CONFIRMADO – Morre aos 86 anos o umbandista mestre Bita do Barão de Guaré

Confirmado por ligação feita direto para Janaína Nonato de Sousa, filha, o falecimento do umbandista Wilson Nonato de Sousa, conhecido mundialmente como Bita do Barão de Guaré.

Bita do Barão, morre aos 86 anos em Teresina – PI

O óbito aconteceu por volta das 13h30min, desta quinta-feira, 18 de abril de 2019, no hospital São Paulo, em Teresina, capital do Piauí, onde ele estava internado desde o dia 14 de abril (domingo) em estado grave.

Bita, segundo a própria filha, já estava com seu único rim parado. Respirava nas últimas horas apenas com a ajuda de  aparelhos, mas a família ainda tinha a esperança de trazê-lo com vida para Codó, o destino não deixou.

O corpo deve chegar a Codó até às 19h onde será velado, possivelmente, na própria Tenda Espírita de Umbanda Rainha Iemanjá, na rua Ruy Barbosa, bairro Santa Filomena.

De acordo com o livro Encantaria de Barba Soeira, da Antropóloga maranhense Mundicarmo Ferretti, Wilson Nonato de Sousa, o bita do Barão, nasceu em 10 de julho de 1932, na zona rural de Codó, e, neste contexto, morreu aos 86 anos de idade, muito embora sua idade seja alvo de um dos grandes mistérios que envolvia uma das figuras mais carismáticas que Codó já produziu.

Morreu um grande homem.

ASSISTA AO VÍDEO FEITO APÓS A MORTE NA PORTA DA CASA DE MESTRE BITA.

4 Responses to CONFIRMADO – Morre aos 86 anos o umbandista mestre Bita do Barão de Guaré

  1. Cardoso disse:

    Digo-te que não sairás dali enquanto não pagares o derradeiro ceitil.
    Lc.12:59

  2. Cardoso disse:

    Digo-te que não sairás dali enquanto não pagares o derradeiro ceitil.
    Lc.12:59

  3. Paulo disse:

    Nesse momento tão difícil não é hora de citar os versículos bíblicos ,com tom de crítica ,mas é hora de entristecer , é hora de pedir a Deus para que ele console essa Família nesse momento da partida de um ente querido como Cristão temos que mostrar as duas mãos de amor e companheirismo

  4. Mario disse:

    Ele tem 108 anos

Deixe uma resposta para Cardoso Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *