Ex-governador José Reinaldo filia-se ao PSDB

O ex-governador e deputado federal José Reinaldo Tavares assinou, na tarde desta quarta-feira, 04, a ficha de filiação ao PSDB. O ato aconteceu no gabinete do presidente estadual do partido no Maranhão, senador Roberto Rocha, em Brasília. Outra filiação, ocorrida na mesma ocasião, foi a de José Luís Lago, irmão do ex-governador Jackson Lago. 

As fichas assinadas por José Reinaldo e José Luís Lago foram abonadas pelo senador Tasso Jereissati (CE), e por Roberto Rocha, pré-candidato ao governo do Maranhão. Também participou do ato o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, a presidente do PSDBMulher, Ieda Crusius, o deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB-MG), o vice-líder da bancada na câmara, deputado federal Betinho Gomes (PSDB-PE), entre outros.

Madeira comentou de forma positiva as aquisições do partido, em especial, a de José Reinaldo: “A vinda dele ao partido foi uma unanimidade, dado o seu esforço e o seu trabalho”, afirmou.

Para Roberto Rocha a filiação de Zé Reinaldo fortalece o PSDB. “Não tenho dúvidas de que José Reinaldo soma com o nosso partido, para podermos, juntos construir o projeto de um país. Eu estive com o governador Geraldo Alckmin há uns quinze dias atrás, em São Paulo. Conversamos muito sobre o ex-governador José Reinaldo e esse momento que estamos vivendo aqui. Quero agradecer a oportunidade… ao Tasso (Tasso Gereissatti), que foi um facilitador para este momento, dadas as relações históricas com Zé Reinaldo. É nosso amigo e também foi um dos principais responsáveis pela minha volta ao PSDB”, declarou Rocha.

José Reinaldo se declarou disposto a compor uma frente de combate à pobreza no Maranhão: “Estou aqui para somar, colaborar como eu puder. O Maranhão é o estado mais pobre da federação, a menor renda per capita do Brasil. Conversei com o governador Alckmin sobre o discurso para essa região tão pobre, que tem que ser diferente, pois o nosso principal objetivo é o combate à pobreza”, disse.

Professores decidem voltar à Câmara e manter aberto diálogo com governo Nagib

OS PROFESSORES deliberaram em assembleia extraordinária pela continuidade da luta em favor do repasse de 60% dos R$ 26,5 milhões de reais oriundos FUNDEF.

SINTSERM

Em comunicado de poucas frases divulgado pelo WhatsApp o presidente do SINTSERM, professor Marco Antonio da Silva, disse que a presença na Câmara voltará já na próxima sessão dia 10 de abril.

Ressalta também que a categoria continua aberta ao diálogo com o governo do prefeito Francisco Nagib.

“Após produtiva Assembleia extraordinária do SINTSERM-CODÓ  deste 03/04, professores deliberam por continuidade da luta em defesa da valorização dos profissionais do magistério mediante o recurso dos precatórios do FUNDEF com retorno da categoria à câmara de vereadores nas próximas sessões, ao mesmo tempo em que continuamos abertos ao diálogo com a administração mediante a mediação iniciada pelo doutor Marinel! Avante companheiros(as), a luta continua.      A direção”.

Veja o momento em que Expedito recusa-se a assinar notificação do caso MANOEL JÚNIOR

Na sessão de ontem o vereador Milson da Gabriela tentou notificar Expedito Carneiro de seu afastamento por meio do andamento da denúncia formulada por Manoel Junior. Expedito disse que ouviria sua assessoria jurídica e depois disso recusou-se a assinar a papelada. ASSISTA

Deputado estadual questiona novo empréstimo de R$ 500 milhões do governo Flávio Dino

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) revelou que o governo Flávio Dino (PCdoB) quer pedir dois empréstimos a bancos internacionais, que somados chegam a US$ 148 milhões, isto é, aproximadamente meio bilhão de reais, consoante o risco da variação cambial do dólar. Trata-se do Projeto de Lei nº 063/2018, publicado no Diário Oficial da Assembleia Legislativa no início da semana.

“Eu chamo à atenção para a questão da falta de transparência. Novamente, a exemplo de outros empréstimos contraídos pelo governo Flávio Dino, não são informados pontos importantes como taxa de juros, prazo de pagamento e a destinação específica, minuciosamente detalhada dos recursos. Por isso, vou solicitar à Mesa uma audiência pública, convocando representantes do Governo para dar maiores explicações e as justificativas para esse pedido de empréstimo milionário em pleno ano eleitoral”, pontuou Adriano.

De acordo com o PL nº 063/2018, o governo Dino quer solicitar empréstimo ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), no valor de US$ 77.652.392,00; e ao New Development Bank (NDB), no valor de US$ 70.806.056,00. O documento não dá detalhes técnicos e financeiros, mas informa que o destino dos recursos seria o Programa Corredor de Transporte e Integração Sul-Norte do Maranhão, para um trecho que liga o município de Balsas a Tasso Fragoso; e um outro trecho que liga Tasso Fragoso a Alto Parnaíba.

Alagamentos – Bacabal sob estado de alerta

O rio Mearim começou a subir e já ameaça algumas famílias ribeirinhas na cidade de Bacabal. Imagens que estão vindo da cidade já mostram situação de alerta, veja.

Prefeito Nagib faz entrega livros didáticos para alunos da educação infantil em Codó

A gestão Mais Avanço, Mais Conquistas está realizando a entrega de livros didáticos em todos os Centros Municipais da Educação Infantil da zona urbana e rural do município de Codó. Esta semana, o prefeito Francisco Nagib e secretário de educação, Paulo Buzar, estiveram no CMEI’s Santa Rita, no bairro Codó Novo, e Robson Rolim, no Residencial Santa Rita, distribuindo material didático aos alunos do maternal e dos níveis 1 e 2.

O prefeito Francisco Nagib tem apoiado de forma bastante abrangente a educação municipal. Nesse momento estamos entregando material para crianças de três anos, algo inédito na educação maranhense. Portanto observamos a responsabilidade com que estamos tratando as questões do ensino em Codó. Este material faz parte de um amplo programa, que inclui formação de professores e alunos, visando a elevação de nossos indicadores da educação”, explicou o Secretário de Educação, Paulo Buzar.

Ao todo serão entregues mais de mil livros e cadernos de atividades. De acordo com a série, os alunos também poderão ganhar uma mochila, como receberam as cento e cinquenta crianças de dois a três anos do residencial Santa Rita. Todo material faz parte do projeto Aprender Construindo da Editora IMEP.

Os livros, de acordo com professores e gestores das escolas, são fundamentais para acelerar o processo inicial de alfabetização das crianças. “É um material de muita qualidade, bem elaborado e confeccionado. Pelo segundo ano recebemos este material, que teve ótima aceitação entre as crianças e atendeu a demanda de forma muito satisfatória. Só temos a agradecer a todo apoio do governo municipal e ao empenho do prefeito Nagib em prol das crianças”, disse Neucimar Araújo, gestora do CMEI Robson Rolim.  

Mais que material didático, a gestão municipal tem buscado investir na educação como um todo, para que a cada ano possa elevar a qualidade do ensino público nas escolas municipais e assim contribuir com a melhora dos indicadores educacionais. “É um grande investimento que estamos fazendo, com material didático, formação de professores. O governo federal não fornece esse material, então estamos investindo, pois entendemos que a educação infantil é a base de tudo. Estamos colocando em prática um método de sucesso, que já existe em cidades como Sobral, com eficácia comprovada e excelentes resultados”, finalizou o prefeito Nagib

Asscom – PMC

ASSISTA: O clima entre Leonel Filho e Expedito vai acabar dando ‘porrada’

A situação entre os parlamentares Expedito Carneiro e Leonel Filho está por um fio para que um dos dois tome a iniciativa da famosa ‘vias de fato’, noutras palavras, parta para a porrada.

Ontem, como mostra o vídeo abaixo, Leonel convidava Carneiro para deixar a cadeira da presidência enquanto este sorria ironicamente e dividia-se entre teclar o celular e olhar para a cara de seu algoz que falava mansamente controlando-se ao microfone.

Em determinado momento Expedito usa o microfone e profere a seguinte frase:

“Você vai ficar falando a noite todinha aí, mas, só se você vier me tirar”

Em resposta, Leonel manteve a calma dizendo:

“Eu podia muito bem ir tirar, seria até um prazer pra mim, mas é que eu não sou um mal educado como Vossa Excelência, não é por medo não, acredite nisso aí viu presidente, não é por medo não, é por educação ao povo de Codó”

Falta pouco para que haja algo mais entre os dois, esperemos que este dia não chegue. O parlamento já está arrebentando o suficiente sem porrada. ASSISTA

A situação entre os parlamentares Expedito Carneiro e Leonel Filho está por um fio para que um dos dois tome a iniciativa da famosa ‘vias de fato’, noutras palavras, parta para a porrada.
Ontem, como mostra o vídeo abaixo, Leonel convidava Carneiro para deixar a cadeira da presidência enquanto este sorria ironicamente e dividia-se entre teclar o celular e olhar para a cara de seu algoz que falava mansamente controlando-se ao microfone.
Em determinado momento Expedito usa o microfone e profere a seguinte frase:
“Você vai ficar falando a noite todinha aí, mas, só se você vier me tirar”
Em resposta, Leonel manteve a calma dizendo:
“Eu podia muito bem ir tirar, seria até um prazer pra mim, mas é que eu não sou um mal educado como Vossa Excelência, não é por medo não, acredite nisso aí viu presidente, não é por medo não, é por educação ao povo de Codó”
Falta pouco para que haja algo mais entre os dois, esperemos que este dia não chegue. O parlamento já está arrebentando o suficiente sem porrada. ASSISTA

Comandante da PM fala sobre 98 arrombamentos em área comercial de Codó

Lailson Avelino Guilhon, de 30 anos, usou um vergalhão para iniciara o arrombamento de uma loja de móveis e eletros na madrugada de ontem no centro comercial de Codó. Um vigia da área acionou a PM que o prendeu em flagrante.

Mesmo numa área bastante vigiada por câmeras, os arrombadores se mostram cada vez menos intimidados.

Os arrombamentos  passaram a fazer parte da lista dos empresários daquilo que gera prejuízos no comércio de Codó.

Um  monitoramento feito pela Polícia Militar mostra que de 2015 até hoje já são 98 registros, um número que é considerado aquém da realidade porque muitos destes arrombamentos sequer chegam ao conhecimento da polícia.

VEJA OS NÚMEROS DA PM:

  • 2015 – 34 arrombamentos registrados;
  • 2016 – 24 arrombamentos;
  • 2017 – 26 casos
  • 2018 – 8 registros (até agora).

No ramo empresarial há bastante tempo , o empreendedor Luiz Carlos Mohana já teve a loja invadida na madrugada por ladrões 3 vezes. Falou de como é terrível a sensação.

Saqueiam a loja, levam o que pode, teve uma ocasião que inutilizaram, tocaram fogo e fica mais difícil ainda, dá uma sensação de impunidade e a gente fica desestimulado, a trabalhar, gerar emprego”

Por conta do risco muitos empresários investiram no monitoramento eletrônico, mas a vigilância presencial ainda é  subutilizada.

Para Luiz Carlos, vem dando certo.

 “As portas reforçadas, Lage, os fundos  bem protegidos e nós não tivemos mais este problema, investimos em câmera, intimida um pouco porque tem na frente, tem nos fundos, tem no interior da loja e eles temem ser reconhecidos, a gente passar pra polícia fica mais fácil de localizá-los”

O comandante  da PM,tenente-coronel Jurandir de Sousa Braga,  considera os 98 registros de arrombamento um número considerado dentro da media para o porte que tem a cidade de Codó, quando a quantidade é dividida por ano.

A expectativa é diminuir ainda mais com novas medidas que estão sento tomadas.

 “Sem dúvida, a gente espera que com a implantação do sistema de monitoramento que está sendo implantado em Codó com câmeras de vigilância 24 horas NO CENTRO e principais pontos de saída da cidade a gente consiga ver em tempo real as ocorrências e assim prevenir”, disse

OUÇA A REPORTAGEM (Podcast blogdoacelio)

NA TV – Diretor-geral do HRT desafia políticos a não fomentarem ‘desgraça e discórdia’

Ontem, 3, foi veiculada na TV de Timbiras uma entrevista com Dr. Márcio, diretor-clínico do HRT, e com o diretor-geral, Sanção da Silva. Os dois, claro, tiveram como pauta a situação  de suas possíveis saídas por questões políticas.

Já é do conhecimento geral que Zito Rolim, ex-prefeito de Codó, recebeu o comando político para indicar pessoas no Hospital REGIONAL de Timbiras e quer substituir Sanção e Márcio por Guilherme e Dr. Bel, respectivamente.

A entrevista foi longa. Em um dos trechos, Dr. Márcio criticou o individualismo que parece estar ganhando força na atual conjuntura. Disse achar uma discriminação querer que só timbirenses dirijam o hospital, apesar de não se opor, e elogiou o colega que o teria convidado para o comando clínico.

“Não quero dividir a sociedade timbirense ou a sociedade codoense ou qualquer outra sociedade, o hospital HRT é um hospital regional, mas é só de Timbiras, mas  está em Timbiras, ele é um hospital regional, hoje estou diretor e aceitei o cargo por conta desse homem aqui, o Sanção, não vi nenhuma direção até hoje fazer o que esse homem fez pelo hospital”

RECADO AOS POLÍTICOS

Sanção falou de sua administração, de como chegou desacreditado até por vereadores só porque estava vindo  de Caxias.

Depois direcionou-se aos políticos, sem citar nomes, fazendo-lhes um desafio – que usem seus super poderes não para causarem ‘desgraças e discórdias”, mas para ajudar ao hospital Regional de Timbiras.

“Não tenho um inimigo em Timbiras e pra você, político, eu não sou seu inimigo não cara. Eu vou pedir um auxílio  pra você que é um político de Codó e Timbiras, você que quer usar o hospital puramente pelo lado político ao invés de você está fomentando essa desgraça, esse embate, essa discórdia, vocês políticos eu tenho um exemplo muito bacana quando o hospital ia fechando me chamaram na Câmara, tinha vereador que não gostava de mim só porque eu não era de Timbiras e eu ajudei esses caras muitas vezes, foram lá bater na minha porta, ligaram altas horas da noite pra gente ajudar à eles ajudarem outras pessoas”

“(…) Usem essa influência de vocês, que são poderosíssimas pra trazer mais recurso pro hospital. Eu vou dá um exemplo, nós estamos precisando de uma ambulância”

Por Jacinto Junior – Essa luta vale a pena

Trabalhadores e trabalhadoras da educação, uni-vos!

Essa épica batalha ressoará para a posteridade e servirá de guia para as gerações que hão de vir, pois, a história não negará justiça a quem merece e, certamente, fará soçobrar o inimigo comum. Nada temos a perder, ao contrário, só temos a ganhar e ganharemos com muita intrepidez, coragem e determinação como deve ser escrito esse novo e magistral capítulo histórico. É com esse espírito de luta que venceremos o insensível gigante. Lembremo-nos da narrativa bíblica (1 Sm 17:31-58), em que Golias, o filisteu, fora abatido por Davi, o jovem pastor de ovelhas com apenas uma funda! Esse episódio retrata com propriedade a perspectiva de que nem sempre o mais forte, temível e poderoso sai vencedor num campo de batalha. É um exemplo que nos inspira a acreditar naquilo que, a priori, é impossível acontecer. Tudo é possível, basta termos fé e esperança!

Somos uma força imanente, inesgotável e atemporal, nunca perderemos nosso valor enquanto mantivermos a unidade como elemento fundante de nossa flamejante resistência. Por conseguinte, a unidade constitui a mais poderosa e eficaz arma para garantir nossos direitos legais. Numa batalha em campo aberto a unidade torna-se peça fundamental para estimular a solidariedade e fortalecer cada trabalhador(a) que se encontra no front. Toda luta/batalha/guerra tem um sentido, tem um espólio. E nós já temos a nítida compreensão daquilo que almejamos conquistar. É preciso que cada trabalhador(a) internalize a extensão e as consequências desse processo que se desenvolve em nossa sociedade. O fundamento que nos inspira a requerer nossos direitos espelha-se no ordenamento constitucional. É impensável reivindicar algo que não esteja coadunado com a letra inconfundível da lei que rege o sistema educacional em seu corpo estrutural.

Ninguém pode nos deter. Nenhuma força oposta à nossa bandeira será capaz de demolir nossa unidade e nossa resistência. Não podemos aceitar a opressão como fato natural e nos rebaixar, sem que antes, empunhemos nossos estandartes e nossas armas. Nossa dignidade deve suplantar o medo e a acomodação, nossos sonhos não podem ser aniquilados por forças obtusas e antidemocráticas.

Portanto, o que deve mover cada trabalhador(a) da educação nessa intempestiva batalha é a capacidade de enxergar a si mesmo como sujeito operador e protagonista, desvelando o lado revolucionário que está escondido, adormecido, sem ter como produzir o verdadeiro sentimento da cidadania que é, na realidade, a chave para contornar o viés do viés.

Trabalhadores e trabalhadoras da educação, a luta é a mais importante arma entre vós para poderdes engendrar as condições necessárias para resistir à investida daqueles que nos governam e nos querem tornar marionetes, passivos e acovardados. Resistir é o único modo que temos para superar as engrenagens dos governos ditatoriais e obscuros.

Conclamamos a todos(as) os(as) trabalhadores(ras) a permanecerem firmes nos ideais de justiça, na democracia e na liberdade de lutar sempre que for preciso! Somos uma força indestrutível! Somos um legado da verdade e a história será nossa testemunha ocular.

Por isso, essa luta vale a pena, sempre!