INACREDITÁVEL: CMDCA joga responsabilidade de visita ao Memorial Márcia dos Santos pra cima de Franck Sousa

No início de abril nós mostramos aqui no blog a polêmica decisão do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), presidido por Sebastião Celso Portela, de não realizar a visita ao Memorial Márcia dos Santos. REVEJA AQUI

Trata-se de um local de visitação ao local onde ela em 04 de abril de 2011 foi violentada sexualmente, morta e esquartejada. O conselheiro Franck Sousa se insurgiu contra a decisão à época, com o apoio da ex-conselheira tutelar Iracy de Sousa.

“É importante  essa visita pra dizer a sociedade que em Codó as organizações , o Conselho Tutelar não tá de olhos fechados pra isso. Nós temos um lema que diz que esquecer é permitir, lembrar é combater, então quando a  gente esquece, quando a gente deixa pra lá, é porque a gente tá permitindo, tá esquecendo”, ressaltou Franck naquele dia ao blogdoacelio

Sobre isso Sebastião Celso Portela garantiu que a visita seria realizada pelo CMDCA dia 18 de Maio como culminância de toda a programação que em anos anteriores começava dia 4 de abril com a visitação ao memorial.

 “A visita ao memorial, certamente, 18 de maio com  a culminância onde nós poderemos estar mostrando  todo o trabalho que foi feito, esse trabalho que foi feito e convidar para que nos próximos anos, todo dia, que a gente esteja atento às pressões, às violência, a estes ultrajes ao direito da criança e do adolescente principalmente ao que diz respeito à violência sexual”, afirmou à época.

PASMEM

Agora, às vésperas do dia 18 de maio, data em que o próprio Sebastião disse que faria a visita, o presidente do CMDCA expede um documento  jogando a responsabilidade de organização da visita em cima, somente, de Franck Sousa, justamente o único conselheiro a contrariá-lo este ano nesta questão.

Diz a resolução de Sebastião assinada dia 14 de maio.

“Resolve CONCEDER ao conselheiro Francisco de Sousa Pereira (Franck Sousa) o direito de organizar a programação de visita ao memorial Márcia dos Santos até o dia 18 de maio de 2019, dia Nacional de Combate ao Abuso e a Violência  Sexual de Crianças e Adolescentes”

SOUSA TERÁ QUE CAPINAR O LOCAL E LIMPAR A ESTRADA?

Diz que fica garantido o apoio logístico de um ônibus e água mineral, ou seja, o conselheiro Sousa terá que mandar limpar o memorial, que está tomado pelo mato, e dá um ‘grauzinho’ na estrada (coisas que eram feitas pela Prefeitura de Codó).

A nova polêmica está formada.

Pelas redes sociais, o conselheiro tutelar Franck Sousa já demonstrou toda a sua indignação com o que considera uma ‘manobra’ do presidente para livrar-se do que prometeu fazer dia 18 de maio. Sousa decidiu não receber a incumbência que é do próprio presidente  do CMDCA.

“Se o senhor Sebastião Celso não se encontra preparado para receber críticas deve abandonar o serviço público, pois o direito de manifesto é assegurado por qualquer pessoa (…) quero informar às pessoas de bem, em comento com meus pares do Conselho Tutelar, os mesmos me recomendaram a recusar a incumbência, visto que não tem prazo, senão 48h, para o dia 18, não é possível planejar nada. Com base nessa decisão, irei oficiar á comissão do CMDCA, na pessoa do senhor presidente”, escreveu Sousa

2 comentários sobre “INACREDITÁVEL: CMDCA joga responsabilidade de visita ao Memorial Márcia dos Santos pra cima de Franck Sousa”

Deixe uma resposta