Escola de 1.200 alunos continua fechada e sem previsão de reforma em Timbiras

Teto

A Newton Neves funcionava com 11 salas de aula onde estudavam 1.200 alunos em três turnos. Em junho do ano passado, engenheiros da Secretaria Estadual de Infraestrutura condenaram o prédio. Descobriram colunas cedendo, rachaduras por todo lado, teto sob ameaça de desabamento.

Os interruptores não existe mais, os fios não estão encapados, então, realmente há uma possibilidade assim muito grande para haver um curto circuito em toda a escola se houvesse movimentação de alunos, liga e desliga de lâmpadas, uso de tomadas, realmente a situação é muito complicada”, disse a diretora em exercício, Joseana Sousa Melo da Silva

SEM RUMO

Os alunos da escola estadual passaram a estudar em prédios cedidos pelo município. Agora a Secretaria Municipal vai precisar dos locais e os estudantes estão sem saber se terão ou não o ano letivo, ainda de 2010, interrompido novamente.

Irlan de Jesus, com quem conversamos, já está se preparando para mudar de escola. Segundo ele, já anunciaram que mudanças de prédio virão novamente e ele quer evitar a situação que não lhe deixou boas lembranças.

A vista isso eu vou sair porque falam que no dia 14 a gente vai mudar pra outra escola, não sabe nem pra que escola, vai ficar como o ano passado de 2010, que caçar escola pra gente e muitas pessoas ficaram esperando a diretora, a diretora não deu resultado e agora vai começar de novo”, disse

ATÉ MARÇO

Para Edvan Conceição a solução deve ser breve, porque as aulas do período letivo 2010, por conta de tantos problemas, só terminarão no final de março.

Eles têm que se virar, a Prefeitura juntamente aí com a direção da escola tem que procurar uma solução”, reclamou

SOLUÇÃO

Diretora Joseana

A diretora informou que em conjunto com o município já conseguiu um outro local para que as aulas continuem quando a Prefeitura requerer os prédios atualmente utilizados. Ainda não há previsão para o início da reforma da Newton Neves, mas os alunos não ficarão sem aula.

“Também já combinamos com o município, já está tudo acertado que os alunos vão permanecer nas escolas onde estão, pelo menos até o final de fevereiro, período em que a gente precisa para adequar o novo espaço que nós programamos para recebê-los e também estamos convocando os pais para passarem na escola pra ver questão de matrícula”, garantiu Joseana Melo

Deixe uma resposta