CORONAVÍRUS: Caso do garoto codoense que morreu em Timbiras continua como suspeito no Boletim Oficial da Secretaria de Saúde

O caso de suspeita de CORONAVÍRUS notificado em Timbiras, QUE na realidade é de Codó por se tratar de um garoto de 12 anos que acabou falecendo na semana passada vítima de insuficiência respiratória aguda grave, apareceu novamente no boletim da Secretaria de Estado da Saúde divulgado no final da tarde de ontem, 26/03/2020.

Existe o caso como suspeito e nada aparece no item DESCARTADO, ou seja, ele continua como suspeito.

Como foi amplamente divulgado que o resultado já havia saído voltei a fazer contato com o diretor-administrativo do Hospital Regional de Timbiras, Sansão Pinheiro, onde o menino morreu.

Sansão, praticamente, repetiu o que já havia afirmado aos leitores do blogdoacelio, que continua aguardando o resultado.

“Pois é Acélio, eu continuo com as mãos amarradas igual a todo mundo, não tenho autorização pra dá resultado de exame até porque eu nem tenho Acélio, sabe que com a gente não tem frescura não, mas eu tô dependendo da fonte, a fonte é a SES, a Secretaria de Saúde, na hora que sair pra mim, vai sair pra todo mundo, eu gostaria de acabar com esta coisa (dúvida) o mais rápido possível, mas eu só posso dizer isso quando eu tiver o resultado na mão e só sai pra mim quando sai pra todo mundo”, disse o diretor

Deixe uma resposta