Assaltante atingido por justiceiro misterioso já foi preso duas vezes só este ano

A polícia ainda não tem pistas de quem teria atirado contra  Jonantan da Silva Lima, de 23 anos, na Avenida Cristóvão Colombo, no bairro Trizidela, numa espécie de vingança pós-roubo, na tarde do último sábado.

De acordo com o delegado Alcides Nunes Neto, que investiga o caso, os disparos foram feito logo depois de Jonatan conseguir roubar o celular de uma mulher debaixo do pé de Sapucaia,em frente à um supermercado e de uma loja de eletrodoméstico.

Um homem, utilizando uma moto, teria aparecido e disparado contra o suspeito que ficou no local deitado no chão até ser socorrido pelo SAMU e levado para o hospital, onde deu entrada no Pronto-Socorro, às 14h15min.

No Hospital Geral Municipal nos foi informado que Jonatan apresenta quadro clínico estável e, apesar dos ferimentos em regiões do corpo não informadas, não corre risco de morte.

Na delegacia, a informação é a de que ele   só sairá do hospital preso se houver a decretação da prisão preventiva pela Justiça.

O  hospitalizado já foi preso duas vezes só este ano, uma por porte ilegal de arma de fogo, em abril, e outra por roubar uma mulher ameaçando-a com uma faca, agora em  novembro.

Deixe uma resposta