Presidente diz que Nagib terá dificuldades para botar servidor pra trabalhar 8 horas por dia

O presidente do SINDSSERM, Antonio Celso Moreira, concedeu entrevista ontem, 9, ao programa COISAS DO POVO. Evitou críticas mais severas, que é o estilo do presidente, por entender que ainda é cedo, conforme disse ao radialista Francisco Lemos, que o entrevistou na Eldorado AM.

Fez  referência apenas à cor do fardamento da prefeitura no novo governo.

“Por enquanto tá só na farda, vamos observar se essa cor vai se estender aos prédios públicos porque aí nós temos que nos mobilizar para fazer com que a lei seja cumprida”, alertou

“SÓ NO DISSE ME DISSE”

Celso informou que muita informação está chegando ao sindicato, mas tudo apenas à base do ‘disse me disse’.  Deixou claro que dessa forma nenhuma denúncia pode ser levada pelo setor jurídico do SINDSSERM à Justiça pois é preciso provar o que se diz perante ao juiz.

“Disse me disse, me disseram, eu vi dizer e o jurídico do sindicato ele não pode atuar diante do que me disseram porque a gente sabe que processo judicial você tem que provar aí – ah! Eu acho que o governo vai fazer isso, nós temos que aguardar o que o governo vai fazer e se essas medidas ferirem direitos dos trabalhadores aí o sindicato vai agir, entra em ação’

MUDANÇA DE HORÁRIO DE TRABALHO

Lemos tocou no assunto mais efervescente do momento entre os servidores – horário de trabalho. Fala-se que todos terão que trabalhar 8 horas por dia e não apenas 6 ou um turno. Foi levantado o exemplo dos ASSISTENTES ADMINISTRATIVOS.

O presidente disse que qualquer mudança terá que ser feita por meio oficial e não apenas por recado do prefeito Francisco Nagib à quem quer que seja.

“Ele tem que mostrar através de algum decreto, alguma portaria, não dizer, mandar dizer por alguém que vai ser assim, assado como se a administração foi o quintal da minha casa ou a cozinha da minha casa, o que tem que ficar muito claro é que na administração pública existem regras, existem leis”, disse

Ele levou ao ar o art. 22, do Estatuto do Servidor Público Municipal de Codó, que determina horário de apenas 6 horas por dia, com apenas uma exceção.

“A LEI  1.072, é o Estatuto do Servidor Público, e no art. 22, ele é muito claro, art. 22, qualquer pessoa que quiser acompanhar basta pegar o estatuto que diz o seguinte: OCUPANTE DE CARGO DE PROVIMENTO EFETIVO, ou seja o servidor efetivo, fica sujeito à 30 horas semanais, 30 horas semanais, salvo quando a lei estabelecer duração diversa, ou seja, para realizar algo diferente do que está aqui tem que passar por um processo de mudança da lei, então a obrigação do assistente administrativo, qual a obrigação dele? Trabalhar 6 horas (…) e o parágrafo único diz o seguinte: o exercício de cargo em comissão, de função gratificada, implicará, obrigatoriamente em 8 horas diárias de trabalho, ou seja, aquele assistente administrativo que pegou o cargo de secretário, que tem ainda existe na escola, ou seja, o secretário da escola então este vai trabalhar manhã e tarde, pronto, aí a lei tá determinada aqui, por mais que o administrador queira botar alguém pra trabalhar sei lá 10 horas, 12 horas, mas a lei não ampara isso ”, afirmou

19 Responses to Presidente diz que Nagib terá dificuldades para botar servidor pra trabalhar 8 horas por dia

  1. Ana Lucia disse:

    Acho incrível o servidor de Codó trabalhar 6. Por que a diferença? Incham a maquina publica por que precisam contratar mais daí não sobra dinheiro para investimentos….na rede privada trabalha-se 8 horas e ninguém morre… Por isso o Brasil esta enrascado…

    • Lúcia disse:

      Se você fosse CONCURSADA, com certeza não reclamaria. Querida!! 6 horas de trabalho são direitos sociais garantidos por lei. Todos que fizerem o concurso público e estava lá trabalhar por seis horas diárias, tem mais é que fazer valer seu direito. Serviço público não é empresa privada, não é A FC Oliveira não.
      Esse prefeito vai ter problema, porque lei é lei e ele não é dono da cidade não.
      Ele deve baixar é o salário absurdo dados aos secretários dele.
      Esse é o mal do povo codoense, não reclama dos salários exorbitantes dos políticos que mal trabalham, mas querem reclamar do funcionário público que ganha uma merreca,e estão lá fazendo o trabalho deles dignamente.

  2. Idelfonso Barros disse:

    Meu caro jornalista, tem que colocar este povo para trabalhar, é um absurdo você chegar na prefeitura de meio dia e não tem ninguém trabalhando, afinal de contas quem paga seus salários somos nós, contribuinte.

  3. Cmoura disse:

    Se todos os servidores do governo municipal trabalharem 6 horas, teremos uma verdadeira efervescência, muita produção. Codó será outra.

  4. De Olho disse:

    Tem que trabalhar 8:00 hs, vcs do Sindicato deveria ajudar, mais o papel de vcs e proteger a LEI, mesmo sendo prejudicial.

  5. codoense disse:

    tem que trabalhar 8:00 horas por dia igual a qualquer outro trabalhador.

  6. socorro disse:

    PREFEITO NAGIB ESTA CERTO. TEM GENTE VENDENDO PRODUTOS DE BELEZA E INDO EMBORA. NÃO TRABALHA NEM 6 HORAS QUANTO MAIS 8

  7. Paula alencar disse:

    KKKKK ESSE IDELFONSO BARROS E MESMO UMA PIADA EM 1997 QUANDO ESSA LEI 1072/97 FOI APROVADA SEU IRMÃO IEDO BARROS ENTÃO VEREADOR E ELE MESMO IDELFONSO BARROS SECRETARIO DE OBRA DO PREFEITO RICARDO ARCHER NÃO ABRIRÃO A BOCA PRA CRITICAR A LEI Q E COPIA FIEL DO ESTATUTO DO SERVIDOR FEDERAL VAI EX VEREADOR

  8. verdade disse:

    Bom se o servidor entrar as 8 horas como é de costume ele tem que sair as 14:00 horas, agora vai lá 1:00 pra ver se tem alguem, imagine se forem trabalhar 8 horas.

    • Ana Cleide disse:

      “Bom se o servidor entrar as 8 horas como é de costume ele tem que sair as 14:00 horas, agora vai lá 1:00 pra ver se tem alguem, imagine se forem trabalhar 8 horas”.

      Vai ter alguém sim. E muito alem da discussão sobre o horário está cumprir o Estatuto.
      E ai Presidente o Sindicato vai agir ou não.

  9. ANTONIO CELSO disse:

    O pessoal dos comentários pro governo, sabe o que é a Constituição Federal? Um livro com a capa verde e uma parte da bandeira nacional. Lá no Artigo 7º e inciso XIV. Sugiro que leia.

    Há uma grande diferença entre aquele que conhece seus direitos e luta por ele, aquele que finge que conhecê-los, ou se conhece tem medo e o ignorante bajulador.

  10. Ana Cleide disse:

    Presidente Celso se o Sindicato está aguardando decisão sobre o horário(8 horas) para tomar atitude, informo que o Decreto já foi feito e publicado é hora de agir, pois pelo Estatuto o servidor deve trabalhar 6 horas.

    Se alguém chegar na Prefeitura às 12:00 horas realmente não vai encontrar servidor, por que se o horário for de 8:00 horas nesse horário o servidor sai para almoçar. Entendeu seu Idelfons: O servidor sai 12:00h pra retornar às 14:00h. Desde quando você entende de horário de trabalho? É servidor público?

  11. Rodolfo disse:

    Afinal se é cobrado deveres do servidor que se encontram no Estatuto, porque não dá os direitos que se encontram lá. Não existem duas medidas.

  12. Rodolfo disse:

    Presidente o Decreto foi publicado era isso que faltava para o Sindicato agir? Não falta mais peça a cópia. No Estatuto são 6 horas o horário do servidor.

  13. kekel disse:

    Temos que faer valer nossos direitos sim. Não devemos abaixar nossas cabeças e .nem calar. Vamos a luta meu povo

  14. kekel disse:

    Não temos que nos calar nem pra prefeito e nem ao menos para seus bajuladores. Vamos la sindicato vamos agir. Vamos agir

  15. Idelfonso Barros disse:

    Paula Alencar trabalho de 6 da manhã as 6 da tarde 7 dias por semana e tem que colocar este povo para trabalhar 8 horas por dia uma parte do salario deles sou eu que pago, pois sou o maior contribuinte de iss de Codó, e se eu fosse o Prefeito todo vagabundo que recebia dinheiro sem trabalhar, eu colocaria na justiça para serem devolvidos o dinheiro que eles roubaram da Prefeitura, quanto a epoca em que fui Secretário de Obras, falei varias vezes nas radios que minha Secretária precisava de 8 horas de trabalho dos seus colaboradores.Perguntar não ofende será que tu ou um parente teu é um destes, que vão só dar expediente ou um dos vagabu
    ndos que roubavam os cofres recebendo sem trabalhar?

  16. Idelfonso Barros disse:

    Dona Ana Cleide tem que botar para trabalhar 6 horas direto ou 8 horas com intervalo como manda a lei trabalhista brasileira, tem que acabar com esta mamata. Quem não quiser peça para sair e todo vagabundo, ladrão que recebia sem trabalhar, tem que devolver o que recebeu, pois trata-se de roubo.

  17. voto valido disse:

    O prefeito vai rasgar a Constituição Federal como rasgou o edital do seletivo de Diretores onde até hoje tem diretores trabalhando que nao fizeram seletivo no qual eram pra sairem junto com o Zito já que nao tem documentação e os veredores eram para indicarem os novos gestores para as vagas existentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *