Governo Flávio Dino deixa alunos com fome em Codó e despacha 122 pra casa

Na tarde de ontem, terça-feira, 15 alunos da Escola Estadual Ana Moreira, localizada no povoado Santo Antonio dos Pretos, área rural de Codó, estiveram na sede da Unidade Regional de Educação (URE) denunciando falta de professores (7 ao todo, pois só possuem 4) e a falta de alimentação.

Isaac Oliveira Silva, presidente da turma, explicou que a Ana Moreira usa a chamada pedagogia da alternância, ou seja, durante 15 dias os alunos daquela turma (que chamam de sessão) viram internos tendo necessidade de pelo menos três refeições por dia (café, almoço e janta).

No restante da quinzena eles voltam para praticar o que aprenderam nas suas respectivas comunidades.


SÓ NO FIADO

Ocorre que o governo de Flávio Dino não está mandando a verba para comprar alimentação. A dívida do ‘fiado’ já está em R$ 12.000,00 e ninguém mais quer vender temendo calote.

Sem alimentação dos alunos foram mandados pra casa e sem previsão de retorno. Na URE eles ouviram apenas que daqui de Codó estão sendo feitos vários ofícios pedindo a solução do problema, mas sem respostas.

Por conta disso, a escola encontra-se, temporariamente, fechada prejudicando 122 filhos de lavradores codoenses.

Esta é a Educação 4.0 (IDEB ESTADUAL) de Flávio Dino.

É show

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *