Juíza Eleitoral Dra. Karla Jeane Matos de Carvalho avalia eleições 2018 em Codó e Timbiras

A juíza Eleitoral, Dra. Karla Jeane Matos de Carvalho, concedeu entrevista ao blogdoacelio após o encerramento das eleições que comandou em Codó e Timbiras.

Juíza Dra. Karla Jeane Matos de Carvalho

Tratou do assunto que mais incomodou aos codoenses neste domingo, 7, a dificuldade de encontrar a seção eleitoral entre aqueles que pertenciam à 69ª Zona Eleitoral e passaram a fazer parte da única, a  7ª zona eleitoral. Explicou, neste ponto que seria melhor que todos tivessem feito a atualização do título, mas que não deixou ninguém desamparado.

Além de receber à quem procurou ajuda no cartório eleitoral, na rua Cônego Mendonça, disponibilizou um telefone só para informar ao eleitor.

“Na verdade dos eleitores deviam ter vindo antes porque isso foi muito divulgado essa questão dessa agregação das urnas (…) então a única forma de saber foi vindo aqui a Justiça Eleitoral ou então telefonando aqui pra Justiça Eleitoral, mas infelizmente a gente só tem um número então essas pessoas tiveram um pouco de dificuldade pra ter acesso à esta nova seção”, disse

A juíza também destacou o combate à Boca de Urna, considerada crime eleitoral, dentre outros assuntos. OUÇA

 

Veja momento da votação de Flávio Dino em São Luís

O governador e candidato à reeleição Flávio Dino votou no fim desta manhã de domingo (7) na Escola Clarindo Santiago, no bairro de Olho d’Água, em São Luís.

Ele foi acompanhado da primeira-dama, Daniela, do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, e dos dois candidatos ao Senado de sua chapa, Weverton Rocha e Eliziane Gama.

Polícia Militar garante segurança dos eleitores também na zona rural de Timbiras

Militares no povoado Flores

A Polícia Militar está garantindo a segurança na zona rural de Timbiras. No povoado Flores, por exemplo, a 32 Km da sede estão os militares sargento Pessoa, cabo Bacelar e o soldado Fernando José.

Os policiais estão cobrindo toda a região numa espécie de ronda rural. De Flores irão para Morro Branco, 20 kms a mais e depois para o povoado Campestre.

Segundo informações do sargento Pessoa até às 13h50mim tudo transcorria na mais absoluta tranquilidade em Timbiras.

VEJA Roseana Sarney votando no centro de São Luís

A candidata do MDB ao governo do Maranhão, Roseana Sarney, votou por volta de 11h de hoje , no Colégio Santa Teresa, no Centro de São Luís-MA. A candidata acompanha a apuração com familiares e correligionários, segundo informou o G1 MA à quem ela declarou.

“Expectativa boa e que a gente possa cumprir nosso dever de cidadão. Quero agradecer a todos que trabalharam comigo e que participaram de nossa caminhada. Só tenho agradecer o carinho e o afeto de todos maranhenses. Estou confiante para o segundo turno. Vamos para eleição para perdeu ou para ganhar”, disse.

Candidato Zito Rolim visita seções em Timbiras e ainda pretende ir a mais 3 cidades

O candidato a deputado estadual Zito Rolim esteve por volta do meio dia visitando seções eleitorais no município de Timbiras. Ao blogdoacelio revelou que ainda pretende ir a Peritoró, Lima Campos e Pedreiras.

VÍDEO – Eleitores de Timbiras reclamam da demora de mais de 3 horas para votar

Os timbirenses estão reclamando da espera na fila para votar. Na escola Mundoca Alvim, bairro Anjo da Guarda, pela manhã tinha gente com 3 horas de espera, as vezes mais. Ouvindo eleitores e mesários descobrimos a origem do problema.

Muitos estão com dificuldade com o número de candidatos a serem votados este ano e, consequentemente, com os 19 números a serem digitados nas urnas. Tem idoso, principalmente, e pessoas com menos escolaridade passando de 8 a 12 minutos dentro da cabina tentando encerrar a votação.

Isso reflete na rapidez dentro das seções.

Na de número 343, antiga 035, Mundoca Alvim Timbiras, às 11h17min da manhã só haviam conseguido votar 25,52% dos 239 aptos da seção.

Noutra, a 340, antiga 033, mesma escola, tem 380 eleitores, pela manhã só 22,22% conseguiram votar com grande fila do lado de fora.

Nós conversamos com a presidente de mesa Soraneide Maria da Silva que explicou a situação.

Eleitores criticam ‘porcaria dos santinhos’ na porta dos locais de votação

Os candidatos deram mais uma vez um péssimo exemplo comportamental. Na ânsia de conquistar o eleitor a qualquer custo fizeram-se presentes na porta dos colégios onde existem seções eleitorais por meio de seus ‘santinhos’.

Porta da Escola Matta Roma

Só que exageraram na quantidade, todas as escolas de Codó amanheceram com milhares e milhares de santinhos sujando toda a área frontal e como não há controle sobre o vento a sujeira tem se espalhado no quarteirão de cada escola.

O trabalho é feito em Codó por cabos eleitorais na madrugada do dia da votação, é uma tradição ridícula que ninguém consegue impedir. O ato deixou muitos eleitores indignados.

Na opinião de quem é contrário ao ato dos candidatos, espalhar santinhos é desnecessário e deixa a cidade ainda mais suja.

DIFICULDADES – Eleitor vota depois de percorrer 4 escolas procurando sua seção eleitoral

Muitos eleitores de Codó estão enfrentando dificuldade para achar a seção em que irão votar. O locutor Adão Silva Viana era da 69ª zona eleitoral que foi extinta este ano pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

Quando chegou ao prédio da UFMA onde sempre votou não conseguiu achar a seção onde votaria. A nova é 393 e ele só descobriu isso depois de passar por 4 escolas procurando até resolver ir ao cartório eleitoral.

“Vim aqui (prédio UFMA)  um pouco mais cedo, às 8h da  manhã, disseram que não era aqui, andei em 4 a cinco escolas aqui do município de Codó, aonde o resultado de tudo fui no Fórum Eleitoral e me mandaram pra onde tudo começou, pra cá de novo dizendo que é aqui (UFMA de novo)…VOCÊ TÁ RETORNANDO PRA TENTAR? mais uma vez, comecei a tentar exercer m eu voto de cidadão 8h da manhã, são é quase 10h e nunca deu certo ainda”, reclamou

Depois de ir ao cartório eleitoral ele acabou votando por volta das 9h15min,  da manhã na seção 393, da UFMA.

VÍDEO – Eleitor de Codó sai para votar logo nas primeiras horas do dia

O eleitor de Codó saiu mais cedo para votar este ano, a intenção segundo ouvimos é cumprir a obrigação e ter o resto do dia livre para aguardar o resultado.

Na reta final Andreh Araújo fez passagem pela região de Centro do Expedito

O candidato a deputado estadual Andreh Araújo esteve ontem, 5, em campanha pela zona rural de Codó.

Uma das comunidades visitadas foi Centro do Expedito, onde almoçou com eleitores e também fez diálogo direto com as pessoas do povoado.

Andreh falou de seus propósitos, se eleito for.

147 milhões de brasileiros vão às urnas neste domingo

Neste domingo, 147,3 milhões de brasileiros aptos a votar, no Brasil e no exterior, vão às urnas, para eleger o presidente e o vice-presidente da República, deputados federais, estaduais e distritais, senadores e governadores. Em 2014, o número de eleitores era de 142,8 milhões, conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Houve, portanto, um aumento de pouco mais de 3% no número de eleitores em quatro anos.

Os brasileiros poderão votar de 8 às 17 horas (horário de Brasília), mesmo se estiverem fora do seu domicílio eleitoral.

O voto em trânsito pode ocorrer no primeiro, no segundo ou em ambos os turnos, mas somente em capitais e municípios com mais de 100 mil eleitores. O prazo para solicitar o direito de votar fora da cidade onde o eleitor mora encerrou-se em agosto.

Se você estiver fora de seu domicílio eleitoral e não se cadastrou para votar em trânsito, não se esqueça de apresentar o requerimento de justificativa eleitoral.

Os brasileiros que estão no exterior também poderão votar. São 500.727 eleitores aptos a votar fora do Brasil, em 171 cidades diferentes.

Aqui no Brasil, eleitores e candidatos precisam ficar atentos às condutas proibidas no dia da eleição. De acordo com o TSE, é permitida a manifestação individual e silenciosa do eleitor, como o uso de bandeiras, broches e adesivos. Fica proibida, no entanto, a distribuição de material de propaganda política ou a prática de aliciamento, coação ou manifestação para influenciar a vontade do eleitor.

Da Redação – ND // ‘Agência Câmara Notícias

Todas 303 seções eleitorais de Codó e Timbiras já estão com suas urnas

Todas as 303 urnas de Codó e Timbiras já estão nas escolas onde funcionarão as seções, em igual número, neste domingo, sendo 54 delas em escolas timbirenses.

Funcionários do Poder Judiciário acompanharam a entrega pessoalmente repassando a cada diretor de escola todas as informações sobre proteção das urnas até amanhã.

Na escola Senador Archer, onde estivemos agora pela manhã, a gestora recebeu uma lista que passará ao presidente da mesa contendo a identificação completa de todos os fiscais que poderão atuar naquelas seções. A orientação foi a de que aquele fiscal que se apresentar e não constar na referida lista terá que ser retirado, imediatamente, da sala.

A juíza eleitoral, Dra. Karla Jeane Matos de Carvalho, separou 30 urnas para qualquer emergência. 6 delas foram para Timbiras.

80.080 eleitores, nas duas cidades, poderão votar amanhã a partir das 8h até as 17h.

Codó são 70.422 aptos a votar.

VÍDEOS: Centenas de codoenses saem às ruas em apoio a Jair Bolsonaro

Vídeos soltos nas redes sociais mostram um pouco de como foi a manifestação a favor do presidenciável JAIR Bolsonaro realizada em Codó, ontem, dia 5 de outubro.

A espontaneidade dos eleitores de Bolsonaro chamou a atenção mais uma vez. Foi um ato puro, do tipo ‘participa quem gosta do cara”.

Quase 500 cidades terão o apoio de tropas federais no 1º turno das eleições

As tropas federais são formadas por militares das Forças Armadas e são enviadas às localidades em que a segurança pública dos estados necessita de reforço

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já autorizou o envio de forças federais para 497 localidades, em onze estados. A intenção é assegurar o livre exercício do voto, mantendo a normalidade, tranquilidade e segurança no dia das eleições, e garantir a apuração dos resultados.

O estado que pediu mais apoio foi o Piauí, onde os militares irão proteger 122 localidades. Em seguida, vêm Rio Grande do Norte (97), Maranhão (72), Rio de Janeiro (69), Pará (60), Amazonas (26), Mato Grosso (19), Tocantins (12), Acre (11), Ceará (5) e Mato Grosso do Sul (4).

Nas eleições municipais de 2016, o TSE autorizou o envio de tropas a 315 municípios de 13 estados, no primeiro turno.

Exceções
José Vicente da Silva Filho, coronel reformado da Polícia Militar de São Paulo e ex-secretário nacional de Segurança Pública, acredita que os estados são capazes de manter a segurança com o seu próprio aparato. O maior problema, segundo ele, é em estados onde existem comunidades dominadas por facções criminosas.

Ele cita como exemplo o caso do Rio de Janeiro, onde existem cerca de duzentas comunidades dominadas por traficantes, o que representa mais de um milhão de eleitores. Para ele, a presença das tropas nesses locais pode dar mais tranquilidade aos eleitores para votar.

“Essas facções pressionam os moradores para votar em determinados candidatos, para impedir que pessoas se desloquem para votar, e isso naturalmente vai contra todos os fundamentos democráticos. Todo eleitor precisa ter garantido o exercício do seu direito de voto”, afirma Silva Filho.

Lugares isolados
O TSE também aprovou o envio de militares para dar apoio logístico à Justiça Eleitoral a 101 localidades situadas em regiões longínquas e isoladas.

Em todos esses locais, os militares atuarão levando equipamentos, como as urnas, e com a presença de servidores e colaboradores da Justiça Eleitoral.

Reportagem – Mônica Thaty
Edição – Natalia Doederlein