Conexão estreia sábado na TV Codó

Trio Conexão

Tudo pronto para a estreia do mais novo programa da galera jovem de Codó – Conexão. A atração está em seus ajustes finais para ir ao ar pela primeira vez no próximo sábado, a partir das 12h, pela TV Codó.

A apresentação ficará por conta da experiente Kelly Macedo, que já esteve a frente de programas do gênero como o Por Aí, da TV Cidade (Record), a, sempre simpática e dinâmica, Iêda Martins (ex-Palmeira do Norte) e o jovem talento Rittson Fontinele.

O blogdoacelio deseja sorte e sucesso ao trio. O Conexão vai disputar espaço com o Antenado, da FCTV e com o Por Aí que está na estrada a mais tempo.

Justiça encerra caso do Hotel Buriti-corrente

Chegou na noite de segunda-feira, 9, à redação do blogdoacelio email encaminhado pelo competente advogado caxiense, Dr. Hélio Coelho, o resumo da decisão final do TJ/MA sobre a disputa instalada na área do Buriti-corrente (BR-316 divisa Codó/Caxias) travada desde 2009 entre os moradores e a empresa Costa Pinto.

Abaixo o resumo da decisão, tal como foi-nos enviada:

O Agravo de Instrumento interposto por Júlio Neves de Aquino e Outros, através da Defensoria Pública de Caxias, foi indeferido pela desembargadora Maria das Graças de Castro Duarte Mendes e, ao mesmo tempo, foi revogada a liminar de reintegração de posse que havia concedido a favor dos invasores do Hotel Buriti Corrente, do Grupo Costa Pinto.

Segundo a decisão, a Defensoria não comunicou ao Juiz da 2ª Vara de Caxias, no prazo de três dias, a interposição do recurso, conforme determina o art. 526 do Código de Processo Civil. Em razão desse erro, a relatora negou seguimento ao agravo, o que significa encerramento definitivo da questão.

O caso estourou em novembro de 2009 quando foram despejadas dezenas de famílias que residiam nas instalações do Hotel Buriti Corrente há vários anos. A proprietária do imóvel, Costa Pinto Empreendimentos Turísticos Ltda, através do advogado Hélio Coelho, ingressou com ação de reintegração de posse contra Antônio Pereira Borges, conhecido como Antônio “Crente”, apontado com líder dos invasores, que não esboçou nenhuma defesa e, por isso, o processo correu à revelia.

O Juiz da 2ª Vara da Comarca de Caxias acolheu o pedido e determinou o despejo de todos os moradores. A partir daí, a Defensoria Pública de Caxias assumiu a causa e ingressou com Apelação, mas o Juiz considerou fora de prazo e negou seguimento ao recurso. Contra esta decisão, a Defensoria interpôs Agravo de Instrumento no qual a relatora concedeu liminar para que os moradores continuassem no imóvel até o julgamento final do recurso.

Entretanto, por um erro dos defensores no cumprimento de outro prazo processual, a ação vai definitivamente para o arquivo, frustrando assim a expectativa de muitas famílias despejadas que sonhavam retornar ao Buriti Corrente.

Os leitores do blog também podem conferir a decisão no Diário Oficial Eletrônico nº 85/2011, págs. 56/57, publicação em 09/05/2011, Agravo de Instrumento nº 010897/2010 – CAXIAS.

Trânsito Caótico – Codó a cidade dos desabilitados

Codó é cidade dos desabilitados para o trânsito e a prova vem dos números do DETRAN/MA. Por ocasião da comemoração dos 210 dias sem mortes no trânsito, comemorado de 19 de setembro de 2010 à 19 de abril de 2011, o blogdoacelio teve acesso às seguintes informações.

  • Enquanto nós temos 12.103 motos circulando, apenas 327 motociclistas são habilitados.
  • Codó tem 2.668 carros nas ruas, mas só 899 motoristas dirigem com CNH.

Se ligue na diferença. Enquanto que nós temos 14.854 veículos circulando na cidade, devidamente emplacados (incluindo motos, carros e os que o Detran denomina de OUTROS), somente 1.305 pessoas os conduzem de acordo com o que manda a lei.

Pode estar aí a razão para o alto número de acidentes. Quem nunca passou pela Autoescola nada sabe sobre regras, direção defensiva e outros aprendizados importantes que preservam vidas atrás de uma direção ou de um guidão.

POLÍTICA – Dia 14 nascerá a Juventude do PV codoense

JJP e Genivaldo Cobra

O Partido Verde, que abriga o prefeito Zito Rolim, vai investir agora nos jovens codoenses. Está prevista para o dia 14 de maio, na escola Ananias Murad, à tarde, o lançamento da chamada Juventude do PV.

Os organizadores são o radialista João Paulo Trindade, o Lord da Jamaica, e o filósofo Genivaldo da Silva, o Cobra. JJP revelou ao blogdoacelio que a intenção é filiar, logo no início do movimento, mais de 300 jovens.

“Primeiramente vamos fazer o lançamento do diretório e depois vamos fazer um dia de filiação onde o PV, dentro de dois meses nós temos o objetivo de filiar mais de 300 jovens e quem vai ganhar com isso é a juventude de Codó”, disse JJP

Genivaldo explicou o objetivo da Juventude do PV. Entre as atividades previstas, constam até a defesa do meio ambiente.

“A juventude do PV vai tá aí lutando contra as drogas em Codó, lutando contra as doenças sexualmente transmissíveis, palestras a favor da preservação do rio Itapecurú, do meio ambiente. A juventude do PV vai estar trabalhando, através do PV, pela população de Codó’, afirmou Cobra

Presidente João de Deus devolve liberdade de imprensa à TV Palmeira do Norte

João de Deus

Nesta segunda-feira, 9, o Presidente da Câmara Municipal de Codó, Vereador João de Deus, derruba a decisão do Vereador Zaidan, que proibia a entrada da TV Palmeira do Norte naquela casa quando presidente interino da mesma. O motivo teria sido pelas inúmeras denúncias realizadas na TV Palmeira do Norte, no programa “Codó Acontece”, pelo apresentador Edmilson Filho, de corrupção praticadas por alguns Vereadores na Câmara Municipal de Codó.

O então Vereador Zaidan, um dos denunciados, não satisfeito, fez valer o poder que horas exercia como presidente interino, proibindo a TV Palmeira do Norte de realizar seu trabalho, e de colher e levar as devidas informações da Câmara Municipal de Codó para toda a população codoense. Segundo informações, a volta do Presidente João de Deus, mesmo sem poder por questões de saúde, teria sido antecipada justamente para por ordem na casa, e acabar com a ditadura de seu substituto.

As denúncias ainda continuam na TV Palmeira do Norte, pois um dossiê preparado pelo grupo opositor e entregue na emissora, comprovam através de documentos, o desvio vergonhoso e criminoso do dinheiro público. Este mesmo dossiê já foi entregue ao Ministério Público de Codó, e está sendo investigado em todo seu teor. Muito em breve teremos uma resposta da promotoria sobre essas denúncias gravíssimas de corrupção, na Câmara Municipal de Codó.

Enquanto isso, vamos continuar assistindo a TV Palmeira do Norte lá de dentro da Câmara Municipal, agora que a liberdade de imprensa finalmente foi respeitada em Codó. O apresentador Edmilson Filho mais conhecido como “Pé de Queijo”, deve está feliz da vida, pois, denunciar falcatruas e desvio do dinheiro público, é o que ele faz melhor, por isso, a absoluta audiência do horário.

Por Totonho Araújo

Veja o que deixou de acontecer por falta de vereador na Casa Legislativa

Jacinto Junior não pôde ser sabatinado. Bandas ficam sem porcentagem

Os dois vereadores de oposição que compareceram à Câmara nesta segunda-feira, 9, lamentaram a falta de quórum. Hoje era o dia da sabatina do secretário municipal de educação, professor Jacinto Junior.

De acordo com, Pedro Belo, seriam vários os questionamentos a respeito das falhas constatadas pelos edis em relação à pasta. Estes incluiriam assuntos como merenda escolar, professores em falta nas escolas e muitos outros pontos que carecem de esclarecimentos.

“É a falta de alimentação escolar, a falta de professores na sala de aula, é a ajuda de custo dos professores que vão para a zona rural e muitas coisas que iam ser esclarecidas hoje aqui Geraldo, a reforma de escolas em período letivo”, disse Pedro Belo em entrevista à Geraldo Sanches.

30% PARA BANDAS LOCAIS

Também deixou de ser votado um projeto que estabeleceria para a contratação de bandas locais o percentual de 30% de todos os recursos disponíveis para eventos festivos realizados pela Prefeitura de Codó.

“Projeto que ia estabelecer um parâmetro para que o prefeito contrate em seus eventos os grupos que fazem a cultura de Codó local, íamos estabelecer até 30% desses recursos gastos com bandas locais, seria discutido hoje nessa Casa, então eu fico triste”, lamentou Pedro

Quórum – Vereadores não aparecem para trabalhar na Câmara

Falta de quórum. Os vereadores não apareceram para trabalhar na sessão desta segunda-feira, 9, na Câmara de Codó. Entre os cinco que estiveram na Casa estavam o presidente, João de Deus, Chiquinho do Saae e Pedro Belo.

Como a ausência não foi justificada, o presidente e os colegas presentem disseram, em entrevista à rádio Mirante AM, que “achavam” que a causa estava na possível participação dos edis faltosos numa audiência pública da LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias – marcada para o mesmo horário no bairro São Raimundo.

Estavam previstas para serem votadas 8 indicações dos governistas e dos oposicionistas. Estas terão que esperar para a próxima segunda-feira, se não houver audiência da LDO.

Prestação de Contas – Prefeito de Peritoró responderá ação penal no TJ

Agamenon Milhomem

A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça recebeu, na sessão desta segunda-feira, 9, denúncia contra o prefeito de Peritoró, Agamenon Lima Milhomem. Ele foi denunciado pelo Ministério Público Estadual, acusado de não ter prestado as contas municipais referentes ao exercício financeiro de 2009, perante o Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O prefeito passará a responder ação penal pela suposta prática de crime previsto no Decreto-Lei 201/67, que trata dos crimes de responsabilidade de prefeitos e vereadores.

Agamenon Milhomem defendeu que a acusação não se sustentaria, pois teria encaminhado as contas, embora em atraso.

O relator do caso, desembargador Joaquim Figueiredo, decidiu receber a denúncia, entendendo que estavam presentes a materialidade e indícios da autoria do crime. Segundo ele, na fase inicial se verifica apenas a viabilidade da acusação em tese, devendo a existência ou não do dolo ser analisada durante a fase de instrução.

O desembargador Benedito Belo acompanhou o relator, pelo recebimento da denúncia mesmo que a prestação de contas tenha se dado em atraso. O voto também seguiu parecer da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ).

DIVERGÊNCIA – Em sentido contrário, o desembargador Bernardo Rodrigues votou pela rejeição da denúncia por falta de justa causa. O magistrado entende que a prestação das contas, ainda que em atraso, mas antes do oferecimento da denúncia, impede a deflagração de processo criminal.

Fonte: Ascom/TJMA

Grupo preso em Codó sacaria e faria empréstimos em nome de clientes do Bradesco

Rômulo Vasconcelos

De Bacabal foram presos Thiago de Sousa Carmo e André Luís Lemos da Silva. De Pedreiras, André Almeida da Silva e Joelson da Silva Pessoa, de Trizidela do Vale. Todos jovens com idade entre 20 e 26 anos.

O grupo foi preso após instalar na agência do Bradesco de Codó equipamentos que coletariam dados pessoais dos clientes. A equipe da polícia monitorou a entrada deles na cidade, aguardou a instalação do equipamento e depois saiu para prendê-los.

EQUIPAMENTO

O delegado mostrou o equipamento comprado pela internet, com valor estimado em R$ 15.000,00. Num cartão magnético seriam armazenadas todas as senhas e demais dados de cada cartão utilizado nos caixas eletrônicos da agência.“Com esses dados, eles transportavam esses dados para um computador e com isso eles conseguiram fazer em outras cidades fazer saques de quem tinha limite, quem não tinha limite eles faziam empréstimos em nome das pessoas, por isso muita das vezes os gerentes de bancos falam – ah! Não tem como dá tua conta porque a senha é pessoal, mas eles conseguem captar a senha das pessoas filmando”, explicou Rômulo Vasconcelos

Chupa-cabra eletrônico

CRIMES

Em Codó a polícia garante que não houve cópias porque a ação de retirada foi rápida. Os quatro rapazes foram autuados em flagrante e já estão à disposição da Justiça.

“Tem um deles que tem um estelionato na cidade de Bacabal e os outros são primários…eles foram autuados por estelionato e formação de quadrilha 288 e 171 do Código Penal Brasileiro”, explicou

Artigo – União homossexual e o mundo dos negócios

A decisão histórica do Supremo Tribunal Federal que reconhecendo a união estável entre homossexuais trouxe, como todo assunto polêmico, críticas e comemorações, seja pela maneira que foi instaurada ou pelo conteúdo de sua matéria. O resultado corrobora as informações colhidas no Censo 2010, onde cerca de trinta mil casais declararam-se homossexuais. Apesar da euforia, muito ainda deverá ser feito para diminuir o preconceito velado, existentes na sociedade e na vida corporativa, só para citar alguns exemplos.

Na mitologia e na Grécia Antiga, o livre exercício da sexualidade era verdadeiro privilégio dos bem-nascidos, fazia parte do cotidiano de deuses, reis e heróis. A bissexualidade estava inserida no cotidiano, sendo que a heterossexualidade era voltada principalmente a reprodução. Já na Roma antiga, o homossexualismo era visto como algo natural, ou seja, no mesmo nível das relações entre casais, amantes ou de senhor e escravos.

A origem da palavra gay surge da expressão inglesa, oriunda do termo “gai”, advinda do francês arcaico, utilizada para designar uma pessoa espontânea, alegre, entusiasmente e feliz. Podendo ser encontrada nesse sentido em diversas literaturas americanas, sobretudo as anteriores a década de 20. A princípio pejorativa, o termo passou a ser utilizado pelos próprios homossexuais como expressão de sua autodeterminação.

Voltemos ao Brasil, o qual começa a assisitir a partir da década de noventa, a uma divulgação mais ampla nos meios de comunicação de massa acerca da diversidade sexual. Novelas, filmes, campanhas publicitárias, mercado editorial e internet. Foi também em noventa e sete que se realizou a primeira parada gay em São Paulo, a qual segundo o Guiness Book foi considerada a maior do gênero no mundo, em sua edição de 2006.

Uma pesquisa foi realizada pelo Data Folha durante a 9ª Parada Gay de São Paulo, confirmando a hipótese da maior escolaridade e renda média. A amostra, a qual pode ser considerada como representativa do universo GLBT, demonstra que 50% possuem nível superior e 20% ganham acima de 5.200 reais. A mesma pesquisa compara com a população ativa da cidade de São Paulo, cujos percentuais são respectivamente 14% e 3%, demonstrando a disparidade entre os grupos analisados. Como em outros segmentos da economia americana, este mercado é bastante robusto, movimentando algo como US$ 54 bilhões em produtos e principalmente serviços, em especial o setor de turismo com cruzeiros e hotéis exclusivos. Um dado interessante da ABRAT – associação de turismo especializada no público GLS, demonstra que o percentual de americanos que viajam para o exterior é de 9% entre os heterossexuais, número que explode para 45% entre os gays, comprovando o potencial de consumo deste mercado.

As mudanças sociais e econômicas oriundas da posição dos ministros poderão ser imensas. A legalização dos relacionamentos trará a possibilidade de novas configurações familiares, muito além da retratada nos adesivos colados nas traseiras dos veículos. Nesta esteira, oportunidades imensas em todos os setores virão. Construção civil, comércio, serviços, entretenimento e turismo são alguns dos segmentos que poderão se aproveitar ainda mais deste boom, oferecendo novos produtos e ofertas a este exigente público.

Identificar seus gostos e necessidades, adaptar e criar produtos e serviços, treinar seus funcionários e integrar seus clientes são apenas alguns dos desafios apresentados às empresas e empresários. Negar sua existência ou protelar as estratégias e ações, assim como fez o Congresso, será no mínimo imprudente a saúde dos negócios, considerando-se seu potencial atual e futuro de consumo.

Escrito por Marcos Morita – mestre em Administração de Empresas e professor da Universidade Mackenzie. Especialista em estratégias empresariais, é colunista, palestrante e consultor de negócios.

Diones marca na final do Campeonato Baiano e homenageia pais de Timbiras

homenageados

No primeiro jogo da final do Campeonato Baiano realizado neste domingo dia 8 de maio no Estádio Jóia da Princesa em Feira de Santana na Bahia, o jogador timbirense Diones aos 14 minutos do segundo tempo fez o primeiro gol da partida e na comemoração correu ate uma das câmeras do estádio e disse: “Mãe, eu te amo mãe!” essa frase foi o suficiente para deixar dona Rosa Lindoso e senhor Neubinho pais do jogador em lagrimas.

O casal e dezenas de moradores do bairro São Sebastião em Timbiras, acompanhavam a jogo transmitido ao vivo pelo canal PFC através de um telão montado na Associação de Moradores do Bairro de São Sebastião – AMBASS.

“Foi uma emoção muito grande quando eu vi aquela cena eu não agüentei e chorei mesmo, esse foi um grande presente pra mim” disse dona Rosa Lindoso ainda emocionada. Diones foi um dos destaques do Bahia de Feira que saiu na frente do marcador por duas vezes, mas não resistiu à pressão do seu adversário Vitória e acabou cedendo o empate em 2 a 2.

O ultimo jogo da final será no próximo domingo (15) no Barradão em Salvador-BA. Os timbirense estarão torcendo por uma vitoria do Bahia de Feira o “Tremendão” e principalmente por uma boa atuação do camisa 7 Diones. Parabéns pra dona Rosa e o senhor Neubinho, pois não é todo dia que se ganha um presente especial como esse. Veja os melhores momentos da partida através site: www.globoesporte.com.

Por Jotta Orlando/Timbiras

Médico consulta e homenageia mães timbirenses

Dr. Bel entrega flores e remédio

O médico timbirense, Dr. Bel, fez um dia das mães diferente para muitas mulheres carentes de nossa vizinha cidade. Na última sexta-feira, 6, em sua residência, atendeu cerca de 80 representantes do sexo feminino, muitas delas gestantes prestes a dar à luz.

O trabalho é desenvolvido há anos, nos dias de folga do médico que exerce sua profissão em Codó e em Coroatá, mas a sexta passada foi especial para elas. Dr. Bel além da consulta gratuita distribuiu, mais uma vez, medicamentos e, pela ocasião do dia das mães, também deu flores às consultadas.

“É apenas um forma que encontramos de homenageá-las, ainda que de forma bastante simples. Deus me deu a graça de poder ajudá-las e me sinto feliz por isso, com a proximidade do dia das mães inclui as rosas. Espero que elas tenham gostado”, disse Dr. Bel

Homenagem às mães

As homenageadas agradeceram a iniciativa do médico e até posaram para fotos ao seu lado registrando um dia, para muitas, inesquecível.

Mudança na direção do PAM não se confirma

Em conversa com o ex-vereador, Valdec Frota, o blog do Acélio ficou sabendo que o governo estava pronto para implantar mudanças na direção do, agora, Centro de Especialidades Médicas – PAM.

A previsão seria que após a semana santa o diretor passaria a ser o próprio Valdec em substituição à Chico Pinheiro, o último dos braços políticos de Antonio Joaquim Araújo dentro da administração de Zito Rolim.

Pelo que pude constatar na semana que passou Chico continua diretor. A previsão não se confirmou.

A colocação seria uma tentativa de acomodar o ex-vereador, que tem peso na língua, para quem já teria sido prometida a direção da utópica UPA, que ninguém sabe quando funcionará, nem mesmo o secretário, Cláudio Paz, em recente entrevista soube responder à tal indagação.

Por enquanto, Frota vai ter que se contentar com a expectativa de direção da Unidade de Pronto Atendimento e, dessa vez, com a tranqüilidade de que não a disputará com a indicação de Leonel Filho. Este já confirmou ao blog que não tem o menor interesse em tal indicação.

Religiões de terreiro vão protestar contra intolerância em Codó

A cidade que tem fama de ser A CAPITAL DA MACUMBA no Brasil deve ir para as ruas nesta segunda-feira protestar contra a discriminação dos cultos afro-brasileiros praticados na terrinha dos terreiros de umbanda.

Está previsto para segunda, 9, a Passeata do povo de terreiro contra a intolerância religiosa. De acordo com um dos organizadores, o umbandista Pedro César, a caminhada começa às 8h da manhã, saindo da praça Palmério Cantanhêde (largo de São Sebastião).

Será o primeiro movimento do tipo e, se houver adesão, o número de participantes deverá surpreender a muitos. Codó tem cerca de 80% de sua população formada por pessoas de cor negra e boa parte delas pratica as religiões de terreiro.

MPF investigará suposto desvio de recursos federais em Caxias

Promotora Carla Mendes

O Ministério Público Estadual repassou na última semana para o Ministério Público Federal uma denúncia impetrada pela Associação Solidária de Defesa dos Direitos da Vida, também denominada como Organização de Amparo aos Portadores do Vírus HIV, para

A Casa de Passagem deixou de existir após vários anos de luta. É que o grande sonho de Silvana Pinheiro, que é presidente da associação e mantem um trabalho de ajuda aos portadores do vírus HIV há mais de onze anos criar uma casa de passagem, isso porque a cidade hoje atende com o tratamento no Serviço de Atendimento Especializado, SAE, que fica na sede do Centro de Testagem e Aconselhamento, portadores do vírus HIV de Coelho Neto, Afonso Cunha, Duque Bacelar, Timbiras, Codó dentre outras cidades e essas pessoas não tem onde ficar durante o tratamento e a casa de apoio servia para abriga-los durante alguns dias ou semana enquanto recebiam medicamentos, apoio psicológico, clinico social e dentário. Sem a casa de passagem o trabalho voltou a estaca zero e cada um se vira como pode.

“Continuo ajudando, não deixei de ajuda-los por conta dessa confusão toda, mas quero limpar o meu nome, porque fui acusada de receber e gastar um dinheiro que nunca chegou as minhas mãos, além disso, se o recurso está vindo então há como reabrir a casa”, avalia Silvana Pinheiro.

Para abrir a casa, a associação enfrentou diversos problemas. Foi despejada de uma casa no Bairro Ponte, porque a população não aceitou os portadores de HIV como vizinhos, foi em busca de ajuda do empresariado local que doou móveis e ainda ajudou na pintura da residência conseguida por ela em outro local.

“Em onze anos de trabalho nunca recebi um centavo da Prefeitura ou de nenhum dos gestores que já passaram por ela para ajudar esses portadores do vírus HIV. A única ajuda que existe é o pagamento de passagens e estádias quando participo de Fóruns e reuniões para discutir os Planos de Ações no combate a Aids e ajuda aos portadores e é só”, declara

Fonte: blog da Anele de Paula