Idosa vai à delegacia de Codó e acaba presa por ordem da Justiça de Santo Antonio dos Lopes

Maria Helena da Conceição de Aquino, tem 61 anos de idade. Recebeu voz de prisão esta semana ao comparecer  à  delegacia depois de precisar registrar um Boletim de Ocorrência.

Maria Helena (Foto de Sena Freitas)

A idosa, segundo o delegado regional Zilmar Santana,   precisou de um documento de identificação e para tirá-lo no órgão competente necessitava ir a 4ª Delegacia Regional  registrar um Boletim de Ocorrência. Ao fornecer o nome completo o sistema acusou a existência de um mandado de prisão contra ela

O delegado regional explicou que o mandado em aberto desde 2008 é de um processo criminal no qual a idosa responde por tráfico de drogas no município de Santo Antonio dos Lopes.

 “Confirmou –se que ela, realmente, tinha uma prisão decretada, uma prisão preventiva por um processo de tráfico do ano de 1998 e que já tava com esse mandado em aberto cerca de 10 anos, aproximadamente 10 anos e veio aí a ser cumprida, ela foi encaminhada para o presídio de Pedreiras”, disse

Dona Maria Helena passou a fazer parte de um tipo de prisão cada vez mais frequente na delegacia de Codó.

 “É comum se detectar no trabalho diário da delegacia com o comparecimento de pessoas tanto para registro de ocorrência como para prestar depoimento e se detectar a existência de mandado ou de processos judiciais tramitando contra essas pessoas, é feita uma buca, normalmente quando essas pessoas estão sendo investigadas ou no caso e o próprio sistema ele acusa e aponta para o servidor que estiver atendendo aquela pessoa a possibilidade de haver um mandado de prisão”

APAIXONA CODÓ: Nesta sexta-feira tem SILVANO SALES e Francys Jack no Resenha

Nesta sexta-feira tem SILVANO SALES e FRANCYS JACK, O FENOMENAL no RESENHA BAR. Não fique de fora deste mega evento.

PRECATÓRIOS – Em São Luís 107 professores codoenses mostram indignação com falta de diálogo com governo Nagib

107 professores de Codó aumentaram o grande número de educadores de várias partes do Maranhão que estiveram ontem, 26,  numa enorme manifestação realizada em São Luís.

É uma nova etapa da luta pelos precatórios. Vários municípios se uniram para se tornarem mais fortes. Realizaram ato conjunto em Codó, um segundo agora em São Luís e continuarão mantendo a nova estratégia visitando em grande quantidade todos os municípios onde os prefeitos não estão querendo repassar 60% dos precatórios.

O grupo codoense participou ativamente da manifestação e vai continuar dando força aos demais companheiros uma vez que é quem mais já avançou na luta. A Justiça da comarca de Codó, por exemplo, já mandou bloquear 60% dos 26,5 milhões de reais que estão nos cofres do Tesouro Municipal, algo considerado importante para os educadores.

Por enquanto, o governo MAIS AVANÇO, MAIS CONQUISTAS continua inflExível baseando-se em notas técnicas do TCU, do MPF e em uma decisão monocrática do STF.

ELEIÇÕES 2018: Cícero de Sousa distribui jornal mostrando obras de César Pires em Codó

O deputado César  Pires, concorrendo pelo PV,  filho de Codó estar apresentando aos codoenses um jornal com várias ações que conseguiu para o município.

O jornal destaca a UEMA, escolas no Km17 e Cajazeiras, asfaltamento de ruas, ambulância,  trator e kits de irrigação. Mobília para a associação das quebradeiras de côco também é  destaque ao lado do asfalto da estrada do IFMA e a tão sonhada ponte do Codozinho.

Com o jornal, tendo a distribuição sob a coordenação de Cícero de Sousa, o deputado César mostra aos codoenses que sempre vem ajudando a melhorar a cidade de Codó.

Ascom

Convocados para trabalhar na eleição têm direito a duas folgas por dia à disposição da Justiça Eleitoral

Justiça – Convocados para trabalhar na eleição têm direito a duas folgas por dia à disposição da Justiça Eleitoral
Empregador e funcionário devem definir datas de descanso em comum acordo; saiba como isso ocorre

Os trabalhadores que forem convocados para atuar nas seções eleitorais durante o pleito têm direito a dois dias de folga por cada dia à disposição da Justiça Eleitoral. Assim, se uma pessoa participa de um dia de treinamento e comparece no dia de votação em um turno, ela pode tirar quatro dias de descanso, sem prejuízo do salário. Se houver segundo turno, e o cidadão tiver de comparecer à Justiça Eleitoral por mais dois dias, por exemplo, ele tem direito a oito dias de folga.

Quem tem direito
Todo trabalhador que for convocado pela Justiça Eleitoral e atuar durante a eleição tem direito ao descanso pelo dobro do tempo à disposição. Isso vale para mesários, secretários, presidentes de seção e também para quem exercer função durante apuração dos votos.

Como comunicar a empresa
Os dias de folga devem ser definidos de comum acordo entre o funcionário e o empregador. A empresa não pode negar o descanso ao empregado. Caso ocorra algum impasse sobre a concessão do período de descanso, o trabalhador deve procurar o cartório eleitoral.

A comunicação ao empregador deve ocorrer assim que o trabalhador receber a convocação. A entrega da declaração expedida pelo juiz eleitoral deve ser enviada imediatamente após o pleito.

Quando folgar
A Justiça Eleitoral orienta que as datas sejam definidas para um período logo após a eleição, mas não existe obrigatoriedade para que isso ocorra nos dias imediatamente seguintes a um dos dois turnos. Também não há prazo legal para que o direito à dispensa seja extinto.

Folga antes da eleição
O descanso é concedido mediante declaração expedida pela Justiça Eleitoral, comprovando o comparecimento ao treinamento ou à seção eleitoral. Por isso não é possível tirar a folga antes das atividades desempenhadas (treinamento ou votação)

Folga x remuneração
A lei prevê apenas o direito às folgas, mas não existe impedimento legal para conversão do descanso em remuneração, caso ambas as partes concordem. O mesmo vale para casos em que o funcionário se desligar da empresa após a atividade (treinamento ou trabalho na eleição) e não tiver gozado as folgas.

Mais de um emprego
Funcionários em mais de um emprego têm direito ao descanso, pelo dobro dos dias à disposição da Justiça Eleitoral, em cada um dos lugares onde trabalhar.

Férias, feriados ou folgas
O empregado tem direito às folgas mesmo que esteja de férias durante o período de votação ou que tenha descanso previsto para os dias de treinamento ou da eleição.

Convocação
Quem for chamado pela Justiça Eleitoral para trabalhar na eleição tem até cinco dias – a contar da data do envio da convocação – para pedir dispensa ao juiz da zona eleitoral onde estiver inscrito. A solicitação deve ser entregue com a comprovação sobre o impedimento para que atue no pleito. O pedido é avaliado pelo juiz, que poderá aceitar ou não a justificativa.

Votação x ausência
Mesmo que o mesário não compareça ao trabalho durante a eleição, ele tem direito a votar. A ausência durante o pleito implica penalidade específica, não impedindo a participação como eleitor. Caso a pessoa convocada tenha impedimento para ir a um treinamento, ele deve procurar o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para se informar sobre novas turmas.

Informações sobre o trabalho
A data e o horário em que o mesário deverá se apresentar para a primeira reunião sobre a atuação na eleição constam no documento de convocação. Para mais detalhes, é possível entrar em contato com o cartório eleitoral.

Ministério do Trabalho

Assessoria de Imprensa

Cantor ELÍCIO MARQUES já está com seu novo CD gospel pronto e preparado para o sucesso

O talentoso cantor e compositor  gospel codoense ELÍCIO MARQUES já está com seu 2º CD pronto. O mais novo trabalho traz 10 lindas canções evangélicas.

NOVO TRABALHO DE ELÍCIO MARQUES

O cantor assina a composição de ‘DEUS NÃO FALHA’, a segunda na ordem do novo disco, e todas as demais são composições de seu amigo e parceiro musical, o compositor codoense JOSEVALDO ABREU LUZ.

Elício Marques

Vale a pena conferir o lançamento. Elício tem uma potente voz, é afinadíssimo em todas as variações de tonalidades. Canta com alma e amor no coração, motivos pelo qual tem alcançado cada vez mais sucesso dentro do público gospel do Maranhão e do resto do país.

ELEIÇÕES 2018: Marcelo Coelho fala aos codoenses e declara apoio à Bira do Pindaré

Em vídeo feito para as redes sociais o secretário de Estado do Meio Ambiente, Marcelo Coelho, falando diretamente para os codoenses declarou apoio ao candidato a deputado federal Bira do Pindaré.

Biné fará caminhada com presença de Roseana neste sábado em Codó

O candidato a deputado estadual Biné Figueiredo realizará uma caminhada dia 29, sábado, a partir das 17h, com a presença da candidata ao governo do Estado, Roseana Sarney, do candidato a deputado federal Edilázio e do candidato ao Senado, Sarney Filho.

ELEIÇÕES 2018: Zito Rolim se reúne com trabalhadores do SAAE de Codó

Na ultima terça-feira (25) o candidato a deputado estadual, Zito Rolim, esteve reunido com trabalhadores do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Codó. O encontro aconteceu no clube da autarquia e contou com as presenças do prefeito de Codó, Francisco Nagib, a primeira-dama, Agnes Oliveira , o diretor do SAAE, Evimar Barbosa, o secretário municipal de governo, João dos Plásticos, o vereador Pastor Max, entre outras autoridades.

A reunião foi direcionada aos funcionários do SAAE, familiares e convidados. Em seu discurso, Zito Rolim enalteceu o trabalho diligente e competente realizado pela direção da autarquia e seus funcionários, e falou sobre os avanços na área de saneamento e abastecimento em Codó, como o novo sistema de abastecimento que hoje leva água de qualidade ao Km 17.

No ultimo ano e meio muitos avanços foram feios para o nosso abastecimento de água. Uma boa gestão e um serviço de qualidade, além de importantes obras. Uma parceira muito salutar com o governo do estado e políticos compromissados. Sendo seu representante na assembléia vou trabalhar junto ao governador e conseguir direcionar recursos para este setor. A infraestrutura e o saneamento são bases para qualidade de vida da população” .

HISTÓRIA & MATEMÁTICA: Professoras de Codó apresentam experiência de sucesso em Sobral no Ceará

As professoras Iolanda da Silva Luz e Joana Batista de Souza apresentaram em Sobral-CE outra experiência pedagógica intitulada, “HISTÓRIA E MATEMÁTICA: uma interação possível no espaço de construção do pensamento crítico dos alunos do Ensino Fundamental em Codó-MA, apresentada no XVII Encontro de História da Educação do Ceará, realizado entre os dias 20 à 23 de setembro.

O presente trabalho apresentado foi realizado na Escola Senador Alexandre Costa em Codó –MA, a partir do projeto “Matemática Viva: Conectando saberes”, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em 2017. Sendo possível trazer a relação dos saberes matemáticos e a educação histórica, proporcionando o conhecimento, reflexão e a conscientização sobre os saberes e fazeres estabelecidos no cotidiano dos estudantes, juntamente com os pais e a comunidade do bairro Santo Antônio em Codó.

A articulação de forma interdisciplinar entre as áreas de História e Matemática, possibilita o desenvolvimento das potencialidades no espaço escolar envolvendo ambas as áreas na construção do pensamento crítico de estudantes de Codó – MA. Pensarmos a escola como uma instituição responsável por promover situações para o crescimento cultural, intelectual, emocional, e social dos estudantes e também para as famílias do bairro, podendo ainda oferecer oportunidades de reflexão e aprofundamento do conhecimento partindo do contexto sócio-cultural, histórico e ambiental.

A Matemática é uma ciência que nos traz muitos benefícios no decorrer de nossas vidas, a História é construída a partir das nossas experiências do passado e do presente e nesse intermédio a escola tem a função de trabalhar com os alunos o conhecimento socialmente produzido, a partir das suas experiências cotidianas.

Acredita-se na necessidade de oferecer aos estudantes da Escola Senador Alexandre Costa, condições de ações transformadoras, que permitam uma visão crítica a partir dos saberes da comunidade com o saber escolar para ampliarem o olhar diante da realidade em que vivem.