Câmara aprova Projeto de Lei que institui a Feira Literária de Codó (FLIC)

Em sessão ordinária da semana, a Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei Nº 05/2018, de autoria do vereador Pastor Max, que autoriza ao Poder Executivo Municipal a instituir a Feira Literária de Codó (FLIC). De acordo com o parlamentar, a Lei reconhecerá um momento oficial para o fomento da cultura e literatura no município.

Para mim é uma alegria ter este projeto aprovado. Um projeto que cria e institui a Feira Literária de Codó, a nossa FLIC, com o objetivo de fomentar ainda mais as políticas públicas para a educação do município, fortalecendo a leitura e a escrita e fazendo deste evento um marco importante no calendário cultural e literário de Codó, uma cidade que tem vocação para a literatura e é lar de grandes escritores de nosso Estado, e que agora tem reconhecido este evento”, explicou o edil.

Indicações

Recentemente, o vereador também apresentou Indicações importantes para melhorias na cidade e para segurança pública no município. Com a Indicação Nº 123/2018, o edil solicita pela recuperação das estradas da região do pólo Boi Não Berra, que inclui os povoados Centro dos Bitros, Santo Antônio, Lagoa dos Pereiras, Quatro Bocas, Recreio, São Benedito do Mozart, Poço do Boi, Morada Nova, Cachoeira e Vidal.

Pela Indicação Nº 124/2018, o vereador solicitou ao comando da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal o deslocamento e rondas permanentes no Parque Ambiental da Trizidela, para maior segurança dos munícipes e coibir atuação de vândalos e marginais. E com a Indicação Nº 125/2018, o edil pediu pela pavimentação de ruas em torno da quadra de esportes e e da Casa do Educador, localizadas no conjunto Vereda.

Ascom

Um comentário sobre “Câmara aprova Projeto de Lei que institui a Feira Literária de Codó (FLIC)”

  1. A leitura também é um direito humano dentro de uma sociedade civilizada. O progresso de uma cidade também passa por ações como essa. Parabéns aos envolvidos nesta conquista.

Deixe uma resposta