Prefeito passa fim de semana com os pais em Cajazeiras – Paraíba

Prefeito Zito

O prefeito de Codó, Zito Rolim, passou o fim de semana com seus pais na cidade de Cajazeiras, no Estado da Paraíba.

Rolim chegou por volta das 3h da madrugada do sábado, 28, à cidade, descansou e ficou o resto do tempo curtindo a mãe, dona Maria Gonçalves Rolim, de 75 anos e o pai José Rolim. Quando fizemos o contato telefônico para ouvir-lhe sobre uma reportagem do blog, o prefeito revelou onde estava, disse com quem estava e perguntou-me?

VOCÊ QUER FALAR COM ELA? Sim, é bom – respondi curioso, pois não se ver falar nos pais e irmãos do prefeito por aqui. Fato até explorado por sua oposição.

Ele colocou dona Maria para bater aquele papo rápido com o blogueiro, quanto perguntei:

O FILHÃO ESTÁ DANDO CARINHO MESMO? Tá bom demais aqui, ta tudo bem graças à Deus, tava com saudade” respondeu sorrindo dona Maria

Não me alonguei. Nos despedimos e ela devolveu o telefone para Zito. COMENTEI – Mas dizem que o senhor não tem família, prefeito. Sorrindo do outro lado, respondeu – “Pois é, pra você ver como são as coisas, até nisso eles mexem”, encerrou

Disse ainda que fez a visita agora porque não pôde ver os pais na semana santa. O prefeito volta nesta segunda-feira, 30, para Codó quando retoma seus afazeres de chefe do Executivo.

Fórum de Codó já está recebendo participantes da campanha MESÁRIO VOLUNTÁRIO

ficha de inscrição

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão já deu início à campanha MESÁRIO VOLUNTÁRIO, seja Cidadão, seja voluntário.

Todo e qualquer eleitor em situação regular perante a Justiça Eleitoral pode ser mesário na rua zona, preferencialmente no local e na seção onde vota. Para atrair os voluntários um folder que pode ser adquirido no Fórum de sua cidade, explica as vantagens do cargo, são elas:

  • Dois dias de folga no serviço
  • Desempate em concurso público
  • Reconhecimento público por serviços prestados à Justiça Eleitoral (entrega de certificado)
  • Horas extracurriculares nas universidades conveniadas por serviços prestados à Justiça Eleitoral

Aqui em Codó quem deseja ser voluntário no dia 7 de outubro basta se apresentar no Fórum Eleitoral, da rua Cônego Mendonça, centro. No local, ele receberá uma ficha de inscrição para preencher, depois é só aguardar o chamado da Justiça.

Em todo o Estado a campanha tem o apoio da TV Mirante, afiliada da rede Globo de Televisão no Maranhão.

Enterrado corpo de Mauro sob o clamor da família por punição aos policiais militares que o levaram a morte

Foi enterrado na tarde deste domingo, 29, no cemitério Sabiazal, o corpo do carroceiro Mauro Mariano Santana, de 28 anos, morto por policiais militares na tarde do dia 26 de abril, por volta das 3h30min, no cruzamento da travessa Rio Grande do Norte com a rua Fausto de Sousa, bairro São Sebastião.

O sepultamento demorou porque a família aguardava dois irmãos de Mauro que estavam viajando, um para Caldas Novas –Goiás, e outro para Brasília – Distrito Federal. Muito choro e desespero da família sobretudo da mãe, dona Floriza, registrado pelo Blogdoacelio, ainda no velório realizado na rua Vitorino Rêgo Filho, 1224, marcaram o enterro.

A família está disposta a processar o Estado e os policiais envolvidos na morte de Mauro, alegando que os militares agiram com excesso atirando, fatalmente, contra um homem que sofria de doença mental.

Veja o clamor da mãe pedindo Justiça para o caso.

RELEMBRE O CASO

O comando da PM explicou, em coletiva à imprensa, que recebeu um chamado do sargento reformado Evaristo, dizendo que estava na iminência de ser agredido por um cidadão armado com um facão. Duas viaturas foram deslocadas para atender à ocorrência, ao chegar no local Mauro continuava agitado.

A sequência dos fatos, na versão da polícia, foi relatada pelo próprio comandante, major Jairo Xavier da Rocha, da seguinte forma:

“De posse do facão atingiu a viatura tentando atingir o motorista da viatura e em seguida foram feitas dois disparos conforme manda a técnica do uso progressivo da força, foi feita a verbalização, os disparos de advertência, logo em seguida um disparo em uma perna, depois um disparo noutro perna e mesmo assim ele não parou ele partiu pra cima do policial militar que, infelizmente, efetuou o disparo e que veio ocasionar o óbito dessas pessoas”, esclareceu o major

AINDA É DÚVIDA

Ainda é dúvida como tudo teria iniciado. Quem provocou Mauro para que ele ficasse agressivo? Pois, de acordo com receituários médicos apresentados pela família (cor azul), a vítima tomava remédio controlado e era acompanhado há vários anos pelo serviço psiquiátrico de saúde pública. A mãe revelou ao blog que quando ele ficava sem a medicação tinha crises de comportamento e tornava-se agressivo.

Ou teria sido Mauro o provocador? A confusão começou com o sargento reformado ou ele tentou apenas defender alguém na rua? A polícia civil precisa esclarecer estas e muitas outras dúvidas que pairam sobre o caso. Testemunhas não faltam.

NÃO AFASTAMENTO

Nenhum dos policiais envolvidos foi afastado do serviço até agora, por entendimento do próprio comandante Xavier, que explicou à imprensa o motivo.

“Não, não, de maneira nenhuma eles estarão em serviço, só após a apuração dos fatos e que se a Justiça observar se houve dolo ou não é que após o resultado e a decisão da Justiça é que haverá prisão, de momento não, o fato está sendo apurado”, argumento

Seminário do PSOL codoense para os trabalhadores acontece terça-feira

Na próxima terça-feira, 1º de maio, dia do Trabalhador, o Partido Solialismo e Liberdade – PSOL fará o I Seminário de Formação Política da Classe Trabalhadora de Codó. O evento será realizado no centro Paroquial da Igreja de Santa Teresinha.

De acordo com o professor, Rafael Araújo, presidente do Sindsserm e filiado ao partido, também um dos organizadores do seminário, será um espaço para debates.

“O Seminário é um espaço para o debate acerca da necessidade da classe trabalhadora se organizar partidariamente para fazer as lutas sociais e a disputa do poder político no município”, escreveu em seu blog

Ainda sobre o evento descreve.

“Somos um partido cujos princípios invioláveis são a independência de classe e a radicalidade da luta popular, pois, em outras palavras, entendemos que “do lado do povo só o povo” e que os direitos dos trabalhadores só podem ser conquistados através da luta e da mobilização social”, afirmou

O seminário começa às 8h da manhã, do feriado de 1º de maio.

RESULTADO – Lei Maria da Penha é usada em mais de Meio Milhão de processos em 5 anos

Em cinco anos, foram instaurados 685,9 mil processos com base na Lei Maria da Penha no país.

O dado integra levantamento feito pelo Conselho Nacional de Justiça junto a juizados e varas especializadas nos processos de violência doméstica contra a mulher em todo o País.

O número engloba desde a abertura de inquéritos a instauração de ações penais e medidas protetivas, entre outras ações. Os dados foram divulgados na última quarta-feira (25/4), no enceramento da 6ª Jornada Maria da Penha.

O levantamento também revela que, em um ano e meio, o número de prisões em flagrante chegou a 26,4 mil e as decretações de prisões preventivas superaram os 4 mil. As informações mostram que, ao longo do mesmo período, 408 mil destes procedimentos foram julgados e encerrados.

O trabalho foi feito a partir de informações repassadas ao Conselho pelas coordenadorias dos Tribunais de Justiça especializadas em violência doméstica e familiar contra a mulher.

Os resultados foram apresentados pela juíza Luciane Bortoleto no encerramento da 6ª Jornada Maria da Penha.

O evento, organizado pelo CNJ, reuniu, em Brasília, representantes dos 27 Tribunais de Justiça que trabalham com o atendimento às vítimas de violência doméstica e de outros órgãos públicos que atuam na questão, como a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, do Governo Federal, o Ministério Público e a Defensoria Pública.

As informações, segundo ela, serão encaminhadas ao Departamento de Pesquisas Jurídicas do CNJ para que se faça um aprofundamento da leitura dos dados e do que eles representam.

A região que mais se destacou nestes últimos anos foi o Sudeste, com aproximadamente 250 mil processos, seguido do Sul do país, com cerca de 110 mil procedimentos abertos.

Também em relação aos procedimentos julgados e encerrados o Sudeste apresentou o maior número índice, de aproximadamente 130 mil. Em segundo lugar está o Centro-Oeste, com cerca de 90 mil procedimentos julgados e encerrados.

Dentre os estados, o destaque em termos de aplicação da lei tem sido o Rio de Janeiro, com 157,4 mil procedimentos instaurados.

Em segundo lugar vem o Rio Grande do Sul, estado onde foram abertos 81,1 mil procedimentos.

Também figuram na lista Minas Gerais, com 64 mil procedimentos, Paraná (26,1) e Espírito Santo (21,5).

Uma nova reunião foi marcada para o dia 25 de junho, onde serão discutidas as diretrizes básicas para a atuação das coordenadorias especializadas dos Tribunais de Justiça. No evento, serão discutidas questões como a estruturação mínima dos órgãos, estratégias e objetivos, entre outros temas.

Por Marcos Martins/Portal AZ

CULTURA EM DESTAQUE : 2012 – O ano de Cândido Sousa

Cãndido Sousa

Luís Cândido Sousa Rocha, o Cândido Sousa, como o conhecemos no exercício da função que lhe torna mais conhecido, a de cinegrafista da TV Mirante, afiliada da Rede Globo de Televisão, é um intelectual de muitas atividades fora do universo da notícia estadual.

Este ano foi sem dúvida, ou está sendo, um ano de acontecimentos e reconhecimentos merecidos.

No quesito Família, o jovem senhor, nascido em 23 de novembro de 1973, casou às vésperas da entrada de 2012, agora se prepara para viver mais um momento especial – o de ser pai pela primeira vez, momento que viverá ao lado da esposa, dona Luídya Sousa Bião, depois, claro, compartilhado a três com o fruto do amor de ambos, o esperado Arthur Cândido.

No campo das atividades extra repórter cinematográfico – tivemos a oportunidade de ver um pouco de sua biografia para explorarmos nesta postagem. Nascido em Pirapemas/MA, chegou com 1 ano de idade apenas ao município de Codó (Vila Nassau) . Foi jovem militante dos movimentos de sua época, exemplo disso foi sua passagem pela AJUC – Associação de Jovens Unidos em Cristo.

DEDICADO À CODÓ

Sempre dedicado à leitura e à pesquisa, interessou-se muito cedo pela história de Codó, em 1996 fez o primeiro, e único, documentário em vídeo sobre a história deste município – UMA CODORNA ME CONTOU, elogiado até pela antropóloga e escritora Mundicarmo Ferreti. Ainda hoje o vídeo é utilizado nas escolas.

Em 2000, concluiu o livro, ainda não publicado, denominado QUANDO VEM OS VENTOS, de filosofia e comportamento humano. Neste mesmo viés, Cândido se dedica atualmente à duas outras obras – ao livro de fotografias CODÓ, CADA FOTO UMA HISTÓRIA PRA CONTAR e à outro de nome CODÓ E O LOBISOMEM.

Tem como principal diversão ver filmes, de preferência os baseados em fatos reais e os épicos. É apaixonado por teologia, curso que já concluiu em faculdade particular, e saca muito de parapsicologia.

COMO ELE É?

Como amigo, próximo, posso relatar, sem medo de errar, que este sujeito, extraordinário, além de bom filho (que o diga seu Walter) é sério, confiável, honesto até a alma, zangado quando injustiçado, sereno, amável, respeitador e tem uma capacidade de aprendizagem e humildade espetacular.

Sua mente, como costumo dizer, é fantástica. Capaz de lembrar de coisas sobre os primórdios da terra com todas as datas e detalhes que estavam no livro que seus olhos tiveram a oportunidade de ver.

TÍTULOS E HOMENAGENS

Além de tudo isso, é membro do Instituto Histórico e Geográfico do Codó, onde fez forte discurso recentemente, quando da solenidade de novos membros, e, por tudo isso, já vieram dois grandes momentos em 2012 – a homenagem pelo projeto CODÓ, CADA FOTO UMA HISTÓRIA PRA CONTAR, feita pela Secretaria Municipal de Cultura e Igualdade Racial (em 14 de abril) e no dia do aniversário da cidade (16 de abril) , por iniciativa do vereador presidente da Câmara, Figueiredo Junior, Cândido recebeu o merecido título de Cidadão Codoense.

Merecido porque, apesar de ter nascido em Pirapemas, este sim já fez muito por nossa história, e, acredite, ainda fará muito mais.

Boa sorte, irmão.

Veja a foto de um dos suspeitos de participar da morte do blogueiro Décio Sá

Valdênio

Valdenio José da Silva, preso como um dos suspeitos da morte do jornalista Décio Sá, permanece preso na SIEC. Ele continua aprisionado com um outro suspeito, Fábio Roberto Cavalcante Lima.

A prisão dos dois foi decretada pela juiza Alice de Sousa Rocha. Valdênio estava com uma arma de calibre 38.

A polícia levanta participação dele em outros crimes em alguns estados do Nordeste. Em pelo menos um já foi confirmado, como sendo participante de quadrilha de roubo de cargas.

Denúncias anônimas levara a polícia a apurar a sua participação na morte do blogueiro Décio Sá.

A Polícia ainda não confirmou a participação dele no assassinato de que foi vítima o jornalista
Os investigadores do caso desconfiam que Valdenio José da Silva seja o responsável pela fulga do executor de Décio Sá.

Imagens cedidas por proprietários de casas nas proximidades do morro por onde o matador subiu para alcançar um carro que já o esperava, estão sendo trabalhadas por causava da péssima visibilidade. Por elas, é provável que o comparsa do assassino seja reconhecido. O matador, pelas imagens recolhidas, entra em um carro e foge. Tudo foi milimetricamente tramado.

FONTE: Site da Eldorado AM/Codó

UPA de Coroatá receberá repasse milionário, a de Codó NÃO

Recursos serão utilizados para manutenção dos serviços prestados em oito estados brasileiros

Municípios de oito estados receberão recursos de custeio do Ministério da Saúde para manutenção dos serviços prestados pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192).

É o que consta nas 14 portarias publicadas na última quinta-feira (26) no Diário Oficial da União. O valor total de R$ 22,7 milhões, por ano, será incorporado aos tetos financeiros de Média e Alta Complexidade dos respectivos estados ou municípios.

A vizinha cidade de Coroatá está lista das cidades agraciada com o repasse, Codó, infelizmente, NÃO. No Maranhão, os municípios de Coroatá, São José do Ribamar e Imperatriz receberão R$ 2,1 milhões, cada um, para custeio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) de suporte tipo II.

Com informações da Agência Saúde/Ministério da Saúde

Coordenadora rural faz defesa do governo Zito sobre matéria que mostrou falta de escola em Corujão

A coordenadora de Educação no Campo, professora Zuca, esteve ontem, 27, na companhia da gestora do pólo do Cit Novo Horizonte, Francisca Lima, no programa Cidade da Gente (TV Codó).

Professora Zuca

As duas foram dá explicações sobre as condições mostradas pela TV Mirante denunciando falta de escola no povoado Corujão. Professora Zuca começou dizendo que via com tristeza a reportagem dado ao esforço que o governo Cuidando de Nossa Gente em melhorar a educação rural.

“Eu vejo com tristeza essa matéria porque a gente tem se esforçado muito para melhorar a educação do campo. O prefeito Zito, muito preocupado com a realidade daquela região, principalmente, do Corujão, construiu uma escola vizinha, à 6ks, foi construida uma escola padrão MEC, com salas de aula, secretaria, banheiros, tudo de qualidade para que melhorasse toda aquela região que fica vizinha à comunidade Lagoa da Cit”, disse

FALTA DINHEIRO

Lembrou que Zito Rolim já construiu bastante salas de aula (cerca de 116) e o resto do problema só ainda não foi resolvido porque falta recurso financeiro.

“o prefeito Zito já construiu bastante sala de aula na zona rural e nós não vamos dizer que vamos acabar com o problema da sala de aula coberta de palha, encontramos e estamos tentando, procurando uma maneira para que nós pudéssemos eliminar todas essas escolas de palha da zona rural. Infelizmente ainda não dispomos de recursos suficientes para que nós pudéssemos acabar com este problema”, afirmou

MERENDA

A matéria não critica falta de merenda, pois a equipe encontrou biscoito com suco no lugar e não havia este tipo de reclamação entre os alunos, mas de alguma forma a coordenadora entendeu que houve a crítica e a rebateu.

“Merenda escolar, isso não é verdade. Merenda escolar nós temos no pólo, temos um cardápio, na escola não pode ser todo dia uma coisa só que o aluno não vai gostar, claro que nós temos um cardápio. Temos aluno nesse tipo de escola nessa situação, mas estamos tentando eliminar todos esses problemas rurais”, frisou

ENSINO MULTISERIADO

Zuca também falou sobre o fato de uma só professora ensinar alunos de 4 séries ao mesmo tempo, usando dois quadros e turmas viradas.

O Governo Federal ainda não dispõe de recursos para que nós possamos contratar um professor por aluno. Numa sala dessas nós temos que ter 25 alunos, existem várias salas de aula na zona rural, por motivo até de dificuldade de acesso, salas funcionando atér com 10 alunos, multiseriado porque não podeos abrir uma sala apenas para um aluno. Na zona rural a realidade é essa, Nós temos a escola ativa que trabalha com esse tipo de aluno multiseriado de séries diferentes. Eu só lamento essa reportagem ter saído em nível de Jornal do Maranhão”, argumentou

POLÍTICA

Taxou a reportagem de ‘questão política’ porque o governo chegou a se entender com a comunidade que concordou em mandar as crianças para a escola mais próxima, que fica a 6kms em Lagoa da Cit, inclusive dispondo de tansporte escolar. Agora os moradores aparecem reclamando da escola de Corujão, para a surpresa da coordenadora rural.

“eu acredito que é uma questão política porque nós estamos sempre na zona rural, sempre, principalmente, a gestora lá do pólo também e esta comunidade aceitou, prontamente, que a gente colocasse um transporte escolar para que essas crianças fossem estudar na escola mais próxima, escola que o aluno vai se sentir bem” , disse completando

“E até fiquei surpresa porque toda comunidade dessa quer que se construa uma escola dentro da sua localidade.

A gente tá vendo lá que a distância é muito pequena, 6kms do Corujão para Lagoa da Cit, então foi colocado o transporte escolar, está lá esse transporte escolar, trabalhando manhã, tarde levando esse alunos até a escola da Lagoa da Cit”, conclui

GESTORA DO PÓLO FALA

A gestora do Pólo, professora Francisca Lima, repetiu o discurso de que a comunidades exige uma escola em Corujão quando os alunos poderiam viajar 6kms e estudar na Lagoa da Cit, que tem duas salas de aula e uma estrutura melhor.

“Essa escola já existe há muito tempo, mas cada comunidade eles querem uma escola, elas falam que estão prontos para ajudar, depois que se organizam eles ficam fazendo essas cobranças, mas como a nossa coordenadora, a Zuca, acabou de dizer, e é verdade, nós temos uma escola padrão na Lagoa da Cit, para atender a todas estas comunidades, só que é a comunidade que não quer, eles querem que funcione na sua localidade”, afirmou

Lindojon Bezerra capacita funcionários que atuarão no Procon de Pedreiras

Professor Lindojon

Foi inaugurado na sexta-feira, 27, no aniversário da cidade, o PROCON Municipal de Pedreiras-MA. A ideia de sua criação partiu da Promotora de Justiça titular da 1ª Promotoria de Pedreiras (com atribuição na defesa do consumidor), Dra. Sandra Soares Pontes, que motivou as autoridades a elaborarem o projeto de lei e o prefeito municipal a sancionar a Lei nº 1.311/2010.

O PROCON de Pedreiras-MA, conta com uma estrutura de computadores ligados à internet, sala de conciliação, recepção, atendimento ao público, banheiros, salas climatizadas e área de serviço. O atendimento ao público começa nesta segunda-feira, dia 30, a partir das 8h.

Durante esta semana, desde o dia 24/04 os servidores do órgão estão participando de um curso de capacitação de 40h ministrado pelo Especialista em Direito do Consumidor, Prof. Lindojon Bezerra, que é professor de Direito da Universidade Estadual do Maranhão, servidor de carreira do Ministério Público do Maranhão e membro do Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor – BRASILCON.