Compre agora sua cartela do CODÓ FELIZ – Domingo tem R$ 36.000,00 esperando você

O CODÓ FELIZ chega a sua 91ª Extração e vai disponibilizar para a sua sorte R$ 36.000,00. Compre já a sua cartela e não perca esta oportunidade.

NOVA POLICLÍNICA CORTEZ – Marque já sua consulta com nosso cardiologista Dr. Pabllo Cortez

Cuide bem do seu coração com o especialista em Cardiologia, Dr. Pabllo Cortez. 

Ele atende de segunda a sexta-feira na Nova Policlínica Cortez. A entrega do resultado do seu eletrocardiograma no mesmo dia.

Marque já a sua consulta pelo zap 98823-5215.

Professor Marcos mostra preocupação com a crise instalada na Câmara de Codó

Texto publicado via whatsApp pelo professor Marcos Antonio da Silva, atual presidente do SINTSERM, mostra sua preocupação com a briga entre Francisco Nagib e Expedito Carneiro que está respingando nos servidores, no bolso dos vereadores e, na opinião, dele, na população. LEIA ABAIXO:

Professor Marcos Antonio da Silva

O CAOS INSTALADO NA CÂMARA DE VEREADORES PODE ESTAR INTERFERINDO  DIRETAMENTE NA VIDA DO CIDADÃO CODOENSE!

Um dos principais poderes responsáveis em defender os direitos básicos da população precisa atuar de forma firme e eficaz, o que não se vem observando ultimamente por parte do Legislativo codoense!

Essa queda de braço que ocorre há um bom tempo entre a presidência da Câmara e o Executivo Municipal termina de uma certa forma   prejudicando o andamento dos trabalhos por lá e consequentemente interferindo na qualidade de vida dos codoenses.

Diversos são os problemas enfrentados atualmente pelo povo nos vários setores a destacar:

  • Saúde precarizada, falta de infraestrutura na cidade, algumas poucas obras paradas, a exemplo do mercado de peixes, desemprego, educação parada causando total prejuízo aos alunos da rede pública municipal de ensino, entre outras questões… Nesse sentido, com os vereadores que são e ou deveriam ser a principal voz do povo na qualidade de nossos representantes silenciados diante de tudo isto, o executivo agradece!

Todo este impasse precisa ser resolvido o quanto antes, para que  possamos voltar a normalidade e que ambas as partes CÂMARA E PREFEITURA, cumpra com suas responsabilidades, obrigações e deveres!

POPULAÇÃO CODOENSE, fiquemos atentos à tudo isto que vem ocorrendo em nosso município, pois os maiores prejudicados com isto somos nós.

Prof. Marco Antonio da Silva

CRISE NA CÂMARA: Expedito paga funcionários, deixa vereadores na pindaíba e anuncia demissões

Ontem foi um dia importante para os funcionários da CÂMARA MUNICIPAL DE CODÓ que aguardavam pagamento de seus salários desde 10 de janeiro de 2019.

Expedito Carneiro reuniu-se com todos, no plenário da Casa, e, na presença da TV Cidade, garantiu que pagará os cerca de 70 servidores deixando na ‘liseira’ ele e os demais 16 vereadores de Codó.

Alega que os R$ 279 mil que a Prefeitura repassou não dá para cobrir todas as despesas, incluindo o salário dos próprios parlamentares.

O presidente tambem garantiu que vai demitir se os R$ 81 mil retirados por Francisco Nagib para pagar uma divida da Camara nao voltar a ser repassado mensalmente.

ENTENDA: Governador mexe na estrutura e Zito Rolim fica mais perto de assumir vaga de deputado

Ontem, 5,  o governador Flávio Dino, usando sua conta no Twitter, confirmou que o deputado Marcelo Tavares (PSB) volta a ser chefe da Casa Civil amanhã, quinta-feira.

Flávio Dino recebe prefeito , Chiquinho Oliveira e Zito Rolim

“A partir de quinta-feira, o deputado Marcelo Tavares retornará à chefia da Casa Civil, cargo que exercerá no nosso 2º mandato no Governo do Maranhão”, escreveu o governador.

Tavares faz parte da coligação PDT/PCdoB/PSB/PRB/PR/DEM/PP/PTC/AVANTE, a mesma de Zito Rolim que ficou na suplência.

Com Marcelo Tavares indo para o Executivo, o site G1 Maranhão divulgou que assumirá sua vaga na Assembleia Legislativa do Estado o pai do atual prefeito de São Luís, o, a partir de amanhã, deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC).

Isso diminui a fila do ex-prefeito de Codó para sentar numa cadeira do Legislativo Estadual nos próximos 4 anos.

Edivaldo Holanda era o primeiro suplente da coligação, Ariston (do partido AVANTE)  o segundo e Zito Rolim (PDT) o terceiro, seguido ainda por Valéria Macedo, também do PDT.

Subindo Holanda, Rolim sobe um degrau na escada da espera.

É preciso alocar no Executivo Ariston, do Avante, e convencer Edivaldo Holanda a também ocupar um outro cargo fora do Legislativo Estadual.

Complexo, ao primeiro olhar, mas não impossível se o governador Flávio Dino quiser mesmo fazer uma gracinha com o ex-prefeito codoense que, certamente, vive esta expectativa, assim como seus eleitores.

Sem aulas Codó recebeu em janeiro R$ 15.214.516,65 do FUNDEB – Leia o artigo ‘O ESPELHO DO RETROCESSO’

O governo “Mais avanço, mais conquistas”, uma vez mais, demonstra incontestavelmente a falta de compromisso para com o sistema municipal de ensino. E, paralelamente, total desrespeito para com a categoria. Há informações ‘rolando’ nas redes sociais de que a previsão para o início do ano letivo acontecerá somente no mês de março – pós-período carnavalesco.

Professor Jacinto Junior – um pensador contemporâneo

Esse gesto icônico coopera para aquilo que, historicamente, entendemos como método invertido do discurso moderno-modernizante. E o que caracteriza esse processo deteriorante é a mesmice; sendo, portanto, a tônica reprodutora desse embalado anacronismo educacional.

Em que momento de nossa triturada história político-social haveremos de colher em terreno fértil uma boa semente, sadia, sem agrotóxico? – obviamente que, a verdade não faz parte em nenhum momento desse processo político na perspectiva do engrandecimento de nossa violentada cidade!

Temos sim, um gestor ‘descolado’ – fruto de uma mídia especializada em produzir fatos bombásticos, cuja finalidade é impressionar o cidadão, gerar expetativas e, principalmente, causar impacto aos filhos de Codó de que “o melhor ainda está por vir”! Aqui, se confirma essa tese antagônica. Afora, isso, vejamos o outro lado da história, o lado da nossa educação!

Qual o objetivo prático que tem o governo “Mais avanço, mais conquistas”, em prorrogar para o próximo mês (03/19) o início do ano letivo? Essa estratégia política tem alguma relação com o seu ‘batido’ discurso no campo econômico – controle de gastos – ou, ainda, algo em torno da recontratação de pessoal que só pode ocorrer sobre a aprovação de um projeto de lei que fora apresentado pelo vereador e líder de governo Max Tony? O fato concreto é que o governo antipovo, antidemocrático e autoritário (grifo nosso), não tem como prioridade a qualidade do ensino e, menos ainda, o avanço da aprendizagem dos educandos, ao contrário, pretende embaralhar o ano letivo e institucionalizar prejuízo ao professor, ao secretário escolar, ao Orientador Pedagógico, ao aluno; enfim, todos os envolvidos no processo educativo.

A gestão “Mais avanço, mais conquistas” ainda não percebeu que está no prejuízo? Veja então, as notas do IDEB de 2013, 2015 e 2017! Somente o IDEB de 2009 e 2011 foi positivo! Esse fato é inquestionável e fico feliz por ter contribuído para o avanço do ensino e sua consequente qualidade.

Quando afirmamos que o governo “Mais avanço, mais conquistas”, se mede pelo retrocesso não é nenhum exagero; é uma confirmação intrínseca de um fato histórico! Ele reflete o discurso maledicente da meritocracia inoperante. A realidade educacional local que o diga! Alhures já discorri a esse respeito.

O gestor “descolado” ainda insiste sobre o discurso de desde o início: de que a gestão pública moderna, eficiente e eficaz tem na meritocracia seu fundamento. Tal fetiche resultou no desequilíbrio e no desajuste estrutural no setor educacional.

A principal arma para equalizar/reestruturar/resgatar o sistema municipal de ensino de nossa cidade é inverter a lógica impregnada pelo capital – tendo como pano de fundo, a contenção de gastos – de que um indivíduo pode ser o grande redentor da realidade social. Não, isso é impossível, especialmente quando se trata do campo educacional, onde o ambiente/relação interpessoal deve caracterizar-se pela mediação coletivizada.

No sistema municipal de ensino não há um único ‘salvador’, há uma ação coletiva – marcada pela unidade dos trabalhadores em cumprir suas tarefas institucionais. Além disso, é fundamental oferecer as condições de trabalho: material didático-pedagógico e permanente, biblioteca, infraestrutura adequada para que o educando possa realizar suas tarefas com dignidade e etc.

Não há justificativa plausível para o adiamento do ano letivo. O custo desse adiamento será refletido no processo ensino-aprendizagem.

Se, por um lado, a gestão “Mais avanço, mais conquistas” compreende que essa tomada de decisão é a ideal na perspectiva de economizar, por outro, temos plena convicção de que a mesma produzirá um efeito profundamente negativo sobre os educandos. Gostaria neste ínterim, apresentar o valor transferido pelo governo federal à conta do FUNDEB/Codó:

Mês/Ano FUNDEB/CODÓ
Janeiro/2019 Valor Transferido (R$ 1,00)
Débito Benef. R$ 81.077.889,00
Crédito Benef. R$ 96.352.405,65
Total R$ 15.214.516,65

                   Fonte: www.tesouro.fazenda.gov.br acessado em 02/02/2019.

Resumindo: Codó recebeu a cifra de R$ 15.214.516,65 em janeiro/2019. Ora, certamente que a prorrogação do ano letivo não se justifica pela ausência de recursos financeiros. Há outro motivo para tal decisão. A folha de pagamento será muito leve e, portanto, haverá um saldo significativo para o próximo mês. Isto é, na parte dos 40%.

O governo “Mais avanço, mais conquistas” enamora com o retrocesso e quer casar com o atraso meritocrático, o resultado disso é o completo abandono da estrutura de governo que estamos testemunhando.

A verdadeira revolução educacional tem como pano de fundo o comprometimento da gestão em investir no setor.

Por Jacinto Junior

Jamile Amanda, jovem codoense que lutava contra um câncer violento, morre em Caxias

Morreu por volta das 11h da manhã desta terça-feira, 6,  a jovem codoense Jamile Amanda Moraes Lopes, que vinha lutando contra um câncer violento desde setembro de 2018 quando descobriu a doença já em estado avançado.

Jamile Amanda (foto enviada por Gabriel Marley)

De acordo com o radialista Gabriel Marley, fonte desta notícia, Jamile chegou a passar por cirurgias em Caxias.

“Ela vinha fazendo o procedimento em Caxias, quimioterapia, ela fez uma cirurgia pra retirar um tumor, mas aí o câncer era muito agressivo e foi se instalando noutros lugares do corpo dela e desde setembro que ela vem lutando e hoje (5) ela faleceu 11h da manhã em Caxias”, contou o radialista

Jamile chegou a ser alvo de uma campanha par angariar fundos em estabelecimentos comerciais, por meio daquelas caixinhas para depositar qualquer quantia,  e nas redes sociais.

O corpo está sendo velado na rua Nina Rodrigues e o sepultamento será às 9h da manhã, desta quarta-feira,  6, no cemitério Boa Vista, no bairro Trizidela.

FOTOGRAFIAS: Conheça e sinta a alegria de mais um time de ganhadores do CODÓ FELIZ

Veja o ganhadores do CODÓ FELIZ da extração ocorrida no último domingo, 3 de fevereiro de 2019.

PROTESTO: BR-135 voltará a ser fechada novamente esta semana em Matões do Norte

Notícias vindas da imprensa da região de Matões do Norte dão conta de que haverá na próxima sexta-feira (não se sabe se pela manhã ou à tarde) haverá nova interdição da BR-135 em frente ao Hospital Geral de Matões do Norte.

O motivo é que os funcionários até hoje, apesar de toda a insistência na reunião com as duas representantes do Governo do Estado e da Empresa Maranhense de Administração Hospitalar, nunca conseguiram um documento escrito que registre as promessas feitas dia 1º de fevereiro quando a BR-135 foi fechada das 14h às 19h30.

A Secretaria de Estado da Saúde não se mostra favorável a emitir o documento sendo clara sobre a reforma do Hospital que resultou no afastamento de todos os funcionários e fechamento da unidade que atendia a pacientes de 14 municípios da região.

Abaixo texto que circula nas redes sociais sobre a nova interdição.


POPULAÇÃO DE 14 MUNICÍPIOS E TRABALHADORES DE SAÚDE FARÃO NOVA PARALIZAÇÃO EM MATÕES DO NORTE

Mais uma vez a população de Matões do Norte e demais 14 municípios que tiveram o atendimento de saúde suspenso e o Hospital Geral de Matões fechado, sairão às ruas juntamente com os trabalhadores de saúde para reivindicar a reabertura do Hospital e a garantia do emprego aos trabalhadores.

Desde que o Hospital foi fechado na última sexta-feira, dia primeiro de fevereiro e os profissionais e supostos integrantes da gestão mandaram os profissionais retirarem-se do Hospital, a população, os trabalhadores e os Sindicatos dos trabalhadores buscam um acordo por escrito com a Secretaria Estadual de Saúde informando a data em que o Hospital será reaberto, assim como a assinatura imediata da carteira de trabalho de todos os trabalhadores, já que a empresa terceirizada para assinar as carteira já foi licitada.

Ocorre que a Secretaria de Saúde recusou-se a cumprir sua obrigação de oficializar o qe está apenas verbalizando até agora.

O Secretário de saúde publicou em seu perfil uma Faixa na porta do hospital com a palavra reforma, puro amadorismo, não tem o número de contratos de licitação, o nome do engenheiro responsável pela obra, data de início ou de término, fato que deixou a população  preocupada, pois todos pagam impostos e cobram a transparência.

Os prejuízos até agora para a população já são incalculáveis, centenas de pessoas com sérios problemas de saúde que ficaram sem cirurgias,  outros ficaram sem acompanhamento da cirurgia que fizeram, além disso a população simplesmente não tem onde buscar atendimento, uma vez que esse era o hospital da região.

Devido a tanto prejuízo a população fará nova paralização na sexta-feira, dia 8 de fevereiro de 2019 na BR em frente ao Hospital para chamar a atenção do governo sobre a necessidade de oficializar seus atos e enviar documentos por escrito com relatório da SUVISA(Superintendência de Vigilãncia Sanitária) que motivou a reforma, editais de licitação, números de contratos, engenheiros, orçamento, gasto; a reforma tem que ser feita na forma dale, com segurança e o povo quer acompanhar, pois isso deveria ter sido publicado mesmo antes da obra.

Assim o povo e os trabalhadores de Matões e Região convidam a imprensa , representantes do povo e dos movimentos sociais para se fazerem presente em frente ao Hospital de Matões na sexta-feira, dia 8 de fevereiro às 9 horas da manhã onde acontecerá uma grande paralização reivindicando a reabertura do Hospital Geral de Matões.

Grande evento de esporte, louvor e fé promove saúde e a luta contra as drogas para a juventude codoense

Músicas dançantes, peças teatrais, partidas de futebol, muita Fé e Louvor marcaram a Copa Força Jovem Universal, realizada no primeiro domingo de fevereiro no Ginásio Poliesportivo Carlos Fernando. O evento, organizado pela Força Jovem Universal em parceria com a Prefeitura Municipal de Codó, reuniu centenas de jovens.

De acordo com o superintendente municipal da juventude, Valdeci Calixto, o objetivo principal do evento é promover a saúde, cultura e esporte, afastando os jovens do uso de drogas, da marginalidade e automutilação.

São ações como essas que nos proporcionam momentos de propagação da fé e nos dão a melhor ferramenta para tirar nossa juventude do caminho do mal. Assim, nossos jovens podem vislumbrar um futuro promissor. Desta forma estamos promovendo a paz nas famílias e estimulando que nossos jovens sejam felizes na Presença do Senhor Deus. Agradeço ao nosso Prefeito Nagib, por ter nos dado todas as condições, ao Secretário João dos Plásticos e toda a equipe da FJU. Todos juntos pelo bem da nossa juventude” finalizou Valdeci.

O evento foi a oportunidade para um grande encontro da juventude codoense em torno de atividades edificantes e que objetivam saúde, bem estar e o fortalecimento da fé, como relatado no emotivo testemunho da jovem Thais. “Eu cheguei a tentar o suicídio três vezes, além de ter usado muita droga. Através desse trabalho, pude perceber o real valor da vida, me aproximei de Deus e aqui quero ficar. Hoje sou feliz”, desabafou a jovem.

Para o obreiro Jorge, é necessário que mais eventos como esse aconteçam em Codó. “Essa combinação de música, dança e futebol na presença de Deus tem um grande valor pra sociedade, pois aqui o jovem aprende a deixar as coisas ruins e ao mesmo tempo se divertir na presença do Espírito Santo. Queremos agradecer o Prefeito Nagib e ao nosso amigo Valdeci Calixto. Não é de hoje que esses amigos apóiam nossos projetos, e a juventude é quem ganha com isso, para honra e Glória do Senhor“, ressaltou o obreiro.

Na disputa do torneio do futebol, o time da Trizidela venceu a competição, em confronto emocionante com a equipe do bairro Codó Novo.

Ascom