R$ 233.000,00 não justificados complicam Educação

Centro de Timbiras

O município de Timbiras ainda enfrenta sérias dificuldades para obter recursos na área de educação. O motivo, segundo o secretário municipal, Raimundo Nascimento, é a falta de prestação de contas do governo de Dirce Maria nos anos de 2006, 2007 e 2008 junto ao FNDE – Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação.

  • Não foi prestada a conta da aquisição de um ônibus no valor de R$ 112.000,00
  • 83.000,00 de um programa de aperfeiçoamento
  • 14.000,00 de Formação Continuada (professores)
  • 24.000,00 de um programa de Atendimento à Pessoas com Necessidades Especiais

Por conta da inadimplência, o município não recebe recursos, que poderiam ajudar o recebimento do FUNDEB, há dois anos, nem o PDDE (Programa Dinheiro Direto na Escola) , segundo Raimundo Nascimento, está chegando.

Raimundo Nascimento

“A gente precisa buscar recursos junto ao FNDE, mas, infelizmente, o município ainda consta pendência de gestões anteriores, convênios, repasse diretos por conta disso o Ministério da Educação não repassa recurso para construir escola nesse município”, disse o secretário

As 93 escolas do município estão necessitando de reformas. Na zona rural, por exemplo, segundo o secretário, das 66 que existem, 46 ainda são de taipa (paredes de barro, talo de babaçu e cipó).

Professor Raimundo garantiu que a assessoria jurídica está tentando livrar-se do problema responsabilizando a gestão anterior para ver se o município volta a receber a ajuda extra do Governo Federal.

Secretário diz que vídeo de estudantes no bar é Montagem

Sec. Raimundo Nascimento

A denúncia de que crianças do povoado Mamorana, à cerca de 18 kms do centro de Timbiras, passaram o ano de 2010 estudando no local onde funcionaria um bar foi feita na manhã desta quinta-feira, 27, no portal imirante.com.

Um vídeo mostra crianças da localidade em carteiras e com cadernos na mão, próximo à uma mesa de bilhar (Sinuca). Do outro lado da parede aparecem, segundo o secretário de Educação, professor Raimundo Nascimento, um vereador e o vice-prefeito da cidade, ambos da oposição ao prefeito Nonato Pessoa.

INDUÇÃO

Na opinião do secretário municipal, as crianças teriam sido induzidas a irem para o local, após o término da aula que acontecia numa outra casa e não no bar onde os adversários políticos do prefeito aparecem tomando cerveja.

Raimundo Nascimento explicou que, na verdade, os alunos estudam na casa que pertence à um morador de Mamorana, chamado Chico Fernandes, alugada após a escola ter sido destruída por um incêndio no final de 2008.

“Lá no povoado Mamorana, as pessoas, inclusive podem confirmar com a própria professora, existe um espaço reservado, foi alugado pela Prefeitura, pra funcionar a escola enquanto se constrói uma nova escola no povoado, mas não é verdadeira as informações de que alunos estudam em bar”, garantiu o secretário

Entre a casa alugada para a escola improvisada e o bar que aparece no vídeo, de acordo com o secretário municipal de educação, existe um campo de futebol.

“Com certeza, tem um campo que divide não é uma distância dizer que só uma parede divide são quase 200 metros que dividem o espaço onde, verdadeiramente, funciona a sala de aula e este bar onde foi mostrado na reportagem”, completou

POLÍTICA

Professor Raimundo chamou de ‘montagem’ o vídeo, montagem dque teria sido feita por quem tem interesses políticos de manchar a imagem do governo municipal de Timbiras.

Os moradores podem afirmar pra qualquer pessoa que esta imagem foi montada por pessoas que têm interesse que possa prejudicar a imagem do governo, que,verdadeiramente,essa daí não é a sala de aula do povoado Mamorana”, frisou

SOLUÇÃO

Perguntado sobre a construção de uma nova escola em Mamorana, o secretário garantiu que já abriu licitação para a construção de 20 novas escolas no município. A de Mamorana estará nesta lista.

“Nós estivemos com o prefeito, inclusive abrimos processo licitatório para a construção de 20 escolas na zona rural, onde a gente quer buscar recurso junto ao FNDE para construir 20 escolas na zona rural onde o povoado Mamorana é uma das escolas que serão beneficiadas”, concluiu