75%: Governo que prega economia aumenta salário do procurador-geral de Codó

O governo MAIS AVANÇOS, MAIS CONQUISTAS prega austeridade das contas da Prefeitura, mas quando o assunto são os altos salários do governo esta tal ‘austeridade’ nunca passou de balela pura. Depois de preferir demitir assalariados (vigias, agentes administrativos e  zeladoras) em vez de, ao menos, cortar, percentualmente, o salário dos comissionados que levam todo mês  R$ 917.370,97 para casa (algumas dessas casas ficam bem longe de Codó), a administração me aparece com outra lapada no bolso do contribuinte codoense.

Hoje, 20/07/2017, a Câmara Municipal de Codó, submissa que é, aprovou um projeto de lei, em sessão Extraordinária,  de autoria do Executivo, que ‘desdiz’ tudo que se prega, aos quatro cantos, a respeito de que o município precisa economizar para pagar seu 4.824 servidores  que consomem R$ 11.525.191,35 do recursos municipais (número do mês de abril/2017).

O prefeito Francisco Nagib enviou, a CCJ, presidida pelo vereador Rômulo Vasconcelos,  deu parecer favorável e o plenário da Câmara aprovou agora pela manhã uma lei que estabelece que o novo salário (vencimento) do procurador-geral do município (somente o dele) será correspondente à 75% do que ganha o prefeito municipal. E qual a justificativa para tamanho pulo salarial? o projeto aprovado explica nos seguintes termos:

“O procurador-geral do município (nomeclatura escrita errada no projeto original), em razão da função jurisdicional  e da representação judicial e extrajudicial do município, perceberá vencimento correspondente à 75%  (setenta e cinco por cento) do subsídio percebido pelo prefeito municipal, sendo no caso de ausência ou impedimento , substituído pelo procurador-adjunto do município”, descreve o projeto

QUEM VAI PAGAR o aumento?

E quem será que vai pagar esse plus salarial? a lei também responde e imagine quem é? Vamos à resposta da lei:

“As possíveis despesas decorrentes desta lei serão custeadas com recursos próprios do Tesouro Municipal”, diz a lei

Novo salário do procurador-geral

QUEM VOTOU CONTRA?

A lei foi tão surpreendente num mundo de crise financeira que houve rebeldia até na base do governo. 4 vereadores  da base aliada e 1 opositor votaram contra o novo salário do procurador-geral, foram eles: Pastor Max, Valdeck Frota, Maria Paz, Domingos Reis e Rodrigo Figueiredo.

QUANTO SERÁ A NOVA BUFUNFA?

A respeito de quanto será o novo salário do procurador-geral (só do geral mesmo porque os demais, concursados até, ficaram só lambendo os beiço) existem duas possibilidades. O prefeito no carnaval apresentou um cheque de R$ 15.000,00 doado aos evangélicos. Disse ele que este seria o seu salário.

Se for mesmo R$ 15.000,00 o novo salário do homem procurador será de R$ 12.250,00 (bem difícil, atualmente já beira isso e não valeria a pena enfrentar tanto desgaste por nada a acrescentar).

A outra possibilidade foi confirmada por dois vereadores a quem ouvi que disseram que o prefeito fatura mensalmente,  para cuidar de nós, R$ 20.000,00. Se for mesmo R$ 20.000,00 aí o novo salário do procurador-geral será de R$ 15.000,00/mês.

MINHA OPINIÃO

O senhor prefeito pode aumentar o salário de quem ele quiser, agora pelo amor de Deus nunca mais me apareça com história de que estamos sem dinheiro e precisamos demitir mais pobres que vivem de um mísero salário da Prefeitura que Vossa Excelência administra.

Deus salve a América

 

ENTENDA O CASO: Jornalista registra B.O na delegacia contra vereador de Codó

Na sessão ordinária do dia 18 de julho o vereador Valdeck Frota dedicou seu discurso na Tribuna da Casa ao jornalista  Marcos Silva, que assina um blog com seu nome na internet. Mas o parlamentar,  que estava se defendendo do que considerou ataques infundados, acabou saindo dos trilhos e partiu para coisa pessoais como o fato de afirmar que o blogueiro já foi filmado dando amassos na sua esposa dentro do plenário da Câmara Municipal.

“Não faça no seu blog o que você faz aqui nesta Casa não amassando o peito, amassando a perna, amassando o bumbum, amassando o seio. Respeite o lar onde você se encontra, respeite aonde você anda. O Valdeck Frota não é bode expiatório não”, afirmou aos gritos no microfone

Valdeck também disse que Marcos Silva irá respeitá-lo  e que todo defundo tem alguém que chore por ele lembrando o número de irmãos que possui.

“E você vai aprender a respeitar o vereador Valdeck Frota, porque eu não vou ficar nessa de ouvir chantagem não, é por que eu deixei de pagar? Faça seu trabalho de forma digna”

REAÇÃO

O jornalista Marcos Silva foi à delegacia no dia seguinte e registrou um Boletim de Ocorrência onde denunciou o parlamentar pelos crimes de ameaça, calúnia, injúria e difamação. Veja abaixo o conteúdo do Boletim.

MAIS PROMESSAS, MENOS CONQUISTAS – Vereador denuncia que Nagib nada resolveu a respeito dos Bombeiros Civis

Em entrevista ao radialista Francisco Lemos, levada ao ar ontem, 19, no programa Coisas do Povo, o vereador Rodrigo Figueiredo criticiou a forma como os bombeiros civis foram recpecionados pelo prefeito Francisco Nagib.

Disse que houve um ping-pong de locais. Primeiro seria no Salão Nobre, do Salão Nobre mandaram para o auditório da CDL (onde foram vistos secretários e assessores, menos o prefeito), depois chamaram apenas uma comissão  para o gabinete do prefeito (neste local fora feito um vídeo onde Nagib e Leandro Magão aparecem trocando elogios).

Rodrigo denunciou que mesmo depois deste vai-e-vem nada foi resolvido. Os bombeiros que desejam ser contratados da prefeitura sairam apenas com a promessa de um projeto de lei de autoria do Executivo que visa regularizar a atividade  dos BC em Codó. Nada mais.

OUÇA O VEREADOR

Autoridades avaliam positivamente a 9ª Conferencia Municipal de Assistência Social de Codó

Auditório da UFMA lotou nos dois dias

Com o tema “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS” a prefeitura de Codó realizou a 9ª Conferencia Municipal de Assistência Social, que aconteceu entre os dias 18 e 19 de julho. O encontro ocorreu no autoritário da UFMA com a participação em massa de parceiros da política de assistência social, social civil organizada e autoridades em nível de município e Estado, a exemplo de vereadores, do prefeito Francisco Nagib e da secretária adjunta estadual de desenvolvimento social, Célia Salazar.

É mais uma vez muito gratificante estar em Codó e poder ver que as políticas públicas para a assistência social estão sendo evadas com muito compromisso e amor pelo próximo”, colocou a secretária.

Secretária Agnes Oliveira foi elogiada pela organização do evento

Juntos os conferencistas puderam assistiram apresentações de grupos assistidos por programa e projetos sociais de Codó. A 9ª Conferencia Municipal de Assistência Social visa propor e deliberar diretrizes para o aperfeiçoamento do Sistema Único de Assistência Social, com a participação dos usuários.

Vale lembrar que é na conferência de onde sairão delegados que irão representar a cidade e defender as ações aqui propostas para o fortalecimento dos serviços, programas, projetos e benefícios sócio-assistenciais.

O tema Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS visa fortalecer toda a rede de serviços e seu alcance ao público”, disse a Presidente do Conselho de Assistência Social, Rosas Vasconcelos.

Prefeito Nagib esteve presente

Palestrante renomada, Benigna Regina, buscou em seu discurso preconizar que o momento era de fortalecer as políticas sociais em Codó, destacando o grande interesse da gestão municipal para o tema.

Codó está de parabéns, pois possui todos os serviços sociassistenciais em funcionamento. A secretária de desenvolvimento social, do direto da mulher, de segurança alimentar e nutricional, Agnes Oliveira, está fazendo um excelente trabalho”, afirmou Regina.

Na quarta-feira (19), após almoçarem junto com crianças, jovens e idosos que participavam da conferência, o Prefeito Nagib e a Secretária Agnes Oliveira avaliaram de forma muito positiva o resultado do grande encontro.

Ontem todos almoçaram no local do evento

Acreditamos que é o início de um trabalho para que as políticas públicas do setor sejam fortalecidas e consolidadas em Codó. Trabalharemos para que isso aconteça com um sistema público que garanta proteção social e amplie direitos na direção de um Brasil mais justo. O Sistema Único da Assistência Social é uma luta de todos nós”, explicou a secretária.

Em 07 meses de gestão, o prefeito Nagib comemorou junto aos conferencistas os avanços que foram possíveis na área social, por isso não tem medido esforços para que mais pessoas em situação de vulnerabilidade ou risco social possam ter acesso às políticas sociais em Codó.

Em meio ano avançamos muito neste setor. A Secretaria de Desenvolvimento Social está de parabéns. Reativamos todos os projetos e programas que hoje estão em andamento para atender a parcela de nossa população que mais precisa. Um evento como este é fundamental para discutirmos todos juntos os próximos avanços para as políticas públicas para a Assistência Social. Parabéns a todos!”, concluiu o prefeito.

Ascom – PMC

MÚSICA: Professor da UFMA compõe e canta homenagem a Codó no estilo de Luíz Gonzaga

Professor Alex Lima homenageia Codó

O professor Alex de Sousa Lima tem a vida dedicada à Universidade Federal do Maranhão, profissionalmente falando, onde, entre outras missões acadêmicas,  coordena o Grupo de Pesquisa e Ensino de Ciências Humanas e também ministra aulas.

Mas seu talento não está apenas no campo da produção do conhecimento acadêmico. Recentemente fez uma bela e animada homenagem ao município de Codó num ritmo pra lá de nordestino, o forró.

Ele compôs a canção ‘MEU CODÓ’ e fez uma afinada interpretação ao velho e bom estilo do rei do baião, Luiz Gonzaga, à quem imita com maestria descomunal.

Vale a pena ouvir esta homenagem talentosa. OUÇAMOS

AGENDA: Sábado e domingo só vai rolar reggae das antigas na ZK ESPAÇO ROOTS

ATENÇÃO PARA A AGENDA do fim de semana da ZK Espaço Roots. No sábado, dia 22,  as pedras vão rolar com a musical JAH LIVE.

No domingo, dia 23, também tem reggae dos anos 70, 80 e 90 com as radiolas LYON SISTEM e MUSICAL JAH LIVE.

Programe-se e venha curtir os sucessos que marcaram época na melhor casa de reggae da região dos Cocais – ZK ESPAÇO ROOTS.

Procon ingressa com ação para reembolsar integralmente os alunos matriculados na FALMA de Codó

Por meio de Ação Civil Pública (ACP), o Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Estado do Maranhão (Procon/MA) requer a suspensão das atividades referentes aos cursos de graduação, presenciais e a distância, oferecidos pela Faculdade do Leste Maranhense (Falma), no município de Codó, mantida pelo Centro de Formação Educacional do Leste Maranhense (Cefelma).

A ACP foi protocolada após a identificação de que a Falma atua sem credenciamento do Ministério da Educação (MEC) –, e, ainda, pela realocação de estudantes para outras instituições sem que eles fossem previamente avisados e a ausência da expedição de diploma aos alunos concluintes dos cursos oferecidos.

O Instituto pede a interrupção imediata de matrícula nos mesmos, haja vista a falta de credenciamento da IES perante o Ministério da Educação. Entre as medidas, o órgão pede à FALMA a paralisação imediata da divulgação de todo e qualquer anúncio publicitário, apresentação de planilha discriminando a relação completa de alunos, encaminhamento dos alunos matriculados nos cursos de graduação presencial e a distância para uma IES devidamente credenciada pelo MEC, sem qualquer ônus, bem como o ressarcimento integral, monetariamente atualizado, dos valores pagos pelos alunos matriculados nos cursos de graduação, presencial e a distância da instituição, incluindo matrícula, taxas e mensalidades.

Além disso, o Procon pede a condenação de danos morais coletivos no valor de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais). As irregularidades da Falma são graves e ferem o acesso do consumidor ao serviço legal de educação, pontua o presidente do Procon/MA e do Viva, Duarte Júnior.

“É indispensável que o serviço seja garantido da melhor forma possível ao consumidor maranhense. Iremos até o fim neste caso, como forma de garantir que os estudantes tenham o seu direito à educação respeitado”, disse o presidente.

Em caso de irregularidades ou problemas similares, o consumidor deve formalizar sua reclamação pelo aplicativo do Procon/MA, pelo site (www.procon.ma.gov.br) ou nas unidades fixas distribuídas pelo Estado.

Por  Gustavo Sampaio/PROCON MA

VEJA – RELATÓRIO mostra o que o seu deputado estadual fez nos primeiros 6 meses de 2017

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, divulgou nesta segunda-feira (17), o balanço das atividades desenvolvidas pela Diretoria Legislativa, através das Comissões técnicas permanentes e temporárias, no primeiro semestre de 2017.

De acordo com o relatório das atividades da terceira sessão legislativa, da 18º legislatura, ao longo do semestre – no período de 1º de fevereiro a 17 de julho – foram realizadas diversas reuniões deliberativas, audiências públicas e visitas, resultando em proveitoso trabalho na apreciação de proposições nas comissões técnicas. Também são abordados no relatório os encaminhamentos das proposições apresentadas no Legislativo estadual.

Nesse período foram encaminhadas um total de 192 proposições, incluindo projetos de leis, emendas constitucionais, resoluções legislativas, indicações, requerimentos, dentre outros. As comissões técnicas permanentes e temporárias também tiveram uma atuação bastante elevada. Na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCCJ), por exemplo, ocorreram 19 reuniões; foram apresentadas 278 proposições e 239 pareceres escritos.

Na Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle, as atividades constaram de 08 reuniões, foram presentadas 05 proposições e 05 pareceres escritos. Também realizou uma audiência pública 19/04/2017, onde foi feita a Demonstração e a Avaliação do Cumprimento as Metas Fiscais referentes ao 3º quadrimestre de 2016, por parte de Poder Executivo, conforme solicitação do Governador do Estado.

Na Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia, houve, 05 reuniões ordinárias, foram apreciadas 05 proposições e dois pareceres escritos. A comissão também realizou duas Audiências Públicas que tiveram por objetivo discutir o Projeto de Lei nº 126/2017, que cria o Conselho Universitário do Maranhão. As audiências foram realizadas nos dias 09 e 26/06/2017, por solicitação do deputado Eduardo Braide (PMN), nos requerimentos nº 001/2017 e nº 002/2017, respectivamente.

Audiências públicas

As atividades realizadas pela Comissão de Administração Pública, Seguridade Social e Relações do trabalho, também foram intensas, constando 14 reuniões ordinárias, apreciadas duas proposições e realizadas oito audiências públicas. No dia 08/03/2017, foi realizada Audiência que tratou sobre a Convocação de aprovados no Concurso Público de Barreirinhas – MA, no Salão São Vicente da referida cidade, por solicitação do deputado Estadual Wellington do Curso. No dia 04/05/2017, No Plenário Gervásio Santos, houve Audiência Pública para tratar sobre a situação dos vendedores ambulantes que foram retirados dos Terminais de Integração de São Luís, conforme solicitado no requerimento nº 280/2017, do deputado Wellington do Curso. Também por iniciativa de Wellington do Curso, aconteceu uma Audiência Pública no Auditório Fernando Falcão, no dia 05/05/2017, para discutir sobre os avanços e retrocessos na educação pública.

Também de iniciativa de Wellington do Curso aconteceu no dia 12/05/2017, uma Audiência Pública para discutir ações para efetivar o combate à criminalidade, como exemplo o assassinato do professor Ivanildo Pereira Costa, crime que abalou a população do Município de Paraibano – MA, na cidade em questão; em 16/05/2017, no Interclube de Anapurus – MA, aconteceu Audiência Pública para tratar sobre convocação dos aprovados no último concurso realizado na cidade de Anapurus – MA, em virtude da licitação também de Wellington do Curso.

Para discutir impacto regional do fechamento das guzeiras no município de Açailândia – MA, foi realizada Audiência Pública no dia 19/05/2017, no Plenário da Câmara Municipal de Açailândia, também uma solicitação de Wellington do Curso, através dp requerimento nº 342/2017. No dia 23/06/2017, foi realizada Audiência Pública para discutir sobre a Convocação dos Aprovados no Concurso de Lago Açu, que foi realizado em 2016, na Sede do SIMPROESEMMA, em Lago Açu – MA, através de requerimento 465/17, de Wellington do Curso, via requerimento nº 465/2017. Em 05/07/2017, foi realizada outra Audiência Pública para discutir a situação do Terminal Rodoviário de São Luís, no próprio terminal, em atenção ao requerimento nº 488/2017, de autoria de Wellington do Curso.

As atividades da Comissão de Saúde, constaram de apreciação de 5 proposições, reuniões e três audiências públicas: Dentre elas, a que apresentação do Relatório Resumido da Execução Orçamentária – RREO, referente ao 3º Quadrimestre do Exercício de 2016, no dia 06/04/2017, na Sala das Comissões Permanentes Deputado Léo Franklin, desta Casa, em atenção ao Ofício nº 526/2017 – GAB/SES, do Secretário de Estado da Saúde. No dia 09/05/2017, foi realizada Audiência Pública para tratar sobre a Reforma da Previdência, terceirização e o seu impacto aos trabalhadores da Enfermagem, conforme solicitado pela Valéria Macedo (PDT). Também por iniciativa de Valéria Macêdo foi realizada no dia 2405, uma Audiência Pública para discutir a necessidade e viabilidade da construção e estruturação, com recursos materiais e humanos, de um Hospital Geral para Polícia Militar do Estado do Maranhão e de um Centro Integrado de Assistência Médica da Região Tocantina.

Atualização cartográfica

Na Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional, além das reuniões ordinárias e apreciações de proposições, foram discutidas em audiência pública, no dia 19/04, as privatizações de Empresas Públicas e os seus impactos nos municípios maranhenses. Para tratar sobre as atualizações Cartográficas das Divisas dos Municípios da região Metropolitana da Ilha de São Luís – MA, foi realizada Audiência Pública no dia 21/06/2017, na Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, numa solicitação deputado Bira do Pindaré (PSB).

No dia 13/06, foi realizada pela Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias, uma Audiência Pública para tratar sobre a problemática envolvendo a regularização e titularização da área do Residencial Nova Esperança, localizado no município de Paço do Lumiar – MA, no Auditório Fernando Falcão, numa iniciativa do deputado Júnior Verde (PRB).

Barragem Rio Flores

Além das reuniões, a Comissão de Obras e Serviços Públicos realizou 02 audiências públicas e duas visitas técnicas. A primeira visita aconteceu no dia no dia 04/05/2017 na Barragem do Rio Flores, localizado no município de Joselândia – MA, com intuito de contribuir para a cobrança das autoridades responsáveis pelo gerenciamento da obra, em especial o Departamento Nacional de Obras Contra Seca – DNOCS; no dia seguinte foi realizada Audiência Pública para tratar do mesmo tema, conforme solicitação do deputado Vinícius Louro (PR). No dia 30/05 foi realizada outra visita técnica, por iniciativa de Eduardo Braide, nas obras da Barragem do Bacanga, em São Luís, tendo em vista o atraso na entrega da reforma, prejudicando assim, os moradores da região, que sofrem diversos transtornos ocasionados pela falta de infraestrutura adequada da barragem.

Outra Audiência Pública realizada pela Comissão de Obras em parceria com a Comissão de Administração Pública, ocorreu no dia 28/06/2017, onde foi discutido o reajuste de 21,31% nas contas de energia elétrica da CEMAR. A iniciativa foi do deputado Fábio Braga (SD).

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, realizou reuniões ordinárias, apreciou diversas proposições, emitiu pareceres e também realizou quatro audiências públicas. A primeira, de autoria de Zé Inácio (PT), aconteceu no dia 22/03, onde foi abordada a defesa da água como direito humano e não como mercadoria. De iniciativa do deputado Sousa Neto (PROS), foi realizada nos dias 03/05, uma audiência pública onde foi discutido os impactos econômicos-socioambientais dos vetores modernos que atingem diretamente o bioma local, ocasionados pela água jogada dos navios transoceânicos que trafegam na Costa Maranhense, afetando diretamente a balneabilidade, sustentabilidade dos biomas, disseminação de agentes patogênicos e equilíbrio alimentar da população ribeirinha.

Também no dia 30/05, foi realizada uma Audiência Pública para tratar sobre Licenciamento Ambiental e Dispensa e Outorga de Direito de Uso de Águas Superficiais (DOAS), no Auditório Fernando Falcão, numa solicitação feita Sousa Neto. No dia 07/07 foi realizada outra Audiência Pública, no Plenário da Câmara Municipal de Açailândia – MA, para discutir sobre o impacto regional do avanço da monocultura no Estado do Maranhão, por iniciativa do deputado Sérgio Vieira (PEN).

Polícia Militar

As Comissões de Ética; de Assuntos Econômicos e de Segurança Pública, também realizaram várias reuniões, deliberaram proposições e também foram realizadas audiências públicas.

No dia 07/04, a Comissão de Segurança realizou no Auditório Neiva Moreira, uma audiência por solicitação de Júnior Verde (PRB),onde foi abordada a problemática envolvendo a PEC 287/16 e seus reflexos perante a classe militar. Para tratar sobre questões pertinentes ao grupo Atividade de Polícia Civil (APC), quais sejam: política de valorização salarial que diminuía as grandes distorções existentes dentro da instituição; retirada arbitrária e antidemocrática das Entidades de Classe do Conselho de Polícia; condições de trabalho; aumento de efetivo; retirada de presos das delegacias do interior do Estado, bem como reforma das delegacias, foi realizada Audiência Pública em 17/05, no Plenário Gervásio Santos, também numa solicitação do deputado Júnior Verde.

Ainda de acordo com o relatório, no dia 18/05 foi realizada Audiência Pública para tratar sobre a problemática envolvendo os candidatos subjudice da Polícia Militar do Maranhão, no Auditório Fernando Falcão, também uma solicitação feita Júnior Verde.

Comissão Especial

A Comissão Espacial foi criada através da Resolução Administrativa nº 353/2017, publicada no Diário nº 043, de 06/04/2017, para no prazo de 120 dias discutir e analisar a Reforma Política em tramitação no Congresso Nacional, que trará profundas alterações no processo político-eleitoral brasileiro. No período, a Comissão realizou duas audiências públicas para tratar sobre a Reforma Política, a primeira foi realizada no dia 08/05/2017, no Auditório Fernando Falcão, enquanto que a segunda audiência foi realizada na Câmara Municipal de Imperatriz, em 05/06/2017.

Assessoria de Comunicação da Assembleia Legislativa do MA

ENTREVISTAS – Governo Nagib e agentes de trânsito de lados opostos

O blogdoacelio entrevistou agora pela manhã o agente de trânsito Hélio Pereira que representou os demais que estão cumprindo horário no prédio do DMTRANS. Reforçou que não estão de greve, apenas paralisados em suas atividades enquanto buscam garantir 12 reivindicações junto ao governo de Francisco Nagib. A mais polêmica delas é o adicional de insalubridade prometido ainda no governo de Zito Rolim. ASSISTA

Nós também entrevistamos o capitão Ronaldo Moura. Em tom apaziguador disse que mais de 90% da pauta reivindicatória dos agentes estão resolvidos com algumas pendências apenas. Acredita que logo os agentes estarão de volta ao trabalho  nas ruas.

Pedro Belo se reúne com líderes de povoados em Codó

No início da semana, domingo (16), o Superintendente de Reordenamento Agrário do Estado, Pedro Belo, esteve reunido com Presidentes das Associações de Moradores de diversos povoados da zona rural de Codó. No encontro estiveram líderes comunitários das localidades como Matões dos Moreiras, Centro do Expedito, Eira I Eira II, Monte Cristo, Santo Antonio dos Pretos, Barracão, entre outros.

Na ocasião, Pedro Belo conversou e ouviu as demandas dos representantes dos povoados, que pedem por melhorias para toda a região. Para o senhor Cícero Alves dos Santos, da comunidade Centro do Expedito, a troca de idéias era necessária. “Precisávamos ser ouvidos. Aqui estão as principais lideranças e temos nossas idéias e precisamos passar de forma organizada aos representantes do nosso Estado do Maranhão. Quero agradecer ao Superintendente Pedro Belo a oportunidade. Esperamos que nosso governador atenda nossas necessidades”.

Senhor Manuel, Presidente da Associação de Moradores do povoado Eira II, também apoiou a iniciativa e agradeceu o apoio. “Um trabalho como este é motivador para nós. Nos incentiva a acreditar em uma melhora para as comunidades. Precisamos ser vistos e ouvidos. E poder contar com um representante do governo do Estado que nos ajude a lutar pelas melhorias que queremos é muito bom. A ajuda técnica e financeira pode ajudar a produção do campo”.

Após a reunião, Pedro Belo orientou que cada representante dos povoados fizesse uma pauta de reivindicações para ser encaminhados até as autoridades de diversos órgãos estaduais e federais. “É preciso auxiliá-los e encaminhá-los até os órgãos do poder público. Irei acompanhá-los e ajudá-los a expor suas demandas de forma organizada aos respectivos órgãos competentes de nosso Estado e do governo federal também. Encaminhá-los aos secretários de Estado para que possam reivindicar por melhorias em suas comunidades”, finalizou Pedro Belo.

Assessoria de Imprensa