REPERCUSSÃO: Roseana teria demonstrado infelicidade na casa de Biné com vaia na UPA

O blogdoacelio já teve contato com diversas pessoas que estiveram acompanhando Roseana Sarney e sua comitiva na casa do ex-prefeito, Biné Figueiredo, pra onde teria ido após o fatídico episódio na inauguração da UPA/Codó. Todos foram unânimes em afirmar que a excelentíssima senhora governadora ficou chateada com o grupinho que ensaiou uma vaia às autoridades ali presentes, no momento convidadas dela.

‘Foi deselegante e fora do contexto’, teria comentado Roseana com os mais próximos.

O argumento dos arquitetos da proeza magistralmente irracional agora tentam, depois que foram repreendidos, inclusive na hora por Roseana, emplacar o argumento de que teria sido ‘o povo’.

Ledo engano, além de muito fraca a argumentação (como não poderia deixar de ser). Colocar a culpa no povo, para tentar se safar da vergonha que acabou sendo o ato, é chamar o povo de Codó de mal educado e isso nós sabemos que ele não é.

Mais uma fora, da turma dos ‘maluquinhos’ sem controle que mais atrapalham do que ajudam o governo Cuidando de Nossa Gente. Tá na hora de isolar essa turma, afinal ta chegando a eleição e vossa excelência vai precisar de gente inteligente, não de ignorantes com iniciativa.

Confira as manchetes de amanhã do www.fontedenoticias.com.br

Confira algumas das principais manchetes do mais novo site de notícias do Brasil (www.fontedenoticias.com.br)

PREJUÍZO – Mais de 8 mil famílias codoenses perdem benefício da baixa renda na conta de energia

ELEIÇÕES 2012 – Políticos movimentam porta do Fórum Eleitoral ajudando eleitores da zona rural

PANE – Semáforos defeituosos causam transtornos no centro de Codó

ECONOMIA – Consumidores enfrentam escassez de produtos no Mercado Central codoense

JUSTIÇA – Vereador deve pagar indenização por danos morais ao chamar carnavalesco de “travecão”

MEIO AMBIENTE – Tratamento adequado do lixo pode render US$ 10 bilhões/ano ao Brasil.

Os detalhes de tudo isso e muito mais, amanhã no www.fontedenoticias.com.br

CONFIRA: Ranking das mais polêmicas e comentadas da semana no blogdoacelio

Confira o ranking das matérias mais comentadas da semana (de 12 a 17 de março) no blogdoacelio.

1º lugar: VERGONHA:Grupinho contratado para vaiar autoridades pega sugesta da governadora na UPA

(47 comentários)

2º lugar: Francisco Nagib admite ‘namorinho’ com PCdoB

(24 comentários)

3º lugar: Blog no Jornal Pequeno revela que Prefeitura de Codó ‘investiu’ quase R$ 2 milhões no carnaval 2012

(23 comentários)

4 º lugar: Francisco Nagib recebe Roseana, senadores e comitiva em sua residência

(22 comentários)

Plan vai comemorar 75 anos lançando projeto esportivo no clube da Sucam

Convite da Plan

A Organização Não-Governamental Plan, que atua em Codó há vários anos cuidando de crianças e adolescentes em situação de risco social, vai comemorar, em grande estilo os 75 anos de existência da ONG no mundo.

Em Codó, a festa do 75º aniversário será realizada no clube da SUCAM, dia 20, terça-feira. Na ocasião será lançado o projeto ‘APOIO ÀS ESCOLINHAS DE FUTEBOL MASCULINO”. O evento tem previsão para começar às 9h da manhã e deve acontecer até às 15h.

Vale a pena participar.

Ministério confirma aumento de salário para Agentes Comunitários de Saúde

Ministério da Saúde reajuste em 16,3% incentivo financeiro para mais de 250 mil profissionais que atuam no Saúde da Família. Valor passa de R$ 750 para R$ 871 por mês O Ministério da Saúde aumentou o incentivo financeiro que repassa mensalmente aos municípios, por meio do Piso da Atenção Básica (PAB) variável, para os 250.903 Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) que atuam na estratégia Saúde da Família.

O reajuste é de 16,3%, retroativo ao último mês de janeiro, e eleva o valor do incentivo de R$ 750 para R$ 871. Para garantir este benefício, o investimento do ministério será de R$ 403 milhões por ano, recursos que poderão ser ainda maiores, uma vez que a quantidade de ACSs tem sido crescente. Os Agentes Comunitários de Saúde são profissionais vinculados às Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Eles realizam ações individuais ou coletivas de prevenção a doenças e promoção de saúde por meio de ações educativas nos domicílios e na comunidade.

Com o reajuste, o financiamento anual do Ministério da Saúde para a garantia do incentivo financeiro aos Agentes Comunitários de Saúde passa de R$ 2,5 bilhões para R$ 2,9 bilhões. “Essa previsão considera o número atual de ACSs no país (referente ao mês de fevereiro). Mas, com a expansão da cobertura do Saúde da Família, esse valor poderá chegar a R$ 500 milhões até o final deste ano”, explica o secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Magalhães. Segundo ele, esses recursos são para remuneração direta dos agentes e pagamento de encargos trabalhistas.

Cada Agente Comunitário de saúde é responsável pelo acompanhamento de, no máximo, 150 famílias ou 750 pessoas. O acompanhamento do trabalho destes profissionais é feito por um enfermeiro da equipe da estratégia Saúde da Família, lotado na respectiva Unidade Básica de Saúde. O agente deve ser vinculado ao município, que deverá aderir à estratégia para receber o incentivo financeiro do governo federal. “Atualmente, quase 97% das cidades contam com a atuação destes profissionais, o que representa uma cobertura de 122.555.622 brasileiros, ou seja, mais de 64% da população.

A nossa intenção é estimular, cada vez mais, a adesão dos municípios pela importância do trabalho que os Agentes Comunitários de Saúde realizam”, acrescenta Helvécio Magalhães. Para ser um ACS, é preciso que o profissional seja morador (há pelo menos dois anos) da área onde exercerá as atividades, saber ler e escrever, ter mais de 18 anos e disponibilidade de tempo integral para exercer a função de agente comunitário. O recrutamento destes profissionais deve se dar por meio de processo seletivo promovido pela município, com o acompanhamento da secretaria estadual de saúde.

SAÚDE DA FAMÍLIA – O Saúde da Família é a principal estratégia do Ministério da Saúde para reorientar o modelo de assistência à saúde da população a partir da Atenção Básica, que é a principal e mais próxima porta de entrada do SUS, capaz de resolver até 80% dos problemas de saúde das pessoas. As equipes multidisciplinares que atuam na estratégia são formadas por médico, enfermeiro, técnico ou auxiliar de enfermagem e agentes comunitários de saúde para o desenvolvimento de ações de diagnóstico e orientação para o tratamento de doenças, promoção da saúde, prevenção de agravos e reabilitação dos pacientes.

Atualmente, o país conta com 32.498 equipes de Saúde da Família atuando em 5.288 municípios, o que representa um percentual de 95% de cobertura pelo Saúde da Família. A execução da estratégia é compartilhada pelos estados, Distrito Federal e municípios e coordenada pelo Ministério da Saúde.

Da Agencia Saúde – ASCOM/MS

Veja como foi o discurso de Zito Rolim ao lado de Roseana Sarney

O prefeito Zito Rolim foi uma das autoridades a discursarem na inauguração da UPA, além de Roseana Sarney, Ricardo Murad, César Pires e Edison Lobão. Começou dizendo que a governadora só vem a Codó para dar boas novas à nossa população e naquela oportunidade não seria diferente.

E a sua vinda aqui em Codó foi para entregar á população de Codó foi para entregar uma obra muito importante que é esta Unidade de Pronto Atendimento que é para melhorar a saúde do cidadão codoense”, disse

Reclamou-se de ser criticado ‘dia e noite’.

“Como se a saúde de Codó tivesse tão ruim, confesso que não está da forma que nós gostaríamos que estivesse, nem eu, nem a senhora governadora, nem o secretário de saúde, mas tudo nós estamos fazendo para que ela melhore a cada dia’ frisou

Zito lembrou da ponte sobre o Rio Codozinho e disse que a oposição agora se calou porque ela está sendo concluída de concreto e não de madeira, pois construí-la como antes seria um ato de irresponsabilidade.

“Hoje já não fala mais nisso porque a obra já está sendo construída e concluída de qualidade. Nós não somos irresponsáveis em gastar o recurso público, fazendo mais uma vez uma ponte de madeira (…) e em poucos dias nós vamos inaugurar e entregar àquela população da Colônia aonde lá tem mais de 5 mil assentados que vão se beneficiar com aquela obra importante”, argumentou

Referiu-se à colaboração do Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, no que tange ao programa Luz Para Todos.

“Aonde nós já fizemos, praticamente, 2 mil quilômetros de rede Elétrica, já beneficiamos aproximadamente 5 mil famílias, isso é que é governar para o povo. Isso tem causado inveja, isso tem causado toda essa crítica é porque o grupo da Roseana Sarney tem trabalhado pelo Maranhão”, destacou

Rolim também falou do ato de ter levado ambulâncias para três localidades da zona rural de Codó.

“Nós fizemos aqui, no município de Codó, um caso inédito, nós colocamos ambulâncias no município (distrito rural) de Cajazeiras, no KM17 e na Boa Vista do Procópio. Isso é melhorar a saúde (…) portanto, é isso que nós estamos fazendo, é esse apoio que o Governo do Estado, que o ministro Edison Lobão, que o secretário de saúde tem dado ao povo de Codó’, lembrou

O prefeito de Codó fez uma alusão ao bombom prestígio, lembrando que sua oposição utilizava-o para criticá-lo dando a entender que ele não tinha qualquer valor junto ao governo de Roseana Sarney.

“A governadora tem responsabilidade, ela não vai inaugurar essas UPAs sem que tenha recurso suficiente para a manutenção, nós aqui fomos criticados dia e noite, diziam que nós não tínhamos prestígio com a governadora, disseram até que o prefeito só tinha prestígio no bombom – olha aqui o bombom. E aqui está, esse prestígio não é do Zito não, esse prestígio é de vocês”,disse

Ao final agradeceu a presença de todos e em especial ao carinho dispensado por Roseana ao povo de Codó.

‘Eu quero agradecer em nome da população de Codó pela atenção que a senhora tem dado”, encerrou

Conheça um pouco do histórico de vida de Chaguinha da Câmara

Chagas da Câmara

Funcionário público, Francisco das Chagas, residente e morador do bairro São Francisco, é conhecido popularmente como “Chaguinha da Câmara”.

Ganhou destaque devido à história de luta, pois se esforçou em busca do seu primeiro emprego apenas com 11 anos de idade, impulsionado pela necessidade de ajudar a sua família, que vivia em situação desfavorável, assim conseguiu iniciar na Câmara Municipal de Codó, onde é funcionário até hoje.

Nesse intervalo de tempo, conquistou uma família com uma esposa e dois filhos, e também conseguiu vários amigos, buscou inspiração em sua história de vida, para a criação de um projeto social voluntário, que leva o nome de ESCOLINHA DE FUTEBOL AÇÃO VOLUNTÁRIA que trabalha hoje com 108 crianças e adolescentes que tem por objetivo ocupar o tempo dessas crianças, se dedicando aos sábados, domingos e feriados, afastando – as das ruas e das drogas. Esse projeto consiste em uma das suas grandes lutas de hoje.

“Uma das minhas lutas é conseguir registrar a minha escolinha, e buscar parcerias com alguns clubes brasileiros, com fé em Deus”, disse Chaguinha

Hoje Chaguinha da Câmara, tem mais um novo desafio, que é colocar seu nome a pré-candidato a vereador da cidade de Codó. O mesmo encontra-se preparado para se engajar em novas lutas, novos projetos que visem o bem para a população da sua amada terra Codó, contando com o apoio de seus familiares, amigos e seus conterrâneos, objetivando nesse primeiro momento expor suas propostas, para que assim possa contar apoio de cada um.

Texto: Assessoria de Chaguinha

G10 prepara ‘festa de arromba’ para oficializar grupo em Timbiras

O G10, grupo formado só por pré-candidatos a prefeito nascidos em Timbiras, está preparando uma ‘festa de arromba’ para oficializar a união e as propostas que norteiam a ideia inicial de ‘tirar de tempo’ os pré-candidatos estrangeiros.

Segundo informações repassadas ao blogdoacelio, a festa ocorrerá dia 31 de março, já em clima de aniversário de Timbiras com show de banda musical que vai varar a madrugada.

Todos os integrantes do G10 estarão presentes, oportunidade que os eleitores timbirenses terão para começar a conhecê-los um pouco mais, a partir dos discursos que serão apresentados nesta noite que deve ficar na história.

ARTIGO: Ele não sabe, mas quer ser vereador

Evannildo Rodrigues

Por Evannildo Rodrigues

Ao pensar em elaborar essa pequena reflexão me veio à memória o nobre Deputado Federal Tiririca. E quem não lembra como ele usou a inteligência para ocupar uma cadeira no Congresso Nacional. (Risos) Creio que na verdade ele estava certo quando afirmou que não sabia qual seria o papel de um Deputado Federal. E isso reflete nos candidatos que se propõem às Assembleias legislativas dos Estados e Distrito Federal, bem como nas Câmaras de Vereadores. Partindo desse pressuposto iremos tecer alguns comentários sobre as FUNÇÕES DA CÂMARA DE VEREADORES.

Entretanto, antes de apontar as funções é necessário trabalharmos o significado e origem da para VEREADOR, que segundo o dicionário HOUAISS, a etimologia é VEREAR + sufixos -or, -ção, etc. Mas, segundo o Português Arcaicoverea, por vereda + –ar: que significaria legislar ou administrar (algo) na qualidade de vereador. Entretanto, outros autores apontam a possibilidade de “VEREADOR” ser uma contração de “VERIFICADOR”. Com isso a palavra VEREADOR seria, segundo o Diccionario de Constancio, do verboverear, contracção deVERIFICAR, ouVIGIAR sobre a boa polícia da terra, reger e cuidar do bem público. Assim, VEREADORé a designação tradicional, nos países de língua portuguesa, de um membro de um órgão colegial representativo de um município, com funções executivas ou legislativas, conforme o país.

Pois bem, de inicio, no Brasil, todo Vereador deveria conhecer os princípios de nossa Lei Maior, a Constituição Federal de 1988. Além disso, nesta Carta é necessário que os nossos “aventureiros” destaquem os seus estudos os artigos 29, 31, 59 ao 69.

Ao aprofundarmos mais um pouco sobre essa temática tão importante para a vida do município encontramos na doutrina jurídica de Edson Jacinto da Silva, lançada em 2009, AS QUATRO PRINCIPAIS FUNÇÕES DA CÂMARA DE VEREADORES, às quais destacaremos a seguir, vejam:

  1. 1. LEGISLAR: Até parece que esta seria a principal função da câmara de Vereadores, isto é, apenas aprovar as leis, mas não é. Nesta função os membros que compõem o legislativo devem considerar a democracia, ou seja, para a elaboração das leis os legisladores municipais devem atender às necessidades sociais do povo, o momento histórico da sociedade e a opinião dos demais membros da casa para aprovar as leis.
  2. 2. CONTROLE E FISCALIZAÇÃO: Esta segunda função poderá ser efetuada mediante o controle externo e interno do executivo, seria, portanto o vigia do prefeito, mas não é bem nestes termos que deveríamos entender esta tão importante função. Pormenorizando vejamos como seria o CONTROLE INTERNO: é auxiliar o governante para que o mesmo paute sua gestao pela lei, conforme regulamenta a emenda contitucional19. Já no CONTROLE EXTERNO, as câmaras têm o auxilio em âmbito fiscal dos tribunais de conta dos estados, dessa forma, é feita também a prestação de conta dos prefeitos, os quais tem a obrigação de demonstrar onde e como aplicou o erário.
  3. 3. FUNÇÃO DE ASSESSORAR: Esta função é sem sombras de dúvidas esquecida ou confundida pela maioria dosVereadores. Aqui o legislador municipal deve trabalhar em sintonia com a gestão do executivo. Veja: oferecer sugestão para apreciação do plenário do legislativo, momento em que o Vereador poderá oferecer uma ação concreta ou abstenção de algum ato de competência do Prefeito.Na verdade a definição desta função traduz efetivamente a colaboração do legislativo para o bom governo local, através da qual o parlamento poderá apontar medidas e soluções administrativas que muitas vezes passam despercebidas pelo executivo, mas observadas pelo parlamento municipal como de alto interesse da comunidade. No entanto, percebemos que ao contrário do que incumbe ao Vereador por meio dessa função, existe um verdadeiro mercantilismo no exercício parlamentar em busca de abocanhar o erário público de forma politiqueira, e por que não dizer desonesta, vendendo voto ao Chefe do Executivo para apoiar propostas do Gestor. Esclareço que isso não é uma regra geral, ou seja, tem as exceções, claro.
  4. 4. FUNÇÃO ADMINISTRATIVA: Esta função é mais burocracia parlamentar interna referente aos trabalhos cotidianos no ambiento da Câmara. Nesta função atribui ao efetivo do parlamento municipal, o papel de organizar seus serviços tais como: composição da mesa diretora e de suas comissões; Regulamentar e estruturar seus serviços para viabilizar seus atos administrativos por meio de decreto legislativo, resolução, portaria, instrução, ordem de serviço, ou qualquer outro dispositivo legal previsto no regimento interno da casa.

Sem mais delingas em nossa reflexão afirmamos que a Câmara de Vereadores representada pelo (a) cidadão (ã) eleito (a) pelo voto do povo no processo “democrático” eleitoral, para quatro anos, suas funções encontra-se legalmente previstas na Constituição Federal de 1988, e na Constituição de cada Unidade da Federação, bem como, nas Leis Orgânicas dos municípios.

Esperamos que tenhamos, com essa reflexão, despertado nossos futuros legisladores para seu verdadeiro papel, bem como, o nosso tão sofrido povo que ainda acreditam na democracia política de nosso país. Esse ano muitos dos VEREADORES VETERANOS irão lhe procurar atrás de foto para se perpetuar,então cuidado, agora, pelo menos você pode perguntar para ele qual é verdadeiramente a função da câmara de Vereadores.

Olhe para o nosso município e vejam se realmente estácomo você deseja, caso contrário, chegou a hora da política parlamentar de Codó/MA ter uma nova feição, e isso depende de nossa participação no processo eleitoral. Lembre-se já que eles não inovam em suas práticas legislativas, os quais fragmentam suas forças em detrimento de partidarismo, e funcionam apenas através do pagou votou em projetos, deixando de lado suas verdadeiras funções e compromissos, caso contrário ele passará mais quatro anos e não vai saber o que faz um vereador.A HORA É AGORA! SEJAMOS (ECO) ELEITORES PARA TRANFORMAÇÃO DO LEGISLATIVO CODOENSE E A SUSTENTABILIADE INTERGERACIONAL DE NOSSO MUNICIPIO.

TSE proíbe candidatos de divulgar mensagens no Twitter até 5 de julho

BRASÍLIA – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira, 15, que os candidatos às eleições deste ano não podem divulgar mensagens de caráter eleitoral pelo Twitter até o dia 5 de julho. Segundo o calendário oficial das eleições de 2012, o período de propaganda eleitoral tem início no dia 6 de julho.

O plenário decidiu por 4X3 a favor da restrição, enquanto analisava o julgamento do recurso do ex-candidato à vice-presidente da República em 2010 pelo PSDB, Índio da Costa, multado por mensagem divulgada no Twitter antes do período permitido para realização de propaganda eleitoral.

A decisão de multar Índio da Costa em R$ 5 mil foi do ministro Henrique Neves ao analisar representação proposta pelo Ministério Público Eleitoral. O ministro entendeu que ao utilizar o microblog para pedir votos ao candidato da sua chapa, José Serra, antes do período permitido por lei, Índio da Costa teria feito propaganda eleitoral antecipada.

Plenário

Índio da Costa recorreu da decisão e o caso foi levado a Plenário em março de 2011. O relator, o então ministro Aldir Passarinho Júnior, manteve a decisão de Henrique Neves. Em seu voto, Aldir Passarinho Júnior destacou trecho da decisão do ministro Henrique Neves que citou estudos realizados em diversos países, segundo os quais o Twitter está mais para um meio de difusão do que para uma conversa íntima entre amigos, ainda que não seja possível negar que ele também apresenta, em alguns casos, características de interação que definem uma rede social.

Divergência

A ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha abriu divergência ao dar provimento ao recurso de Índio da Costa, por entender que mensagem divulgada por meio do Twitter não caracteriza propaganda. O ministro Dias Toffoli acompanhou a divergência, pelo provimento do recurso. Para ele, mensagens postadas no microblog se tratam de uma conversa entre pessoas que podem ser comparadas a conversas por telefone ou viodeoconferência. E interferir nessa relação seria interferir numa “seara absolutamente individual”, contrariando a liberdade de expressão resguardada pela Constituição Federal.

(Com informações da Agência de Notícias da Justiça Eleitoral)

FONTE: O ESTADÃO