Ciretran comemora 7 meses sem mortes no trânsito

César orienta condutor

A blitz foi realizada na manhã desta terça-feira, 19, em diversos pontos da cidade (Av. Augusto Teixeira, Trizidela). Motociclistas e motoristas, abordados, receberam panfletos sobre como se comportar melhor no trânsito e algumas orientações para evitar problemas.

A iniciativa foi da 3ª Circunscrição Regional de Trânsito de Codó para comemorar 7 meses sem acidentes com mortes na cidade. A última registrada foi no início de setembro do ano passado, quando um mototaxista bateu num carro no final da Av. Santos Dumon.

O chefe da 3ª Ciretran, César Roberto Oliveira Soares, explicou que a fiscalização e a conscientização, inclusive nas escolas, tem gerado resultado, mas é preciso manter este comportamento.

pedir a população que procure entender um pouquinho mais porque essa cobrança é só para proteger o bem maior que é a tua vida… é a população, de modo geral, que tem que colaborar com essa situação do trânsito porque trânsito envolve todo mundo” , disse César Roberto

ESTUDANTES

Dezenas de estudantes acompanharam a blitz comemorativa. Para alguns o município precisa também incluir a educação no trânsito no currículo das escolas da rede pública.

“era melhor porque aí a gente ía ficar mais prevenido no trânsito”, disse a estudante Jéssia Queiroz, de 14 anos, da escola Governador Archer

blitz educativa

Quem passou pela blitz também reforçou a ideia de que é preciso ter consciência atrás do volante ou pilotando uma motocicleta, principalmente. Do contrário, todo esse trabalho perderá sua força. É como pensa o soldador Edilson Lopes de França, ouvido pelo blogdoacelio.

se você não se comportar ou você acaba batendo numa criança, num pai de família ou você mesmo vai parar no hospital…Se o cara não tiver a consciência para dirigir um carro ou uma moto é melhor ele ficar em casa”, afirmou o soldador

Vereador divulga pesquisa onde Zito aparece reeleito tranquilamente

O vereador, Leonel Filho, encerrou a sessão ordinária de ontem, 18, divulgando uma pesquisa de opinião pública sobre a pretensão do eleitorado codoense em relação à 2012.

A pesquisa, pelas perguntas era induzida, e, em meio aos risos da oposição, principalmente, que se podia ouvir na transmissão da rádio Mirante, ele soltou os números.

VOCÊ VOTARIA NO PREFEITO ZITO ROLIM PARA UM SEGUNDO MANDATO?

SIM 48,33%

NÃO 35,72%

SE A ELEIÇÃO FOSSE HOJE, EM QUEM VOCÊ VOTARIA?

ZITO ROLIM – 31,53%

BINÉ FIGUEIREDO – 24,85%

RICARDO ARCHER – 8,76%

ZÉ FRANCISCO – 7,37%

CHIQUINHO OLIVEIRA – 4,78%

PEDRO BELO – 1,99%

De acordo com Leonel Filho “também aparecem” Diogo Tito e Zé Inácio, mas ele não divulgou a pontuação dos dois.

Nada mais disse a respeito da tal pesquisa, coisas do tipo: quem a teria encomendado, se está registrada. Na sequência, ouviu-se apenas o encerramento da sessão por parte de Antonio Zaidan

Nilsênia Gomes preocupa-se com escuridão nos bairros

Nilsênia Gomes

A vereadora Nilsênia Gomes, fez diversos requerimentos à sua excelência, senhor prefeito Zito Rolim, na noite de segunda-feira. Entre os quais – iluminação pública para as ruas Osmarino Medeiros e Padre Alteredo, ambas no bairro Nova Jerusalém.

A jovem vereadora também esteve vendo a situação dos moradores do bairro Santa Teresinha, para o qual pediu iluminação pública e recapeamento da massa asfáltica da rua Santa Rita.

No bairro São José, mais uma vez Nilsênia encontrou a escuridão que, segundo a própria, “tem causado preocupação para a população que mora e trafega na rua Leopoldo”.

A campeã de indicações, no parlamento, usou a tribuna da Casa para justificar mais quatro pedidos ao Executivo e para agradecer ao governo que tem, prontamente, atendido suas reivindicações.

“Nessa oportunidade também, senhores vereadores eu quero agradecer pelo atendimento de nossas reivindicações, então a gente percebe que o secretário de Obras, Márcio Esmero, tá sempre ouvindo as nossas reclamações e mandando consertar. Eu quero agradecer, realmente, em nome da população de Codó por estar atendendo todas as nossas reivindicações”, disse Nilsênia

Projeto que determina cores da bandeira em prédios públicos continua na gaveta

O projeto de lei de autoria do vereador Figueiredo Junior que determina a pintura de todos os prédios públicos nas cores da bandeira de Codó continua na gaveta do parlamento.

No início da sessão de hoje, o vereador cobrou da mesa e ouviu do 1º secretário, Leonel Filho, que a assessoria jurídica ver um problema – a oneração do Executivo, o que pela legislação vigente não pode ocorrer.

O parlamentar foi acolhido pelo amigo de bloco, Hildemberg Oliveira, que sugeriu até a mudança de texto. Figueiredo Junior ainda justificou que as novas cores fossem incorporadas a partir de mudanças estruturais comuns, inauguração ou reinaugurações para que isso não se tornasse um ônus em função da lei.

O projeto tem o apoio popular porque evita a propaganda criminosa, segundo a Constituição Federal, dos governos que tornaram tradição a pintura de nossos prédios (públicos) com suas respectivas cores, as vezes, até do partido ao qual pertencem.

Se o Ministério Público desse uma atenção, mesmo que básica, à este assunto, nem precisaríamos de uma lei municipal para evitar esta prática, que o diga o art. 37, da CF/88.

Domingos Reis ironiza discurso de Ricardo Torres sobre saúde de Codó

O vereador, Domingos Reis, usou a tribuna da Casa nesta segunda-feira, 18, para criticar o discurso do procurador-geral do município, Ricardo Torres, quando do aniversário de Codó.

Dominguinhos disse que quando seu irmão, Ricardo, tocou na “ferida do governo”, Torres saiu em defesa com uma eloqüência que o surpreendeu. Segundo o parlamentar, o procurador teria afirmado que ano passado o governo de Zito Rolim teria aplicado, não apenas 15% como manda a lei, mas 34% do orçamento em ações da saúde.

DIA DA MENTIRA?

Ironizando a situação, Dominguinhos se perguntou se vivia, naquela data, o dia da mentira.

“Dia da mentira? Não, isso aqui é o dia em que se comemora o aniversário de Codó. Veja bem os senhores, 34% do orçamento do município foram destinados, em 2010, para os gastos com a saúde”, disse

Depois criticou afirmando que não ver onde tanto dinheiro foi investido, pois a população só tem reclamado.

“E a gente ver as reclamações. Vai para o hospital não tem algodão, vai para o posto médico não tem seringa, vai não sei pra onde não tem gases, deixaram de operar por falta de gases”, garantiu

ANEDOTA

Ao final do discurso, o parlamentar do 17 contou uma anedota básica onde alguém teria pedido para que um gênio ressuscitasse sua amada mãe. Achando impossível tal execução o gênio teria lhe concedido outro pedido. O homem então pedira para que ele ajeitasse a saúde de Codó. Neste momento, o gênio olhou para o pedinte e disse – como é mesmo o nome de sua mãe?

Rede Estadual pode ficar sem aulas novamente

Greve

A cidade de Codó tem 9 escolas da rede pública estadual. Encontramos a maioria delas, na manhã de hoje, com aulas em curso, como ocorreu na semana passada, mas os alunos podem voltar a ficar sem elas a qualquer momento.

Esta possibilidade existe porque o Núcleo Regional do Simproesemma reiniciou a paralização esta semana alegando que ainda há recurso para ser julgado no Supremo Tribunal Federal e enquanto não sair a decisão definitiva o movimento tende a se fortalecer novamente.

ALUNOS RECLAMAM

Estudantes

O núcleo fala em 40% de nova adesão. Por isso, encontramos alguns alunos na praça em horário escolar. A ausência dos professores efetivos já mexe no ano letivo 2011, que poderá, como já ocorreu anteriormente, ser encerrado no ano seguinte na opinião da estudante de ensino médio Katrine Sousa.

“Tão dizendo que é até fevereiro…ISSO É RUIM? É, porque o ano letivo termina em dezembro aí vai até fevereiro”, reclamou

Os alunos denunciam que apenas os contratados tem se mantido firme nas salas, o que não é bom.

“Mais ou menos, tem dia que tem, tem dia que não tem. É que tem uns professores que não dão aula, os professores efetivos estão aqui né aí fica só os professores contratados nos dando aula, tem dia que tem, tem dia que não tem”, revelou o estudante Mateus dos Santos Silva

GESTORA NO MP

Gestora regional, Rosa

A gestora regional de educação, professora Raimunda Sousa da Silva, a Rosa, chegou a acionar o núcleo no Ministério Público. Segundo ela, alguns alunos foram impedidos de assistir aula pelo movimento, mas este assunto já foi resolvido com um acordo perante o promotor de Justiça. A preocupação agora é com a reposição das aulas, cujo número de perdidas só aumenta.

“A respeito da reposição nós ainda vamos esperar a reposição de São Luís…MAS É POSSÍVEL? É no sábado, se entrarmos no acordo para darmos aulas no sábado, acredito que dá”, afirmou Rosa

PELO PISO

O coordenador regional do Núcleo do Sindicato, professor Jean Pierry Lopes Siqueira, fala que o movimento é legítimo e reivindica apenas o reajuste no valor do piso salarial ( de R$ 427,49 para R$ 1.187,00). Quanto aos alunos afirma que estes não serão prejudicados.

“Sempre houve aulas iniciando em fevereiro, março abril, maio e iniciou em fevereiro e agora nós que somos culpados, né?…Com certeza, logicamente que a nossa meta não é prejudicar o aluno, está prejudicando sim no sentido oriundo dos professores não dão aula onde depois essas aulas deverão se repostas, então não adianta o professor ir pra sala de aula se o professor não tiver estímulo”, justificou

Ciretran fará blitz comemorativa nesta terça

A Circunscrição Regional de Trânsito realizará amanhã, 19, uma blitz educativa com a participação da Polícia Militar, dos agentes de trânsito e de estudantes da rede pública municipal de ensino.

A movimentação nas ruas será em comemoração há 7 meses sem acidentes com mortes no trânsito aqui de Codó.

A Ciretran vai passar a manhã inteira reforçando a ideia de que é preciso redobrar a atenção para continuarmos sem acidentes com mortes. O movimento está marcado para as 7h da manhã.

Professor Galvão lança pré-candidatura à vereador de Codó

Prof. Galvão

Alvo de uma desconcertante denúncia feita pelo prefeito, Zito Rolim, na última sexta-feira, 15, professor Galvão fez sua defesa afirmando que o denunciante não colocou a “fita toda” e o que fez Rolim seria uma tentativa de acabar com os movimentos liderados por ele em Codó.

“Eu fiz o movimento, eu faço o movimento dentro de Codó e em Codó não vai acabar o movimento por causa disso não”, afirmou em entrevista à TV Codó

Pelo que disse na última sexta-feira, Galvão entende que Zito tem medo dele lançar-se candidato a vereador.

Irritado com a denúncia, o professor lançou sua pré-candidatura no fogo da emoção, em meio às indagações dos repórteres e de toda a comunidade que cobrava a ponte do Codozinho naquele dia.

“E eu digo agora, se ele tinha medo da gente se candidatar agora a gente se candidata, agora eu sou pré-candidato a vereador dessa cidade e mostro pra ele”, afirmou

Timbiras fará mutirão contra a dengue nesta terça

A Secretaria Municipal de Saúde de Timbiras estará realizando nesta terça feira (19) mais um mutirão de combate a dengue com distribuição de panfletos, palestras e coleta de lixo. O objetivo do mutirão é conscientizar a comunidade de que a luta contra a dengue é um dever de cada cidadão e que devemos nos sentir incomodados com a quantidade de irmãos timbirenses atingidos por esse mal.

A concentração será às 7 horas da manhã do dia 19 de abril na praça do Relógio. Alem dos profissionais de saúde do município, o evento contará com a participação de representantes da Secretaria de Estado da Saúde, alunos das escolas publica e particulares, membros de sindicatos, associações e também autoridades convidadas.

As equipes acompanhadas por agentes de endemias e o pessoal da limpeza publica, farão um arrastão nos bairros e centro da cidade colhendo tudo aquilo que possa vir a contribuir para a proliferação do mosquito causador da doença.

“No final das ações será feito um relatório de tudo que foi feito e dos resultados alcançados e depois será entregue para o gestor do município, secretarias e entidades para que através desse levantamento possamos traçar metas de combate permanente do mosquito e livrar o município desse mal”, disse Zezito Junior membro da comissão de combate à dengue em Timbiras.

O Secretário de Saúde do Município Jose Candido acredita que essa é a melhor forma de alertar a população sobre os males que o mosquito pode causar ao ser humano e que as informações que serão levadas de casa em casa fortalecerão o trabalho dos profissionais de endemias no combate ao mosquito Aedes Aegypti causador da dengue.

Por Jotta Orlando, editoria de Timbiras

Promotor que recebeu título de cidadão codoense é alvo de abaixo-assinado

Dr. Alenilton e esposa

Nos últimos 10 anos nenhum promotor de Justiça caiu tanto na graça da população quanto Alenilton Junior, como o conhecemos na imprensa. No sábado, 16 de abril, Alenilton Santos da Silva Junior, evangélico desde pequenininho, foi agraciado com o honroso título de cidadão codoense, concedido pelo legislativo municipal, com apenas 8 meses de atividade neste município.

O promotor é carismático e gosta de ir até onde está o problema, seguindo tendência de Gilberto Câmara criador do projeto Ministério Público nos Bairros. Mas os militantes de movimentos em prol de melhorias sociais urgentes vêem em Dr. Alenilton algo mais.

“Se este homem sair daqui nós estamos arruinados”, disse-me Celma, que preside a Associação das Pessoas com Deficiência de Codó.

FICA DOUTOR

Ela, da ASPONEC, e pessoas de outros movimentos sociais da cidade, estão colhendo assinaturas, com identificação de RG e CPF para dar mais credibilidade, que serão encaminhadas à Procuradora-geral de Justiça do Maranhão, Fátima Travassos. O pedido é um só “Por favor, senhora procuradora, não tire o Dr. Alenilton daqui”, claro, que com outros termos, mais solenes.

O risco de ficarmos órfãos existe porque o estimado promotor ainda está na condição de substituto e até que passe este período probatório, de 3 anos, ele tem que vagar de comarca em comarca até ser nomeado titular de alguma, definitivamente. Isso acontece com todo promotor recém- aprovado em concurso público para integrar a carreira ministerial, (com juízes também).

Vamos torcer para que o abaixo-assinado surta efeito. Alenilton Junior também conquistou a imprensa codoense, atende e fala bem. Se Fátima Travassos não nos atender, vamos orar e rezar para que a comarca definitiva dele seja Codó.