EM QUEDA – Católicos caem de 92% para 65% no Brasil em 40 anos

O número de católicos no Brasil caiu de 92% para 65% da população entre 1970 e 2010. Eles são cada vez mais velhos e predominantes em áreas rurais.

Os evangélicos, que cresceram de 5% a 22%, são mais jovens e urbanos, segundo relatório do instituto americano Pew, com dados do IBGE.

Às vésperas da visita do papa, o Brasil continua com a maior população católica do mundo, de 123 milhões de fiéis. Mas os protestantes/evangélicos chegaram a 42 milhões.

Os brasileiros sem religião também cresceram, de 1% a 8%.

As maiores quedas do catolicismo aconteceram entre brasileiros com idade de 15 a 29 anos e entre a população urbana.

No grupo de 15 a 29 anos, 22% se declaram protestantes e 10% dizem não ter religião. Entre os acima de 70 anos, apenas 4% se dizem sem religião.

Na zona rural, 78% se declaram católicos, contra 62% nas áreas urbanas.

O relatório explica que o maior fator na transformação é a “troca de religiões”. Segundo pesquisa do Pew de 2006, 45% dos neopentecostais eram ex-católicos. Nem fertilidade, nem imigração foram considerados motivos de mudança.

FONTE: Folha de São Paulo

Um comentário sobre “EM QUEDA – Católicos caem de 92% para 65% no Brasil em 40 anos”

  1. Só o zito pra ser cassado no Leste maranhense que va pra frente ou não essa cassação, mas que é uma vergonha é. Codo tem que aprender a votar corretamente

Deixe uma resposta