Comercialização do GNV será uma conquista para economia do Maranhão” afirma deputado Zito Rolim

A Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) se reuniu na última terça-feira (5), nas Salas das Comissões, com o secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo. O encontrou foi para tratar sobre a assinatura do Termo de Cooperação com a Eneva, para a implantação do Gás Natural Veicular (GNV) no Estado.

Além do presidente da Comissão, deputado Fábio Macedo (PDT), participaram da reunião os deputados Zito Rolim (PDT), Ciro Neto (PR) e Antônio Pereira (DEM) e vários assessores técnicos da Seinc. O secretário explicou aos deputados que será preciso alterar a legislação para que o gás seja comercializado no Maranhão, projeto que será enviado para votação na Assembleia, pelo governador Flávio Dino (PCdoB), nos próximos dias.

Com a alteração na legislação, a Eneva promete investir R$ 90 milhões entre 16 meses a 24 meses. Uma cópia do documento foi entregue aos parlamentares, prevendo o compromisso de disponibilizar o gás natural para uso industrial e veicular a partir da produção no Campo de Morada Nova, localizado em Bacabal.

Para o deputado Zito Rolim, membro da Comissão de Assuntos Econômicos, a aprovação pela Assembleia do projeto sobre comercialização do gás será uma grande vitória para a economia do Maranhão. “A comissão sempre defendeu e lutou pelo uso e comercialização do GNV. Somos o segundo maior produtor terrestre de gás natural e precisamos destinar esse recurso para o uso veicular e industrial, pois é um combustível mais barato. Ao aprovar o projeto e liberar o produto para uso comercial no próprio Maranhão, a Assembleia estará ajudando no fortalecimento da nossa economia”, concluiu o parlamentar.
Ascom

Deixe uma resposta