Moradores de Bacabinha denunciam destruição de ponte e obstrução do brejo pela empresa Constru Service

A ESTRADA vicinal que passa por dentro do povoado Bacabinha passou a ser utilizada por caçambas da empresa CONSTRU SERVICE que produz asfalto em área rural de Codó (margem da MA-026, Montevidéu), a mesma que já foi alvo de reclamação de moradores da região por causa da poeira que os veículos provocam no vai-e-vem do transporte de barro para a usina,  todos os dias.

Em Bacabinha as caçambas, obrigatoriamente, tinham que passar por uma ponte construída por cima do  córrego de um grande brejo da região. O tráfego pesado destruiu toda a estrutura, ficaram buracos, tábuas estragadas e a estrutura de base  também não presta mais. Em vez de reformar, contam os moradores, a empresa resolveu fazer um paliativo ambientalmente proibido.

A empresa aterrou o leito do brejo, que tem proteção da lei ambiental como Área de Preservação Permanente,  e construiu uma estrada sobre ele.

“Entupiu o brejo, enche pra cá e pra cá fica seco…E QUEM SAI PREJUDICADO COM ISSO? É nós moradores…QUE TINHA QUE SER FEITO? Feito como eles querem passar e não querem fazer a ponte, eles tinham metido uns tubos e passava a estrada deles por cima…PELO MENOS ISSO? Pelo menos isso, eles não querem fazer a ponte”, reclamou o lavrador Manoel Sousa Barros

EM 15 DIAS

Dona Eva Rodrigues  é uma das moradoras mais revoltadas com a situação. Diz que havia uma promessa da empresa de  reformar a ponte em apenas 15 dias, mas isso nunca aconteceu.

“Com 15 dias eles disseram que iam ajeitar a ponte pro caminho de novo da água, até hoje…QUANTO TEMPO? Meu irmão eu tô botando a base de uns três meses (…)  e agora que vai chegar o inverno como é que essa água vai passar? Não tem condição”

Quem vive em Bacabinha já está solicitando até a fiscalização de órgãos ambientais para ver o problema resolvido.

“a água passava direto pra dentro do brejo, quando eles tamparam ali a água não passa (…) eu só  queria que mandasse ajeitar logo porque aí tá precisando”, sustentou Regiane dos Santos Silva

O QUE DIZ A CONSTRU SERVICE

O administrador  da  Constru Service, Arnaldo Costa, informou que a empresa firmou uma parceria com a Prefeitura de Codó, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Rural, para reformar a ponte, mas a ideia inicial é dá vazão á água do brejo colocando 12 bueiros (tubos de concreto armado) com a estrada passando por cima.

“Nós fizemos uma reforma e depois mandamos nosso técnico dá uma olhada lá e viu que ela tava corroída por baixo. Nós procuramos a adminsitração passada e faz hoje, faz amanhã e como nós temos a necessidade de tá passando, a gente revolveu desmanchar e fazer um acesso por baixo e nos colocamos a disposição pra ajudar com massa, com isso e com aquilo. Só que ficou acertado junto não foi com o prefeito atual foi com o secretário atual que a gente entraria com os tubos porque foi feito um estudo, um estudo com engenheiro e ele disse – olha aqui, como a vazão não é muiuto grande, é preferível fazer tipo uma barragem com bueiros e nós ficamos de entregar os bueiros, só que foi encomendado os bueiros o rapaz me ligou a semana passada, já tá pronto os bueiros, tá só amadurecendo, tá curando, a gente chama curar, né”, disse

A CONSTRU SERVICE se comprometeu em doar os 12 bueiros (tubos) que ainda não estão prontos, talvez ficarão na próxima semana (a de 17 à 23 de dezembro).

“Então nessa semana agora que vem eu já vou mandar buscar 12 bueiros e doar pra prefeitura pra eles entrarem com a mão-de-obra (…) VOCÊ ACREDITA QUE NA PRÓXIMA SEMANA, ARNALDO, VOCÊS JÁ BUSQUEM ISSO? com certeza, agora assim te explicar uma coisa, se eles não tiverem prontos não adianta colocar que vai dá problema de rachadura, vai dá um problema, mas eu acredito que na outra semana, porque a fase de cura é uns 15 dias, acredito que na outra semana já esteja no ponto, nós vamos buscar aí eu vou conversar com o sub-secretário ou com o prefeito mesmo pra gente  concluir isso lá”

A prefeitura fará o restante do serviço dando viabilidade ao  curso da água e  à estrada. O secretário de Desenvolvimento Urbano e Rural, Roberto Albuquerque, segundo Arnaldo Costa, está em tratamento do coração em São Paulo, o que nos impossiblitou de ouvi-lo, diretamente, a respeito.

10 Responses to Moradores de Bacabinha denunciam destruição de ponte e obstrução do brejo pela empresa Constru Service

  1. Indignado. disse:

    Espero que as autoridades tomem providencia urgente, pois esse é mais um crime ambiental que está ocorrendo na nossa cidade e não pode e em deve ficar impune,onde já se viu obstruir um curso de água de um brejo sem licença ambiental pra isso, prejudicando uma comunidade e comprometendo os recursos naturais da região. Cadê as autoridades? onde está o conselho municipal de meio ambiente? e a secretaria serve pra que? essa atividade deve ser suspensa imediatamente e as caçambas só deverão voltar quando a empresa resolver o problema e logicamente pagar multa pelo crime que já cometeu. Atenção OAB, atenção ministério publico vamos agir, ajudem a proteger o meio ambiente e o povo humilde que esta tendo seus direitos usurpados pela ganancia.

    • robson disse:

      senhor indignado, vc está falando a pura verdade. Eu acho que o prefeito está fazendo uma boa administração. Parte da população não está satisfeita mas atribuo a este comportamento ao fato de alguns populares estarem acostumados aos maus hábitos dos governantes anteriores.É evidente que ele como todos nós estamos sujeitos a cometer êrros, todos nós, não somos perfeitos.
      Tem muita coisa a ser esclarecida em Codó, são muitas mas vou citar somente duas. Esclarecimentos sobre a gestão do Saae tanto no Saae como na Câmara. Este cidadão deitou e rolou esnobou e ainda se acha a bala que matou o Kennedy e nada foi feito. O outro caso, dentro inúmeros, que não sei se já foi elucidado, é o caso do caminhão baú no dezessete com desvio de produtos do povo sendo desviado pelo Senhor Benedito.
      tres pessoas que prestam serviços a prefeitura e que representam um grande perigo para o senhor

  2. Língua de trapo disse:

    O tráfego destas caçambas no interior representam um grande risco para a população sem falar nos estragos causados nas estradas vicinais que eles não recuperam. É bom lembrar que está uzina não traz nenhum benefício ao município. Como se trata do imperador tudo pode.

  3. Língua de trapo disse:

    Acelio: por falar em poluição e esculhambacao pergunte no seu blog quando é que vai fazer alguma coisa pelo mercado Central. Começaram e pararam. Agora a coisa está pior. Parece que tem uma caveira de burro enterrada ali. Muita sujeira e a inspeção sanitária não vê nada. Uma falta de vergonha.

  4. robson disse:

    esta construtora pertence ao senhor imperador de dom pedro que ja foi preso duas vezes. este cidadão. está ganhando rios de dinheiro no governo dino e etc…… todo o cuidado é pouco.

  5. Júnior disse:

    Duvido que tenham LP, LI e LO, com certeza não tem nenhum tipo de licenciamento Ambiental, não possui outorga para retirada de água em ponto de captação, nao possui um PBA Plano Básico Ambiental, não tem nada, nenhum estudo sobre impactos sócio ambiental, pois estão causando prejuízos as comunidades e a Secretaria de Enfeite e Meio Ambiente de Codó não irá fazer nada, pois é incapaz de agir e atuar a favor do meio ambiente, servem puramente de enfeite, só existe no papel.

  6. CLAREZA disse:

    Senhor prefeito cerque-se de segurança pois está acompanhado de pessoas perigozissimas como:

  7. CLAREZA disse:

    com os cobeis, barroso e imperador

  8. sandra disse:

    acelio pelo que entendi o sr robson sabe quem é o indignado. como? Denúncia o cara Robson

    • robson disse:

      sandrinha querida, não precisa denunciar, até uma criança está vendo. codó é uma cidade que algumas pessoas transformam areia em ouro da noite para o dia. eu não acredito em magia negra mas codó tem tantos terreiros que pode estar funcionando.
      Aguarde Sandra que tudo virá a tona normalmente. é esperar pra ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *