezes alguém  não já foi numa CAEMA, numa CEMAR negociar, renegociar? gente é isso que nós estamos querendo combater”

ASSISTA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *