6 assassinatos e 13 motos recuperadas motivam criação da patrulha rural de Codó

Algo em torno de 70% dos mais de 4.300 quilômetros quadrados do território do município de  Codó são de área rural formada por, pelo menos,  530 povoados. Como a Polícia Militar concentra sua presença ostensiva na área urbana, o restante acaba ficando desprotegido.

CRIMES NO ‘INTERIOR’


Crimes de maior potencial ofensivo ocorrem com menos frequência na zona rural, isso é fato, mas acontecem. Para se ter uma ideia, dos 21 homicídios registrados em 2019, 6  são da área rural. Das 87 motos, roubadas ou furtadas, de janeiro até hoje, 13 foram recuperadas em povoados


Só dois povoados, os maiores, possuem presença da PM, são eles –  KM 17 e, desde a semana passada,  também 24h, o distrito rural de Cajazeiras onde foi instalado, oficialmente, um destacamento militar.

 “onde tem uma aglomeração urbana significativa de 1.200 eleitores, nós tínhamos um policiamento em Cajazeiras 3 a 4 dias por semana, foi colocado agora todos os dias da semana policiamento fixo em Cajazeiras, só pra se ter uma ideia fica a 17 km do município de São João do Sóter, e quase 90 km de Codó, então havia necessidade de se ter policiamento permanente em Cajazeiras”, explicou o tenente-coronel Jurandir de Sousa Braga

6 ROTAS RURAIS

Também na intenção de expandir o alcance da PM ao maior número de povoados possível o comando do 17º BPM criou a chamada Patrulha rural. Seis grandes rotas já estão estabelecidas a partir do mapa territorial  do município.

“Serão feitas duas vezes por semana, duas rotas dessas para que a gente possa levar esse policiamento também aos habitantes mais distantes do município de Codó”

Nas comunidades,  os lavradores receberam a iniciativa com elogios.

 “Isso é bom porque as vezes 10h, 11h da noite todfo mundo já tá dormindo ela passar é bom porque ver qualquer motivo aí encosta e ver como é que tá o movimento”, disse o lavrador aposentado Milton Coelho

Deixe uma resposta