Diretor do Saae investe na valorização dos servidores

Paulinho Maclaren

O diretor do Serviço Autônomo de água e Esgoto de Codó, Paulinho Maclaren, está, aos poucos, implantando seu jeito de administrar.

Recentemente investiu na melhoria salarial dos mais de 100 servidores da autarquia municipal. De acordo com o diretor, hoje não há mais nenhum funcionário, seja ele contratado ou do quadro efetivo (cerca de 70) ganhando apenas um salário mínimo.

“Isso estimula, dá novo ânimo aos amigos da Casa. São trabalhadores que merecem muito mais, são aqueles que estão, diariamente, na rua, encanadores, leituristas. Gente que fica na linha de frente, as vezes até recebendo ameaça de morte para exercer seu trabalho. Nós estamos valorizando o servidor”, explicou ao blogdoacelio

PCCS DO SAAE

Outra medida de valorização é a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários do SAAE. Paulinho informou que uma conversa preliminar já aconteceu entre a direção da autarquia codoense e a presidência do Sindicato dos Trabalhadores Urbanos, com sede em São Luís, no intuito de concretizar essa implantação.

“Logo, logo poderemos realizar esse sonho de nossos servidores. Ter seu próprio plano de carreiras, cargos e salários”, salientou Maclaren

Recentemente a direção também adquiriu uma motocicleta que trouxe agilidade ao serviço de reparação e assistência aos poços, sobretudo, no que tange à energia elétrica, da zona rural.

DPE/MA convida para audiência pública e inauguração do Núcleo Regional em Codó

A Defensoria Pública do Estado convida para a audiência pública de implantação do Núcleo Regional da Defensoria de Codó, que acontecerá dia 09 de novembro de 2011, às 10 horas, na Câmara Municipal. O objetivo da instituição é ouvir a comunidade para planejar a atuação da Defensoria neste município.

A instituição convida ainda para a inauguração do Núcleo, a ser realizada no dia 10 de novembro de 2011, às 10 horas, na Rua Nazeu Quadros, nº 03, Bairro São Sebastião, Codó/MA.

O defensor público geral do estado, Aldy Mello de Araújo Filho, a subdefensora geral, Mariana Albano de Almeida, a corregedora geral da defensora pública, Fabíola Barros, e os defensores públicos titulares deste núcleo Suzana Camillo da Silveira Castello Branco e Hélcio Rodrigo Cruz para descerrar a placa de inauguração do núcleo

MEDO ou PRECAUÇÃO? Expedito revela que foi procurado por Biné para falar de contas na Câmara

Expedito Carneiro

O vereador, Chiquinho do Saae, do PV, cobrou, veementemente, seu colega Expedito Carneiro, sobre as contas do ex-prefeito, Biné Figueiredo, que está na Casa, mas não saem das gavetas do parlamento.

“Vou fazer como o vereador Pedro Belo que toda segunda falava da ponte do Codozinho, toda segunda agora eu vou falar dessas contas do Biné aqui’, disse

EU NÃO ENGANEI NINGUÉM”

A reação veio no discurso seguinte. Expedito disse que não tem motivos para acobertar contas de Figueiredo e começou sua defesa contando que foi macho o suficiente para dizer à Biné, assim que fora eleito, que não fazia mais parte do bloco que seguia as orientações do ex-prefeito, o que demonstra sua total independência.

“Eu me elegi cheguei para seu Biné disse que a partir daquele momento eu não pertenço mais a seu grupo, poucas pessoas fazem o que eu fiz no município de Codó, eu não enganei ninguém, não engano ninguém”, disse completando:

“Jamais iremos acobertar coisas erradas. Eu tenho certeza que essas contas serão votadas”

“BINÉ ME PROCUROU”

No andar da conversa, Expedito acabou revelando que fora procurado por Biné Figueiredo que estava na companhia do ex-vereador, Sebastião Cardoso. A visita teria sido testemunhada por toda a sua vizinhança e, por tal motivo, não seria segredo pra ninguém.

Carneiro afirmou que a “conversa foi amigável”. Biné quis saber apenas qual era a opinião dele a respeito de suas contas (2007) e explicou ao vereador porque ela chegou ao parlamento aprovada com ressalvas. Nada mais teria pedido Biné, segundo Expedito.

Biné Figueiredo

“Ele foi lá em casa, se fosse para esconder alguma coisa eu teria marcado noutro lugar, ele foi lá em casa. Eu nem queria falar nisso aqui nessa tribuna, mas ele foi na minha residência junto com o ex-vereador, Sebastião Cardoso. Ele só perguntou qual era o meu pensamento sobre as contas dele e explicou qual foi o motivo da ressalva, ele se explicou lá pra mim, numa conversa bem amigável, passou lá mais ou menos 1 hora”, revelou

FIGUEIREDO JR SE POSICIONA

O presidente da Casa, Figueiredo Junior, garantiu ao final que na reunião das Comissões desta semana as contas já estarão na pauta. Figueiredo também frisou que não tem razões para proteger Biné.

“Eu quero dizer, dentro do assunto das contas, do ex-prefeito Biné, do ex-prefeito Ricardo (…) prometemos aqui que nós iremos sentar junto com a assessoria jurídica, iremos vasculhar a Câmara, tenho certeza que estas contas estão aí e nós não temos, mesmo sendo sobrinho, e tendo participado do governo, eu não tenho intenção nenhuma de prejudicar o ex-prefeito Biné, assim como não tenho de protege-lo”, frisou

Max Márcio está de volta para sacudir a cidade no PLANTÃO FALA CODÓ

Max é recebido por Cícero

A FCTV está de olho nos números da audiência e não para de investir no aperfeiçoamento de seu quadro funcional, uma das metas de trabalho do diretor administrativo, Cícero de Sousa.

A mais recente contratação foi a de Máx Márcio, que passou uma temporada na TV Record, de São Luís, trabalhando como repórter e apresentador do Balanço Geral. Desde ontem, 7, reincorporou-se ao Sistema FC de Comunicação onde desempenhará um papel estratégico dentro do jornalismo da emissora afiliada do SBT e da rede Difusora.

De acordo com informações de Cícero de Sousa, Max, com toda a sua criatividade e competência, estreará quadro novo na programação. Será o Plantão Fala Codó. Será um quadro de denúncias, principalmente, pautado no jornalismo comunitário.

O Plantão ouvirá os reclames do povo e falará também da política local, sempre que o tema se mostrar relevante para a sociedade.

Vinheta do Plantão Fala Codó

“Max representa um momento novo dentro da emissora que está sempre passando por inovações que somem dentro da nossa audiência. Estamos felizes com o retorno dele à nossa Casa porque, veja bem, se trata de um profissional muito competente”, assegurou Cícero de Sousa

A grade de programação da FCFM também será reformulada por conta da chegada de Máx, sobretudo no horário que deixou o público forrozeiro órfão, o da tarde. O também radialista preferiu dizer apenas que “vem muita coisa boa por aí”.

BOA NOTÍCIA: Aprovada lei de incentivo aos destaques do esporte codoense

Leonel Filho, a favor do esporte

Foi aprovado ontem, 7, o projeto de lei Nº 23/2011, de autoria do vereador, Leonel Filho, do PTN, que autoriza o Poder Executivo a conceder “Bônus Esportivo” a todo atleta residente ou domiciliado no município de Codó que venha a se destacar em competições esportivas a nível municipal.

O projeto original estendia o direito ao bônus também aos que se destacassem no âmbito estadual e nacional.

O parágrafo 1º, do Art. 1º, esclarece o que vem a ser o bônus esportivo. Trata-se de um incentivo pecuniário, ou seja, em dinheiro. O valor ficou por conta de uma comissão a ser indicada e definida pelo Executivo, pelo prefeito Zito Rolim e sua Secretaria de Desporto, Lazer e Juventude.

A lei prevê ainda um fundo cujo recurso virá do próprio orçamento municipal e do incentivo tributário para custear o bônus (não menor que 10% do Orçamento e do incentivo tributário).

O merecedor o receberá em parcela única, desde que comprovem insuficiência e precariedade de recursos. A lei entra em vigor 30 dias após sua publicação.

Criada a Associação Cultural dos Regueiros de Timbiras

Antonio Pedra

Antonio de Sousa Rocha, o Antonio Pedra, visitou a redação do blogdoacelio ontem, 7, onde falou sobre a criação da Associação Cultural dos Regueiros de Timbiras. A entidade representativa já possui 390 associados, um número crescente que surpreendeu até mesmo o idealizador.

“Isso começou numa brincadeira, não imaginava que fosse uma coisa assim tão rápida, entendeu, porque hoje o reggae ainda é muito discriminado, acho que isso é até assim um protesto, eu não esperava esse movimento todo e a tendência é aumentar esse movimento”, disse

Sobre os objetivos da Associação Cultural dos regueiros, Antonio disse apenas que “juntos fica mais fácil conseguir as coisas”.

No próximo dia 20 de novembro acontecerá o primeiro festival de radiolas. As pedras ficarão a cargo da codoense Lion System, do DJ César Roberto (FM Cidade), e das timbirenses Peter Som, Estrela Negra, LV Som e Radiola Black Roots.

“É uma festa pra gente arrecadar dinheiro pra gente tocar pra frente a nossa associação, na verdade”, justificou concluindo que “A população de Timbiras só tem a ganhar com este evento, inclusive a gente vai gravar o DVD das radiolas. É o primeiro de muitos que virão, se Deus quiser”, falou

Figueiredo Junior promete processar quem denegrir a imagem dos vereadores

Em meio ao discurso irritado de, Antonio Zaidan, contra as entrevistas dos pré-candidatos, Amarildo, hoje, 7 na TV Palmeira do Norte, e na última sexta-feira, de Francisca Figueiredo, pronunciou-se o presidente Figueiredo Junior.

Ele, antes de passar a palavra para o próximo orador, Argemiro Filho, disse que vai passar a acionar a Justiça toda vez que alguém usar os meios de comunicação (Rádio, TV e blogs) denegrindo a imagem de qualquer membro da Casa Legislativa municipal.

A medida, segundo ele, tem por escopo fazer retornar o respeito aos edis. Em relação aos blogs disse que é preciso filtrar os comentários para que a imagem do vereador não seja atingida de maneira injusta.

“Aqui são 11 pais de família que merecem o respeito das pessoas”, disse

CONFUSÃO

Amarildo Sales

Por causa do tema, houve um ‘esquenta’ no parlamento entre Zaidan e Amarildo. O parlamentar, no uso do microfone, chegou a dizer que poderia resolver a questão “lá fora” e disse “ter medo apenas de se irritar com Amarildo”.

Zaidan também chegou a falar que se fosse na gestão dele já teria, naquele momento quando Amarildo falava alto na assistência, mandado prendê-lo.

Toda a celeuma saiu do entendimento de Zaidan de que o pré-candidato teria dito na sua entrevista que alguns vereadores teriam que sair preso da Câmara.

OUTROS DISCURSOS

O assunto sobre processar quem denigre imagem de vereador também esteve nos discursos de João de Deus e Chiquinho do Saae que citaram diretamente o blogdoacelio, onde os comentários são mais críticos.

Os parlamentares ameaçaram o dono do blog argumentando que não conhecem quem usa codinomes para criticar, severamente, o vereador, mas conhecem Acélio e este é quem vai pagar o pato caso alguém tenha sua imagem, imaculada, atingida.

Também criticaram o ato do Sindsserm ter publicado o rosto deles num outdoor recente.

Líder do governo visita início da construção da ponte sobre rio Codozinho

Leonel Filho visita ponte

O vereador, Leonel Filho, líder do governo na Câmara, esteve na manhã de hoje, 7, visitando o início da obra de construção da ponte sobre o rio Codozinho, sonho dos moradores da região da Colônia e Condurú desde maio de 2009 quando a correnteza a levou.

Instalações da Domus

O parlamentar conversou com os responsáveis pela construtora Domus, de São Luís, que ganhou a licitação de quase R$ 1 milhão de meio de reais.

“A gente ta vendo aqui que os primeiros equipamentos já começaram a chegar. Estão fazendo agora uma passagem molhada onde vão usar tambores para que fique suspensa sobre a água essa passagem, ela vai ser utilizada com passagem para pedestres e para motos, se chover ela vai subindo conforme o nível da água”, disse

Ponte Flutuante no Codozinho

O líder do governo salientou que graças ao empenho do prefeito Zito Rolim em cobrar a construção junto à governadora, Roseana Sarney, a construção, finalmente, começou.

“A gente acredita que agora vai (…) graças ao esforço aí da governadora Roseana, do prefeito Zito Rolim que tem cobrado constantemente e de todos os vereadores também”, disse

A obra deve terminar em agosto do ano que vem, segundo previsão da Domus.

Governo Federal libera mais de 1 milhão para obras no Codó Novo

As obras de pavimentação de 56 ruas do bairro Codó Novo ainda não recomeçaram. Há mais de 20 dias o governo vem alegando dificuldades no repasse da verba destinada à obra que segundo o convênio Nº 730451, é de R$ 5.592.384,00.

Agora, de acordo com informações colhidas junto ao Portal da Transparência, enviadas ao blogdoacelio pelo assíduo leitor, empresário Murilo Salem, a secretaria de Infraestrutura não mais poderá se lamentar de falta de grana.

A mais recente liberação de recursos para “ Melhorias na infraestrutura do bairro Codó Novó” consta do dia 25 de outubro de 2011, quando foram liberados para a Prefeitura exatamente R$ 1.184.466,93.

O dinheiro do convênio é proveniente do Ministério das Cidades

INDIGNAÇÃO: Escritor João Batista Machado revela que já pensou em tomar banho nú na praça em protesto contra a falta de apoio à literatura

João Batista Machado, 87 anos

João Batista Machado é o mais respeitado homem que escreve sobre a história de Codó, município onde nasceu no ano de 1924 . É um apaixonado colecionador de fatos, contos e lendas de sua terra natal, trabalho que veio a público pela primeira vez em 1999, com o lançamento deste livro – CODÓ Histórias do Fundo Baú.

Desde o lançamento de Histórias do Fundo do Baú, João Batista Machado nunca parou de produzir. Por conta de toda esta dedicação, ele já tem pronta o que denominou de Coleção Codó – são quatro volumes à espera de publicação. Um destes livros será lançado ainda este ano.

O IMAGINÁRIO CODOENSE tem previsão para sair já na primeira quinzena de dezembro, será um livro de lendas urbanas e rurais com títulos curiosos como “O banho dos Urubus” e “A Pedra Furada”.

TEVE QUE FAZER EMPRÉSTIMO

Ele é um empolgado quando fala de seus projetos, só o vemos triste quando lembra da falta de recursos para publicá-los. Para mandar o Imaginário Codoense à gráfica, João Batista Machado teve que fazer um empréstimo no banco.

“Eu fiz o empréstimo para me acalmar os nervos, e olhar pra ele, ter certeza, que agora sai…fiz um empréstimo para publicar o livro é o jeito fazer isso”, disse ao blogdoacelio

NA GAVETA

Constam ainda na lista: Relatos de João, O Rei de Angola em Codó e O livro Secreto. Mas não há a menor previsão de lançamento dado à falta de recursos do escritor e ao abandono em que vive os representantes da literatura codoense há séculos.

“Eu não sei nem te dizer, porque eu não posso publicar, se eu pudesse eu publicava o ano todo”, reclamou-se

BANHO NÚ NA PRAÇA/FOGO NOS LIVROS

João Machado e os livros a espera de publicação

O escritor de 87 anos chegou a revelar ao blogdoacelio que já pensou até em atear fogo em suas produções e ousar tomar banho nu na praça Ferreira Bayma, em frente à Prefeitura, só para chamar a atenção de quem lida com apoio à cultura literária no município e até no Brasil, mas sempre acaba desistindo por causa da paixão que tem pelo registro da história de seu município e do respeito à quem gosta de uma boa leitura.

“tenho muita coisa pra contar, eu vou morrer, outros também vai morrer e quem vai contar essas histórias pra juventude, pras gerações futuras, por isso a necessidade de registrar”, disse angustiado o escritor

DRAMA IGUAL

Quem enfrenta o mesmo drama na cidade é o jovem historiador, Cândido Sousa. Ele há quase uma década tenta encontrar patrocínio para publicar um álbum que conta a nossa história em fotografias. São mais de 5 mil fotos a espera de apoio à cultura. Todos os governos, até hoje, enrolam, enrolam, prometem, prometem e terminam só na promessa.

Algo bem diferente do que propagou recentemente o cantor e compositor, Orlando Maranhão, na conferência municipal do PCdoB, quando abriu a boca para dizer que “nunca entrou um prefeito para apoiar tanto a produção cultural como Zito”. Não é o que mostra o drama dos historiadores acima.

CULTURA DAS GINCANAS E DO CARNAVAL

João Machado, literatura trocada por gincana

As secretarias ou departamentos de cultura do município (como já criaram) nos últimos anos se resumiram às gincanas no dia do aniversário de Codó e ao desfile de blocos e escolas de samba no carnaval, e só. Presume-se que seja porque mais gente ver ou participa e isso cheira a voto. É a cultura de fachada que a ninguém mais engana.

Todos alegam falta de recurso, liberdade dos secretários ou diretores e se acomodam. O resto que se exploda, que fique sonhando com suas publicações ou desejando tomar banho nu na praça só para chamar-lhes a atenção.

CONSEGUE IMAGINAR?

Você consegue imaginar o tamanho da indignação de um homem de 87 anos ao falar isso? Consegue ver o tamanho da humilhação que é se submeter à tal ponto porque alguém prefere polarizar suas ações numa cultura de massa, onde o voto é o objetivo maior?

A iniciativa privada, por falta de obrigação, também tem fechado os olhos e prefere deixar o circo pegando fogo na mão do poder público e assim vai todo mundo empurrando com a barriga.

Abaixo veja o vídeo que mostra toda a indignação de João Batista Machado (também disponível no www.youtube.com/blogdoacelio)