Justiça reconhece e elogia atuação de 3 policiais de Timbiras

O juiz titular da comarca de Timbiras,   Alessandro Arrais Pereira, emitiu uma portaria para elogiar o trabalho conjunto das polícias Civil e Militar no município durante o período de carnaval, destacando o trabalho de três policiais.

Para o magistrado, o resultado do esforço foi um carnaval pacífico.

“Considerando a ação preventiva e repressiva dos policiais, culminou em um Carnaval pacífico, ou seja, não houve registro de crimes mais graves, tais como, lesões corporais, roubos, tentativas de homicídios e homicídios, perpetrados na comarca de Timbiras”

Para elogiar os 3 homenageados com este reconhecimento o juiz também escreveu:

“Considerando, ainda, que os policiais cumpriram seu mister de segurança pública, bem como os preceitos do projeto “SOU CIDADÃO. DIGNO NÃO AO USO ILEGAL DO FACÃO” que visa disseminar, no âmbito local, uma cultura de desarmamento, com ações preventivas e repressivas. Mais precisamente com a presença e fiscalização nos locais públicos, bares e similiares, bem como o necessário encaminhamento dos procedimentos policiais, resolve:”

Os policiais elogiados foram o 1º sargento CLÉSIO MATOS MUNIZ, da PM, e os investigadores da Polícia Civil João Paulo Reis Moura e José Ribeiro Lima Junior.

Sobre eles,  o magistrado escreveu:

(…) resolve:

“Elogiar o primeiro sargento Clésio Matos Muniz, lotado no 17º Batalhão da Polícia Militar do Estado do Maranhão, os investigadores de Polícia Civil, João Paulo Reis Moura e José Ribeiro Lima Junior, ambos lotados na Delegacia de Polícia Civil de Timbiras, por suas respectivas atuações no período carnavalesco dessa cidade, considerando que esse ato caracteriza elevado zelo pela atividade de Segurança Pública, amoldando-se perfeitamente ao perseguido princípio constitucional da eficiência, igualmente, pelo comprometimento para com o serviço público”

Dr. Alessandro Arrais Pereira também determinou que o elogio passasse a integrar os assentamentos funcionais dos referidos policiais, o que servirá para efeito de promoção ou qualquer outro benefício na carreira dos elogiados.

Deixe uma resposta