Polícia apreende cerca de 200 quilos de maconha em Coroatá

As polícias Militar e Civil de Coroatá, sob o comando de tenente Maiko e do delegado Reno Cavalcante, realizaram por volta das 5h da manhã desta terça-feira, 26, uma grande operação de combate ao tráfico.

Segundo informou ao blog o delegado, foram apreendidos cerca de 200 quilos de maconha em poder de um homem identificado apenas como Tuíca. Além deste, outras pessoas também foram presas na mesma ação policial.

“É a maior apreensão de drogas aqui da cidade, é tanta droga que está indo de caminhão. Também estamos levando televisão, motos e outros objetos”, afirmou Reno Cavalcante

O inquérito será formalizado, para que todos sejam ouvidos e responsabilizados na medida de suas culpas, durante toda a manhã de hoje. Quando traremos outros detalhes da apreensão

Alberto revela que Biné teria feito promessas aos agentes de combate às endemias

Quem noticiou foi o jornalista Alberto Barros em sua página na Internet. Relatou o blogueiro codoense que viu grande aglomeração na porta do ex-prefeito Biné Figueiredo na manhã de ontem, 25.

Em meio aos aglomerados, lá estavam eles – nossos agentes de combate às endemias, que quatro anos depois do fim do governo Codó Para Todos ainda tentam reconhecimento da Prefeitura, na Justiça.

“Quem passou próximo a residência do ex-prefeito Biné Figueiredo hoje pela manhã, se deparou com uma aglomeração de pessoas no portão de entrada. Entre os populares estavam os Agentes de Endemias que lutam para ser reconhecidos pelo atual governo”, descreveu Alberto

NA CONVERSA

Barros disse ter tido rápida conversa com um dos agentes e ter ouvido deste que Biné teria prometido atender à todas as reivindicações da categoria, isso, claro, deve incluir a principal delas – ser efetivo da Prefeitura.

“O blog conversou rapidamente com um dos agentes que não deu muitos detalhes do encontro,mas ouviu do ex-prefeito a promessa de que se retornar ao governo irá atender a todas as reivindicações da categoria”, escreveu

Mas, como não poderia deixar de ser, Alberto Barros deu sua alfinetada na história, fechando seu texto com a seguinte frase.

“Eu já vi esse filme…”

Os agentes também, viu Alberto, infelizmente quando a gente está se afogando, é no cabelo da água que procuramos segurar.

CORISCO cai em plena reunião do PSL quando presidente anuncia com quem vai estar

Caiu um corisco ontem, 25, na reunião do PSL, realizada num prédio próximo à praça da Bandeira.

Foi dia do presidente Chico Pinheiro anunciar com quem, na majoritária, estaria o Partido Socialista Liberal, que vai ficar com o grupo de Chiquinho Oliveira. Foi como dá uma martelada com pistola automática na testa da maioria daqueles que tinham pretensão de se candidatar a vereador.

Já explicamos o problema aqui. Dentro do PSL, a maioria é gente da base aliada do prefeito Zito Rolim, que é do PV. Com o partido fechando lá em cima, as pernas da moçada aqui de baixo são quebradas automaticamente, pois terão que subir num palanque querendo estar em outro.

EU DESISTO?

De cara, segundo informações fidedignas de quem esteve na reunião corisco, três nomes já anunciaram que, praticamente, estão fora se o PSL marchar com Francisco Nagib. Seriam eles, Waldeck Frota ( que já foi chamado por Biné), Augusto Serra e a esposa do cantor e compositor Walter Silva, que o substituiria nesta jornada.

Como a bomba explodiu num ambiente fechado, todo mundo ficou catando seus pedaços e de lá, segundo a fonte, não saiu nenhuma decisão definitiva.

Na próxima quinta-feira, o partido se reunirá novamente e as definições emergirão do escombros deixados pelo corisco que abalou o PSL.

Ah! Desculpa. Ia esquecendo – Não, não, não. Dessa vez a reunião não terminou em porrada.

Revoltado Zaidan diz que Pé de Queijo não terá nem 100 votos se for candidato

O vereador, Antonio Zaidan (PMN) mostrou toda a sua indignação para com o apresentador Edmilson Filho, da TV Palmeira do Norte, que, segundo o edil, vem tecendo duras críticas à sua pessoa, chegando inclusive a dizer que o vereador não seria candidato este ano em razão de suas contas como presidente daquela augusta Casa.

Zaidan ganhou força em seu discurso com a participação de Chiquinho do Saae (PV) e Leonel Filho (PTN). Todos usaram termos do tipo ‘elemento’ para referirem-se à Pé de Queijo e ao diretor da TV, Araújo Neto.

Leonel Filho poupou das críticas Antonio Joaquim, à quem chamou de tio e revelou não gostar sequer de mencionar seu nome dado ao respeito que nutre pelo parente, ora afastado por razões políticas.

VOTOS

Zaidan ao retomar a palavra lembrou que Edmilson já fora candidato uma vez e teve que raspar a cabeça pelo fato de não ter atingido a casa dos 50 votos.

Revoltado, o vereador pediu para que o apresentador trabalhe sua candidatura e o deixe de mão, caso contrário não alcançará nem 100 votos em outubro. Deixou o desgaste sobre a imagem de Pé de Queijo em tom de desafio, pra fechar seu discurso.

Sine usa novo sistema de Busa Emprego na cidade de Codó

Por Edvânia de Paula

Começou no ultimo dia 20/06 o novo cadastro utilizado pela Agencia de Emprego do SINE. O sistema Busca Emprego funcionará da seguinte forma: As empresas cadastradas por meio do endereço eletrônico do ministério do trabalho vão repassar informações sobre vagas disponíveis sendo assim, profissional terá acesso a essa oportunidade trabalho seja ela em sua cidade ou em outra. É que esse novo sistema será valido para todo o país.

No maranhão a cidade de Codó é a 4º a ter esse novo sistema de cadastro a ser realizado no SINE o que deverá facilitar e muito o acesso ao mercado de trabalho e também das empresas encontrar o profissional que procura. Mas para isso, empresas e profissionais devem fazer seu cadastro na Agencia do SINE que fica na Avenida 1º de maio em posse dos documentos: CPF, RG, TITULO DE ELETOR, COMPROVANTE DE RESIDENCIA E DE ESCOLARIDADE E CERTIFICADOS DE QUALIFICAÇÃO.

Além de diminuir a espera o Sistema via internet trás outros benefícios entre eles informações sobre cursos e entrada para o recebimento do segundo desemprego, mas antes o atendente do SINE tentará encontrar um emprego a pessoa e só caso não ache é que o seguro será liberado.

FONTE: Blog do Marco Silva

Aprovado piso salarial para advogados do MA que trabalham em empresas privadas

Advogada Graziela Costa

O Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil, no Maranhão, aprovou proposta para elaboração de anteprojeto de lei fixando o piso salarial dos advogados empregados em empresa privada.

A presidente da Comissão de Elaboração do Anteprojeto de Lei do Piso Salarial dos Advogados do Maranhão, Ana Graziela Costa afirmou que, no Maranhão, o mercado ainda está desregulamentado e que, por conta disso, surge a necessidade de discussão do tema.

“Hoje o que ta valendo é a vontade das partes, e os salários estão baixos. Discutimos isso junto ao Conselho Estadual da OAB e formamos uma audiência pública, que foir realizada no dia 16 de maio e foi levada de volta ao Conselho, para aprovação. Foi aprovado um piso salarial de R$ 2.500 para 20 horas de trabalho e de R$ 5.000 para 40 horas”, afirmou.

FONTE: G1 MA

Governadora vai encontrar um clima diferente entre seus aliados de Codó

Roseana Sarney

Codó está em clima de expectativa para a chegada da governadora, Roseana Sarney, anunciada para esta terça-feira, 26. A finalidade da visita é inaugurar a ponte sobre o rio Codozinho, construída com recursos do Governo do Estado da ordem de mais de 1 milhão de reais.

Mas além da festa de inauguração, Roseana deve fazer aquele velho percurso pelas casas de seus aliados políticos, leia-se – Ricardo Archer, Zito Rolim, Francisco Carlos de Oliveira, Francisco Nagib, Biné Figueiredo e deputado Camilo.

Só que desta vez o clima não está tão ameno, como da última visita.

Rola na cidade que o acordo entre PV (Zito) e PMDB (Archer) teve o dedo poderoso da governadora, muito embora ninguém prove nada. Outro fato é que sobre isso, nem Ricardo, nem Zito dirá uma palavrinha sequer de maneira oficial (TV, Rádio, internet).

O CLIMA É OUTRO

Mas, apesar de ninguém ousar assumir ou desmentir o boato, a simples dúvida criou um ambiente novo, um tanto quanto hostil para a governadora entre os demais concorrentes que estão se perguntando – SERÁ SE FOI ELA MESMO?

Ela tem experiência suficiente para se sair bem na visita ( à todos) e ainda será auxiliada pelo fato de que os oponentes de Zito e Ricardo também não terão sequer coragem de tocar no assunto, para não serem, no mínimo, deselegantes.

Mas se quiser evitar o clima, mesmo, que existe, é melhor a governadora enviar o vice, Washington Oliveira (PT).

Olhe a foto e responda – O vice de Francisco Nagib taí?

Em tempos de aliança uma foto, atualíssima, como a publicada pelo colega Francisco Oliveira, do Correio Codoense, pode dizer muita coisa e, claro, significar, absolutamente, nada.

O vice taí?

Até agora não se sabe quem será o vice na chapa de Francisco Nagib. Sabe-se apenas que ele não abre mão de ser o candidato e que ao seu lado, nesta fotografia pode estar o nome que estará com ele na batalha das urnas.

Será Dr. Antonio, Araújo Neto que já mostrou aqui que tem ficha limpa ou será o médico petista, Zé Francisco?

Tem algo certo nisso? Só que eles foram fotografados no último sábado no aniversário da empresária Teresinha Buzar – Arraiá da Tica Têca – e que por lá circularam aos abraços e sorrisos como se algo estivesse muito certo ou, ao menos, pairando no ar.

O vice está nesta foto ou não?

Confidencial especial mostra as contradições de Ricardo Archer em relação à Zito Rolim

Marcelo Rocha

No Confidencial do último sábado,23, a cadeira de convidado do jornalista Marcelo Rocha ficou desocupada. Aproveitando o ensejo do terremoto político causado pela notícia de que Guilherme Archer seria o vice prefeito de Zito Rolim, Rocha elaborou o seu programa pautado nas declarações que o ex-prefeito de Codó, Ricardo Archer, teria concedido em entrevista no último mês de maio.

A notícia da composição política que colocará o filho de Ricardo Archer como pré candidato a vice prefeitura no grupo de Zito Rolim caiu como uma bomba de nêutrons no quadro eleitoral do município. A notícia não teria sido tão devastadora se o ex-prefeito Ricardo Archer não tivesse dado declarações contrarias a política adotada por Rolim.

Marcelo Rocha preparou o programa em menos de duas horas, mas conseguiu pontuar e roteirizar uma série trechos da conversa com o ex-prefeito de Codó, Ricardo Archer, que são incongruentes a última atitude política do grupo.

Saúde

O programa começou mostrando o trecho da entrevista em que Archer refresca a memória da população falando da UTI novinha que legou a gestões posteriores, e que hoje está sumida do mapa, além de tecer duras críticas ao atual quadro da saúde do “Governo da Nossa Gente”.


Política Partidária.

com a oratória contundente que lhe é peculiar, Archer declarou alto e em bom tom que o PMDB defendia uma candidatura própria, diretriz passada pela executiva nacional do partido. “O PMDB está preparando uma candidatura própria, isso em nível nacional. O partido tem a meta de colocar 5 vereadores em cada município e cinco prefeituras a mais que o PT em cada estado”. A intenção do PMDB é voltar ter a hegemonia como maior partido do país, hoje pertencente ao PT de Dilma Rousseff.

Comunicação

Para mostrar aos telespectadores de Codó a controvérsia do ex-prefeito, Rocha usou de todos os recursos disponíveis a sua produção: trechos da entrevista, matérias em portais de informações e até recados dos telespectadores deixados em seu celular. No portal de notícias on line Eldorado AM, pertencente ao grupo de Archer, foram publicadas matérias que continham pesadas críticas ao atual governo municipal como:
“Biné e Zito estão no fundo do Poço e não servirei de escadas para eles”, trecho de entrevista concedida pelo filho Ricardinho a Rádio Eldorado AM de Codó. ou ainda “Com Zito na prefeitura Codó é um bom lugar para se morrer”.


Perseguição política

Em vários trechos da entrevista, mostrados e comentados por Marcelo Rocha, Ricardo Archer falou sobre perseguição política por parte do prefeito e seus aliados, como a reprovação de suas contas na câmara municipal e a tentativa de desapropriação da área do corredor da folia pertencente à Manufatureira. O ex-prefeito acusara o governo de Zito Rolim de tentar tomar o espaço pertencente à empresa do grupo de Archer. “O que não posso é permitir que um cidadão, querendo fazer graça, venha tomar o que é nosso” reclamou. O político ainda declarou que se a cidade de Codó tiver outro grupo na prefeitura em 2013 ele retiraria o muro. “Subiria no trator e derrubaria eu mesmo”. Brincou na ocasião. Na mesma parte da entrevista, Ricardo Archer falou sobre a mágoa que sentia pela traição do prefeito, e que a população daria a resposta nas urnas. Mágoa essa que era refletida em seu portal de internet Eldorado AM, com manchetes tendenciosas do tipo: “Governo Zito: sem rumo, sem comando, sem direção, mas felizmente chegando ao fim”.
Outras manchetes foram mostradas por Rocha, como as que falavam sobre caos na saúde, carro velho para o transporte de pacientes de hemodiálise, distribuição de peixes podres e conversas gravadas com arapongas, e que levaram o jornalista a questionar: “Por que o suco de maracujá, que era azedo, agora ficou bom de tomar?”

Imparcialidade

Durante o programa Marcelo Rocha abriu a caixa de mensagens para seus espectadores, que mandavam recados que permeavam assuntos diversos: de críticas a composição Zito-Archer à declarações sobre pré candidatos; de conjecturas sobre os grupos à pedidos de um simples alô. Tudo foi mostrado ao vivo e de forma imparcial pelo jornalista, independente de qual grupo político o comentário pudesse agradar ou não.

Vocação para não ser vice

Outro ponto da entrevista que chamou a atenção do público de Codó, foi quando o ex-prefeito refutou a possibilidade de qualquer um de seus filhos sair como candidato à vice de qualquer político da cidade. “Não colocaria Ricardinho para ser vice de qualquer político em Codó. nós não temos perfil para vice. Temos o perfil de mando, de comando. Temos um partido e uma história política. Não seriamos vice de políticos ultrapassados. Nunca conversei com Biné, Zito ou Chiquinho sobre isso e não colocaria nenhum de nós como vice de algum político”. Declarou Ricardo Archer.

O acordo.

Marcelo Rocha disse ao vivo e a cores que teria recebido, de fontes seguras, a informação que o acordo entre Zito e Ricardo estaria ligado as eleições 2014, onde Zito deixaria a prefeitura de Codó para Guilherme Archer e sairia como candidato a deputado estadual, apoiando Ricardinho para deputado Federal. Sobre o acordo o jornalista ainda deixou no ar: “como vai ficar Hildenberg e Pedro Belo?”.

Jamais.

Para finalizar, Rocha mostrou a manchete do Portal Eldorado que retratava epítome das controvérsias políticas do grupo Archer, na qual dizia: “Jamais: essa é a resposta de Ricardo Archer a possível união com Zito ou Biné”.

Por Raphael Fernande/portalfc

REAÇÃO: “Eu não vou deixar o homem do coco ser dono do Codó”, diz Ricardo Archer

Já foi publicado no site da Eldorado, diversas vezes citado por Marcelo Rocha no Confidencial de Sábado, 23, a primeira reação de Ricardo Archer quanto ao programa que o mostrou de ‘calças curtas’ em relação ao prefeito Zito Rolim.

Pelo que foi transcrito como sendo a fala de Archer ao portal, ele começa afirmando que não tem medo de Chiquinho Oliveira, à quem atribui o fato de ter seu programa repetido da forma como o telespectador viu.

“Eu não tem medo dele, pois tenho o povo de Codó ao meu lado e esse cidadão não conseguiu ter nem o apoio dos seus funcionários. Todos em Codó sabem que ele é detestado e odiado por todos em suas empresas; isso não é nenhuma novidade e agora que eu descobri tudo, sei que ele é o único responsável por essa perseguição que venho sofrendo nos últimos oito anos”, descreve o site

SEREI UM OBSTÁCULO”

Archer afirma que será um obstáculo para que FC Oliveira chegue à Prefeitura.

“Eu serei, sim, um obstáculo para esse cidadão. Para ele dominar Codó e ser o dono da cidade – o que é o seu sonho – ele vai ter que passar por mim. Eu não deixarei que Codó seja dominada por ele. Codó é do povo e nossa cidade e nosso povo não têm dono! Ele pode até humilhar os seus funcionários, como todos sabem, mas ele não vai humilhar o povo de Codó porque eu estarei sempre ao lado da nossa população. Ele ‘quebrou a cara’ em pensar que eu iria me iludir com o seu poder financeiro”

AMOR DO POVO DE CODÓ”

Finalizando o ex-prefeito, magoado, diz que nunca fez política por dinheiro. Alega que Chiquinho Oliveira pode até encará-lo com seus milhões, mas nunca terá o que ele, Ricardo, diz que tem o amor do povo de Codó.

Eu e minha família nunca fizemos política por dinheiro, nós sempre pensamos no bem estar do codoense e é por isso que eu não me alio a este câncer de Codó, pois tudo que este quer é ser dono de Codó. No entanto, eu, Ricardo Archer, não vou deixar isso acontecer porque eu não tenho medo dele. Ele pode até vir com seus milhões, mas eu tenho o que ele nunca terá: o amor do povo de Codó. E será com a amor do povo de Codó que iremos enfrentar esse mal que quer a todo custo dominar nossa cidade, nosso comércio e nosso povo”, declarou Ricardo Archer.