No dia do professor presidente do sindicato expõe problemas da categoria em Codó

Abaixo está a transcrição dos lamentos escritos e publicados via whatsApp, principalmente, pelo presidente do SINTSERM, professor Marcos Antonio da Silva.

Professor Marcos, presidente do SINTSERM/Codó

No primeiro texto denuncia diversos ‘perrengues’ pelos quais passam atualmente a categoria e depois parabeniza pelo dia. LEIA:

Companheiros(as): o dia 15 de outubro se aproxima, ” DIA DO PROFESSOR “, no entanto não temos muito, ou quase nada a comemorar! Este ano, estamos vivendo um dos períodos mais difíceis em nossa classe, principalmente a nível municipal! Estamos convivendo com problemas que já são históricos como falta de estrutura nas escolas entre outros, além disto, este ano tivemos nossos proventos mudado de instituição bancária sem que ao menos fôssemos consultados a respeito, fomos privados de fazer empréstimos consignados por cerca sete meses, licença prêmio e progressão por titulação suspensas por cerca de seis meses, demora na liberação mensal de nossos pagamentos chegando a receber até o dia 8, algo ainda não visto nos últimos 18 anos e que graças à nossa luta conseguimos aliviar esta situação!

Mesmo diante de tudo isto, iremos fazer nossa não comemoração e sim confraternização e reflexão à nossa luta que estar sendo árdua no próximo dia 28, ” dia do servidor “, conforme deliberação em Assembléia! Prof. Marcos, presidente do SINTSERM.

Companheiros(as): FELIZ DIA DO PROFESSOR. Que esse dia sirva de reflexão mediante a nossa árdua luta na defesa de nossos direitos e também das adversidades enfrentadas no cotidiano escolar, porém não podemos deixar de ressaltar nossa bravura no enfrentamento a todos esses desafios apesar da falta de reconhecimento da classe dominante e muitas vezes até da própria sociedade! Parabéns à todos(as) os mestres pelo seu dia e em especial os codoenses. Prof. Marcos.

OUÇA ÁUDIO DA MENSAGEM

Pastor Max rende homenagens aos professores

Mensagem de Pastor Max à todos os educadores de Codó

Major Ricardo deixará comando da PM de Coroatá e deve ir para Pedreiras

Por ANTONIO SILVA – A informação será ainda confirmada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão. Major Ricardo Almeida que recentemente foi promovido ao posto de Major da PM, deve deixar o comando do 24° Batalhão da Polícia Militar de Coroatá.

Ricardo Almeida de Carvalho

Segundo o que apuramos,  essa transferência deve acontecer o mais rápido possível. Major Ricardo Almeida vai assumir o Batalhão da PM da cidade de Pedreiras – MA.

Por outro lado, Coroatá está sem delegado há mais de três mês, com a saída de Major Ricardo a situação se complica ainda mais.

Procurado pela nossa Equipe, Major Ricardo Almeida confirmou sua saída, e disse que “esta pronto para mais um desafio em sua carreira”, disse também que está deixando Coroatá  com sentimento de “dever cumprido com a sociedade coroataense”, lembrou da luta que ele e seus comandados teve em organizar o trânsito, e ao mesmo tempo em diminuir os números de acidentes com vítimas fatais em Coroatá.

Retrospecto de Ricardo Almeida em Coroatá 

Depois que assumiu o comando da PM de Coroatá em março de 2015, a Polícia Militar em Coroatá  foi responsável pela elucidação de 85% dos homicídios registrados de 2016 a Agosto de 2017. No comando do 24° Batalhão, Major Ricardo consegui junto com sua equipe recupera mais 300 motos com registro de roubos.

Em seu comando ainda como Capitão da PM, foi responsável pela implantação do Esquadrão Águia, viu seu guartel se transformar em Batalhão. Recentemente implantou junto com o IEMA o “Cursinho preparatório” para os jovens coroataenses que irão fazer o concurso da PM .

Vale lembrar que no período em que esteve a frente da PM da cidade, as agências bancárias não foram alvos de ataques promovidos por quadrilhas de assaltos a bancos.

A saída de Ricardo Almeida de Coroatá deve ser confirmada pela Secretaria de Segurança Pública nesta segunda-feira dia 16 de Outubro.

Francisco Nagib valoriza classe dos professores de Codó

Confira a mensagem do prefeito Francisco Nagib valorizando os professores de Codó

Semana da MODA FITNESS Paraíba

Confira as novidades da semana da MODA FITNESS PARAÍBA.

CEMAR vai trocar 240 geladeiras

Chegou à vez dos moradores do município de São Bernardo realizar o cadastro da troca de geladeira velha por outra nova. A ação é uma oportunidade imperdível para quem tem uma geladeira velha, em funcionamento, mas que consome muita energia e também traz riscos de choque elétrico. Ao todo serão trocadas gratuitamente 240 geladeiras novas. O cadastro aconteceu na terça e na quarta-feira (10 e 11/10),  na Rua Barão do Rio Branco, s/n, Centro.

Fique atento aos critérios de inscrição:

• Identidade e CPF em mãos;
• É necessário morar no município de São Bernardo;
• Ser o titular da conta de energia e levar a última fatura quitada;
• Estar classificado na Tarifa Social de Energia Baixa Renda e ter em mãos o número de inscrição social (Cartão NIS);
• Possuir uma geladeira velha em funcionamento;
• Estar adimplente com a Companhia;

Todos os clientes cadastrados receberão a visita técnica das equipes da Comunidade Eficiente Cemar, que realizarão a análise de cada caso. As geladeiras em pior estado serão trocadas por geladeiras novas, gratuitamente, com selo A do PROCEL, que consome menos energia.

O anúncio dos contemplados acontecerá no dia 19 de outubro e a troca das geladeiras no dia seguinte, 20, também na Rua Barão do Rio Branco, Centro. Vale destacar que o transporte das geladeiras ao local da ação é uma responsabilidade do consumidor, ao receber a geladeira nova, o consumidor também deve ficar atento as orientações que serão dadas pela equipe.

Assessoria de Imprensa da Cemar

Prefeitura de Codó afirma que dinheiro do TFD está liberado

A prefeitura de Codó, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vem por meio desta esclarecer que o pagamento dos valores referentes a ajuda de custo para os pacientes e usuários do Programa de Tratamento Fora de Domicilio (TFD) já estão devidamente autorizados pela administração municipal.

Logomarca da Prefeitura de Codó – governo Mais Avanços, Mais Conquistas

Os valores encontravam-se impossibilitados de serem efetivamente sacados devido à suspensão dos serviços de saques pelo Banco do Brasil, agencia Codó – MA.

Ascom Prefeitura de Codó

SEMA realiza segunda capacitação para criação do CBH Rio Preguiças

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) realizou, dia 06 de outubro, a segunda capacitação para discutir a criação do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Preguiças, no município de Santa Quitéria, envolvendo ainda Santana do Maranhão e Anapurus. A primeira aconteceu em Paulino Neves, com a participação de Barreirinhas e Tutoia.Os comitês de bacia são órgãos normativos, consultivos e deliberativos do Sistema Estadual de Gerenciamento Integrado de Recursos Hídricos, com uma atenção toda especial para a conservação dos mananciais do Estado.

Estiveram presentes representantes do poder público, usuários de água e sociedade civil.

Na oportunidade, foram discutidos os seguintes temas: Caracterização da Bacia Hidrográfica do Rio Preguiças; Construção do conceito de Comitê de Bacia Hidrográfica com os participantes; Comitê de Bacia Hidrográfica no Contexto da Política de Recursos Hídricos.

Além disso, os representantes dos municípios presentes fizeram uma descrição da situação atual da Bacia do Rio Preguiças em cada localidade.

A gestão descentralizada dos recursos hídricos tem a finalidade de legitimar o envolvimento da sociedade nas decisões relativas ao uso da água de maneira sustentável. Esse tipo de gerenciamento consiste em um dos fundamentos da Política e Recursos Hídricos do Brasil, devendo ser compartilhadas por representantes do poder público, usuários de água e entidades da sociedade civil.

10 municípios estão dentro da Bacia: além dos já citados, Urbano Santos, Belágua, Santo Amaro e Primeira Cruz.A Bacia representa 2% da área total do Estado e 135 km de extensão, uma área de 6.707,91 km, sendo formada por três rios: Preguiças (o principal e em sua maior extensão), Negro e Cangatã.

Por Jacinto Junior – SER EDUCADOR É…

Professor Jacinto Junior – um pensador contemporâneo

Dedicar-se a uma causa com responsabilidade e compromisso.

Entregar-se ao sacerdócio em qualquer lugar e situação com paixão redobrada.

Suportar as adversidades com resignação e dignidade, jamais sentir-se humilhado ante o ambiente desfavorável.

Sofrer copiosamente com o drama de seu aluno, sendo mediador de um processo que possibilite a construção cidadã deste, usando seu saber pedagógico.

Enfrentar com indignação a destruição do sistema educacional e, com ele, a desgraça de um futuro promissor.

Cuidar do outro, sem, contudo, exigir nada em troca. Aliás, apenas o aprendizado do aluno basta para fazê-lo feliz!

Dispor seu talento e doar-se por inteiro a um ‘estranho’ – aluno – que, logo em seguida, fará parte de sua família – a sala de aula – e o ajudará permanentemente em suas aprendizagens para tornarem-se companheiros.

Combater a teimosia, oferecendo em troca a obediência e o respeito, assim, permitindo fluir a amizade mútua na relação mestre-aprendiz.

Ser compassivo e manso de virtude, com isso, quebrar a resistência de seus aprendizes fortalecendo a cultura da paz social.

Tornar-se luz na escuridão no mundo do analfabetismo e recuperar a cegueira intelectual que tanto dano provoca ao indivíduo socialmente.

Entender parcimoniosamente a conflituosa relação entre o sujeito do processo – aluno–família-professor numa perspectiva valorativa em que todos percebam o potencial de cada um e, desse modo, seja construído novas formas de convivência e de ser.

Ser uma fênix ressuscitando a esperança e acreditando permanentemente no impossível e no imponderável (o saber/saberes não pode ser objeto da individualidade tão somente, ao contrário, deve ser parte integrante da coletividade, pois, só assim, o conceito de justiça/equidade é garantido a todos).

Desenvolver e alimentar o espírito da camaradagem, contornando as nuance das intrigas dispensáveis e triviais.

Tratar com indiferença a criminalização, o ódio; combater o racismo no interior das instituições escolares e na própria sociedade imatura.

Sabiamente, construir elementos saudáveis para ser internalizados pelos educandos que, quando formados saibam qual caminho optar, sem sofrer a influência de ‘a’ ou ‘b’ em seu futuro profissional.

Construir sujeitos críticos que respeitem a opinião divergente e, acima de tudo, sejam democráticos, a ponto de concordar com o resultado oposto ao que desejaria que fosse, e que saibam distinguir com clareza, o que é o ‘certo’ e o ‘errado’.

Ser educador é:

Garantir um bom ensino;

Promover a formação cidadã do educando;

Construir uma cultura rigidamente crítica;

Propor uma educação libertadora e democrática;

Propugnar por um educando independente, coerente, ético e de bom senso.

Respeitar a concepção individual deste ou daquele educando, como sujeito de direito e autônomo;

Contribuir para uma sociedade essencialmente equilibrada e sem manipulação dos acontecimentos.

Prefeito Nagib recebe mais duas motos para reforçar a segurança nos bairros de Codó

Em mais uma parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de Codó, o prefeito Francisco Nagib recebeu das mãos do Secretário Marcio Jerry e do Governador Flávio Dino mais duas motocicletas para Polícia Militar em Codó. Os veículos irão servir como reforço das rondas ostensivas nos bairros da cidade. A solenidade de entrega dos veículos foi realizada no auditório da Secretaria de Fazenda (Sefaz) e contou com a presença de prefeitos e policiais de 61 municípios maranhenses.

Na ocasião, o comandante Geral da PM, Coronel Frederico Pereira explicou a as motocicletas não apenas um acessório, mas sim um veículo essencial para o trabalho de policiamento, por ser um veículo extremamente versátil e que garante produtividade muito grande por não se deter no trânsito. “Elas podem fazer incursões em locais onde o carro não consegue, é o veículo viável contra assaltantes que utilizam motos e oferece uma visão maior do que acontece ao policial”, explicou.

Para o Prefeito de Codó, Francisco Nagib, a parceria do governo do Estado está sendo essencial para o fortalecimento das forças de segurança pública no município. “Nosso município é muito extenso. Desde o início do ano, a prefeitura de Codó vem conseguindo reforços significativos para segurança pública, por meio da parceria e boa articulação entre nossa administração e o governo de Flavio Dino. Este ano já foram uma viatura e uma moto para Policia Militar,  uma viatura para Policia Civil  e outra para Guardar Municipal e DMtrans. Isso ajuda em nossa luta e nossos investimentos por mais segurança em Codó. Tudo isso irá melhora a segurança nos bairros. Nunca se investiu tanto em segurança e se recebeu tantos reforços como as conquistadas em 2017. E vamos continuar trabalhando para segurança de todos”, concluiu.

Ascom – PMC