População de Caxias destaca qualidade das obras do Mais Asfalto vias urbanas

A população caxiense tem destacado a qualidade das obras do ‘Mais Asfalto Vias Urbanas’ no município. Mesmo após as variações climáticas, como a chuva, e o intenso fluxo de veículos nas estradas, o asfalto aplicado na gestão Flávio Dino continua melhorando a qualidade de vida dos mais de 100 mil moradores, ajudando no progresso da região.

Por meio da secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), o Governo do Maranhão já restaurou 65,78 quilômetros de vias na cidade, em um investimento de R$ 15.838.890,25. Para o comerciante João Tavares, 63, que há 39 anos convivia com poeira no verão e lama no inverno, a durabilidade do asfalto aplicado na rua São José, no bairro Trizidela, trouxe a alegria de sentar na porta, além de novos clientes para a sua venda.

“Aqui era ruim, muito ruim. Agora, nós sentamos na porta, o pessoal anda na rua e tem até alguns que passam rápido demais nos veículos porque a rua tá só o ‘tapete’ [expressão usada para dizer que o asfalto está sem defeitos]. É bom também porque resistiu às chuvas, porque antes era só lama aí”, comemora.

As ruas passaram pelos serviços de terraplenagem, drenagem e asfaltamento. Há dois anos dona Creuza Ferreira, 45, trabalha vendendo lanche na porta de sua casa, e também comemora ao falar das intervenções feitas na rua onde mora. “Aqui era precário demais! Era uma dificuldade até para trazer o carrinho pra porta. É bom ver que resistiu às chuvas”, explicou a vendedora ambulante.

Mais investimentos
Além da mobilidade urbana, o Governo do Maranhão também está investindo em setores da educação, lazer e comércio em Caxias. Em fase de conclusão, está a reforma e recuperação do Mercado Municipal. As praças do Mercado Municipal e da Av. Jerusalém também passam por intervenções realizadas por equipes da Sinfra. Os investimentos garantem a revitalização completa dos espaços, concluindo um antigo desejo da população.

Já na pasta da educação, o Governo do Maranhão está em fase de construção de uma Escola Digna no povoado Bacuri. A escola, de seis salas, vai atender a alunos do bairro e região que precisam se deslocar mais de 6 quilômetros para ter acesso à educação.

“São investimentos deste porte que transformam a vida da população. O governador Flávio Dino tem se empenhado dia e noite para garantir uma melhora da qualidade de vida aos maranhenses e podemos ver, com essas ações, que o Maranhão toma um rumo certo, que é o rumo do crescimento. Temos driblados diversas dificuldades para continuar avançando na direção correta”, destacou o secretário estadual de Infraestrutura, Clayton Noleto.

Por Jefferson Sousa/SINFRA

Governo do Estado anuncia concurso com mil vagas para Saúde

O Governo do Estado anunciou concurso público para a área da Saúde. Mil novos postos de trabalho serão criados no Maranhão. O edital será publicado no segundo semestre deste ano, entre setembro e outubro, e o concurso será realizado em 2018. Há mais de 20 anos o Governo do Estado não realiza concurso público para área da saúde.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, ressaltou que o poder público fortalece a rede de saúde com a realização de concurso público. Em todas as áreas de saúde serão oferecidas vagas, a exemplo de médico, administrador hospitalar, enfermeiro e fisioterapeuta.

“O concurso vai contemplar mil vagas para a rede de saúde, inclusive para médicos. Mais de 20 anos depois, o Governo do Estado volta a fazer concurso público. Nós damos perspectiva de estabilidade e segurança para as pessoas. Durante muito tempo elas não puderam entrar no sistema de saúde, se não por indicação política. Fizemos um sistema por meio do qual as pessoas entravam por mérito próprio. Agora, finalmente, o concurso público, que foi pedido por tantas pessoas, vai ser um referencial”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Mais transparência

A Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) assumirá a organização do concurso, por meio de licitação para contratação de empresa especializada em certames para garantir a lisura de todo o processo.

“Anteriormente não existia isso, era necessário conhecer alguém para conseguir um emprego, e agora não. A postura do governador e do secretário é para valorizar a meritocracia. Então, quem tiver mais capacidade para passar na prova, vai preencher a vaga. A gente acredita que dessa forma cada vez mais a assistência vai ter mais capacidade por conta de que mais pessoas preparadas vão entrar na rede. É uma forma mais justa de se admitir novos colaboradores”, explicou a presidente da Emserh, Ianik Leal.

SECAP

Novo local de marcação de exames divide a opinião de quem está enfrentando filas no centro de Codó

A Secretaria de Saúde mudou o local de marcação de alguns exames. O que antes ocorria no HGM e ou no CAM (velho PAM) agora acontece na sede da secretaria na praça Alcebíades Silva, no centro da cidade.

Conforme nos informaram na fila, a marcação ocorre na segunda, na terça e na quarta-feira de cada semana. Quanto a se isso melhorou ou tornou a situação pior para se conseguir a marcação houve uma divisão de opiniões.

Quem acha que não reclamou que continuam tendo que chegar muito cedo para ser agraciado por uma das 100 fichas (não ficou claro se são 100 por dia ou para os três).

“ERA MELHOR SENHORA? era, lá a hora que chegava a gente conseguia as fichas, aqui tem que  vir 3 horas da manhã pra conseguir e olhe lá”

Quem é a favor da mudança disse que ficou muito melhor porque NADA SE COMPARA  ao sofrimento que era  pegar ficha para marcar exame no Hospital Geral Municipal.

“Pra mim ficou melhor, ficou melhor  porque no HGM dorme lá pra receber ficha 7h30”, defendeu uma senhora que diz ter que enfrentar a fila de exames uma vez por mês pois quando não o faz precisa gastar R$ 444,00 em clínicas particulares.

 

RESULTADO PRÁTICO: Prefeito garante 3 meses de qualificação para codoenses em parceria com o SENAI

Ontem, à noite, 20, o prefeito Francisco Nagib, acompanhado do diretor de Indústria, Comércio e Turismo, Antonio Luz, esteve no encerramento da primeira turma do curso de  lancheteria ministrado pelo SENAI em parceria com a Prefeitura de Codó.

Uma farta mesa foi exposta na praça Palmério Cantanhêde onde encontra-se a carreta do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial.

De acordo com o prefeito a parceria vai durar 3 meses abrindo oportunidade de qualificação para muitos codoenses.

“E essa parceria vai se estender ao longo de  3 meses na cidade de Codó onde vamos poder formar muitos codoenses e daqui sair pessoas que vão tirar o seu sustento no dia-a-dia fruto desse belo trabalho que eles fizeram”, afirmou o prefeito em vídeo enviado ao blogdoacelio

Professor Welson faz um resumo histórico da vida de José do Egito

O professor e historiador Welson da Silva Pinto traz agora um resumo da vida de José do Egito – de escravo a governador do Egito. CONFIRA

Brasil gera 34 mil novos empregos formais em maio

No mês de maio, o Brasil registrou 34,2 mil novos empregos no mercado formal de trabalho. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados nesta terça-feira (20), pelo Ministério do Trabalho. Este é o segundo mês consecutivo em que há saldo positivo de postos de trabalho. O número representa um aumento de 0,09% em relação a abril.

No acumulado do ano, houve um crescimento de 48,5 mil postos de trabalho, uma expansão de 0,13% em relação ao número de vagas formais de trabalho ocupadas em dezembro de 2016.

Os resultados do Caged, de acordo com o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, refletem o esforço do governo e a recuperação pela qual o Brasil passa após crises econômica e política pelas quais o País passou. “O governo federal tem feito um esforço grande e constante para adotar medidas que incentivem a geração de empregos. E o resultado nós temos visto no desempenho do Caged desde o ano passado, mas, sobretudo, nos últimos meses”, afirma.

Destaques

Dos oito principais setores da economia, quatro tiveram desempenho positivo, com destaque para a Agropecuária, que gerou 46 mil novos postos de trabalho. O setor teve, assim, crescimento de 2,95% na comparação com o mês de abril.

As culturas responsáveis por esse resultado foram o café, sobretudo em Minas Gerais; a laranja, em São Paulo; e a cana-de-açúcar, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Outros setores com performance positiva foram os Serviços, que tiveram acréscimo de 1,9 mil postos (0,01%); Indústria de Transformação, (1,4 mil vagas, crescimento de 0,02%); e Administração Pública, (955 novas vagas, aumento de 0,11%).

Tiveram saldo negativo: Comércio, que fechou 11.254 postos (menos 11,2 mil vagas, uma queda de 0,13%); Construção Civil, (4 mil vagas a menos, queda de 0,18%); Indústria Extrativa Mineral, com resultado negativo de 510 postos (-0,26%); e dos Serviços Industriais de Utilidade Pública, que fecharam 387 vagas (-0,09%).

Números regionais

A região que mais gerou empregos em maio foi o Sudeste, com a criação de 38,6 mil postos de trabalho formal. Os estados que se destacaram foram Minas Gerais (22,9 mil postos), e São Paulo (17,2 mil novas vagas). Esses resultados se devem principalmente ao aumento na oferta de vagas formais na Agropecuária, Serviços e Indústria.

A segunda região com maior crescimento no nível de emprego foi o Centro-Oeste, onde foram gerados 6,8 mil postos; seguida do Nordeste, com saldo positivo de 372 vagas. Em contrapartida, houve retração nas regiões Norte (com mais de mil postos a menos) e Sul (menos 10,5 mil vagas).

Polícia Civil do Maranhão incinera quatro toneladas de drogas

A Polícia Civil do Maranhão incinerou quatro toneladas de drogas nesta terça-feira (20) apreendidas em operações de combate ao tráfico realizadas em 2016 e neste ano, em São Luís e cidades do interior do estado.

Maconha, crack, cocaína e drogas sintéticas estavam entre os quatro mil quilos de entorpecentes apreendidos por meio das ações da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc).

Acondicionadas no prédio da Senarc, no Bairro de Fátima, as quatro toneladas de drogas seguiram para o local da incineração em um caminhão escoltado pela Polícia Civil.
De acordo com o superintendente Estadual de Repressão ao Narcotráfico, delegado Carlos Alessandro, 75% da droga incinerada corresponde ao total apreendido em operações policiais apenas este ano.

“Somente em 2017, a Senarc já conseguiu apreender aproximadamente 3 toneladas de drogas”, afirma. O delegado destaca, ainda, as prisões e apreensões de armas de fogo relacionadas ao tráfico realizadas neste ano. Foram 102 pessoas presas, além de retiradas de circulação de 34 armas de fogo que estavam nas mãos de pessoas envolvidas com facções criminosas.

Por Carolina Mello/SECAP

Ex-prefeito de Codó tem direitos políticos suspensos e deve devolver R$ 142 mil ao erário

O ex-prefeito de Codó, Benedito Francisco da Silveira Figueiredo, foi condenado pela 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) a pagar ao erário R$ 142.147,76, com juros, além de ter seus direitos políticos suspensos e ficar proibido de contratar com o Poder Público, em ambos os casos por cinco anos. O valor a ser pago é por ausência de notas fiscais comprobatórias do uso da quantia em obras de reforma e ampliação do Centro de Cultura e Artesanato do município.

Biné Figueiredo

De acordo com ação do Ministério Público estadual (MPMA), baseada em denúncia da Câmara Municipal de Codó, há prova documental de que houve transferência da quantia de R$ 373.996,11 e que somente se encontra devidamente comprovado o uso do montante de R$ 231.848,35, tendo restado o saldo remanescente, que originou o ajuizamento da ação.

Para o relator da remessa enviada ao TJMA, desembargador Ricardo Duailibe, bastava que o ex-prefeito tivesse juntado documentos comprobatórios da aplicação da quantia de R$ 142.147,76. Todavia, disse que ele se omitiu em relação a esta prova, limitando-se a defender a existência de saldo de apenas R$ 615,51, que teria sido devolvido aos cofres públicos.

O relator destacou que órgãos responsáveis pelo controle interno e externo da utilização de recursos públicos se manifestaram, em relação ao convênio, de que não foi localizada a prestação de contas dos recursos alocados para o seu objeto, conforme manifestado pela Câmara Municipal e pelo TCE/MA.

Duailibe ressaltou que, para a configuração da improbidade descrita na legislação, dada a gravidade da conduta desta natureza, basta a existência de culpa, sendo prescindível a comprovação de dolo – citou entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Disse que, no caso, a ausência das notas fiscais revela patente conduta dolosa.

O relator entendeu por bem modificar a sentença de primeira instância em reexame, para julgar procedente a ação de improbidade administrativa e determinar a condenação do ex-prefeito ao pagamento do valor e às demais sanções.

Para o desembargador, o Juízo de primeira instância amparou-se tão somente nos documentos unilaterais apresentados pelo ex-gestor perante a Secretaria de Estado de Infraestrutura, para afirmar que estes demonstram que os recursos foram empregados no objeto do convênio, restando apenas um saldo de R$ 615,51. Segundo este entendimento inicial, o repasse teria sido de R$ 232.463,86, com utilização de R$ 231.848,35.

Os desembargadores José de Ribamar Castro e Raimundo Barros seguiram o mesmo entendimento do relator, condenando o ex-prefeito, de acordo também com o parecer da Procuradoria Geral de Justiça. (Protocolo nº 49909/2016 – Codó)

Assessoria de Comunicação do TJM

Lucinete Viana reage contra acusação de ter recusado R$ 2.000,00 para o ESTRELAS ‘CODOENSE’

Na entrega do incentivo cultural realizada ontem, 19, no Salão Nobre da Prefeitura de Codó foi explicado pelo diretor de cultura, Augusto Serra, ao prefeito Francisco Nagib,  que Lucinete Viana, do boi ESTRELAS ‘CODOENSE’ recusou-se a receber o incentivo no valor de R$ 2.000,00 (mesmo valor dado ao Ruy Rey, do Caprichosos).

Depois de ler esta postagem no blogdoacelio, Lucinete ligou para o programa do Maozinha, na Eldorado AM, agora pela manhã para se defender. Alegou que disse ao prefeito que precisava de, no mínimo, metade do custo do Estrelas, ou seja, no mínimo, R$ 5.000,00. Como só fora oferecido R$ 2.000,00 ela não quis.

“E hoje eu tô vendo aqui uma nota no blogdoacelio que ele colocou lá que eu não aceitei os R$ 2.000,00 por isso que eu não recebi o incentivo (…) pois é, o que eu falei, eu falei que não era suficiente porque a despesa do boi era R$ 10.000,00 e só R$ 2.000,00 não é suficiente, eu queria pelo menos R$ 5.000,00 e os outros R$ 5.000,00 a gente faz com bingo, rifa, festas, a gente promove eventos pra conseguir o restante, sempre a prefeitura arcou com metade do bumba-boi”, afirmou

Lucinete também disse que tem tentado falar com o prefeito sobre esta situação.

“NOSSO PROGRAMA TÁ SENDO GRAVADO VIU LUCINETE…Eu sei, justamente por isso que eu tô ligando porque eu tento ligar pra ele (prefeito) e ele não me atende, então eu tô ligando porque eu sei que ele tá ouvindo seu programa”, afirmou

Estrelas ‘Codoense’ abre temporada amanhã na AABB

O boi de Lucinete abre sua temporada de apresentações amanhã, 21, na AABB, a partir das 19h30min, quando acontecerá o tradicional batizado do Estrelas Codoense.

MATRÍCULAS GRÁTIS – SYGMA cursos abre nova turma para eletricista de alta e baixa tensão

A empresa SYGMA CURSOS TÉCNICOS E PROFISSIONALIZANTES, uma das mais respeitadas e requisitadas do Maranhão, abre mais uma turma para o curo de ELETRICISTA DE ALTA E BAIXA TENSÃO na cidade de Codó.

As matrículas são gratuitas e se o interessado realiza-la até esta quarta-feira, 21, ainda terá 10% de desconto nas mensalidades. Venha prepare-se,  ajude-se a ter um futuro melhor estando preparado para as oportunidades que virão na sua vida estudando na SYGMA CURSOS TÉCNICOS E PROFISSIONALIZANTES.

Apresse-se, as  vagas são limitadas e as aulas da nova turma já começarão dia 24 de junho. Aproveite, não deixe para amanhã. Vá se preparar para o mercado de trabalho, matricule-se na Av. 1º de Maio, Codó.