DITADURA: César Santos lembra casos de agressão contra comunicadores de Codó

César Santos contra os corruptos

O radialista César Santos fez um breve relato sobre casos de agressão contra comunicadores codoenses no limite da dor pela perda irreparável do jornalista e blogueiro, Décio Sá, assassinado brutalmente ontem, 23, num restaurante da Av. Litorânea, em São Luís.

Entre os nomes de jornalistas e repórteres já agredidos em Codó o radialista, emocionado, lembrou de Alberto Barros, agredido por um deputado estadual, Djalma Siqueira (já falecido) agredido na rádio Eldorado na década de 80, Gilberto Muniz ( também já falecido, obrigado a comer jornal sob a mira de um revólver dentro de casa), Edmilson Filho ( na rádio Mirante AM), Robson Maia, Osvaldo Filho, o Maozinha, e o próprio César Santos em frente à Câmara e, posteiormente, na frente da prefeitura.

“Eu, César Santos já fui vítima duas vezes aqui em Codó, a primeira na frente da Câmara, a outra na frente da Prefeitura, na frente até mesmo de uma guarda municipal”, reclmou-se

AGRESSORES SÃO DE FAMÍLIAS POLÍTICAS

Todos os agressores são de famílias consideradas ‘tradicionais’ de Codó, políticas em sua maioria, gente que fez uso da própria força para vingar-se dos comunicadores. Pior é quie nem todos os casos receberam a punição devida da Justiça.

“Estamos correndo risco de vida porque para alguns não podemos falar a verdade, para alguns nós temos que fingir que somos mudos e fingir que somos cegos ou então morreremos, mas nós precisamos acreditar que nós temos um Deus e que este Deus está acima de tudo e de todos”, disse

LUTO: Amigos e colegas de Décio aguardam elucidação do crime que chocou o Brasil

Décio Sá

A covardia de alguém calou, para sempre, o maior blogueiro do Maranhão. Pouco se sabe a respeito do crime que chocou a classe de jornalistas do Brasil que tem dado destaque ao fato, inclusive, em rede nacional.

Sabe-se que um pistoleiro foi até o bar, da Avenida Litorânea, ontem à noite, entrou num banheiro próximo para certificar-se de que era mesmo a vítima que procurava e atirou seis vezes, covardemente, contra o companheiro de empresa e profissão Décio Sá. Todos os tiros atingiram-lhe o corpo, a maioria na cabeça.

Os amigos do Sistema Mirante de Comunicação, ao qual Décio pertencia a quase duas décadas trabalhando para o jornal O Estado do Maranhão, e os demais que trabalham com jornalismo no Estado aguardam, ansiosos, notícias policiais sobre a autoria e, claro, a elucidação total deste crime bárbaro contra um profissional da imprensa.

Estamos todos de luto, consternados e solidários à filha de 8 anos deixada pelo colega e sua esposa, grávida de dois meses.

Alguém vingou-se da forma mais cruel possível. Certamente alguém que teve seus podres expostos pelo jornalista e ainda se achou no direito de sentir-se ofendido. É um comportamento típico de bandidos perigosos que se escondem atrás do tapinha nas costas e das promessas falsas que a maioria de nós já conchece.

Que a Justiça seja para todos. Nós, amigos, continuaremos vigilantes junto ao trabalho policial. Torcendo para que logo estajamos aqui expondo o rosto e a história dos bandidos que calaram o melhor de todos, o mais acessado, o mais polêmico do Maranhão.

Descanse em paz, querido Décio.

Reportagem da TV de Biné diz que Fazenda Bonfim ‘é um lugar bonito de se ver e bom para se trabalhar”

Ao som de Avohai, música do Zé Ramalho, a TV Cidade exibiu ontem, 23 no programa Codó Agora, de Jeroan Almada, uma reportagem produzida por Fernando Portela, sobre a Fazenda Bonfim, recentemente exposta na mídia nacional por meio da Agência Repórter Brasil.

Ela divulgou que na Fazenda, do grupo Figueiredo, o Ministério do Trabalho, acompanhado da Polícia Federal, encontrou 7 trabalhadores em situação análoga à de escravos. A agência deu destaque ao fato de que crianças bebiam da mesma água que o gado.

“BOM PARA TRABALHAR”

Na reportagem da TV Cidade, a realidade foi outra. O texto disse que há cuidados veterinários para os bovinos, grandes açudes e que a Fazenda é um lugar bonito de se ver e bom para trabalhar.

Na sequência do vídeo foi explicado porque o local é tão bom – porque todos moram em casas com as mesmas facilidades (benefícios de água potável e energia elétrica) da vida na cidade e os cerca de 10 funcionários trabalham, dignamente, com carteira assinada, como afirmou o gerente Elielson Azevedo à Portela.

BINÉ, BOM PATRÃO?

O repórter fez entrevistas no local, quando procurou saber se as pessoas tinham carteira de trabalho assinada e como Biné Figueiredo os tratava quando de suas visitas de fim de semana.

“Todos têm carteira assinada…É BOM TRABLAHAR AQUI? Rapaz, por enquanto não tenho do que me reclamar não, né, to achando bom…BINÉ É UM BOM PATRÃO? Até hoje não tenho on que dizer dele não, é um bom patrão, tenho o que dizer dele não…ELE ACOMPANHA VOCÊS AQUI? Demais, final de semana ele ta aqui com a gente…UMA BOA RELAÇÃO QUE VOCÊS TÊM COM ELE? Chega aqui dá atenção pra todo mundo, é um bom patrão”, respondeu um entrevistado

O vaqueiro Francisco José, completou Chega aqui tem uma boa relação com nós, não é patrão de ver a gente e não falar, fala com nós tudinho, nós vamos na sede conversa com ele, muito prestativo…VOCÊS TÊM CARTEIRA ASSINADA? Carteira assinada”.

Chiquinho pede condenação para ‘prefeito da época’ do escândalo dos R$ 3 milhões do Saae

Como já era esperado o vereador Chiquinho do Saae falou sobre a decisão da Justiça que condenou a mais de 26 anos de cadeia três ex-funcionários do Saae, que trabalharam entre 2005 e 2008, por estelionato e peculato.

O edil lamentou apenas o fato de, na opinião dele, o mandante não ter sido incluído na sentença. Disse que na autarquia tinha ‘meio mundo’ de documentos provando que o prefeito da época mandava dispensar o valor cobrado na tarifa d’água, as vezes no próprio verso da conta.

“Porque lá tinha meio mundo de documento assinado pelo ex-prefeito mandando dizer, no próprio talão de água pra que a água fosse dispensada”, disse Chiquinho

PARA O MP

Reforçou sua esperança de ver a quem chamou de mandante também sendo condenado, deixando claro que vai fazer, por meio de advogado, com que tais documentos cheguem ao Ministério Público e, posteriormente, à Justiça.

“3 condenados e vem mais gente e o mandante também vai ser citado também com certeza vai ter que se justificar. Então a gente lamenta este episódio porque quem perdeu foi a população, quem perdeu foi o Saae”, afirmou

SAAE PERDEU

Na opinião de Chiquinho o maior lesado nessa história, além da própria autarquia municipal, foi o consumidor codoense.

“É lamentável, mas a gente espera com ansiedade que o responsável por tudo isso também seja condenado, tenho certeza que a população ela não é mais besta porque quem foi enganado nesses R$ 3 milhões aqui, isso não foi tirado do Saae não, isso foi tirado do contribuinte, de pessoas que pagaram sua água na mão desses elementos e o dinheiro ficou na mão deles, não foi depositado”, concluiu

SAMPAIO: Maior grupo lojista de Codó inaugura loja de 600m² climatizada em Timbiras

Empresário Sampaio

O grupo Sampaio é um dos maiores empregadores do Estado do Maranhão. Hoje é formado por 62 lojas de móveis e eletrodomésticos, em três Estados, além de agregar mais quatro outras empresas ligadas ao ramo.

Diretamente, são nada menos que 1.019 empregos com carteira assinada gerados atualmente com capacidade de rápida expansão deste número dado ao seu ritmo acelerado de crescimento anual. Por tudo que representa para o meio empresarial foi homenageado recentemente pela Câmara de Vereadores de Timbiras, quando do aniversário da cidade no início de abril.

Ao blogdoacelio, o empresário Sampaio disse que a homenagem demorou (em tom de brincadeira), mas chegou na hora certa, causando-lhe enorme felicidade.

“É aquela coisa, quem espera sempre alcança. Eu falo assim que fiquei chateado, mas é brincando. Realmente eu fiquei muito feliz e não nego minhas raízes, sou timbirense mesmo”, afirmou

INAUGURAÇÃO

Durante toda esta terça-feira, 24, Timbiras poderá conferir as promoções de inauguração da mais nova loja da cidade. Um espaço amplo de 600 metros quadrados vai estar a disposição dos consumidores no centro, próximo ao hospital. Totalmente climatizada, segundo o empresário, será uma das maiores lojas Sampaio do Maranhão.

“Nós estamos, com certeza, inaugurando uma das mais belas lojas da empresa, já temos bastante lojas botinas, hoje a Casa Sampaio é referência em móveis e eletrodomésticos, então Timbiras está ganhando uma loja de 600 metros quadrados, vamos climatizar, se ainda não estiver no ponto hoje vai ser por um probleminha da Cemar, você sabe que geralmente a gente encontra, mas dentro de 6 ou dez dias ta climatizada a loja”, assegurou

Ao ser chamado de ‘cansado’, Dominguinhos diz que ainda faz ‘dever de casa’ direitinho

Domingos Reis fez uso da palavra para, entre outras coisas, dizer que não ficou chateado com os comentários do radialista, JJP, da rádio Mirante, que o teria chamado de ‘cansado’.

Em reposta o edil argumentou que faz sua ‘caminhadinha’ e executa o ‘dever de casa’ com perfeição, não se considerando um ‘cansado’ como dissera o radialista à quem mandou um abraço, em tom de ironia.

O pretenso prefeito do futuro município Moisés Reis, também teceu comentários a respeito da sentença que condenou três acusados de estelionato e peculato no Saae, crimes praticados entre os anos de 2005 e 2008, dizendo que é muito difícil uma reforma no Tribunal de Justiça dado a competência do juiz de Codó que fez o julgamento.

PESQUISAS

Sobre pesquisas eleitorais, criticou o fato de todas elas mostrarem que as mandou fazer na frente. Chamou de bagunça e fez sua aposta sobre quem ganhará a eleição.

“Que bagunça é essa, eu acho que o povo de Codó já ta cansado de ser enganado com inverdades, ta na hora de nós darmos um basta nisso, até porque quem vai ganhar a eleição de Codó ou é o Dr. Hildemberg ou é o Dr. Zé Francisco”, disse

Dominguinhos justificou seu pensamento.

“Eu acho que eu tenho quase certeza porque nós não queremos o continuísmo e nem o retrocesso”, concluiu

João de Deus diz que Governo está desrespeitando a lei da pintura dos prédios públicos

O vereador do Partido Verde, João de Deus, cobrou do presidente da Casa e autor da lei, Figueiredo Junior, o cumprimento do que foi votado pelos vereadores.

Na opinião dele, a lei que determina que todos os prédios públicos sejam pintados com as cores da bandeira de Codó não está sendo cumprida pelo prefeito Zito Rolim. Como exemplo citou que todas as obras inauguradas dia 16 de abril permanecem com o padrão do Governo Cuidando de Nossa Gente.

João também levantou a tese de que entre Figueiredo e Zito existe um acordo para que assim fosse feito com tais obras.

“Eu não conheço nenhum inauguração feita dia 16 de abril com as cores que foram modificadas, aí o presidente da Casa alegou que não existia acordo, eu defendo que pior do que não ter uma lei definindo as cores do município sendo respeitada a pintura, é ter uma lei e ela não ser respeitada”, criticou João de Deus

O vereador pediu que o presidente da Casa tome medidas enérgicas para que a lei seja respeitada.

“Nós não podemos aceitar o desrespeito a lei, ou então não votamos a lei, portanto, você como presidente da Casa que entre em contato com o Executivo e se não houver obediência à lei que o Poder Legislativo ingresse na Justiça para que se faça respeito a lei”, cobrou

FIGUEIREDO FALOU

Figueiredo Junior alegou que a própria lei deixa uma brecha para que isso ocorresse, muito embora a partir de então deva ser cumprida na íntegra.

Nós deixamos uma artigo na lei que a partir da sanção da lei toda pintura que fosse feita, ou reforma que fosse feita nos logradouros aí sim seria colocado as cores da bandeira do nosso município, por entender que seria desnecessário se pintar todos os logradouros de imediato, foi um cuidado que nós tivemos”, argumentou

CONTESTAÇÃO

João o contestou dando data de sanção e das inaugurações com as cores do governo.

A lei foi sancionada em 2 de abril, as inaugurações feitas no dia 16 a maioria foi correndo na última semana pra pintar, porque eu acompanhei alguns locais e a pintura foi a mesma”, concluiu

Hildemberg Oliveira inicia campanha VOTE AOS 16 ANOS

O vereador Hildemberg Oliveira exortou a juventude codoense a participar da eleição deste ano. Destacou que está a frente da campanha VOTE AOS 16 ANOS e será um ferrenho defensor desta a partir de agora.

“E toda segunda-feira nós vamos utilizar essa Tribuna e incentivar a essa juventude que completa seus 16 anos agora, que completou, que faça seu título de eleitor”, disse

Para o parlamentar a participação destes jovens será muito importante e isso deve ocorrer já a partir deste ano. Hildemberg deixou claro que acredita que esta camada de eleitores, entre 16 e 20 anos, será responsável pela decisão em 2012.

“O Codó precisa muito da participação dessa juventude já nessa eleição. Eu tenho certeza absoluta, vereadores, que com a participação desses estudantes, jovens de 16 anos, essa camada de 16 a 20 anos, ela será percentualmente maior de qualquer outra camarada eleitoral”, afirmou completando.

“É importante que ela se faça presente já nas decisões desse ano”.

Câmara discutirá importantes projetos do Executivo nesta segunda-feira

A Câmara discutirá assuntos importantes na sessão ordinária desta segunda-feira, 23. Todos de autoria do Poder Executivo, na pessoa do prefeito Municipal Zito Rolim.

Consta da pauta da ordem do dia o Parecer de Numero 38/12, das comissões de Justiça e Redação e Educação, Cultura, Saúde e Meio Ambiente favorável ao projeto de Lei 03/12, de autoria do Executivo que cria o CONSELHO MUNICIPAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DE CODÓ e institui a Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Os parlamentares também votarão hoje a alteração do artigo 1º da Lei 1.319/2003 que passará a vigorá autorizando a existência das Comendas:

  • ROSALINA ARAÚJO ZAIDAN – concedida à empresários em geral
  • FILOMENA CATARINA MOREIRA – Para professora e outras pessoas ligadas ao magistério
  • CLODOMIR TEIXEIRA MILET – concedida à políticos
  • FAUSTO DOS SANTOS – para esportistas e desportistas
  • COMANDA BABAÇU – que será a mais alta condecoração do município a ser concedida a profissionais liberais para a promoção da igualdade racial, combate ao racismo e à intolerância religiosa

A sessão começa às 18h com transmissão ao vivo pela rádio Mirante AM e pela internet no site da Câmara de Codó.

TIMBIRAS – Moradores reclamam de abate de porco no bairro São Raimundo

Sangue de porco na rua

O blogdoacelio recebeu via email fotografias vindas do município de Timbiras. A denúncia dos leitores mostra sangue de porcos escorrendo pela rua, o que vem incomodando a comunidade adjacente.

SANGUE E FEZES

A céu aberto

Diz o email que a matança, para a venda da carne suína, acontece em plena área habitada, especificamente na entrada do bairro São Raimundo.

“Todos os dias despeja vermes, sangue e fezes de porcos atraindo moscas, insetos e urubus contaminando uma lagoa localizada por tras das casas do lado esquerdo da entrada do bairro”, descreve o email.

Esgoto da matança

É HORA DA VIGILÂNCIA

O denunciante aponta dois nomes como sendo os responsáveis pela abatedouro de porcos em área habitada de Timbiras, mas como ainda não conseguimos ouvir tais pessoas preservaremos seus nomes nesta postagem.

Importante que a Vigilância Sanitária Timbirense faça uma visita urgente à este local para que ele se adeque à normas ou seja retirado, pois, pelas fotografias, é certo que está incomodando a vizinhança.