Secretário Estadual de Segurança vai estar em Codó na terça-feira

Aluísio em Codó

Já está confirmada a vinda do secretário de Segurança Pública do Estado, Aluísio Mendes, à Codó. A visita acontecerá dia 21, próxima terça-feira.

Desta vez não haverá audiência pública. O secretário participará de uma reunião de trabalho com as forças de segurança do município e autoridades políticas no salão nobre da Prefeitura, a partir das 10h da manhã.

Após a reunião concederá entrevista à imprensa de forma coletiva.

Quem disse que o Maranhão precisa de mais 1.134 vereadores?

Maranhão

O ôba, ôba maranhense que deseja criar 126 novos municípios no Estado mais pobre do Brasil, virou mesmo um alarido político nos últimos dias e os nada bestas de Codó estão na maior alegria.

Vejam senhores e senhoras, que pelos cálculos da OAB/MA, que ajuizou uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a festança dos novos municípios, nós teremos, além de 126 novos prefeitos para possivelmente terem contas reprovadas pelo TCE, no futuro, o maranhão terá nada menos que mais 1.134 novos vereadores.

Vou repetir só pra você não achar que leu errado, + 1.134 vereadores. Quem disse que o famélico Maranhão precisa de mais uma despesa dessas?

Quem assegura que estes novos velhos rapazes não se atrelarão aos novos prefeitos ou farão oposição de mentirinha só para fazerem acertos na calada dos gabinetes manchados até com o sangue de vidas de quem precisou de uma saúde descente e morreu à espera dela?

Definitivamente, o Maranhão não precisa de mais 1.134 vereadores, pior ainda de 126 prefeitos.

Ó Deus, salvai o Maranhão, meu Senhor.

Transparência – João de Deus quer auditor do TCE na Câmara

João de Deus

O presidente do Poder Legislativo de Codó, vereador João de Deus, está mesmo levando a sério esta história de transparência 100% de seus atos, fazendo sua andorinha fazer verão em meio à um inverno torrencial de práticas viciadas de seus antecessores.

Anunciou na sessão de ontem, 13, que vai pedir ao Tribunal de Contas do Estado que envie à Câmara um auditor externo que o auxilie numa prestação completamente como diz a lei.

“Para que ele envie à esta Câmara um auditor externo para que ele possa nos ajudar a colocar, com a maior transparência possível, esta questão das contas municipais”, justificou

NA INTERNET

João também afirmou que pretende disponibilizar todos os dados de sua administração, pormenorizadamente, na internet para evitar problemas como teve o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Izaías Pereirinha, que recebeu uma recomendação do Ministério Público solicitando tal divulgação.

“Então nós estamos nos antecipando à isso, nos antecipando ao Ministério Público, disponibilizando na internet estas informações”, concluiu

Chiquinho diz que não vai baixar a cabeça e manda recado para grupo de Ricardo Archer

Chiquinho do Saae

O vereador Chiquinho do Saae usou seu tempo para dizer que não vai baixar a cabeça diante das críticas que a imprensa tem feito à seu retorno ao grupo do prefeito Zito Rolim.

“Mas não vou baixar minha cabeça pra ninguém no Codó não, eu devo satisfação à população de Codó e ela vai me julgar, minhas ações, não é o radialista A, B, C ou quem quer que seja que acha que é dono do Codó, que pode mandar bater em gente, falar das famílias alheias e na hora certa a população vai saber quem tá por trás de tudo isso e qual é o interesse. Eu não vou baixar minha cabeça”, afirmou

VEREADOR EM CIMA DO MURO

Saae também criticou o posicionamento de alguns colegas que não tem a coragem dele de declarar sobre de que lado está. Destacou que tem vereador que passa a vida toda em cima do muro.

“Aqui nesse parlamento tem colega que passa a vida inteira no muro e não tem coragem de mostrar a cara, aqui nesse parlamento tem colega que fez todas as bandalheiras possíveis nesse Codó, mas hoje é um santo e se mexer com o vereador Chiquinho do Saae a população de Codó vai saber, porque eu não to aqui pra passar a mão na cabeça de ninguém não”, disse

RECADINHO PRA RICARDO

Ricardo Archer

Na tarde desta segunda-feira, 13, o vereador foi alvo de severas críticas na emissora do grupo do ex-prefeito, Ricardo Archer, por meio do programa do radialista César Santos.

Sem citar nomes ele deu todas as pistas sobre à quem estava se referindo e também desceu o cacete nos ombros de Ricardão. Afinal, quem passou 8 anos no poder e teve, recentemente, contas reprovadas pelo TCE? Observe as falas:

“Eu não vou aceitar é grupo político que passou 8 anos no poder e, praticamente, não trouxeram nada pra Codó, e dizem que ainda é santo e querem voltar. Não é o vereador Chiquinho do Saae que tem conta reprovada aqui na Câmara não”, disse

GRUPO CAMALEÃO

Chiquinho disse que seus atos serão julgados pelo povo e não pelo grupo camaleão de Codó. Na opinião dele, não adianta botar radialista para esculhambá-lo.

“Meus atos serão julgados pela população de Codó onde estes que se dizem o correto as contas deles foram julgadas pelo Tribunal de Contas e reprovadas, eu quero que respeite e não adianta me intimidar, boa radialista pra me bater não porque os camaleões de Codó a população vai saber no devido tempo”, ressaltou

A última pista dada pelo raivoso parlamentar a respeito de quem estava falando, disse.

“Não adianta dizer que resolve o problema de Codó em dois dias, três dias. Aqui hoje quem quer voltar pra Prefeitura teve oportunidade de 8 anos e não resolveu, porque não resolveu?”

Domingos Reis diz que 80% do Km 17 o querem como primeiro prefeito

Domingos Reis

Aos poucos os interesses em encolher nossa Codó, município-mãe, para transformar seus povoados em cidade, vão aparecendo.

Domingos Reis, por exemplo, saiu com esta na sessão ordinária desta segunda-feira. Afirmou que uma pesquisa que teria visitado 119 residências do KM 17 constatou que seu nome é o preferido daquela população para ser o primeiro prefeito do futuro município Moisés Reis.

Segundo divulgou, 80% dos entrevistados disseram que querem Domingos Reis para administrar o novo município. O segundo lugar teria amargado reles 4,7% das intenções de voto.

Continuo torcendo para que Codó não se transforme num ovo em prol de interesses que em nada resolverão os problemas desses povoados.

Leonel Filho critica gerência do Banco do Brasil de Codó

Arquivo: Leonel Filho

O vereador codoense, Leonel Filho, criticou duramente a direção do Banco do Brasil, agência Codó, usando os microfones da rádio Mirante AM, de propriedade de seu pai, Leonel Araújo, no programa do radialista, Osvaldo Filho.

Para ele, está faltando respeito à população.

“Os bancos não teem respeito, essa nova gerência que chegou no Banco do Brasil aí não tá tendo respeito pela população de Codó, o que a gente acompanha é isso aí, o que a gente sente é isso aí”, disse

Citando um problema levantando pelo radialista da não liberação do pagamento dos vigias (até às 14h), cuja folha teria sido enviada pela Prefeitura na sexta-feira, o vereador elogiou os funcionários, mas não poupou a direção, chamando-a de burocrática.

“Muitos dos funcionários do Banco do Brasil são de primeira categoria, a gente ver o esforço deles em nos atender, mas a gente ver que barra naquela burocracia, naquela coisa maior que é a pessoa que manda no Banco do Brasil, a gente ver a dificuldade ali, coisa simples de resolver, como é que deixa faltar recurso no Banco do Brasil pra pagamento de folha de pessoal, isso é um absurdo, isso é coisa que nem existia mais no Codó e está acontecendo no Codó”, afirmou

E concluiu:

“O Banco do Brasil tinha melhorado bastante, tava atendendo melhor a população e agora está piorando de vez, é uma dificuldade, não sei o que aconteceu do ano passado pra cá no Banco do Brasil”.

Leonel diz que, em conjunto com seus amigos de parlamento, pretende fazer a reclamação dos codoenses chegar aos órgãos de fiscalização do Banco do Brasil.

“E hoje vai ter a votação desse requerimento pra gente notificar a agência regulamentadora dos bancos , da federação dos bancos, a agência que fiscaliza os bancos a nível federal pra gente levar essas denúncias, mandar essas informações também ao banco central”, ressaltou

Polícia ainda não tem pistas dos bandidos que roubaram mais de R$ 100.000,00 em produtos da Insinuante

Na delegacia até o fechamento desta reportagem não havia registro da ocorrência, por isso a delegada que estava no plantão do último fim de semana, Maria Tecla Cunha, não quis gravar entrevista.

Na Insinuante, loja roubada, no centro de Codó, o blog do Acélio obteve a informação que a gerência, que também não quis gravar, tentou duas vezes registrar o caso (sábado e domingo), mas disseram que o sistema estava fora do ar.

Certo é que ainda não há pistas dos bandidos que deixaram um prejuízo de mais de 100.000,00 à um das maiores lojas de móveis e eletrodomésticos da cidade.

AÇÃO DOS BANDIDOS

Dois bandidos entraram na loja armados com revólveres às 5h da tarde, de sábado, e ficaram cerca de meia hora, tempo em que nenhum policial militar apareceu na área segundo as vítimas que viveram momentos de terror. Dentro obrigaram os funcionários a recolherem computadores portáteis, mais de 200 celulares e até televisores. Também levaram algo em torno de 1.600.

Depois do roubo fugiram num carro (Fiat Fiorino Vermelha), com a carroceria lotada, que ficou aqui estava na porta esperando os bandidos.

SEM CÂMERAS

A identificação dos bandidos está difícil porque a loja, que amanheceu fechada para balanço do prejuízo, não mantém serviço de monitoramente interno por câmeras de segurança. A única imagem que pode ajudar a polícia vem do circuito externo do Paraíba que teria filmado, muito de longe, a chegada dos bandidos.

A única coisa que a polícia sabe, com certeza, é que os assaltantes seguiram pela MA-026 e depois tomaram a BR-316 rumo à Peritoró, desaparecendo.

Camilo e César Pires se desentendem na hora de protocolar pedidos de emancipação

Camilo X César

Confusão na Assembleia por causa dos municípios que podem ser criados a partir do desmembramento de Codó. É muita gente interessada em ‘ajudar’ os novíssimos.

César Pires e Camilo Figueiredo, por exemplo, protocolaram duas vezes pedidos de emancipação do Distrito de Cajazeiras. Nossos parlamentares não tomaram sequer o cuidado de olhar o nome das futuras novas cidades.

O município pedido por Figueiredo chama-se Cajazeiras do Maranhão, o de Pires é Cajazeiras do Cocais, segundo o setor de protocolo da Assembléia Legislativa, que assim descreve:

Cajazeiras do Maranhão

Codó – Camilo Figueiredo (PDT)

Cajazeiras do Cocais

Codó – César Pires (DEM)

Pra completar e apenas para satisfazer a vontade de alguns, não imagino de quem, Camilo ainda protocolou um pedido para a emancipação da Trizidela, que poderá se chamar Trizidela do Itapecuru.

Trizidela do Itapecuru

Codó – Camilo Figueiredo (PDT)

CODÓ DO TAMANHO DE UM OVO

Na direção da BR, a atual Codó deixará de ser Codó a partir do Saco. Se os projetos passarem, nosso limite territorial também se acabará na ponte sobre o rio Itapecuru.

Vamos criar municípios cheios de pobreza, analfabetismo herdado e saúde precária, com administradores já ralados por suas práticas nojentas no município-mãe.

Sinceramente, não vejo benefício algum em transformar Codó num OVO.

Exclusivo:Paulinho Mclaren fala sobre o desafio de dirigir o SAAE depois de Marcelo Moebus

O novo diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto é mesmo o irmão do vereador, Chiquinho do Saae, o professor Paulo Paiva Brito, também conhecido como Paulinho Mclaren ( MAQUILÁREN), nome artístico que usou determinado tempo no rádio codoense como comentarista esportivo.

Em entrevista concedida, de primeira mão, ao repórter Sena Freitas, da FM Cidade, que gentilmente a cedeu ao blog do Acélio, Mclaren começou falando de seus 10 anos na educação, afirmando está diante de um novo e grande desafio, que é administrar.

“Eu quero dizer à população codoense que há dez anos, de dez a 11 anos eu milito na docência e que sou um coadjuvante no que concerne à administração, mas a minha vida na docência ela me credencia para grandes desafios e o Saae é um grande desafio. Eu estou aqui para corresponder à expectativa do Governo Zito e não só do governo Zito como da população, porque não adianta eu vir pra cá, vestir a camisa, mas se a população não se beneficiar com este trabalho que eu vou exercer”, disse

INDICADO PELO PREFEITO

Paulinho revelou ao curioso repórter que o plano inicial do irmão vereador era colocar um de seus grandes amigos dentro da autarquia, chamado de Sérgio Murilo, na sonhada direção. Em conversa com o prefeito Zito, a coisa teria tomado outro rumo e Mclaren acabou sendo o indicado pelo próprio prefeito.

“O Chiquinho do Saae ele tinha um sonho de ter o Saae, você (Sena) sabe disso, não é?, não seria minha parte dizer que não, agora não me colocar como diretor, o diretor do Saae, nos planos do Chiquinho, seria Sérgio Murilo (…) e não teve, teve uns contratempos e numa conversa com o Zito e o próprio Zito disse lá de que eu deveria assumir o Saae, eu não sabia foi uma surpresa pra mim, o próprio Marcelo (Moebus), o Marcelo foi saber disso na segunda-feira”, revelou

QUERO PASSAR COMO TODOS”

De forma muito humilde professor Paulinho promete não deixar o poder de diretor mudar-lhe a personalidade.

“é um cargo que não vai me envaidecer, eu sei que a minha vida ela é a docência, é uma passagem que eu vou tá aqui. E eu quero passar aqui como todos passaram, deixaram seus nomes escritos nos anais desta casa como pessoas de bem”, assegurou

“O QUE É DE BOM DE MARCELO”

Ele elogiou o trabalho do ex- diretor, agora secretário de Indústria e Comércio, Marcelo Moebus e disse que vai seguir seus passos, porque até agora, este nada passou de ruim para o novo comando.

“A intenção do Marcelo foi brilhante, eu tenho certeza que a população ela correspondeu à maneira do Marcelo e eu vou pegar o que é de bom do Marcelo, que até agora não me passou nada ruim, só coisa boa”, garantiu

Adequando-se ao que Marcelo lhe passar, Paulinho disse que vai implantar seu modo de administrar começando com visitas à todos os pontos de arrecadação do Saae. Citando Madre Tereza de Calcutá, prometeu ainda ser um homem de atitudes e não apenas de palavras.

“Vou tá aberto à imprensa, vou tá aberto às pessoas. Vou visitar todos os polos, onde tem receita, Cajazeiras, Km 17 junto com o pessoal, ter o conhecimento do corpo físico do Saae para eu poder falar com mais firmeza, por enquanto aquilo que eu posso lhe falar é aquilo que o Marcelo me passou”, concluiu

Advogado diz que Ray e César podem ser soltos esta semana

Dr. Benedito Duailibe

O blog do Acélio entrevistou o advogado, Benedito Duailibe, sobre como anda o caso de Raimunda Sobral e César Feitosa, presos dia 20 de maio, na operação Hades (deus grego do inferno) sob suspeita de estelionato previdenciário, falsificação de documentos públicos e particulares, falsidade ideológica e formação de quadrilha.

De acordo com o causídico criminal, a Justiça já negou o pedido de revogação da prisão preventiva, por ele impetrado. Diante disso, a defesa entrou com outro recurso chamado de Habeas Corpus, no Tribunal Regional Federal (porque o caso envolve recursos federais).

O advogado espera para esta semana uma decisão do TRF. Caso o juiz conceda-lhe o pedido, Ray e César serão soltos, do contrário permanecerão presos sob a custódia da Polícia Federal de Caxias.