BRAÇO DE ‘S’ – Erro em cirurgia ortopédica no HGM é denunciado ao Conselho Municipal de Saúde

O caso de Maria da Paz Souza, moradora da rua Osmarino Medeiros,  casa 263, foi denunciado ontem, 13, ao Conselho Municipal de Saúde por um parente cujo depoimento foi gravado em vídeo por um conselheiro.

Maria da Paz Souza, no leito 103 do HGM espera nova cirurgia

Dona Maria foi mostrada numa foto onde aparece com seu braço em forma ‘S’ após uma cirurgia ortopédica mal sucedida feita no Hospital Geral Municipal, segundo o denunciante pelo ortopedista Dr. Guilhermo.

“Ela foi operada e foi fazer a segunda operação. Tá com uns 3 dias lá pra ser operada e até hoje nada…NO HGM? No HGM”, diz o rapaz  na hora em que explanava a situação  aos conselheiros.

Após este momento a conselheira Célia Costa dá maiores detalhes do que teria ocorrido, no vídeo.

 “Ela já foi feita uma cirurgia, a cirurgia deu errada, o braço dela tá um “S”, então o ortopedista mandou ela ir, disse que ia fazer a cirurgia e não foi, ela teve alta, ela voltou de novo pro hospital e ela tá lá sentindo muitas dores, tá bem aqui a foto, tá lá sentindo muitas dores”, reforça

Segue o diálogo:

QUAL É O MÉDICO QUE FEZ? Pergunta um conselheiro…OUTRO REPETE – QUAL É O MÉDICO QUE ACOMPANHA ELA? Dr. Guilhermo, responde o rapaz acompanhado por uma voz feminina que repete – Dr. Guilhermo Quiroga.

UM CONSELHEIRO PERGUNTA – MAS ELE FEZ A CIRURGIA QUANTAS VEZES NO BRAÇO DELA, A PRIMEIRA VEZ DEU ERRADA E…? A primeira vez que ele fez deu errada (responde seguindo a falar com som ruim de ouvir)

Depois fica claro que a primeira cirurgia foi feita há cerca de 3 meses, esperou-se a cicatrização e agora a mulher, sentindo fortes dores, voltou para reparar o erro e não está conseguindo, pelo que denunciou o parente aos conselheiros municipais da saúde.

O Conselho pretende formalizar a denúncia ainda hoje às autoridades compententes e fará uma Comissão que visitará o médico ortopedista Francisco Duailibe para ouvi-lo, profissionalmente, sobre, entre outras coisas, se algo ainda pode ser feito para tirar a forma de ‘S’ deixada no braço de Maria da Paz.

Os conselheiros não deixaram claro o que pretendem fazer  a respeito do ortopedista denunciado que ainda será, certamente, ouvido pela comissão.

19 Responses to BRAÇO DE ‘S’ – Erro em cirurgia ortopédica no HGM é denunciado ao Conselho Municipal de Saúde

  1. Cachorro louco disse:

    Eu acho bacana essas entrevistas que o repórter pergunta e ele mesmo da a resposta ! Kkkk

  2. Fernando disse:

    A direção do HTM, o secretário e o prefeito tem que darem uma resposta imediata.O prefeito tem aí uma oportunidade de mostrar que não tem compromisso com irresponsabilidade na saúde. O Conselho tem que apurar e ajudar a resolver isso.

  3. Marcia disse:

    Francisco Nagib, mostre seu compromisso com a saúde de qualidade agindo com rigor diante dessa denúncia.

  4. Magno disse:

    Direção do HGM, Dr. Duailibe e o secretário de saúde com a palavra.

  5. sandra disse:

    procura o Duailibe ele resolve

  6. João disse:

    A responsabilidade agora é do governo.

  7. Maria disse:

    O funcionário Martins da Portaria do HGM, caiu de moto e fez uma cirugia, o dedo do pé dele ta torto até hoje, quem for no HGM pode conversar com o Sr.Martins que ele conta a história.

  8. julio disse:

    Provavelmente vão calar e esperar a formalização da denúncia pra moverem céus e terra tentando provar que não houve erro médico. Na justiça até ser resolvido já sofreu demais e assim caminha a prefeitura. E cada um tá tendo seu retorno e mais terão vamos aguardar.

  9. Maria Martins disse:

    Quebrei a perna e fiquei internada no HGM há dias, tinha paciente lá com 2 e 3 meses internado esperando surgir vaga no macro regional de Coroatá! Só fiz a cirurgia porque fui transferida para outro hospital da Capital, atraves da minha família. E esse mesmo dr colocou no laudo que eu tinha fraturado o braço e nao a perna! Imagina se ele tivesse feito a minha cirurgia??? . O HGM é um abatedouro, parece um frigorífico, os pacientes so tomam dipirona, porque não tem outra medicação. Tenho dó de quem infelizmente não tem como sair se lá e conta com a sorte de não sair com um membro amputado! Deus nos defenderay.
    Sem contar os assaltos, bandido do morro pulava as janelas e roubava os pertences dos pacientes.

  10. Barbara disse:

    Esse médico já é conhecido

  11. Ismael disse:

    Isso é grave e muito grave estão mechendo com vidas e sair por ai bricando de médico e ainda mais pessoas ficando com sequelas graves pro resto da vida.

  12. aline disse:

    Esse medico ja é conhecido na região de

  13. CODOENSE POR AMOR disse:

    Pessoal, temos que ter mais responsabilidade com os comentários e as notícias divulgadas. Não foi apurado ainda se houve erro médico no procedimento cirúrgico dessa senhora, bem como não podemos apontar A ou B como o responsável por eventual erro médico, afinal, ninguém faz nada sozinho. Quem nos garante que o Dr. Dualibe nunca cometeu erros médico? Basta procurar que com certeza encontraremos diversos erros dele.

    Acho muito cedo apontar culpa em A ou B, vamos aguardar e apurar melhor o caso.

  14. Elivan disse:

    Essa não é a primeira não

  15. julio disse:

    Um governo tão preocupado em avaliar servidor contrata …..?

  16. Júnior disse:

    Mais avanço, mais conquistas!
    Sem mais comentários…..

  17. eu sei de tudo disse:

    agora coma aajuda do compadre Nagibe vai abafar mais uma caso,

  18. Cláudio César disse:

    Uma pergunta: esse médico tem CRM?

  19. Codó na veia disse:

    Pessoal, é evidente que essa notícia foi uma armação para cima do Dr. Guilhermo. Basta procurar o prontuário médico da paciente que vocês perceberão que quem realizou a cirurgia foi outro médico. Essa notícia falsa foi jogada na mídia por conta de alguns médicos que ficam incomodado porque perderam plantões no HGM, e, por conta disso, tentam a todo custo manchar a imagem do Dr. Guillermo.
    O Blog do Acélio deveria ter checado primeiro a informação antes de divulgá-la. Pois não se verifica na publicação que o Blog foi até o Hospital apurar o ocorrido. Também não se constata o direito de resposta publicado na própria notícia divulgada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *