Inscrições para concurso com 600 vagas da Polícia Federal começam em 18 de março

Gazeta online

Foram publicados no Diário Oficial da União desta quinta-feira (15), os editais dos concursos para 600 vagas na Polícia Federal. Esse é uma das seleções mais aguardadas dos últimos meses. Os cargos oferecidos são de Agentes e Papiloscopista da Polícia Federal, sendo que do total de vagas, 500 para são para Agente e 100 para Papiloscopista. O salário para os dois cargos é de R$ 7.514,33.

As inscrições começam no dia 18 de março e vão até 3 de abril, e custarão R$ 125.

De acordo com a o edital, a organizadora do concurso é o CESPE e os candidatos poderão fazer a inscrição pela internet. As provas estão previstas para o dia 6 de maio (domingo), no turno da tarde.

Para os candidatos que não tiverem acesso à rede de computadore, o CESPE/UnB disponibilizará locais com acesso à Internet, entre 10 horas do dia 16 de março e 23 horas e 59 minutos do dia 3 de abril de 2012, observado o horário de atendimento de cada estabelecimento.

No Espírito Santo, o local informado em edital está em Vitória. O endereço fica na Datacontrol, na Rua Neves Armond, nº 535, Edifício Dacar, sala 301 (antigo Largo das Compras), bairro Bento Ferreira.

Local de trabalho

Seguindo uma política de reforço das suas unidades de fronteira, os aprovados no concurso serão lotados nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima, além das delegacias localizadas nas fronteiras.

Testes e curso de formação

Além da prova escrita, os candidatos terão que passar por testes físicos, médicos e psicológicos. Os classificados dentro do número de vagas serão convocados para a segunda fase do concurso, que é o Curso de Formação Profissional na Academia Nacional de Polícia, em Brasília.

A previsão é que o curso inicie ainda em agosto e tenha duração de 4 meses e meio.

Leonel Araújo elogia Roseana e Murad em transmissão da Mirante AM

Leonel Araújo

A rádio Mirante AM está transmitindo, ao vivo, a visita da governadora Roseana Sarney e sua comitiva à cidade de Codó.

O repórter, Adalberto Miranda, está desde cedo fazendo flash de locais como o aeroporto onde as autoridades municipais se concentraram para recepcionar o governo itinerante. A todo momento o ouvinte sabe de tudo que acontece, em tempo real.

Agora há pouco quem concedeu entrevista foi o diretor-presidente da emissora , empresário Leonel Araújo. Dentre outras coisas, elogiou o trabalho da governadora Roseana e do secretário de saúde Ricardo Murad.

Na opinião de Leonel, quem ganha, com este trabalho é a população mais carente de Codó e região.

“ A governadora é uma gestora competente do Estado, tem feito grandes investimentos através do Ricardo Murad nessa área da saúde que é muito importante para nossa cidade (…)Sem dúvida, principalmente, a população carente é quem ganha”, disse à Adalberto Miranda

Blog no Jornal Pequeno revela que Prefeitura de Codó ‘investiu’ quase R$ 2 milhões no carnaval 2012

A matéria abaixo foi postada por Raimundo Garrone, dia 12 de março de 2012. O jornalista que assina um blog na página do Jornal Pequeno na internet. Chamou a atenção do blogdoacelio pela quantia revelada daquilo que teria sido ‘investido’ no 4º carnaval de Nossa Gente.

Abaixo a íntegra da postagem de Garrone:

O carnaval foi uma verdadeira festa no interior do estado, em ritmo e investimentos duvidosos que vão fazer o contribuinte requebrar por muito tempo. Municípios como Codó ”investiram” R$ 2 milhões de reais na brincadeira, sem que se saiba do seu devido retorno para economia local.

Em dois contratos, diga-se de passagem através de pregão presencial, ao contrario da maioria que fez sem licitação, o prefeito Zito Rolim gastou R$ 1.904.600,00 para fazer a festa.

A empresa Vieira e Bezerra Ltda. faturou o serviço completo e recebeu R$ 980.500,00 para montar a estrutura do evento; e mais R$ 924.100,00 para contratar as bandas em sua grande maioria de axé, ou coisa que o valha.Nada contra as prefeituras investirem no carnaval, mas que seja de acordo com a capacidade do próprio municipio e suas necessidades básicas, já que grande parte dos recursos saíram dos cofres municipais.

Raimundo Garrone

Os convênios assinados pelo governo do estado, variam de 20 a 100 mil reais, e olhe lá.Em um rápido levantamento feito pelo blog, o município que mais se aproxima na gastança, foi Santa Inês com R$ 803.000,00, o que já é muito dinheiro.

Depois os prefeitos não podem reclamar que não há como pagar o piso nacional dos profesores, ou que dependem dos repasses estaduais e federais para realizar obras.Na hora de trocar o pão pelo circo, todos dão um jeito de conseguir dinheiro, ainda mais para o carnaval que não se pode mesurar e se gasta e à vontade, sem que se possa saber se vale o quanto pesa.

Veja como foi o tinir das moedas em alguns municípios

Codó – R$ 1.904.600,00 em dois contratos com Vieira e Bezerra Ltda.

Pedreiras – R$ 398.040,00 em contrato com Carlos Paúla Pereira de Oliveira – ME.

Santa Helena – R$ 352.500,00 em contrato com a Vieira e Bezerra Ltda.

Estreito – R$ 180.000,00 em contrato com a L.A. Carvalho Eventos.

Arari – R$ 305.000,00 em contrato com a V. Mendonça.

Urbano Santos – R$ 250.274,00 em contrato com Ricardo Show’s Entretenimento Ltda.

Poção de Pedras – R$ 150.000,00 em contrato com F. Jane Martins de Oliveira

Anapurus – R$ 294.550,00 em dois contratos com Ricardo Show’s (R$ 103.000,00) e Ricardo F. Dos Santos (R$ 190.750,00).

Amarante – R$ 83.500,00 em contrato com Enivaldo Sousa de Melo.

Mata Roma – R$ 490.000,00 em dois contratos com Ricardo Show’s.

Santa Inês – R$ 803.000,00 em dois contratos com Araújo & Frota Ltda

As empresas foram contratadas para organizar o carnaval. Em alguns casos foram dois contratos com a mesma empresa, um para contratar as bandas e outro para organizar e divulgar a festa.

Roseana Sarney inaugura UPAs na região dos Cocais e chega à Codó para entregar a 10ª unidade

Roseana em Timon

Ontem, quarta-feira (14), terceiro dia de viagem pelo interior do Maranhão, a governadora Roseana Sarney esteve nos municípios de Timon, onde inaugurou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), e em Barão de Grajaú, local em que assinou ordem se serviço para ampliação do sistema de abastecimento de água. Ainda como parte do roteiro, na terça-feira (13), ao final da tarde, a população de São João dos Patos foi beneficiada com uma UPA, entregue pela governadora Roseana e o secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad. Nesta quinta-feira (15), último dia do governo itinerante, a agenda de trabalho será encerrada em Codó, com a entrega de uma UPA.

Em Timon, a governadora Roseana Sarney e o secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, inauguraram a nona Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Santo Antônio. A solenidade contou com a presença do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, da prefeita de Timon, Socorro Waquim, deputado federal Sétimo Waquim, de secretários estaduais, deputados, prefeitos da região e outras autoridades.

A solenidade em Codó deve acontecer no período da manhã e deve ser bastante concorrida, dado a presença de diversas autoridades políticas da região Leste. Devem comparecer além do prefeito Zito Rolim, os prefeitos de Timbiras (Nonato Pessoa), Peritoró (Agamenon Milhomem) e Coroatá (Luis da Amovelar).

Depois da inauguração Roseana deve visitar aqueles que a apoiam na cidade, mas, por razões outras não vão à inaugração da UPA. Entre estes estão o empresário Francisco Carlos de Oliveira e Francisco Nagib, o ex-prefeito Ricardo Archer, e,a gora, o ex-prefeito Biné Figueiredo e o deputado estadual Camilo Figueiredo

Justiça do Maranhão manteve suspensão de CPI para investigar desvio de dinheiro público

O Pleno do Tribunal de Justiça do Maranhão manteve a determinação da desembargadora Anildes Cruz, que determinou em Mandado de Segurança a suspensão da CPI criada para investigar a destinação de R$ 73,5 milhões provenientes de convênios celebrados entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís. Foi negado o provimento ao recurso da Assembleia Legislativa, em decisão plenária que aconteceu na sessão desta quarta-feira, 14, por maioria de votos.

Caso – O dinheiro é oriundo de convênios celebrados entre os governos municipal e estadual, em 2009. Ao decidir pela suspensão dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito do Legislativo Estadual, a relatora Anildes Cruz disse que os convênios já tiveram suas irregularidades expressamente reconhecidas pelo Poder Judiciário.

No entendimento dela, via pronunciamento judicial, o erário público já está sendo ressarcido do prejuízo. Para a desembargadora, o meio é seguro e não há possibilidade de inadimplemento com a retenção do ICMS.

A decisão do juiz da 4ª Vara da Fazenda Pública, Megbel Abdalla, a Prefeitura de São Luís é de que o Governo estadual devolva os R$ 73,5 milhões, de forma parcelada, descontados nos créditos do ICMS repassados pelo Estado do Maranhão.

Decisão – A desembargadora Anildes Cruz entendeu ser irregular a ingerência do Poder Legislativo estadual na administração municipal, conforme assegura a Constituição Federal. “A fiscalização do Município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal, mediante controle externo, e pelos sistemas de controle interno do Poder Executivo Municipal, na forma da lei”, frisou a magistrada, e julgou improcedente a devassa no sigilo bancário das contas da Executivo Municipal.

Fonte: site Fato Notório

Professores de Timbiras aderem à greve nacional

Por Hildenilson Sousa – Assessor de Comunicação – Timbiras/MA

Em Timbiras, os professores das redes municipal e estadual de ensino estão desde esta Quarta-Feira (14.03.2012) com as atividades pedagógicas paralisadas. A paralisação é um ato de âmbito nacional, e se estenderá até o dia 16 deste mês.

João Paulo Melo, da Diretoria da Associação do Professores do Estaduais e Municipais de Timbiras, APEMT, informou para a nossa reportagem que os educadores têm a intenção de lutar pela conquista de melhorias nas condições de trabalho e na remuneração.

Em reunião com os profissionais, o Diretor – Presidente da APEMT explicou que são três as principais pautas de reivindicação: 1- Piso Salarial unificado em todos os Estados da Federação, 2- Cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), 3- Destinação de 10% do PIB para a Educação. João Paulo Melo esclarece que “O movimento não é apenas local, mas nacional. É grande a adesão dos professores ao movimento em Timbiras”.

O Secretário Municipal de Educação, Antonio Carlos Alves da Silva, esteve presente na reunião, e fez esclarecimentos.

De acordo com agências de notícias, no País, 23 Estados e mais o Distrito Federal já aderiram ao movimento. Em 4 Estados (DF, GO, RO e PI) a interrupção das aulas é por tempo indeterminado.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE – informa que apenas os Estados de São Paulo, Pernambuco, Pará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Goiás e Distrito Federal pagam aos seus professores o salário definido por lei, que é de R$ 1.451 para 2012.

O professor Josean Melo, também membro da APEMT, nos disse que haverá nesta Quinta-Feira (15.03.2012) uma Assembléia, que acontecerá na Câmara Municipal a partir das 8 horas da manhã, para planejamento e avaliação da paralisação.

Torcida comparece para ver Asa e Santa Quitéria e deixa mais de R$ 40 mil no Rodrigão

Torcida no Rodrigão

Os torcedores da cidade de Santa Quitéria e região, acompanhados de um pequeno grupo de 18 fanáticos do Asa de Arapiraca, que vieram de Alagoas numa van, lotaram o Rodrigão na festa que marcou sua reinauguração, ontem 14 de março, com o jogo oficial da Copa do Brasil.

Venceu o Asa por 3 a 2. O placar não permitiu a eliminação do time maranhense e, provavelmente, já na próxima semana o Raposa do Baixo Parnaíba viaje para fazer a chamada partida de volta no Estado de Alagoas.

Festa bonita, com a presença marcante de um povo apaixonado por futebol. A pequena Santa Quitéria, acredite, se multiplicou.

Prova disso foi o resultado da bilheteria do Estádio, segundo anunciou a imprensa radiofônica da capital, que estava em grande quantidade. O jogo rendeu nada menos que R$ 40.140,00.

Nem o preço do ingresso, estabelecido em R$ 30,00 para adultos e R$ 12,00 para crianças e adolescentes, afastou o torcedor.

Gerson Pinheiro anuncia festa dos 90 anos do PCdoB em Codó, São Luís e RJ

O blogdoacelio conversou com o Secretário-geral do PCdoB no Maranhão, Gerson Pinheiro, por ocasião do Fórum Regional realizado no último sábado, 10, na Câmara de Codó.

Gerson Pinheiro

Ele destacou a importância do partido fazendo um resgate histórico. Revelou que tudo começou no ano de 1922 e que a intenção do Partido Comunista do Brasil é fazer chegar a todos esta história de luta e grandes conquistas.

“Está fazendo em todos os municípios, cursos, explicações sobre este processo, contando a história do PCdoB, que se confunde com a história do país. É um partido que foi fundado em 1922 e que passou por todo este processo até hoje, então nós estamos além de festejando aniversário, preparando o partido para o processo eleitoral vindouro’, explicou

FESTA NO RJ

Dia 24 de março vai ser dia de festa, em nível nacional, e tudo ocorrerá no Rio de Janeiro para onde vão se deslocar caravanas de todos os Estados da Federação, inclusive do Maranhão. Martinho da Vila fará o encerramento. Segundo Gerson, o cantor de samba é filiado, ‘um camarada”.

‘O aniversário do partido vai ser festejado no dia 24 de março no Rio de Janeiro, então todos os Estados tão mandando delegações para o Rio de Janeiro e lá nós teremos o encerramento com um show do nosso camarada Martinho da Villa, que é filiado ao partido, e muitos outros artistas” revelou

POR AQUI

No Maranhão e em Codó também vai acontecer festa dos 90 anos do PCdoB.

“Vai ter também a comemoração em São Luís, dia 25 de março, e o município de Codó também fará sua festividade. O Pedro (Belo), que é presidente do partido ficou de marcar esta data, se comprometeu com isso aqui na reunião e vai informar à vocês (imprensa) o dia em que o partido vai comemorar’, concluiu

Macaco é aprendido no troca-troca e o dono vai parar na delegacia regional

Foto: Clemente Filho

Um macaco parou atrás das grades (de sua pequena gaiola) no pátio da 4ª Delegacia Regional de Codó esta semana.

A apreensão se deu no famoso troca-troca, do mercado central. Alguém, desavisado do risco, achou que o local poderia também ser ponto de negociação de animais silvestres. Um anônimo bateu aquele fio para 3661 1649 e o toque soou em um dos gabinetes dos três delegados que ali prestam serviço à comunidade.

Imediatamente os policiais civis bateram no local apreendendo o macaquinho e prendendo o sujeito, cujo nome não fora revelado, que tentava vendê-lo ou trocá-lo. O blogdoacelio perguntou ao delegado regional sobre a identidade e o que ocorreria ao preso, ouviu apenas “foi um TCO – Termo Circunstanciado de Ocorrência e ele já foi liberado”.

O TCO, explico, só é lavrado quando os delegados se encontram diante de crimes considerados “de menor potencial ofensivo” assim considerados aqueles cuja pena de reclusão ou detenção seja igual ou inferior a 2 anos.

Quanto ao macaco, este continua apreendido sob os cuidados de um preso de bom comportamento que também fica lá pelo pátio da delegacia, este, por sua vez, um humano mais humano, de verdade.

“A religião não tem que tá dizendo como eu devo me comportar”, diz Wellington Salazar

Wellinton Salazar - pres. Grupo Atitude

O presidente do Grupo Atitude, entidade que responde pelo movimento GLBT em Codó, Wellington Salazar, conversou por quase duas horas com o jornalista Marcelo Rocha, no último sábado, por meio do programa Confidencial.

Polêmico por natureza e muito astuto em suas perguntas, Marcelo provocou bastante, sabendo que quase 100% dos assuntos ali tratados são de fino trato, pois grande parte da sociedade já tem um (pré) conceito formado sobre os homossexuais no Brasil e isso não é diferente em Codó.

Pois bem, o apresentador tocou no assunto religião. Wellington, inteligentemente, soube medir as palavras e foi logo avisando.

“Não vou muito falar sobre isso porque é um problema muito complexo, mas eu vou dizer uma coisa pra você só pra gente encerrar este assunto religião” disse

Mas não teve jeito, Rocha insistiu – COMO OS RELIGIOSOS VEEM VOCÊS AQUI? O presidente pediu para que os religiosos, que os condenam, façam uma separação entre o que eles podem ou não fazer, pois, na opinião dele, muitos confundem o papel da Justiça (que seria dos legisladores – quem faz a lei) e o da Igreja.

“Tudo pra eles é afronta e eu tenho uma coisa pra dizer para os religiosos que nos condenam – quem dita o que é crime não é religião, não é a igreja não, é a Justiça. E quem indica o que é pecado, não é a Justiça não é a religião, entendeu?”, questionou Salazar

Para Wellinton a religião deve se preocupar com outras coisas, não em ditar comportamentos ou criticá-los.

“A religião não tem que ta dizendo como eu devo me comportar não porque ela não dita regras, leis de comportamento, isso aí é caso da Justiça. Religião tem que dizer o que é pecado”, concluiu